Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 O Caos, o Frio, e o Medo.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: O Caos, o Frio, e o Medo.   Qui Jan 22, 2015 5:54 pm

Mesmo quando a Terra de antigamente era à prevalecente, haviam lugares místicos que nenhum humano jamais desvendou. Lugares esses que, ao sofrerem pela devastação dos bombardeios humanos, entraram em colapso. Talvez tenha sido o impacto, talvez a explosão tenha rompido selos, matado guardiões, alterado o fluxo de magia. Talvez tenha sido uma reação da radiação com seja la o que estivesse dentro desses locais esquecidos, mas eles acordaram. A magia de alguns desses lugares era tão forte que remodelou totalmente regiões inteiras, destruindo toda forma de vida, erguendo montanhas onde haviam planícies, abismos onde deveria ter uma cidade, liberando o fluxo de magia em uma determinada área, que causa efeitos estranhos naqueles que permanecem ali por muito tempo ou até mesmo, invertendo completamente o clima nativo de uma região inteira.

É em um desses lugares que o dia começa. Zytzia caminhava ja à algum tempo no encalço de uma trilha que ao que parecia, deveriam ser exploradores ou viajantes. Sua vontade de contato humano e a curiosidade de saber por que pessoas utilizavam aquelas estradas perigosas e esquecidas, tomou o melhor dela e, abandonando sua própria jornada pelo momento, decidia ir de encontro aos viajantes que adentravam os domínios de Shadowrealm.

O local começava a fazer muito frio e o ambiente rochoso e hostil não fornecia muito abrigo, tampouco comida ou água. Os ventos radioativos naquela região pareciam mais fortes, entretanto por motivos de muitas montanhas existirem naqueles lados, a pior parte dos ventos químicos ficavam pairando cerca de 20 metros acima do solo, deixando quem estava em terra firme, um pouco menos vulnerável aos efeitos daquele lugar. Qualquer um com sensibilidade mágica mais apurada poderia dizer que existe magia naquele local, magia essa com certeza caótica, mas não se sabe ao certo se é ela a causa de tudo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zytzia

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 14/08/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Leão
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 30/12/2014
Mensagens : 9

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Qui Jan 22, 2015 6:48 pm

Zytzia sempre fora uma jovem bastante curiosa, e o principal motivo disso era que a cada passo que dava naquele gigantesco mundo era uma experiência nova para ela. A garota viveu toda sua vida dentro de uma floresta, sendo cuidada por três espíritos femininos. Aprendeu bastante delas e as considerava parte de sua pequena família. Ao ver aquele grupo de pessoas viajando, todas para a mesma direção, faziam os olhos dela os seguirem por um tempo.

Ela estava em uma missão considerada importante para ela, mas julgando a direção que os viajantes tomavam e como ela sabia bastante sobre os arredores daquele lugar, imediatamente percebia que eles estavam pegando um longo caminho quando ela sabia de um caminho menor, que os levaria ao mesmo destino. E como sua família sempre dizia, "Faça boas ações, mas nunca entregue sua confiança diretamente a estranhos, fique sempre com um pé atrás.", Zytzia tomava esse conhecimento para si e finalmente se aproximava do grupo viajante, parando a frente deles.

- Vocês... querem chegar ao território vizinho não é? Eu... conheço um atalho que vai simplificar e muito a viagem, mas o risco é maior. - dizia a garota com seu tom de voz monótono e baixo, sem expressão alguma no rosto.

A jovem se vestia de uma maneira anormal perto de outras pessoas, mas tudo o que os viajantes podiam ver no momento eram sua pele escura, cabelo branco e longo, olhos alaranjados, um chapéu branco estranho, e um manto também branco que cobria quase todo o seu corpo contendo ombreiras. A única parte do corpo da garota visível era parte de suas pernas, do meio de suas duas canelas para baixo. Ela andava quase descalça se não fossem as duas pequenas faixas que ficavam em seus pés.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
KaiTen

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Mau
Data de inscrição : 16/07/2014
Mensagens : 38

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Qui Jan 22, 2015 7:54 pm

- Onde estamos entrando vai te fazer morrer em minutos, vamos, vai embora daqui. - Ele ja sentia a forte magia caótica proeminente da terras de Shadowrealm - E se você me seguir, eu te mato aqui mesmo.

Muitos dias atrás, pouco antes de entrarem naquelas terras inóspitas, KaiTen separava-se do Tigre que libertou quando estavam presos. Guerreiro era seu nome, mas aquela não era uma batalha a qual um animal de florestas poderia lutar. Apenas o lobo solitário sobrevive ao clima impiedoso, por isso decidia que apenas ele e Damian iriam junto com os outros. O Tigre ofereceu pouca resistência, a comunicação de KaiTen com as entidades da natureza parecia ter se aprimorado e assim, Guerreiro abandonou a companhia do jovem Dragão. Assim como Honra, seu cavalo, Guerreiro não seria esquecido.

- O que estamos esperando? Heh. - E assim começava-se a jornada para Shadowrealm.

KaiTen não se importava com o frio, seu corpo se adaptava facilmente à qualquer condição climática, mas logo a fome foi lhe alcançando e por onde andavam era extremamente difícil de encontrar comida ou água, principalmente nos primeiros dias, onde tudo era extremamente novo e diferente. Ainda assim, o jovem Dragão fazia questão de tomar à frente do grupo, andando sempre cerca de dez metros de distância. Ninguém exatamente sabia por quais motivos KaiTen resolvera 'liderar' a caminhada pelos vales rochosos, sendo que na realidade, ele tinha sentido em meio à toda aquela turbulência de cheiros, um odor peculiar. Pequeno, sereno e constante. "Alguém está nos seguindo, provavelmente sozinho. Para sobreviver à esse lugar, deve ser alguém forte."

Mais alguns dias passavam e tanto KaiTen quanto Damian acostumavam-se rapidamente àquele cenário impiedoso. Aprenderam onde os animais se escondiam, e os caçavam facilmente, afinal, aqueles lagartos que conseguia pegar nunca haviam sido caçados antes, por isso chegava a ser quase covardia.

O grupo continuava por contornar o enorme abismo que era aquele lugar quando subitamente, KaiTen se dava conta de que havia perdido o faro daquele ser que os seguia, ele não conseguia lembrar quando aquilo acontecera. "Droga, como pude me descuidar dessa forma?" E quando pensava nisso, ele ouvia umas palavras calmas e serenas, quando se virava, encontrava uma garota de pele bronze e cabelos brancos. Ele ouvia suas palavras, mas se recusava à entendê-las.

- Você só pode ta brincando.... - Cerrava os punhos com força. - Ce acha que eu vou acreditar nisso?

KaiTen avançava num ímpeto singular. "Nos ajudar? Eu tenho cara de idiota?" Rapidamente a distância entre os dois era quase nula e o punho de KaiTen já estava extremamente próximo da garota, na altura de seu rosto. Um soco impecável é aplicado pelo jovem Dragão, mantendo-se em posição, pronto para se defender ou contra-atacar caso fosse pego desprevenido. "Com certeza é uma armadilha. Não tem como alguém oferecer ajuda assim do nada para pessoas que não conhece. Melhor acabar com isso pela raiz."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lei Fong

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 05/06/2010
Horóscopo chinês : Tigre
Zodíaco : Gémeos
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Mau
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 39

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Qui Jan 22, 2015 8:55 pm

Lei Fong, juntamente com seu grupo, estavam a dois anos já cruzando aquele impiedoso deserto de Skyhold. E além de enfrentar esse deserto ainda tinham que despistar soldados do reino que os procuravam. Eram fugitivos afinal. Por causa dessas várias perseguições e falta de dinheiro quando passaram por pequenas vilas do deserto, eles demoravam todo esse tempo para apenas agora estarem perto da fronteira para Shadowrealm. O lugar também era controlado por Skyhold, mas pelo menos era um caminho mais fácil dessa vez, havia ouvido rumores de que Skyhold estava bastante preocupada com roubos de transportes e armamentos que estavam acontecendo em Shadowrealm.

Mas antes de continuar, vale ressaltar um acontecimento. O grupo de Lei havia crescido mais uma vez, um membro novo estava com eles. Mas este carecia de sua memória, lembrava apenas de seu nome. Por algum motivo, depois de Lei salvá-lo de um ataque de bandidos armados quando o mesmo já estava ferido, ele decidiu acompanhar o rapaz. Lei não viu nada contra, e por sentir que ele era forte o deixava vir com ele. Não sabia o que os outros membros pensava a respeito do rapaz, porque ele quase nunca falava com ninguém, era bem quieto, mas sempre que havia briga, ele era um dos primeiros a entrar e estava sempre os ajudando. Por causa dessas suas ações, Lei não via razão para tirá-lo do grupo.

KaiTen ficava a frente do grupo junto com seu novo companheiro, um lobo que se chamava Damian. Lei ficava apenas atento, e caminhando tranquilamente em volta daquele enorme abismo. Sempre quando olhava para frente parecia que aquele caminho nunca acabaria, era quase como se estivessem andando em círculos. Lei Fong usava uma capa junto de sua tradicional vestimenta de artes marciais chinesa. Com suas mãos cobertas de bandagens, parecia o mesmo de sempre depois que saiu daquela prisão infernal se não fosse por um detalha, de um tempo pra cá Lei havia voltando a sorrir e quase sempre ficava de olhos fechados durante o sorriso.

A verdade era que aquele seu sorriso era falso, sua mente já estava bem perturbada depois desses dois longos anos. A morte de Kona podia não ter mexido tanto com os outros do grupo, mas pra ele foi o limite. Era a garota que amava, e como tinham feito uma promessa,  era durante essa jornada para o leste que Lei percebia que poderia cumprir a promessa por ela. Aquele sorriso era um resultado dessa sua realização. Sua falsa realização.

A viagem, que estava monótona e silenciosa, de repente ficava agitada com a aparição de uma estranha garota. E as palavras proferidas por ela chamavam a atenção dele, que já conhecendo KaiTen, avançava praticamente junto com ele e pouco antes dele completar seu golpe, Lei estava ao seu lado, e com uma das mãos impedia o golpe dele. Sua mão tremia perante tanta força, mas este conseguia parar o golpe mesmo que sua mão agora estivesse um tanto ferida.


- Sem pressa, vamos escutá-la. - dizia aquelas palavras com seu sorriso falso e irritante no rosto e com seus olhos fechados.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mitsuko Kanai

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 21/07/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Câncer
Terra Natal : Ibyorack
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 47

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Qui Jan 22, 2015 9:04 pm

Mitsuko caminhava ao lado de Lei. Esse tempo todo a garota tinha suas crises de dupla personalidade de vez em quando, mas uma coisa que se podia notar mais que tudo, ela implicava menos com aquelas pessoas que acompanhava e mais consigo mesma em suas briguinhas pessoais. Quando não estava falando sozinha, a garota chegava a ficar mais quieta, mais pensativa, como se algo a perturbasse, como se algo estivesse martelando naquele cérebro inútil.

No momento em que a comida ficava mais escassa, a ruiva voltou a comer as folhas que ela sempre mantinha consigo e apenas quando a fome era muita. Era algo que ela sempre esteve acostumada a fazer. O clima atrapalhava, mas ela não reclamava como sempre fez antes deles passarem tempo presos. Ela apenas ficava quieta. Dizem que pessoas agitadas quando ficam mais silenciosas ficam mais perigosas. Talvez essa ideia fosse certa, já que fazia muito tempo que a garota não matava ninguém. A foice havia se transformado com a ajuda da Aura de Mitsuko e com as aulas de Hideki para tal acontecimento, agora ela apenas uma espada.

Repentinamente a voz estranha surgia. Era quando Mitsuko voltava de seus pensamentos sombrios e olhava para a pessoa que havia falado. Era uma garota com a pele mais morena e com cabelos brancos. Oferecia ajuda e KaiTen como sempre apelava para a força física por não acreditar na garota. Mitsuko pensava em fazer algo, mas Lei se movia primeiro, ela apenas o seguia e encarava o dragão.

- Larga de ser babaca, dragãozinho. Eu to cansada de andar em círculos! Vamos ouvir. – Aquela era uma coisa que a antiga Mitsuko diria, mas obviamente, assim como Lei, ela estava fingindo algo.

A ruiva ficava parada ao lado de Lei, sempre encarando o dragão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hideki Katashi

avatar

Sexo : Masculino
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 12/08/2014
Mensagens : 27

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Qui Jan 22, 2015 9:55 pm

Mais dois anos se passava e a vontade de encontrar seu mestre ia sumindo, talvez fugir fosse muito exaustivo ou havia problemas maiores para resolver, no final Hideki não se importava mais.

Durante esse tempo a aura maligna de Shin infectava aos poucos Hideki, e aos poucos seus companheiros podiam sentir aquela aura negra. Era uma batalha constante para aguentar tanta impureza, mas Shin ainda estava aprisionado não era atoa.

Havia um novo integrante no grupo e sempre que podia conversava com o rapaz, mas o mesmo era muito quieto então não insistia.

Hideki se sentia a vontade por aquele trajeto, o lugar parecia ser mágico e não incomodava já que estava afundado em trevas. O frio não atrapalhava, já que as vestes mantinham o calor.

Enquanto atravessavam aquela região algo fazia KaiTen parar, não sabia o que estava acontecendo porque sempre andava por último. Com uma rápida leitura das auras percebia que era uma pessoa e KaiTen estava prestes a ataca-la enquanto Lei impedia. Ia se aproximando e com o comentário de Mitsuko entendia que a jovem oferecia ajuda.

Yare Yare! O Dragão está a muito tempo adormecido, deixa ele socar algo se não vai querer socar o novato.

Logo depois de falar isso sorria para a jovem e pensava que se aquele sorriso era o mesmo que quase todos tinham no grupo.

Desculpa não sabia que era uma garota na qual ele estava querendo bater.

Dava uns passos para trás e mantinha a atenção na garota.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Neliel Hellfairy

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 06/09/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Skyhold
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 17/08/2014
Mensagens : 24

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Qui Jan 22, 2015 10:32 pm

"Mudaram muito, mas será realmente isso? Talvez minhas memórias sobre eles nunca tenham sido reais, e se estas forem as pessoas que eles realmente eram?" Pensamentos como esse perturbaram a mente de Neliel num primeiro momento, mas não durou muito, ela realmente não se importava se seus companheiros haviam mudado pra melhor ou para pior, só o fato de estarem caminhando ao seu lado já era suficiente. Quanto ao novo membro do grupo, Neliel não foi contra. Sua alma era branca, pronta para ser moldada, não representava perigo algum. Por um longo tempo eles caminharam no território de Skyhold e ao mesmo tempo que despistavam o inimigo, rumavam em direção a Shadowrealm.

Durante essa jornada Neliel pôde entender muita coisa sobre si mesma e sobre as pessoas ao seu redor. Seus poderes estavam em um nível que a garota jamais pensou ser capaz de alcançar, aquela energia escura e morbida fluia de seu corpo incansávelmente. Ela podia enxergar muito além do que seus olhos alcançavam, podia sentir, podia ver e manipular formas espirituais, podia trazer de volta aqueles que morreram, ainda que incompletos, para lutar sob seu comando. Tudo isso foi alcançado com treinamento, mas não um treinamento físico como faziam aqueles com quem ela andava, pois enquanto eles treinavam seus corpos Neliel treinava sua mente, ela aprendeu que dentro de seu próprio mundo o tempo era ilimitado, não havia pressa nem perigo, só havia o vazio e o escuro. E em seu próprio mundo ela meditou, e alcançou os maiores segredos da necromancia e os segredos de sua própria alma.
Finalmente entravam no território de Shadowrealm, o lugar era frio e hostil ao corpo da garota, mas a fome a sede que sentia não a preocupavam mais do que aquela poderosa energia que os cercavam por onde quer que passavam.

-Algum tipo de energia nos rodeia, sugiro atenção.

Neliel também percebia que já algum tempo alguém os seguia, mesmo quando estava longe aquela alma era grande demais para passar despercebida pela necromante. Ela deveria avisa-los? Não "Kaiten já deve ter percebido..e quanto aos outros?" Com certeza já haviam percebido também, mas como ninguém pareceu se importar ela não se manifestou. Dessa forma Neliel continuava caminhando em silêncio, com seu capuz sobre o rosto e ambas as mãos nos bolsos da blusa, até que finalmente a tal presença se manifestava. KaiTen como já era de se esperar atacava com tudo e Lei o parava, com aquele mesmo sorriso dos últimos anos.

-Isso é no minimo suspeito, mas não posso tomar as decisões por vocês.

Se dependesse de Neliel ela teria deixado KaiTen matar aquela garota, por mais amigável que pudesse parecer eles não estavam numa situação que os permitia confiar em terceiros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Iori Takanayashi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 13/09/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Orderhelm
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 25

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Qui Jan 22, 2015 11:10 pm

Eis o novo membro do grupo de Lei Fong, Iori Takanayashi, antigo membro do Dragão Bonzinho. Depois de vários acontecimentos ruins, um ano depois que havia deixado Dragonland, o rapaz se encontrava sem memória alguma, se lembrava apenas de seu nome e nada mais.

No momento em que perdeu suas memórias ele tinha em suas mãos uma pistola e uma espada, e não se lembrava porque tinha tais armas em suas mãos, mas quando percebia já estava cercado por vários bandidos e seu corpo estava ferido. Sua cabeça doía por causa da perda de memória e provavelmente morreria, até que um rapaz asiático o salvava, acabando com todos a sua frente. Iori o via como um salvador, e desde então decidia ajudá-lo. Por um momento via a imagem de um garoto de cabelo branco no lugar do asiático, mas ela logo sumia. Era estranho já que não "conhecia" ninguém com aquela aparência, por isso deixou de lado.

Iori prestaria seus serviços para o asiático, que tinha como nome Lei Fong, até que suas memórias retornassem, e uma das coisas que seu corpo não desaprendeu foi o seu estilo feroz de luta. Ele ia sempre de corpo aberto, não temendo nem um pouco seus inimigos. E desde cedo percebia que seu corpo amava lutar, que ele foi feito para aquilo. Retornando um pouco da personalidade brigona que tinha anteriormente. Na maioria do tempo ele ficava calado, e sempre se esforçando para que sua memória voltasse, sem sucesso algum.

Com o ano que ficava com aquele grupo único e cheio de personalidades distintas aprendia a confiar neles e os via como amigos, mesmo que suas intenções fossem bem distorcidas. Iori buscava sempre ser indiferente nas decisões, e seguia a escolhida sem questionar. Mas quando a escolha era não lutar, ele ficava um pouco chateado com aquilo antes de segui-la.

Naquele dia não era diferente, a presença daquela estranha e suas palavras, não dava para confiar logo de cara. Mas a maioria do grupo decidia por escutá-la, e Iori cruzava os braços enquanto mantinha os olhos fechados, esperando as palavras da garota nova.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zytzia

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 14/08/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Leão
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 30/12/2014
Mensagens : 9

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sex Jan 23, 2015 12:01 am

Zytzia havia dito tudo muito rápido, que acabou causando a desconfiança de um membro daquele grupo. Kaiten vinha para cima dela como uma fera, e a garota já tinha cansado de conter feras como aquela na floresta em que viveu. Mesmo que aquela a sua frente fosse bem mais forte do que as que costumava imobilizar, ela também tinha ficado muito mais forte com o tempo. E agora com seus três familiares, sua força havia aumentado mais ainda.

Sim, três familiares. Um era seu manto, mas onde estariam os outros dois. No momento em que Lei parou o soco de seu companheiro, os outros dois familiares estavam um pouco acima da cabeça de Kaiten, eram duas espadas enormes que surgiram do nada e estavam prontas para descer. A expressão de Zytzia não mudava nenhum pouco, mas logo os três espíritos reclamavam dentro de sua cabeça. "Por que fez isso?", "Foi direta demais", "Explique melhor". Repreensões, eram como irmãs mais velhas dela, e em alguns casos serviam como mães. E depois disso, ela fazia sua primeira expressão desde que começou a falar com os viajantes, suspirando e fechando os olhos. As espadas sumiam junto com sua fala:

- Me desculpem... devo ter assustado vocês...

A garota acabava cruzando os braços, fazendo com que seu manto abrisse na parte da frente, revelando o restante de seu corpo não visto até então. Zytzia tinha mais músculos para mostrar do que qualquer outra garota, sua vida na floresta repleta de perigos e a necessidade de ter um corpo forte para sobreviver fizeram o corpo da garota ficar daquele jeito. E suas vestes por baixo do manto eram simples, não passavam de vários cintos pelo corpo e um pequeno short. Todas com cor branca com detalhes dourados. A roupa que usava mostrava demais de seu corpo, e ela nem sequer importava com isso.

Por fim, ela retomava sua fala quando os viajantes a sua frente se acalmavam, queria ajuda-los e não ser repreendida novamente pelos espíritos, por isso dessa vez escolhia melhor as palavras.

- Por esse caminho demorarão dias para atravessar, mas nesse atalho vão demorar apenas um. Isso se vocês conseguirem passar por lá. É chamado por muitos como o Vale do Medo, mas tenham em mente uma coisa. O lugar proporciona um teste que nem os maiores guerreiros conseguiram passar.

Ela dizia tudo aquilo com uma voz tão monótona que chegava a soar de forma despreocupada, Zytzia não sabia se expressar adequadamente, além de seus olhos estarem fixados em Kaiten, já que este tentou ataca-la anteriormente, ela não conseguia passar direito o desejo que ela tinha de ajuda-los.

- Vocês tem coragem de passar pelo vale?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
KaiTen

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Mau
Data de inscrição : 16/07/2014
Mensagens : 38

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sex Jan 23, 2015 5:48 pm

Seu soco não tinha impacto, por que? KaiTen virava o rosto, ao mesmo tempo que notava que alguém segurava seu braço. "Eu ja deveria saber..." Lei Fong, ou melhor, aquele era realmente Lei Fong? Pelo que se lembrava de seu rival, ele jamais seria tão arrogante para se colocar entre um Dragão e sua presa, mas agora, com mais de dois anos passados, KaiTen ja havia à muito, notado as mudanças dele, sem falar naquela expressão que tornava seu rosto tão... "Socável". Imóvel, KaiTen encarava a expressão cínica de Lei por um tempo, ainda mantendo a força no braço, como se testasse o garoto. Eram as palavras de Mitsuko e a ameaça vinda do "ataque" da garota morena, que o faziam encerrar a cena.

- Heh. - Com um brusco movimento, ele se solta de Lei. - Vocês parecem que não aprenderam nada nesses dois anos, não é mesmo? HAHAHAHA

KaiTen falava num intuito de relembrá-los por tudo que haviam passado e que ainda passavam. Perseguições, ataques, bombardeiros, assassinatos, prisões. Eles eram procurados, havia preços sob suas cabeças, não havia ninguém em quem eles pudessem confiar à não ser eles mesmos. Acabar com algum estrangeiro que aparecia subitamente sozinho e ja sabia para onde estavam indo, deveria ser a tomada de ação primária do grupo. Mas não. Lei e os outros insistiam em continuar acreditando em qualquer "papai noel" que aparecia na frente deles.

- Para a informação de vocês, essa garota ta seguindo a gente tem dias. - Apontava para ela. - Desde que entramos nesse território de merda, ela têm seguido nossa trilha e pelo que estou vendo, apenas a Nel notou isso também. O resto simplesmente não sabe de porra nenhuma.

A garota era forte, sim, KaiTen percebia aquilo e além disso, não avançara totalmente sem noção do perigo. Ao tomá-la como uma inimiga, o jovem Dragão estava preparado para se defender de um golpe, além disso Damian estava alguns metros atrás, posicionado para intervir da melhor forma possível. Entretando, a atitude de Lei fora impensada. Se ela quisesse, no momento em que Lei o interceptara, Zytzia tinha a brecha ideal para atacar e causar graves danos aos dois.

- Tch...

Ele dava as costas para todos ali, indo até uma pedra e se sentando nela. Sua mente, embora prestasse atenção nas palavras da garota, não esquecia do corpo dela. Haviam músculos ali que nem mesmo KaiTen sabia que conseguiam ser trabalhados. Ele estava... surpreso talvez? Seu corpo era forte também, tinha talvez os músculos mais fortes e definidos do grupo, dado seus treinos físicos pesados e diários, mas aquela garota... KaiTen conseguia encontrar beleza naquilo. "Merda, que porra eu to pensando." Com um breve chacoalhão de cabeça, ele fastava tais pensamentos, focando novamente nas palavras da garota misteriosa de pele bronzeada. Ele normalmente negaria tudo aquilo e seguiria por seu caminho, isso se a pergunta "Vocês tem coragem de passar pelo vale?" não pegasse tanto em seu orgulho.

- Coragem? - Se virava, encarando a garota. - Pff... Pergunte isso aos franguinhos que são meus companheiros. HAHAHAHA - Se levanta, estralando os dedos das mãos. - Como eles vão querer ir na tua ideia de qualquer jeito, um Dragão não poderia recusar um teste de Coragem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lei Fong

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 05/06/2010
Horóscopo chinês : Tigre
Zodíaco : Gémeos
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Mau
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 39

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sex Jan 23, 2015 7:03 pm

Lei Fong tinha agido daquela forma já pensando no que poderia vir. Era uma forma de testar a garota que estava a frente deles, mas nesses últimos dois anos tinha gravado a maneira que Skyhold agia, era sempre em bando. Daquela vez não conseguia sentir mais ninguém por perto, logo ela estava sozinha e poderia estar falando a verdade. Ele sabia que ainda existiam pessoas com boas intenções naquele mundo caótico, afinal se isso fosse uma mentira a existência de Kona não seria possível. Kaiten o desafiava levemente quando não tirava a força de seu soco, Lei Fong continuaria a segura-lo.

Ele acabava se impressionando com a garota a sua frente porque ela também não estava confiando totalmente neles, senão não teriam duas espadas gigantes sobre a cabeça de seu companheiro. As habilidades dela impressionavam o rapaz asiático, ainda mais quando presenciava seu corpo por trás do manto. Era musculosa, e Lei ficava com vontade de perguntar sobre como ela conseguiu deixa-lo daquele jeito, mas não tinha tempo para isso. A garota já estava falando novamente, explicando sobre o atalho que conhecia.

A maneira da garota de agir e de ter pedido desculpas naturalmente finalmente apontavam que ela não queria ataca-los. Se quisesse poderia ter feito a muito tempo. A história daquele atalho era interessante e desafiadora, e mesmo que não fosse tão orgulhoso quanto Kaiten, ao ouvir a pergunta da estranha de pele escura o seu espírito de lutador acendia. Lei poderia ter mudado bastante, mas aquilo havia permanecido.


- Um atalho interessante. Quero tentar passar por esse teste. - dizia isso em um tom de voz normal, mas ainda permanecendo com o irritante sorriso no rosto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mitsuko Kanai

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 21/07/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Câncer
Terra Natal : Ibyorack
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 47

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sex Jan 23, 2015 7:15 pm

Por alguns instantes a ruiva ficava em silêncio. Ela havia optado por seguir Lei Fong como líder e também sabia que provavelmente aquela garota estava sozinha. Então obviamente iria seguir a decisão do líder.

Era quando a garota abria a capa e por alguns instantes via aquela quantidade de musculos, também reparando na reação do dragão.

- Vai em frente... dessa vez é você que vai agir, Mit - Sussurrava para si mesma, como sempre fazia quando havia uma conversa entre suas personalidades. Era a permissão de Rose para que Mitsuko voltasse a ser como era antes.

Era então que Mitsuko se virava para KaiTen com o jeito de deboche no rosto.

- Hohoho...não acredito no que eu vi! - provavelmente era um jeito de lembrar KaiTen que ela havia reparado o que aqueles músculos fizeram a ele. Em seguida virava para a garota com um olhar determinado. - Eu não tenho medo de nada! - dava um pequeno soquinho no ombro de Lei. - Vamos nessa, Lei! Mostrar pra esse dragãozinho que a gente também é forte!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hideki Katashi

avatar

Sexo : Masculino
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 12/08/2014
Mensagens : 27

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sex Jan 23, 2015 11:39 pm

Sempre que o dragão era afrontado a brasa que já queimava todos a sua volta virava uma chama, com o passar do tempo aquele fogo não incomodava mais. Entendia com clareza o que KaiTen queria dizer e não via problema em atacar primeiro e perguntar depois.Pensava isso por experiência própria.

- Pra que vamos nos preocupar se estamos sendo seguidos, já que você é o cão de guarda da turma.

Como KaiTen e Neliel, já havia percebido a presença da garota a dias, apesar do conhecimento dela sobre a região, não passava despercebida.

Com o olhar voltado para a garota ficava surpreso ao ver que tipo de treinamento ela passou para ter um corpo tão musculoso na qual ela mostrava sem pudor. Logo um teste era mencionado, mas parecia faltar algo. - Concordo com o teste, mas você aparece na nossa frente dessa forma direta e já nos oferece um caminho onde teremos que passar por um teste e nem se quer diz o seu nome? - suspeitava já que a garota nem falar seu nome falou, mesmo não fazendo diferença, um nome na qual pudesse chama-la seria bem vindo.

Por fim esperava um nome e todos aceitarem o desafio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Neliel Hellfairy

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 06/09/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Skyhold
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 17/08/2014
Mensagens : 24

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sab Jan 24, 2015 1:25 pm

Atravessar um atalho apontado por uma completa estranha no meio de um deserto gelado, tinha tanta coisa errada ali que Neliel nem sabia por onde começar. Mas como sempre eles não escutariam seus conselhos sobre segurança, por isso Neliel nem tentava impedir.
KaiTen estava nervoso, mas pelo menos não estava escondendo seu verdadeiro rosto como os outros, um pequeno alivio para a garota. Aquele corpo musculoso não chamava tanta atenção de Neliel, não era a primeira vez que via músculos daquele jeito, afinal estava cercadas de pessoas que trabalhavam seus corpos diariamente, até mesmo Neliel tinha músculos definidos, precisava ter se quisesse continuar acompanhando aquele grupo.
Como já era de se esperar Lei aceitava, na verdade todos aceitavam, provocar KaiTen foi mesmo uma boa estratégia, será que aquela garota o conhecia? Ou deduziu isso pela personalidade que ele mostrou ao ataca-la? De qualquer modo, agora eles teriam que seguir aquela ideia maluca.
As provocações de sempre, não afetariam tanto a Neliel se KaiTen não tivesse mencionado a palavra "Franguinho", só de pensar em comida o estomago da garota acabava roncando. Neliel tirava as mãos dos bolsos e alongava ambos seus braços enquanto falava num tom irônico, que por sinal estava se tornando sua especialidade.

- Fugitivos procurados seguindo os conselhos da garota desconhecida rumo ao vale do desafio num lugar cercado por magia estranha. O que pode dar errado?

Tudo pode dar errado. Aquela garota era claramente usuária de magia, aquelas coisas eram familiares, e muito poderosos por sinal, a necromante podia sentir o perigo que o caminho a frente proporcionava, mas estava pronta para acompanha-los novamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Iori Takanayashi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 13/09/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Orderhelm
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 25

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sab Jan 24, 2015 3:17 pm

Depois de ter perdido a memória e ser acolhido pelo grupo, Iori estava bem perdido, mas o tempo de um ano foi o suficiente para encaixá-lo, o rapaz já tinha seus próprios pensamentos do que achava de cada um do grupo. Kaiten era o que mais parecia com ele em horas de luta, gostava de lutar e a força que ele possuía sempre o surpreendia. Neliel era uma poderosa maga e bastante inteligente, as vezes não entendia nada do que ela dizia, mas com certeza era algo ótimo, já que todos os seus planos davam certo no final. Mitsuko era estranha, ela falava sozinha várias vezes, uma dupla personalidade, mas ela era a divertida do grupo e as vezes, bem estressada assim como Kaiten. Sua segunda personalidade, Rose, era bem séria e parecia ser bem responsável. Hideki gostava de brincar com todos, usando um dialeto "zueiro", mas quando era necessário ele não desapontava ninguém, era bastante útil com seu ótimo controle sobre sua aura elemental. Agora Lei, ele não sabia como era antes porque de vez em quando pegava algum dos membros conversando sobre o quanto ele havia mudado, mas Iori via no líder daquele grupo alguém que estava com a mente distante, como se ele já estivesse pensando sempre a frente e suas ações sempre eram enigmáticas, parecia esconder alguma coisa e mesmo assim era seguido por todas aquelas pessoas, Lei era o único que o rapaz não sabia dizer muita coisa, mas tinha uma certeza sobre ele, era muito forte. No fim, Iori tinha decidido seguir Lei Fong por gratidão, iria ajudá-lo por ter sido salvo, mas será que ele queria mesmo salvar sua vida ou apenas bater nos mal-feitores? Não dava para saber.

Iori ficava quieto durante todo o discurso da estranha. Se impressionando assim como os outros com os músculos que a garota possuía. Um corpo tão bem trabalhado, o rapaz sabia que era o trabalho de uma vida inteira. Quando ouvia o estômago de Neliel roncar, Iori segurava um riso e depois da necromante terminar com suas palavras, quando todos já haviam decidido o que fazer, o rapaz seguia a decisão de seus companheiros.


- Vamos nessa. Eu tô pronto pra enfrentar esse valezinho!

O rapaz sorria, animado com a situação, e ficava a espera daquela garota os levar até o tal atalho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sab Jan 24, 2015 4:13 pm

Todos, mesmo alguns sendo relutantes, resolviam dar credibilidade ao discurso da estranha de nome Zytzia. Talvez fosse a pressa de Lei em chegar ao seu destino que o fizera querer pegar um caminho mais curto. Talvez tivesse sido a fome dos membros que gerou uma necessidade não apenas física, mas também psicológica de ir embora daquele lugar. Poderia ser até mesmo o orgulho de ter sido desafiado, como era o caso de KaiTen.

É claro que ninguém ali, confiaria 100% na garota e o sentimento de Zytzia para com os integrantes da comitiva era recíproco. Naquele clima de desconfiança, a jornada de todos dava continuidade, com Zytzia liderando o caminho à ser seguido.

Após passar por debaixo de arcos rochosos naturais, eles deveriam descer um barranco de pedras extremamente inclinado e perigoso, sendo um movimento em falso, o suficiente para desmoronar toneladas e toneladas de pedra. Ao fim da descida, o grupo se depararia com a entrada de uma enorme caverna. Aquele era o local.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zytzia

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 14/08/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Leão
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 30/12/2014
Mensagens : 9

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sab Jan 24, 2015 5:05 pm

"Meu nome é Zytzia.". Foi o que ela disse em resposta ao garoto que tinha perguntado, agora já estava se movendo, os levando até o atalho que conhecia. Passava por baixo dos arcos rochosos do local e ficava de frente de um barranco, era quando parava e dizia para eles com uma voz já baixa.

- Tomem cuidado a partir de agora, qualquer movimento falso, um desmoronamento é possível.

E sem nem esperar a reação do grupo de viajantes, Zytzia começava a descer lentamente o barranco inclinado. Ela não tinha medo, para quem brincava de escalar coisas desde criança aquilo era fácil, e sua vida na floresta a ajudou ser muito paciente com qualquer coisa. "A paciência é a virtude de um caçador, garantindo seu jantar", era o que o familiar de seu manto sempre dizia.

Com passos cuidadosos, e um equilíbrio excelente, Zytzia ia descendo o barranco sem problemas por enquanto, sem expressão alguma no rosto e com os olhos afiados, sempre procurando olhar para trás para ver como os viajantes estavam indo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
KaiTen

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Mau
Data de inscrição : 16/07/2014
Mensagens : 38

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sab Jan 24, 2015 7:43 pm

KaiTen, mesmo se convencendo a ir, não gostava daquilo nem um pouco, mas outra pessoa que também não estava muito
feliz com a situação e mostrava seus sentimentos quase tão claramente quanto ele, era Neliel, por isso quando começava a andar para seguir Zytzia, ele botava a mão no ombro da jovem Necromante, sabendo que ela viraria seu rosto, ele fazia um breve aceno com a cabeça, como num gesto que dizia "Eu entendo seus sentimentos" e assim, continuava a seguir em frente.

- Zy... zis.. zyt.. Argh, que nome estranho você tem. Vou te chamar de Zí. - Esbravejava KaiTen. - E por falar em nomes, me chamo KaiTen. Ishiyama KaiTen.

Troca de nomes era algo natural para ele, mas KaiTen tinha uma pequena regra. "Dê-me seu nome primeiro, e eu lhe darei o meu." Com isso, ele acompanhava de perto os passos da garota, atento à todos seus arredores, decorando toda a trilha de volta, caso fosse uma armadilha e precisaria retornar para onde estavam. Ele notava que Zytzia realmente sabia se mover por ali, o que lhe botava mais dúvidas se ela de fato era uma assassina contratada ou algo o gênero. De qualquer forma, não baixaria sua guarda mesmo que por um segundo. Eis que chegavam ao barranco rochoso.

- Parece seguro o bastante. - Da de ombros, sorrindo para seus companheiros. - Bom, se qualquer um de vocês morrer, eu ja deixou meu Adeus aqui.

Acenava rindo e começava a descer também, imitando todos os passos de Zytzia. Pisava nas mesmas pedras que ela, deslizava nos mesmos momento que a garota. Ela sabia se mover, isso era claro, mas KaiTen não se daria ao luxo de perder nem mesmo nisso. Se ela soubesse o caminho correto para baixo, ele não se daria ao luxo de ir por qualquer outro, possibilitando ser engajado por uma armadilha ou coisas do tipo. Seu lobo o acompanhava facilmente, com KaiTen enviando imagens mentais de onde ele deveria pisar e como deveria agir a cada metro daquela descida traiçoeira.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lei Fong

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 05/06/2010
Horóscopo chinês : Tigre
Zodíaco : Gémeos
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Mau
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 39

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sab Jan 24, 2015 9:01 pm

Zytzia, um nome estranho, mas Lei conseguia gravá-lo. Sua mente era ótima para guardar as coisas. E assim como Kaiten, dava a garota de nome estranho o seu nome.

- Lei Fong. Espero que nos conduza em segurança, Zytzia-san.

Falando com aquele mesmo sorriso de sempre, Lei começava a acompanhar Zytzia. Seu modo de falar era calmo, mas ao mesmo sempre enigmático. Lei estava bem misterioso ao longo desses dois anos, e o motivo era que ele só tinha uma coisa em mente, completar seus objetivos, e até o momento certo não queria deixar tendência alguma, apenas agir naturalmente, seguindo o fluxo e julgando tudo por si mesmo, para ele próprio. Mesmo estando em um grupo, mesmo ainda precisando deles, Lei Fong não se importava mais a tempos no que cada um fazia. Ele apenas queria que eles permanecessem ao seu lado, e ao mesmo tempo, não atrapalhassem em suas decisões.

Minutos de caminhada, até chegarem em um lugar que Zytzia dizia que era perigoso. Uma descida e tanta, com uma inclinação grande. A guia deles logo pulava primeiro, já fazendo um bom caminho, em seguida ia Kaiten, depois de soltar uma breve provocação para todos, Lei logo ia atrás imitando os passos do Dragão a sua frente, ainda sorrindo daquela forma irritante.


- Adeus? Kaiten-san, não acha que está sendo rude com seus amigos?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mitsuko Kanai

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 21/07/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Câncer
Terra Natal : Ibyorack
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 47

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sab Jan 24, 2015 9:08 pm

A garota nova se apresentava. Um nome bem complicado, mas nada que fosse de quebrar a cabeça, não para Rose.

- Prazer, Mitsuko Kanai. - se apresentava assim como os outros. Porém, uma coisa ela não podia deixar passar, KaiTen com seu cérebro limitado não conseguia pronunciar o nome da garota nova, decidindo chamá-la de Zi. - AHHHHHHHHHH!!!!!! Por que ela tem um apelido legal e eu tenho que ser a Demônia?! Isso não é justo!

Raramente Rose deixava Mit agir sozinha desde que saiu daquela cela imunda. Porém dessa vez Mit estava mais livre para falar o que pensava enquanto Rose prestava atenção no lugar ao qual estavam indo e até mesmo em seus companheiros.

- Fale por você, dragãozinho, cê nem sabe voar. Se cair já era hihihi Eu estou tranquila aqui. Já fiz muito isso! – Realmente Mitsuko nem pensava ao pisar e nem olhava para Zytzia, mas coincidentemente ela acabava pisando exatamente onde Zytzia pisava, já que também viveu na floresta quando morava em Ibyorack e fez muita escalada para fugir e despistar perseguidores. – mas não se anime não, se sua ideia é a gente morrer pra cê ficar sozinho com a garota dos músculos, não se esqueça, meu trabalho aqui é te irritar hahaha eu não vou morrer só pra te irritar. Hahaha!

Apesar de não olhar pra onde estava indo, Mitsuko mantinha Neliel envolta numa barreira física o tempo todo, sem que a companheira notasse, afinal, depois de 2 anos treinando sem descanso, a dor já não incomodava mais a ruiva quando fazia aquilo, apesar de ainda existir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hideki Katashi

avatar

Sexo : Masculino
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 12/08/2014
Mensagens : 27

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Sab Jan 24, 2015 9:42 pm

Zytzia, então era revelado o nome daquela garota misteriosa.

- Zytzia combina com você, um tanto estranho. Katashi Hideki, prazer!

Estavam todos de acordo, começávamos a andar em direção ao desconhecido.
Hideki podia se afundar em sua mente como sempre fazia, já que havia desenvolvido
uma sensibilidade para as auras mesmo aqueles que ainda não haviam manifestado ele conseguia sentir, então qualquer alteração em Zytzia ele despertaria.

Hideki então aproveitava o momento, era pouco mas sempre que conseguia, aproveitava a oportunidade. Sentir as auras clareava sua mente
e ajudava a lembrar de como era ter uma aura tão pura, a sua já estava corrompida e a de Lei parecia ir para o mesmo caminho.

Hideki não tinha o que esconder, já nem lembrava dos dias difíceis e tentava seguir em frente com o que tinha. Zytzia parava, Hideki voltava a si e olhava para o barranco do qual teria que descer.

- KaiTen tentar pular para ver se é tão alto assim. Se não conseguir adeus!

Fazia o comentário depois das palavras de encorajamento de KaiTen. Mesmo falando aquilo, sabia que se alguém perdesse o equilíbrio ele acharia uma maneira de ajudar.
Zytzia já descia com maestria e KaiTen e Lei iam seguindo os passos dela, Mit sempre preocupada com Neliel, sabia o que ela estava fazendo já que sentia a aura, talvez até Neliel soubesse.
Aquilo estava sendo fácil demais para o grupo, a preocupação maior era com a mulher estranha e que parecia ser bem poderosa.

Hideki começava a descer, com cautela, ia seguindo os passos de Mitsuko enquanto tomava só o cuidado de não desequilibrar.

Ficava atento ao novato e Neliel que vinham atrás para ajuda-los se fosse preciso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Neliel Hellfairy

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 06/09/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Skyhold
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 17/08/2014
Mensagens : 24

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Dom Jan 25, 2015 2:15 am

Neliel entendia o recado de KaiTen, aquilo tudo era conveniente demais, porém o que aliviava a necromante era o fato de que Zytzia não possuía uma alma escura, na verdade era quase tão branca quanto a de Iori porém um pouco mais colorida, qualquer oscilação seria motivo para suspeita.

Todos se apresentavam, e Neliel que inicialmente não tinha a intenção de faze-lo acabava se apresentando por uma questão de respeito a opinião geral.

- Neliel.

Assim ela os seguia, seu corpo lutava contra o frio e a sede mas a garota era forte o suficiente para seguir em frente sem demostrar sinais de fraqueza. Ela percebia que quanto mais andavam maior era o fluxo de energia ao redor de suas cabeças, talvez o "desafio" estivesse prestes a começar.

Uma descida que poderia se provar um tanto problemática se Neliel não possuísse uma excelente memória e capacidade de raciocínio. Ela sabia onde pisar decorando o caminho e deduzindo pequenas chances de sucesso e fracasso, mas apesar disso ainda era grata pela preocupação de seus companheiros. Ela percebia o quão atento estavam a ela, como guardiões. Mitsuko a protegia com uma barreira que Neliel aprendeu a sentir, enquanto Hideki se atentava a seus movimentos. A antiga Neliel com certeza teria se sentido um fardo naquele momento, mas agora ela já havia se acostumado, já havia encontrado sua função e seu papel ali, por isso aceitava a ajuda quando essa era necessária.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Iori Takanayashi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 13/09/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Orderhelm
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 25

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Dom Jan 25, 2015 12:02 pm

- Iori. Prazer.

Era tudo o que dizia a Zytzia, e já se movia atrás do grupo que agora estava em movimento, seguindo a garota até o atalho que ela afirmava existir e encurtar a travessia até Shadowrealm. Iori não sabia que perigo seria imposto a eles, uma vez que ela deixou claro que o lugar era perigoso, mas desde que estivesse com seus companheiros com certeza poderiam passar por isso facilmente, se nem em dois longos anos Skyhold conseguiu colocar a mão neles, não era um vale mágico que faria isso.

Descer um barranco, eis uma tarefa difícil para Iori que nunca se preocupou muito com cautela. E por isso ele pensava ao olhar o tamanho da descida:
"Ah que saco... essa descida vai ser chata!". Ele coçava a cabeça, e quando percebia era o último a começar a descer. Nem reparava nos olhares de alguns de seus companheiros, estava mais preocupado em imitar tudo o que eles faziam e se esforçar para não colocar força demais. Por mais que Iori fosse um brutamontes por si só, com esforço ele conseguia pensar e também ter equilíbrio, mas mesmo assim ele seria o que demoraria mais para completar o percurso por estar sendo cauteloso demais, e ter medo de começar um deslisamento de terra.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Dom Jan 25, 2015 12:27 pm

A descida fora relativamente fácil, tendo Zytzia como guia. Os que foram por si mesmo e tiveram cuidado e equilíbrio necessários foram os que mais demoraram, entretanto nenhum deslizamento foi causado.

A descida fora tão longa que quem olhasse para cima não veria mais a colina da qual vieram, a luz ali era muito pouca e, mesmo com os olhos se acostumando à escuridão, era quase impossível ver muito além de alguns metros à frente. Não que isso fosse um problema, afinal não havia nada ali de interessante, a não ser é claro, uma enorme caverna, esculpida naturalmente(ou talvez não) de uma forma que ficasse semelhante à mandíbula de alguma vil criatura.

Ninguém repararia até se aproximar, mas esqueletos estavam ali na entrada, meio enterrados, caídos em posições como se estivessem se arrastando para fora da caverna. Qualquer um ali conseguiria sentir uma forte pressão, como se o próprio ar em torno da caverna fosse difícil de filtrar pelos pulmões. Era evidente também, que tanto a luz não se propagaria ali dentro, quanto que qualquer luz acesa ali dentro seria consumida até o fim por forças incompreensíveis.

Outro fato que os jogadores compreenderiam apenas quando adentrassem a caverna, é que o som também não se propagaria, mas pelo momento que notassem isso, já não seria mais possível retornar. De alguma forma, todos deveriam passar por aquela provação infernal fosse por bem, ou por mal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Zytzia

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 14/08/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Leão
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 30/12/2014
Mensagens : 9

MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   Dom Jan 25, 2015 1:45 pm

Como Zytzia já tinha ido até ali uma vez não se surpreendia e nem nada, mas quando estava naquele lugar pela primeira vez foi com certeza uma experiência única e pisar lá mais uma vez a fazia lembrar do passado.

Não poder enxergar quase nada a sua volta, com aquela magia que deixava o ar mais pesado, causando uma pressão que deixava a respiração um desafio, a incapacidade de iluminar o local e os esqueletos daqueles que falharam ao atravessar o vale. Zytzia foi levada até lá por seus próprios familiares, elas diziam que a garota se tornaria mais forte se passasse por aquele teste, ela era inocente na época, mas ao mesmo tempo corajosa. Aprendeu com os espíritos que cuidaram dela como se virar sozinha, e procurar resolver todos seus problemas por si só, e que se não conseguisse se manter de pé sem ajuda de alguém ela não sobreviveria.

Um treinamento árduo, Zytzia se lembrava do quanto sofreu dentro daquele vale até hoje, os espíritos que eram seus familiares eram bem rigorosos e a garota agora era fruto de todos os ideais vindo deles. Mas ela lembrava também que só conseguiu passar pelo teste graças as palavras de seus familiares antes que ela passasse pela entrada da caverna, e agora que estava mais uma vez de frente para a entrada do lugar que mais parecia uma mandíbula de uma fera enorme, a garota procurava dizer as mesmas palavras que escutou para as pessoas que estava guiando. Lei Fong, Kaiten, Mitsuko, Hideki, Neliel e Iori.

- A partir de agora tudo irá se complicar, mas lembrem-se sempre de seus ideais, não os esqueçam. Isso vai ajuda-los...

Era um simples conselho, o mesmo que Zytzia recebeu dois anos atrás antes de entrar no vale. E dizendo isso para todos, a garota entrava na caverna antes dos outros, e ao entrar era como se a escuridão a engolisse, Zytzia não conseguiria ver mais nada a partir dali, mas ela já sabia o caminho, por isso andava tranquilamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Caos, o Frio, e o Medo.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Caos, o Frio, e o Medo.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Brasil] Reporter Record - Caos dos aeroportos
» Il-76 em Cabo Frio
» Hora do Medo
» Aeroporto de Cabo Frio (SBCB) editadas
» 26\05\2012 Antonov An-124 em Cabo Frio SBCB

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Histórias do Novo Mundo :: Ato 2 - Histórias Secundárias-
Ir para: