Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Bluehaven

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Yasuhiko Orlov

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 14/09/2003
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 22/12/2014
Mensagens : 12

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Sab Jan 24, 2015 5:36 pm

Yasuhiko prestava atenção em cada um de seu amigos, ficava feliz por ver todos estando de pé depois da difícil batalha de ontem. Então vinha aquele homem, Roque, era inimigo deles, mas pelo que ficou sabendo de Kin ele as havia ajudado a escapar, e por ver que ele não representava perigo depois de apanhar daquele jeito para Jun e Shiori, nem se importava mais com a presença do rapaz na equipe.

O guardião era duro quando se tratava dessas coisas de "trocar a camisa", não confiava facilmente em ninguém, a não ser que o visse provar isso e ver que ele estava disposto a dar sua vida pela causa da equipe. Como não tinha presenciado nada disso, ainda não confiava nem um pouco em Roque. Ficaria de olho no rapaz.

Uma pessoa nova, e com o corpo fraco. Aparentemente a dias sem comer, um andarilho que havia caído na desgraça. Era assim que via a pessoa que estava nos braços de Shiori, a qual dizia que era seu irmão.

- É melhor alimenta-lo com alguma coisa. Na cidade deve ter comida não é?

Era uma fala óbvia, mas que ninguém havia dito ainda. Yasuhiko dizia isso mais como um aviso do que uma ideia, e desde então ficaria em silêncio e seguiria o grupo até a cidade quando estes fossem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Heikki Niemi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 05/08/2007
Horóscopo chinês : Porco
Zodíaco : Leão
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 51

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Sab Jan 24, 2015 7:02 pm

Heikki via todas aquelas cenas acontecendo em silêncio, ele apenas pensava em como conseguiria um navio novo em uma terra tão acabada que era Shadowrealm, talvez se conseguisse pegar um daqueles caras que o salvaram, mas roubar de alguém que o ajudou era errado, deveria fazer um favor por eles em troca, por isso que queria ouvir as palavras deles logo.

Em relação a junção de Roque na equipe não fazia a mínima ideia de que lado ficar. Não era contra, seria alguém a mais, mas também não era a favor, ele era um inimigo afinal. No fim deixaria para outra pessoa decidir, estava fora de questão já que não era em sua tripulação que ele queria entrar, ele parecia querer seguir as garotas apenas, então desde que ele não mexesse muito com Sayuri, estaria tranquilo em relação a ele.

Um homem aparecia, em um estado horrível, mas parecia ser conhecido de Sayuri. Por isso caminhava até lá assim que Jun deixava Roque no chão, olhando para a pessoa que estava nos braços de Shiori. O Caveira tirava do bolso de suas vestes uma garrafa de bolso, contendo um pouco de bebida alcoólica.

- Será que ele aceita? Quando eu estou mal costumo tomar isso!

Dizia com um tom de voz animado, sem nem saber se a pessoa a sua frente bebia alguma coisa. Poderia até ser rude, mas Heikki fazia isso para tentar ajudar a mantê-lo vivo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Takafumi Breathneach

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 15/04/2005
Horóscopo chinês : Galo
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Orderhelm
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 21/12/2014
Mensagens : 12

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Sab Jan 24, 2015 7:26 pm

Takafumi fazia uma expressão desanimada assim que ouvia sobre a deusa de cabelos negros, ela estava em uma outra base da organização deles, mas o lado bom era que descobria seu nome. Misato. E já pensava em como cumprimentaria ela na próxima vez, ficando com um sorriso no rosto.

Roque aparecia e dava encima de Shiori. Como de esperado era rejeitado com um choque e depois o namorado da garota fingia o estar ajudando, aproveitando para dar uma lição no rapaz. Takafumi ria alto enquanto assistia a cena, achava bom ver aquela pessoa apanhar, uma vez que não ia com a cara dele. Roque era do mesmo tipo que ele, amava mulheres, e já o considerava um rival, não tinha espaço para outro galanteador na equipe. Ao passar pelo corpo estirado no chão, ele dizia enquanto o olhava de cima.

- Amador... pff.

Com um sorriso abafado ele se dirigia até onde estavam os outros, e já não aguentava mais esperar. Ele queria ir até a cidade de Bluehaven e ouvir logo o que ele tinham a dizer para tentar procurar pela localização de sua deusa. Por isso, assim que via todos seus amigos tentando ajudar o homem, os alertava.

- Por que não fazemos isso já caminhando pra cidade? Vão ter bastante tempo pra conversar lá!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kin Hoyer

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 04/07/2004
Horóscopo chinês : Macaco
Zodíaco : Câncer
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 22/12/2014
Mensagens : 15

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Sab Jan 24, 2015 8:35 pm

Ele estava ali, depois de tanto procurar pelo navio Mark simplesmente aparecia em meio ao grupo. Kin esperava ele terminar de falar com Ryouji, para assim chamar sua atenção, o tocando no ombro.

- Você! Eu te procurei por todo lado, onde tava? Eu andei por todas as garagens do navio hoje e não te encontrei, mas isso não importa mais! - Fazia uma pausa, passando a sorrir enquanto conversava com o homem. - Queria agradecer por ontem, e estou aceitando seu convite pra conversar! Qualquer hora eu apareço por lá pra encher sua paciência, espero que não se incomode!

Kin decidiu sorrir em vez de continuar sofrendo, tinha que continuar vivendo, aprendendo e se fortalecendo para que não passasse por aquilo mais uma vez, queria ser forte para lutar pelos outros, e não ser tão dependente, e de alguma forma quando olhava para Mark via um homem forte, talvez conversando com ele teria alguma ideia de como dar o seu próximo passo.

Roque aparecia e não se dava bem, ficando caído no chão, destruído por Shiori e Jun. Ele havia mexido com a mulher errada. E ainda sim achavam mais uma pessoa, que estava toda acabada. Kin colocava a mão sobre a cabeça e diria a Mark assim que este a respondesse enquanto olhava para a confusão que estava começando a se formar.

- Te vejo depois, Mark-san!

Ria um pouco e esperava que o homem entendesse, e corria primeiro até Roque que estava caído no chão. Se agachando.

- Ei. Queria te agradecer por ontem, ajudou bastante a gente a escapar! Obrigada Roque-san.

Ela era gentil com o rapaz, mas se ele tentasse algo com ela também, ela não hesitaria em chutar seu estômago e mantê-lo afastado. Com isso já ia até o resto do pessoal que olhava para a pessoa nova. Heikki oferecia bebida, e Kin o reprimia.

- Oh, você é idiota Heikki-chan! É claro que isso não vai ajudar, vai terminar de matar ele! Na cidade deve ter água né? Vamos correndo pra lá.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otohime Katashi

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 20/04/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Sab Jan 24, 2015 9:30 pm

Otohime observava tudo o que acontecia, achando um pouco deprimente a cena que acontecia quando Roque tentava cantar Shiori, levando uma descarga elétrica e depois sendo tratado daquela forma pro Jun e depois lançado no chão.

- Da proxima vez tenha certeza que a pessoa é solteira, Roque. - Era só o que Otohime dizia, correndo para onde todos estavam.

Quando chegava via Takashi quase morto e Sayuri com o cupcake no pauzinho. Aquela situação era um pouco engraçada, fazendo a Katashi rir baixinho, mas logo ela dava um tapa na nuca de Sayuri e tentava ficar séria.

- O que está esperando? Dá logo esse doce pra ele! - Antes mesmo que Sayuri pudesse responder, a garota tirava o cupcake do pauzinho e o estendia para Takashi. Ela sabia que aquele era o filho de sua mestre, já que viu muitas fotos na casa de Amaya - Pode pegar, Takashi-san. Depois eu faço mais pra você! - dizia em seu tom gentil de sempre.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Airi Nikolaievich

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/12/2014
Horóscopo chinês : Cavalo
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 49

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 1:51 am

Depois de levar um "chop" de Ryouji, Airi levava as duas mãos a cabeça, mas não parecia ligar muito para aquilo. Estava mais intereçada naquele homem a sua frente que cumprimentava Ryouji, Mark Sanderson, com certeza ela o incomodaria mais tarde, pois ele foi dado como referência de mecânico por várias das pessoas que Airi importunou, ela lhe encheria de perguntas e insultos quanto tivesse a chance, mas por hora preferia ficar calada, observando aquela cena deprimente de Lin correndo, encontrando um corpo e apresentando a galera.
O maior general de Dragonland, era surpreendente que a maioria ali não o reconhecesse. Histórias, boatos, mentiras, e varias outras fontes falavam sobre aquela pessoa, mas Airi realmente se surpreendia com o que estava vendo ali.

- O orgulho de Dragonland...

Airi aguardava onde estava até que o grupo voltasse a se mover, dessa forma ela iria com eles.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ren Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 09/07/2014
Mensagens : 55

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 1:52 am

Como sempre Ren não estava muito interessada naquele tipo de confraternização, nem em saber quem era a pessoa encontrada por Lin, sua mente estava focada na cidade a frente. A pergunta de Ryouji era respondia pouco antes de ela começar a caminhar.

- Quem sabe.. te vejo depois.

"Sim podemos ter um encontro" era o que ela queria dizer, gostava de estar com Ryouji apesar da indiferença com a qual tratava o rapaz. Ela caminhava na direção da cidade sem se importar se os outros ficavam para trás. Queria explorar e observar, e gostava de fazer essas coisas sozinha. Mais tarde encontraria um jeito de se reunir ao grupo, mas por enquanto caminhar pela cidade era sua prioridade. Queria ver como era o tal "mundo" tão temido pelas pessoas de Dragonland.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ryouji Kawano

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 30/11/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Sagitário
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 75

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 11:44 am

Ryouji esperava pelo menos receber um soco de Ren, mas aquele dia foi diferente. Ela dizia: "Quem sabe.. te vejo depois.". O rapaz ficava sem reação alguma, ele pensava que a garota estivesse com febre ou algo do tipo, mas nada negava que no momento ele estava feliz e desde então pensava no encontro que teria com ela depois. Sua cabeça ia até as nuvens em um instante, até que Mark falava com ele.

Ao voltar a realidade, via o homem lhe estendendo a mão e perguntando como estava. Estava se referindo ao dia anterior, e com isso Ryouji ficava mais sério, mas mostrava um leve sorriso no rosto quando cumprimentava Mark e o respondia.

- Meu corpo já tá bem melhor. Acho que devo agradecer por me apagarem... Haha! Sinto que ia fazer alguma burrada e colocar todos em perigo mais uma vez.

O rapaz dizia aquilo, e era só se lembrar do dia anterior que a imagem de Ygros ficava sempre em sua cabeça. Como queria esquecer, como não queria causar problemas caso o visse novamente, mas esses desejos não seriam possíveis, seu olho esquerdo poderia ser forte por anular auras elementais que podem lhe afetar, mas ao mesmo tempo era uma praga quando relacionado a qualquer sentimento seu.

- Mark-san, meu nome é Ryouji. Espero poder aprender bastante por aqui, e peço que me nocauteie sempre que eu ultrapassar os limites!

O rapaz ria, mas o pedido era real, não queria causar problema se ficasse sem controle novamente e depois daquela fala andava até onde os outros estavam, nem percebendo a presença de Roque no lugar. Shiori tinha alguém em seus braços e todos estavam discutindo sobre o que fazer com essa pessoa nova. Como Ryouji não sabia o que estava acontecendo ficava a esperar a decisão deles e assim seguir até a cidade quando estes fossem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mark Sanderson

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 09/04/1990
Horóscopo chinês : Cavalo
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Skyhold
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 11/01/2015
Mensagens : 25

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 1:00 pm

Mark era conhecido por ser alguem "gente boa". Fazia amizade com qualquer um, ria bastante, ajudava quem precisava e tinha um jeito bem carismático, por isso e por seu grande conhecimento industrial, havia se tornado meio que o "chefe" dos mecânicos da Resistência.

- Hahaha ! Bom, por ora 'we should look to what lies ahead'. - Respondia ao cumprimentar o garoto à sua frente, então ajeitava a mala de ferragens nas suas costas. - Eu não sou muito bom em nocautes, mas eu deixo o Apache avisado da situação, HAHAHA ! - Rindo, dava uns "tapinhas" nas costas de Ryouji, esquecendo-se de medir sua força, ja que seu bíceps era quase tão grosso quanto o peito do rapaz.

Estava preparando-se para continuar caminhando quando Kin o chamava. Mark sabia que ela ainda estava triste, arrasada por dentro, ele podia sentir isso em suas palavras, mas de qualquer forma, estava muito feliz pelo fato de vê-la sorrir. De fato, um ótimo sinal.

- HAHAHA ! É bom te ver aqui. - Afirmava com a cabeça. - Ei, pra que deixar para conversarmos depois? Eu estarei no ferro-velho dessa cidade pra conseguir peças novas para a frota. Apareça por lá se quiser.

Novamente ele se preparava para ir para a cidade quando via mais à frente uma comoção entre o pessoal, então notava que era um cara desmaiado. Além disso, o cara era conhecido de todos ali e a garota loira(Sayuri) fazia uma vara de pescar com um cupcake na ponta para brincar com ele. A cena deixava Mark estasiado.


- Mas... mas... 'you know this guy'? - Abismado com a situação, Mark não pensava muito no que poderia ser feito. - E-ei... dêem algo pra ele logo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Taikun Tsukushi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 04/10/1993
Horóscopo chinês : Galo
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 62

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 3:01 pm

•● Taikun estava com todos, preferencialmente ao lado de Otohime, caminhando com eles pela areia, até ver aquela coisa inesperada, um homem que já havido falar sobre, ter surgido. ●•

Hm..

•● Ele não sabia o que dizer, pois não o conhecia, e supostamente aquele rapaz não o conhecia também. Seu jeito animador, empolgante e estúpido havia sumido um pouco, ele não conseguia se assumir tão positivamente naquele momento, naquele dia, só pensava em puxar mais a capa aos seus braços para se proteger daquele simples vento que cobria a altura da praia. Inclusive, havia tanta gente e atenção que havia ido para aquele garoto que de qualquer forma, o impossibilitaria de praticamente ver o seu rosto, com exceção de que ele era mais alto que os outros, então de relance, ele o observava, e se virava, andando pela praia enquanto observava com mais foco a cidade, que logo a seguir, começava a andar até ela, deixando todos, inclusive Otohime, que ficava por lá. ●•

Não se perca...

Eu sei, eu sei.. eu não sou uma criança, ta legal?.

...

•● Grande parte do tempo, Ifrit permanecia calado, apenas observando. Sabia que Taikun era idiota, mas aquela mudança era tão grande e repentina que o deixava aflito. ●•

.. Aquelas pessoas, se importam com você, você sabe disso, não é mesmo? Eles só estão cuidando daquele garoto morto de fome, que, pelo que eu percebi, ele está faz um bom tempo lá. O solo, a falta de pegadas ao seu redor, a suas roup--.

Eu entendi.. não se preocupe.. eu também percebi isso... e eu sei que eles se preocupam comigo, ta legal? Só não me sinto bem com esse frio..


•● E novamente, Ifrit permanecia calado. Andando mais um pouco, um pequeno buraco surgia em seu caminho, mas aparentava ser recente, e a areia em sua borda, começava a cair, além de um barulho estranho em baixo surgir. ●•

Hm?.

•● Ele começava a escavar, até encontrar uma coisa estranha, como se fosse um pudim com uma ponta em cima, e do mesmo ser, ele ouvia ainda alguns barulhos, que o deixavam aflito. Por instinto, ele pegava diretamente pela ponta e começava a puxar, só que nisso, o barulho aumentava, e ao mesmo tempo, os pelos, que eram irreconhecíveis por causa da areia, surgiam em sua mão, até o momento em que aquela criatura saia, e revelava ser uma toupeira que havia ficado entalado na areia. Os pelos de trás dele eram arrancados, mas ainda sim ele estava cheio de areia. Ele se encaminhava até a praia, jogando um pouco de água nele e tirando toda a terra, e finalmente, ele podia ver melhor. Aquela criatura aparentava estar feliz, como se quisesse agradecer a ele, subindo pelo seu braço, mas ao mesmo tempo, ele se assustava. ●•

Ah, que.. coisa.. é essa..--

•● Naquele momento, ele subia em seu ombro, pulando rapidamente pelo rosto dele, pegando o seu óculos, caindo no outro braço, e subindo até o outro ombro dele, colocando-o no próprio rosto. Era tão rápido que ele ficava assustado, e nervoso com aquilo. ●•

Ora, seu... !!.

•● Ele quase ficava por batê-lo, ou pegá-lo para tacar longe, mas ele se escondia em baixo da capa dele, e aparentemente com medo. ●•

.. Tsc.. tudo bem...

•● Coincidentemente, ele encontrava um pedaço preto de plástico na praia, pegando-o, e percebia se tratar de um óculos quebrado. Ele o pegava em mãos, e com o dedo indicador, ele fazia a sua unha ficar afiada (por se tratar de um demônio), cortando a lente em 1 par menor, quebrando a armação, e fazendo uma mais ajustada, enquanto começava a andar para a cidade, formando assim um óculos menor, e entregando à ele. ●•

Pronto.


•● Ele ajeitava o óculos esfregando o focinho na capa dele, olhando para os lados e aparentando estar mais feliz. ●•

Ótimo, agora entregue o meu, sua.. coisa.. !.

•● Apesar daquele ser estar feliz, a sua reação não mudava, continuava "chato" do msmo jeito. Ele pegava o óculos dele, e em mãos, ele se lembrava de quando Otohime havia o conseguido para ele. Com um breve suspiro, ele guardava o óculos no bolso, e seguia em frente. ●•
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saito Takeshi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1991
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 68

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 3:13 pm


Saito descia com todos, mas logo a seguir, ele ia diretamente para a praia, de preferência à água, retirando as suas sandálias japonesas (Geta) e colocando seus pés por lá.


le ficava observando de longe as pessoas se amontoarem perto de alguém, mas nem reparava direito, apenas observava a vasta imensidão do oceano, e depois começava a ir até o outro lado daquela praia, com o bastão acertando o fundo da água (na beirada, ainda), e chegando até a passar um pouco perto de onde todos estavam, mas apenas ficava por si só assim. De longe ele também via Kin ficando um pouco mais animada, e aquilo o deixava feliz, sentia que agora as coisas haviam sido resolvidas de alguma forma, mas mesmo assim, estava quieto, pensando em como as coisas seriam dali em diante. Ele chegava até a ver Taikun indo pra a cidade, e começava a se lembrar de como ele estava, ficando sem nenhuma reação aparente (Saito). Essas ações ocorriam em pouco tempo porque ele era o último a ter saído da embarcação, logo ele não teria visto tantas coisas assim acontecerem, mas não se importava muito. Por um momento, ele olhava para o céu, e a única coisa que dizia, era apenas para si, com uma dúvida relevante.

Jin.. o que você fazia, nessa situação.. ?.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kohaku Akihito

avatar

Sexo : Feminino
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 11/08/2014
Mensagens : 46

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 4:13 pm

Aquele lugar não agradava Kohaku exatamente pelo fato dela conhecer o mundo do lado de fora, memórias ruins, sentimentos a muito perdidos ou até mesmo ignorados propositalmente pela garota estavam retornando devagar. Ela tinha medo, tentava disfarçar mas sem nem mesmo perceber acabava apertando um dos braços de Dante o qual estava abraçada.

Acompanhava os movimentos do rapaz, estava estranhamente pensativa, por isso acabava ignorando todos os acontecimentos ao seu redor. Kohaku tentava se acalmar conversando com Dante.

- A Kohaku vai pedir um quarto só pra gente! E vai ser só sua a noite toda!

Ela já estava começando a entender que falar esse tipo de coisa não era natural para as pessoas com quem estava agora, mas ainda assim ela se acalmava quando via Dante constrangido, tentando ensina-la a ser uma pessoa correta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 5:12 pm

Dante não tinha reação diante das ações de seus companheiros nos primeiros minutos em Shadowrealm, o que era pra ser sério e focado logo se dispersava totalmente, e o jovem espadachim ficava abismado, será que ninguém ali estava totalmente sério? Haviam acabado de sair de um campo de batalha! Era quando sentia Kohaku apertar um pouco seu braço, o fazendo olhar para ela.

- Ko-chan...

Ele percebia que ela estava estranha agora fora do navio, as vezes Kohaku ficava daquele jeito e ele nem sabia direito sobre o porquê. E agora percebia que nunca havia decidido perguntar e talvez agora seria um bom momento, se não fossem as palavras seguintes dela. Dante ficava mais uma vez constrangido e parecia um pimentão enquanto gritava com Kohaku.

- V-Você só pensa nisso! ISSO NÃO É COISA PRA FALAR AQUI! E não, enquanto continuar a agir desse jeito, não vou ficar no mesmo quarto que você!

O rapaz fechava os olhos, mas não tentava fazê-la parar de abraçar seu braço. Talvez já estivesse acostumado a isso. Alguns de seus companheiros decidiam não esperar mais e caminhavam já para a cidade, enquanto outros ficavam ajudando a pessoa nova encontrada. Dante não o conhecia pessoalmente, mas por ter morado anos em Dragonland já tinha ouvido um pouco sobre Takashi, que agora o vendo pessoalmente não acreditava que era a mesma pessoa das grandes e heroicas histórias.

Dante ficaria por ali com Kohaku em silêncio, esperando que o grupo voltasse a se mover.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Roque Eisenhauer

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 20/02/2009
Horóscopo chinês : Búfalo
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Iceland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 19/11/2014
Mensagens : 30

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 9:50 pm

♫Muito confiante de suas habilidades de sedução, Roque não esperava aquela reação da garota♫

Roque: Não precisa ser timidaAAAAAAAI AAAAI

♫Ele tremia e caía pra trás com todos os cabelos pra cima. Tossia uma fumacinha pouco antes de Jun tentar "ajuda-lo"♫

Roque: Não se preocupe eu to bem AAI! É sério pode deixar que eu AI!

♫O homem tinha ciumes, claro que tinha, afinal Roque era uma ameaça gigantesca. Ou pelo menos era isso o que ele pensava, estava cheio de si, mesmo naquela situação deplorável. Quando Kin falava com ele o pirata sorria como um galã de novela mexicana. Sacava um pente do bolso e começava a pentear seus cabelos como um chefe, enquanto falava♫

Roque: Não me entenda mal minha doçura. É apenas o dever de um homem ajudar uma dama. Mas se insiste em me agradecer não irei lhe imped...

♫Ele foi ignorado novamente, mas não tinha problema, por que uma outra garota lhe dirigiu a palavra, Otohime♫

Roque: Ha Ha Ha! Agradeço seu conselho minha dama, mas o amor deste pirata não conhece fronteiras!

♫Assim que terminasse de se pentear, Roque se juntaria ao grupo, que parecia preocupado com alguma criatura♫
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Takashi

avatar

Sexo : Masculino
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 28/07/2014
Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 10:16 pm

Vozes, pessoas, esperança! O General dos olhos de raposa sabia que teria ajuda agora e não morreria de fome, mas algo estava estranho. Algumas pessoas ali pareciam saber seu nome. Takashi tentava focalizar mas sua visão estava muito embaçada para reconhecer qualquer um.

"Pode pegar, Takashi-san. Depois eu faço mais pra você!"

Um anjo. Talvez ele tivesse de fato morrido e agora tinha sua recompensa divina. O paraíso, lugar onde anjos lhe entregariam cupcakes, sorvetes, sonhos, tortas doces de todos os tipos e muito mais tipos de doces que ele jamais imaginaria. Sim, talvez aquele fosse o Paraíso. Takashi resolvia aproveitar.

- Domo... - Sua voz rouca acompanha de um movimento trêmulo de sua mão para pegar o cupcake. - Parece... gostoso

O amor infindo por doces o fazia ter forças suficientes para pegar o bolinho da mão de Otohime e colocar na boca. Ao engolir, a explosão de açúcar o fazia recobrar um pouco dos sentidos, mesmo que não totalmente, aliás, nem próximo disso. Mas ainda assim, ele reconhecia alguns rostos presentes.

- Ei... eu conheço vocês... - Seu corpo ainda estava mole, apoiado em Shiori e de alguma forma, Takashi estava sorrindo. - Shii-nee, que... saudades...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Dom Jan 25, 2015 11:11 pm

Depois que Takashi comia aquele doce, um pouco de sua vida voltava, mas deveriam ir logo para a cidade. Tendo isso em mente, Jun começava a liderar todos que estavam ao redor do irmão de Shiori, caminhando para Bluehaven.

Quando chegaram próximos da pousada, Jun fazia o anúncio, era uma mensagem da líder da Resistência, de que ela chegaria em dois dias na cidade e então teriam uma reunião com todos que foram resgatados da batalha. Até lá poderiam pegar quartos nas pousadas e aproveitar o lugar, os habitantes seriam bem receptivos com os recém-chegados.

Depois do recado dado, todos eram dispensados. Algum tempo depois, na taberna principal da cidade portuária, Takashi e Sayuri comiam baldes e mais baldes de comida servidos por funcionários locais. Acompanhando os dois estavam Jun, Shiori, Saito e Roque.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Takashi

avatar

Sexo : Masculino
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 28/07/2014
Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Seg Jan 26, 2015 6:23 pm


Os pratos, cumbucas e bandejas se empilhavam ao lado da mesa do restaurante. Os garçons trabalhavam sem parar, servindo mais e mais das comidas que Takashi pedia. À princípio precisou de ajuda, mas a energia do garoto parecia retornar rapidamente à medida que ele comia.

- Gostoso, muito gostoso... - Com um largo sorriso, Takashi pagava com juros toda a comida que devia ao seu estômago. - Eu imagino se eles conseguiriam fazer algum doce com esses bolinhos de arroz...


O garoto dos olhos de raposa comia com a fome de cem leões famintos e qualquer um que olhasse para a cena, imaginaria que seu estômago não teria fim algum. Eis então que Takashi sentia-se cheio o bastante e relaxava todo o peso do corpo, recostando-se na cadeira, ficando meio deitado meio sentado, sua barriga parecia que carregava um bebê de nove meses, sua expressão, um alívio soberbo.

- Ahhhhh. eu achei que fosse me dar mal, com certeza... - Acariciava sua barriga, rindo um pouco. - Afinal, foram quase três anos vagando pelas terras fora da Dragonland...

Sua frase ficava um pouco no ar, enquanto um soluço vinha à tona. Takashi ria novamente, seus olhos de raposa analisando cada um daqueles que o acompanhavam. Muitos rostos novos, mas também haviam aqueles que conhecia.

- Sayuri-hime, impressionante te ver aqui sem TenKai-dono na sua cola. Hahaha - Ele palitava os dentes. - Sai-kun! Bom saber que está bem - Acenava para Saito. - Shii-nee...

Ele abraçava sua irmã mais nova com o braço esquerdo, ja que ela provavelmente estava sentada ao lado do garoto(Seja por vontade dela ou dele) e então ficava um tempo em silêncio. Ficara tanto tempo longe de contato humano e mais ainda longe de sua irmã que encontrá-la transformava seu coração num poço de alegria pura.

- Fico feliz por te ver de novo, mas desejava que fosse sob circuntâncias melhores... - Um leve suspiro e mais um sorriso, virando para Jun - Você eu não conheço, mas se fosse julgar pelos seus traços... você é um Zheng, certo? Agora você de cabelo branco... Eu também não te conheço, ahaha... - Coça a nuca. - Prazer, eu sou Ishiyama Takashi, braço direito de Ishiyama TenKai-dono e General dos exércitos de Dragonland.

Se tinha algo que Takashi não parecia, era alguém forte. Não emanava nenhum tipo de aura, ou pressão que as pessoas fortes faziam. Não usava armadura ou armas, apenas um kimono vermelho velho e muito puído. Seu jeito de falar era meio molenga e o garoto estava sempre rindo e sendo gentil. A única coisa mais peculiar nele, era um colar com seis moedas orientais douradas e vermelhas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sayuri Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Seg Jan 26, 2015 6:38 pm

Assim como Takashi, Sayuri devorava pratos e mais pratos daquela deliciosa comida. Era impressionante como aquela menina magrinha e fofa conseguia enfiar tanta comida de uma única vez na boca sem engasgar e ainda continuar magra daquela forma.

Quando Takashi terminava e falava com ela, a garota ainda comia, olhando para ele.

- Hm? - Engolia e só então respondia - AH é que eu quero dar um chute na bunda do KaiTen. Eu treinei muito pra isso, né Shiori Sensei *-* - Acabava revelando para Takashi que Shiori havia sido sua mentora todos esses anos. - E também, eu acho que ele deve estar preso tipo num mundo paralelo, pra não me seguir. É a cara da mamãe fazer isso com ele... além do mais, ele também tem que confiar em mim já que também me ajudou a treinar.


Era incrivel como todo aquele tempo havia deixado Sayuri com a aparência da mãe, apesar dela ainda ter uma fome de dragão. Quando terminava de falar tudo, Sayuri voltava a comer e comeria mais uma montanha de pratos até ficar finalmente satisfeita, escorregando na cadeira com a mão em cima da barriga.

- Waaa... agora eu to feliz...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shiori Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 51

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Seg Jan 26, 2015 6:48 pm

Shiori havia se sentado entre Takashi e Jun e havia comido naquele lugar apenas uma maçã. Em seguida ficava em silêncio. Era incrivel como apenas com aquela situação já dava para ver o quão opostos eram os irmãos. Takashi, todo animado, esfomeado e sociável. Shiori séria, silenciosa e quase não comia.

Repentinamente o irmão a abraçava, como sempre fazia, sem aviso e Sayuri falava com ela ao mesmo tempo. A garota apenas respirava fundo, ela não afastaria o irmão, ela nunca fez aquilo e nunca faria. Apenas olhava para Sayuri por alguns instantes e finalmente respondia.

- Hm... sim, ela se esforçou o suficiente, acredito eu.

Era tudo o que a Ishiyama dizia e então olhava para o irmão.

- Você me assustou, o que eu diria para a Amaya se você estivesse morto? - como de costume, Shiori nunca chamava Amaya de mãe. - Sabe o quanto ela gosta de você...

Após aquilo, via Takashi se apresentando para Jun. Ela encarava Jun por alguns segundos. Depois o irmão se apresentava aos demais e só então o pássaro de Shiori aparecia, pousando no ombro de Takashi, o cumprimentando.

- Eu acho que ele sentiu sua falta e do Kororo... - falava com calma.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jun Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 19/01/2012
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 54

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Seg Jan 26, 2015 8:03 pm

Jun estava comendo também, mas sua comida era em uma quantidade normal, uma única refeição. Comia lentamente e aproveitava a conversa que estava sendo iniciada. O rapaz ao lado de Shiori era mesmo irmão dela, Takashi. E na mesa tinha surpresa quando escutava do próprio General sobre quem era Sayuri.

- Oh! Então você que é a filha do Tenkai, e também foi discípula da Shiori? Isso faz da gente quase colegas de treino Sayuri-chan! Hahaha!

Continuando a comer, logo ouvia Takashi perguntar sobre ele. E já chutava que ele seria um Zheng, ele não poderia aparentar ser a o grande General de Dragonland, mas Jun percebia que ele tinha bons olhos. Respondia ainda com a boca cheia:

- É verdade, sou um Zheng. - Engolia a comida. - Meu nome é Jun Zheng, sou um dos comandantes da Resistência e filho de Liang! Sua irmã me contou bastante sobre você Takashi, principalmente do seu vício por doces, e vejo que era verdade!

Sempre com um sorriso no rosto, Jun conversava com as pessoas que estavam na mesa. Era um momento de paz, e o garoto gostava de aproveita-los ao máximo. Porém uma dúvida martelava a cabeça do garoto, e era justamente sobre Takashi, por vê-lo em Shadowrealm. Após mais uma "garfada", o Zheng perguntava:

- Agora me veio algo em mente... Takashi, você não deveria estar em alguma jornada? Acho que ouvi algo assim lá em Dragonland.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Roque Eisenhauer

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 20/02/2009
Horóscopo chinês : Búfalo
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Iceland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 19/11/2014
Mensagens : 30

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Seg Jan 26, 2015 8:50 pm

♫O lugar perfeito para um galanteador, uma taberna supostamente cheia de garotas bonitas! Mas mesmo antes de entrar ali Roque já havia dado em cima de mais da metade das garotas da cidade, ele poderia fracassar em 90% dos casos, mas aquelas garotas que raramente tinham contato com homens acabavam gostando dele. Com uma dor no coração ele lhes dizia adeus, e rumava até a taberna. Lá ele avistava aquele grupo de rostos familiares conversando. E logo fazia sua entrada, jogando os cabelos para trás e levando uma das mãos ao rosto♫

Roque: Saudações meu novos companheiros! Saudações minhas princesas! *Se curvava somente para as garotas*

♫Ouvindo a apresentação de Takashi, Roque também se apresentava, sem muito animo♫

Roque: Este de cabelos brancos se chama Roque Isenhauer, filho de... Pode me chamar de Roque! Mas as garotas costumam me chamar de Príncipe.

♫Ele balançava o rosto e o cabelo e piscava na direção das garotas,  ao mesmo tempo que se sentava fabulosamente sobre a mesa. Como havia chegado no meio do assunto, ele apenas escutava a pergunta daquele rapaz estupidamente agressivo, Jun era seu nome, sobre a jornada de Takashi♫

Roque: Mas conte-nos mais sobre sua jornada, Ishiyama Takashi, este pirata adora uma boa história. E por falar em história...

♫Roque retirava de dentro do bolso um pequeno caderno de anotações, colocava seus óculos e abria numa pagina especifica♫

Roque: Que tal eu lhes contas sobre quando eu Roque Isenhauer enfrentei uma armada inteira para salvar um grupo de garotas? Pois bem, Tudo começou quando eu (...), E de repente, um anjo me resgatou, com suas mãos delicadas, e então eu perdi a consciência, mas estava feliz por saber que meus pequenos anjos estavam sãos e salvos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saito Takeshi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1991
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 68

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Seg Jan 26, 2015 10:20 pm

Saito, sem rumo algum, apenas observava os outros de longe, até que eles decidiam ir à frente, então ele os seguia logo atrás, mas ainda sendo interrompido um pouco por Roque parar no meio do caminho e conversar com cada garota. Ele apenas o evitava, continuando a andar. Chegando na taverna, ele era o último a se sentar, um pouco distante dos outros, e ao cardápio, ele pedia um pouco de saquê e uma salada acompanhada com arroz. Saito era bem natural ao estilo de alimentação, além de não precisar comer sempre, e era bem resistente à bebida alcoólica. Diante de todos, ele apenas ouvia eles, até que Takashi falava com ele.

Hai, que bom que está bem .. também.

Era breve, mas era sincero. Ele nem reparava direito ao quanto comiam ou ao quanto falavam entre si, seria mais como um "segundo" personagem quieto da mesa. Não tinha muito o que falar mas também não sentia tanta necessidade pra aquilo. O tempo ia passando e Saito apenas trocava o saquê que tomava por uma garrafa de água.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Takashi

avatar

Sexo : Masculino
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 28/07/2014
Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Seg Jan 26, 2015 11:04 pm

- Então minha querida nee-chan resolveu ter discípulos e se unir à causas mundiais? - Ele ria um pouco se virando para ela. - Estou impressionado!

Entre Roque e Jun lhe falando ao mesmo tempo, Takashi naturalmente dava mais atenção à Jun. Não pelo fato de um chamar mais atenção do que o outro, mas é que Roque parecia ter uma tendência à afastar os outros naturalmente quando começava a divagar sobre seus devaneios. Eis que a garçonete lhe entregava uma bandeja de frutas caramelizadas e ele começava a comer com um palito de dente.

- Sim, Jun-chan, de fato eu recebi uma missão para escoltar alguém de volta à Dragonland. - Ele demorava um pouco sua visão em Sayuri, como se estivesse lembrando de algo - Demorou um pouco para achá-lo mas nesse momento Koro o está vigiando. - Do nada o clima em torno do General mudava e seu sorriso sumia - Mas ainda não é o momento de agir.

Qualquer um ali notaria a mudança súbita, mas ela fora muito rápida e novamente, Takashi voltava ao seu modo risonho e desencanado. Ele se virava para Shiori.

- Bom, ainda bem que vocês me salvaram então, certo? Assim a Oka-san não vai brigar comigo. Hahaha! - Terminava de falar, brincando com Brân que tentava roubar sua sobremesa. - Agora eu pergunto pra vocês... O que os trouxeram aqui?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sayuri Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Seg Jan 26, 2015 11:13 pm

Sayuri fechava os olhos enquanto ouvia o que eles falavam e por essa razão nem notava o olhar de Takashi. Sobre Roque, ela nem notava sua presença, mas não por maldade, ela ainda estava pensando na comida que havia acabado de comer,

Era quando Takashi perguntava o que os levou lá.

- Ahh! A gente tava no navio do pirata mágico quando esse cara aqui - apontava finalmente pro Roque - sequestrou a Lin, dai a gente acabou com eles e sobrou só ele. Depois vieram uns navios com uma armadura enorme e BUM! - Sayuri se empolgava enquanto falava. - Ai todos se separaram e ai depois de um tempo a Shiori e os amigos dela apareceram e salvaram todos e ai a gente veio aqui!

Sayuri ria baixinho e então voltava a fechar os olhos, fantasiando alguma coisa relacionada a comida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shiori Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 51

MensagemAssunto: Re: Bluehaven   Seg Jan 26, 2015 11:22 pm

Shiori olhava novamente para Roque com uma expressão de nojo. Era então que sua atenção voltava ao que o irmão falava.

- Entendo perfeitamente.... - ela olhava brevemente para Sayuri e segundos depois voltava a olhar para o irmão.


Takashi chegava a brincar com o que Shiori havia dito e a garota acabava dando um sorriso quase imperseptivel, apenas quem realmente a conhecesse saberiam que aquilo era um sorriso.

- Ela me mataria se eu deixasse você morrer, nii-sama. - Era então que ele fazia uma pergunta. - hm... porque eu vim? - olhava para Jun por alguns segundos e Takashi entenderia o que significava, mas ela acabava revelando mesmo que não fosse necessário. - Eu vim por causa dele... - acenava para Jun.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Bluehaven   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Bluehaven
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Histórias do Novo Mundo :: Ato 2 - "Shadowrealm"-
Ir para: