Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Vaga-lume

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Sab Fev 21, 2015 11:42 pm

Quando Otohime era jogada para o meio da sala, os soldados que antes jogavam poker notavam a nova presença imediatamente, os fazendo se levantarem e pegarem seus rifles, já mirando no intruso.

Soldado 5:
Quem tá aí!? Não se mova!

Notando que o intruso era uma garota, um dos soldados se pronunciava.

Soldado 2:
Que merda é essa? É só uma garota, como ela veio parar aqui?

E após a confirmação de ser apenas uma garota, os soldados começavam a conversar entre si, a cochichos, até que decidiam se aproximar dela. E quem falava primeiro era o bêbado.

Soldado 3:
Ei garota... tá perdida por essas bandas? - Como estava próximo, o bafo ia direto em seu rosto. - Cê sabia que é proibido entrar sem permissão aqui?

Todos os soldados estavam com um sorriso mal intencionado no rosto. Claro, Otohime era a imagem de uma garotinha indefesa, e ainda por cima estava com os joelhos ralados. E como Dante havia dito, ela era perfeita para distrai-los.

Soldado 1:
Você vai tá enrascada sabia? Mas sabe, podemos te deixar sair sem falar pra ninguém. Se você fizer o que nós pedirmos...

Soldados de Skyhold. Eles poderiam estar seguindo ordens, mas por fazerem parte do reino que estava em rumo a dominação daquele mundo, abusavam e muito do poder que tinham, contra o reino dominado de Shadowrealm. Eles começavam a cercar Otohime, dando algumas leves risadas durante.

Soldado 4:
Você... sabe do que estamos falando não é?...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otohime Katashi

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 20/04/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Sab Fev 21, 2015 11:12 pm

Dante sugeria que ela fosse a isca, Saito tentava arrumar outra maneira. Claro que ser escolhida já estava nos planos da garota.

- Eu posso até chor...

Ela ia dizer algo para Dante, mas antes que terminasse já era expulsa do esconderijo, caindo de cara no chão.

- WAAAAA! @.@

A Katashi se levantava como sempre, limpando-se. Sentia os soldados se aproximando, então sua expressão tornava-se confusa, respirava mais rápido que o normal para dar sinal de cansaço e lágrimas surgiam nos olhos da garota com uma facilidade incrivel. Uma atuação perfeita, com certeza. Qualquer um diria que ela realmente estava assustada e chorando por estar perdida.

O primeiro guarda se aproximava falando com ela. Otohime podia sentir o cheiro da bebida vindo dele.

- Eu...eu... me perdoem... Não sabia que tinha gente aqui... - Ela olhava mais atentamente para os outros soldados e chorava cada vez mais, em soluços. - Sniff...vo...vocês viram um garotinho de 8 anos por ai?

Era quando eles a rodeavam, dizendo aquelas palavras. Era obvio o que eles queriam fazer, mas a Katashi apenas continuava.

- O...o que vocês vão fazer? Por favor! Eu só quero achar meu irmãozinho...Sniff...Por favor!

No fundo ela queria socar a cara de cada um daqueles homens, mas ela continuava seu papel de donzela em perigo. Mediando sua força para que não parecesse mais forte do que aparentava, ela empurrava alguns para afastá-los como qualquer garotinha faria.

- Não cheguem perto de mim!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Dom Fev 22, 2015 12:01 am

Ouvir tudo aquilo de Saito não mudava sua opinião. Jogar um homem lá dentro não provocaria o impacto que ele queria e provavelmente não prenderia muito da atenção daqueles soldados. Roksana parecia entendê-lo e agilizava a entrada de Otohime, e estando feliz por seu plano ser escolhido, Dante ficava ao lado daquela loira da Resistência e fazia o mesmo gesto dela para sua amiga Katashi, um sinal positivo com o dedão e um sorriso no rosto.

Porém sua felicidade não durava muito. Sua tia começava a gritar no comunicador. Torcendo por Otohime, e mais uma vez Dante "morria" de vergonha. Ele falava pelo comunicador enquanto seguia os passos de Roksana, mas em certo ponto se separava dela por seu alvo ser um outro soldado.

- Tia Kate... se controle por favor... ha ha...

Sempre que ficava com sua tia na presença de outros, Dante sofria de vergonha alheia. Ele sentia toda a vergonha que era para ela sentir, mas Katherine não se importava nenhum pouco de agir daquela forma.

Quando via os soldados começando a cercar Otohime, mesmo tendo pensado naquela possibilidade, o jovem espadachim ficava furioso, ele acreditava que pelo menos poderiam ser decentes, mas os soldados de Skyhold agiam da mesma forma que seu reino. Abusando do poder que tinham.

- Tch... não consigo aceitar isso...

Vendo uma boa oportunidade, quando Otohime começava a empurrar os soldados enquanto fingia muito bem ser uma garota indefesa, Dante entrava em cena presumindo que seus companheiros também agiriam, escolhia um dos soldados e, com sua alta velocidade, acertava com força o cabo de sua katana na nuca do soldado distraído.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saito Takeshi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1991
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 68

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Dom Fev 22, 2015 4:35 pm

Tudo bem. Você consegue, hime.

Era a única coisa que dizia, vendo todos a empurrando, ele era o único que ficava no começo, de braços cruzados, aceitando o fato de que até ela aceitava sem problemas ser a distração, e, aos poucos, que ela ia se aproximando, ele olhava atentamente ao modo com que se comportavam. Aquilo o deixava um pouco histérico, e já notava má influência vindo deles. Saito não pensava duas vezes e já fazia seu bastão surgir em sua mão direita, e olhando de longe. O que mais lhe irritava era estarem pensando em abusar dela mesmo depois de entediados e embriagados, daquele jeito. Saito já chegou a beber várias vezes com Taikun e Shen, e nunca havia passado por isso, nem em sua mente se passava.

Tch.. covardes...

Pensava a si. De modo algum, ele poderia deixar a filha de seu mestre, ser cercada daquele jeito, e em pouquíssimos milésimos depois de Dante, Saito também interagia, criando uma pequena esfera de água em seu braço, ele movia o bastão na diagonal, com força. O trajeto do bastão tinha em um dos seus pontos, a mira certeira à cabeça de um dos soldados, e quando a esfera passava por todo o bastão, ele saía de sua ponta, e ia diretamente à cabeça de um deles. Com um grande impacto de força, como uma bala, mas sem tanta força, apenas para nocautear, ele atirava, e já corria rapidamente para ir atrás do próximo, correndo e em uma velocidade diferente de Dante, obviamente. Seu alvo para à bala, se tornava um dos mais próximos que estavam dela, mas por sorte, era um alvo diferente do que Dante escolhia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Roksana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 14/03/2004
Horóscopo chinês : Macaco
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Skyhold
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 20

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 8:28 am

Otohime cumpria seu papel perfeitamente como era de se esperar, e Rok também fazia sua parte, se movendo sorrateiramente ela atacava seus inimigos pelas costas ao mesmo tempo que Saito e Dante o faziam, Saito derrubava dois, Dante derrubava um, restavam dois inimigos para Rok e um precisaria ficar acordado.  

Quando já estava próxima a eles Rok cutucava seus ombros simultaneamente, ambos viravam seus rostos para ela, nesse momento ela segurava a cabeça de cada um e as batia uma na outra, desorientados os soldados se tornavam alvos fáceis, um soco bem dado no rosto de um deles o fazia cair para trás, em seguida Rok segurava com as duas mãos a cabeça daquele que continuava de pé e a forçava para baixo, ao mesmo tempo com o joelho ela aplicava um golpe pra cima, acertando em cheio a testa de seu oponente, fazendo-o perder a consciência no mesmo instante. O outro soldado tentava se levantar no chão ainda em quatro apoios, Rok segurava com força em sua nuca e o empurrava para baixo, ao mesmo tempo que com a outra mão ela pegava seu braço e o torcia para trás de suas costas, utilizando seu próprio peso para prensar seu inimigo contra o chão. A posição era perfeita, só restava força-lo a responder.

- Você foi sorteado! Comece a falar exatamente o que aconteceu aqui, e por que o artefato desapareceu, isso é se ainda tiver a intenção de manter esse braço.

Rok era forte, claro que não tão forte quanto um lutador marcial, mas seu corpo era resistente, ágil e musculoso devido a uma vida dura e cheia de batalhas. Por isso seus golpes eram muito poderosos para uma garota, e até mesmo para um homem. Ela torcia o braço daquele soldado cada vez mais forte, e em poucos  segundos ela quebraria seus ossos, isso é , se já não tivesse quebrado, afinal ela não era exatamente a pessoa mais cuidadosa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Katherine Campanaro

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/09/2000
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 20

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 9:04 am

Katherine continuava sua torcida até o momento em que todos os inimigos eram derrubados, dali em diante ela apenas elogiava Otohime por sua performance.

- Incrível Hime-chan!

Depois disso ela precisava dar uma bronca em seus parceiros.

- Nha gente eu falei pra vocês serem gentis, desse jeito vão assustar as pessoas e não farão nenhum amigo..

Apesar de parecer preocupada com a situação Katherine estava tão acostumada aquela vida que na realidade era indiferente, ela apenas agia como ela mesma independente do quão violenta era a situação e sabia exatamente que tudo aquilo era necessário, seja isso tortura, assassinato, etc.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 4:49 pm

O ataque surpresa foi perfeito. Os soldados de Skyhold mal tiveram tempo para reagir e lá estavam quatro deles nocauteados e o último imobilizado por Roksana. As palavras da garota que tinha a força maior que a de um homem foram bem claras, e o soldado imobilizado entendia muito bem o recado. Prezando por sua vida e não tendo nenhuma informação confidencial em jogo, ele abria sua boca.

- Tá bom tá bom! E pensar que essa garota tava acompanhadaAAAAHHH! - Seu braço era torcido por Roksana e ele parava de enrolar. - Tch! O artefato foi pego por um cara, ele chamava Vaga-lume. Não cheguei a ver o rosto dele, isso é tudo o que eu sei! Agora me deixa ir!

O soldado ficava se balançando, tentando se livrar da imobilização, inutilmente, então ele ficava esperando que o soltassem. O artefato não estava ali, as informações eram bem escassas, nossos heróis tinham apenas o nome Vaga-lume em mãos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otohime Katashi

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 20/04/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 6:38 pm

Tudo fora como o planejado. Cada um cumpriu o papel necessário para o sucesso. Era quando Rok prendia o homem e lhe ameaçava.

- Isso acontece por serem tarados... - Otohime sorria e a pressão do ar ficava mais pesada. Qualquer um sentiria aquilo até mesmo quem não conseguia sentir auras. Era como se ela estivesse rodeada por uma aura negra. Aquele sorriso gentil da garota chegava a ser ameaçador para qualquer um. Qualquer sinal de fragilidade e inocência sumiam naquele instante - Depois nós dois vamos nos entender, não é?

Só então prestava atenção na informação que o homem dava a eles. Era quase nada, mas já era alguma coisa.

- Sabe alguma coisa sobre esse tal Vaga-lume, Kate?

Enquanto perguntava, voltava para o lugar em que antes todos se escondiam e resgatava sua pá que lá fora abandonada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 7:12 pm

Seus companheiros seguiam bem o fluxo e ordem dos ataques. Tendo assim sucesso no plano armado. E naquele curto período de tempo ele conseguia ver o que alguém experiente em campo de batalha, sem precisar de aura alguma, poderia fazer. Os movimentos de Roksana eram perfeitos, parecia que a garota foi feita para a guerra.

Roksana nocauteava um deles e imobilizava o soldado restante, já que Saito havia conseguido colocar dois deles no chão e Dante tinha cuidado do restante. A pergunta era lançada, mas não deixava de olhar para Otohime quando ela falava com o soldado imobilizado. Imediatamente em sua testa surgia uma área roxa, e tudo o que se passava em sua mente naquele momento era: "Medo. A Oto-san é assustadora...". E após engolir o seco ficava ouvindo a resposta do soldado capturado.

Vaga-lume. Era tudo aquilo que tinham? Dante tinha acabado de chegar em Shadowrealm, por isso não fazia a mínima ideia de quem pertencia aquele codinome, então ficaria apenas escutando a sua tia e Roksana, elas poderiam ter essa resposta.

- Acho que... já podemos ir não é? O artefato não tá aqui mesmo.

Embainhando sua katana novamente, Dante ficaria em silêncio a partir de agora. E ao ver Otohime resgatando a pá que tinha encontrado anteriormente, começava a suar frio. Imaginava em uma série de coisas violentas já que ela realmente estava chateada alguns segundos atrás por causa daquele pobres soldados que deram encima dela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saito Takeshi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1991
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 68

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 7:39 pm

Ao final de tudo, Saito apenas observava agora todos os soldados nocauteados, com exceção de um, que era abordado por Roksana. No mesmo momento, ele olhava rapidamente para Otohime, vendo aquela aura negra saindo dela. Aquilo não o deixava surpreso, conhecendo-a muito bem, mas até ficava à favor dela, já que ela tinha toda a razão para ficar nervosa, e sendo que até ele mesmo ficou nervoso quando viu os soldados querendo abusar dela, logo, Saito não sentia medo algum daquilo, principalmente também que não era com ele.

Que bom.. que tudo saiu.. como planejado...

Ele suspirava, e assim, ouvia finalmente sobre um único nome que seria a resposta que tanto procuravam: "vaga-lume", uma coisa bem estranha de se pensar, principalmente que uma única pessoa havia conseguido roubar, enquanto todos eles estavam agrupados ali, para tal missão, e ainda chegaram atrasados.

Esse cara deve ser bom...

Dizia com uma mão no queixo, pensativo. A curiosidade de saber como, quando, de quem se tratava, e até mesmo o que era o artefato, fazia-o tirar um bloco de notas por debaixo de seu kimono, e começar a escrever.

Vamos precisar.. de uma investigação mais funda.. mais informações, e detalhes...

E com um olhar pensativo, ele esperava ouvir alguma coisa de Katherine, igual à todos, que estavam agora com suas dúvidas em mãos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Roksana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 14/03/2004
Horóscopo chinês : Macaco
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Skyhold
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 20

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 9:45 pm

- Te deixar ir? Hahaha! Tenho uma ideia melhor, que tal eu deixar ela cuidar de você?

Rok olhava para Otohime que parecia pronta para cometer um assassinato e ria orgulhosa da reação da garota. Mas no fundo ela sabia que aquele homem não os proveria com mais nenhuma informação útil.

- Mas pra sua sorte, estamos com pressa.

Ela empurrava a cabeça do homem no chão com força suficiente para faze-lo perder a consciência e se sentava sobre o pobre coitado enquanto ficava pensativa. Aquele nome lhe lembrava algo, algum acontecimento, como um flash de memória.

- Vaga-lume... vaga-lume... isso me é de alguma forma familiar.

Era então que ela gritava de repente no microfone.

- KATHERINE PARA DE ENROLAR E NOS DÊ ALGUMA INFORMAÇÃO!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Katherine Campanaro

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/09/2000
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 20

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 10:17 pm

Katherine não conseguia ficar calada, quando ninguém estava precisando dela ela ficava cantarolando musicas idiotas no microfone e mexendo em vários monitores ao mesmo tempo. Ela já havia baixado as imagens do dia anterior das câmeras de segurança do local e agora as estava renderizando, o processo era um pouco demorado por isso ela voltava a observar as ações de seus parceiros.

"Vaga-lume"

- Hahahahaha! Que nome feio! Quem é o bobão que escolhe um nome assim?

Ela pegava seu elefante cor-de-rosa que ficava ao lado de um dos monitores e começava a apertar enquanto falava

- Me fala John Cooperfield Jackson Prime Turner, quem escolhe nomes idiotas assim? Hahahaha

John Cooperfield Jackson Prime Turner era o nome de seu elefante de pelúcia favorito, por isso ela voltava a coloca-lo ao lado do monitor e em seguida colocava uma das pelúcias do Dante montado em cima dele. Era então que quase caía da poltrona com o susto que levava por causa do grito de Roksana.

- Ahhh! Não precisa gritar!

Katherine começava a pesquisar numa velocidade assustadora até que finalmente encontrava as informações que queria.

- Vaga-lume, de acordo com os arquivos de Skyhold ele é algum tipo de super ladrão! Essa não é a primeira vez que ele faz algo assim... Tem registro de roubos e achados em todo lugar...Mas aqui não diz seu nome verdadeiro nem suas razões.

Era então que a pelúcia do Dante que ficava no monitor ao lado começava a apitar e falar

"I love you, I love you" (sinal indicando que algo ficou pronto)

- Own... eu também te amo... Ah! Claro! As filmagens ficaram prontas! Voltem pra cá, podemos descobrir pra que lado ele foi através das câmeras, e agora eu sei exatamente onde procurar por mais informações! Hihihi...

Agora que Katherine sabia que Skyhold estava a procura dessa tal pessoa, tudo o que Katherine precisava fazer era ficar de olho em sua comunicação, claro sem que eles percebessem, ela já estava acostumada a fazer esse tipo de coisa. Dessa forma qualquer pista do paradeiro do ladrão encontrada por Skyhold se tornaria no mesmo instante uma pista para eles.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 11:04 pm

Com as palavras de Katherine, para voltarem a van, a estadia dos quatro naquela escavação acabava. Pouco tempo depois, a tia de Dante já estava dirigindo mais uma vez enquanto todos prestavam atenção na comunicação de Skyhold que podia ser ouvida do "rádio" do veículo.

Mas, como Katherine estava indo na direção que o Vaga-lume fugiu, ela estava mais perto do que pensava. Do que pensava mesmo. O Vaga-lume estava saindo do meio de algumas árvores e atravessava a estrada de terra para chegar ao outro lado, a mesma estrada de terra em que Katherine dirigia. E com sua distração de sempre no volante, e também a falta de atenção do Vaga-lume resultava em um acidente. Ela não conseguia frear a tempo e o grupo da Resistência acabava atropelando o homem que se vestia como um cowboy.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ethan Stamford

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 14/08/2003
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Leão
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 08/12/2014
Mensagens : 19

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 11:07 pm

Já tinha se passado quase um dia desde o roubo que completou na noite passada. Ethan estava com um sorriso no rosto e bem distraído enquanto andava por aquela floresta, assim como toda vez que ficava ao completar com sucesso um trabalho. E durante sua feliz caminhada, o cowboy escutava uma música que gostava de escutar nesses momentos. Para caminhadas tranquilas e enquanto remexia seu corpo a cada passo, cantarolava a letra da música.




- Well, it's alright to be little bitty
   A little hometown or a big old city
   Might as well share, might as well smile
   Life goes on for a little---


E antes de terminar o refrão ouvia o barulho de uma van desgovernada, pelo som ter ficado maior que o de sua música. Ethan sequer notava estar atravessando uma estrada de terra, e também era incomum ter veículos naquele lugar, mas para sua sorte, mesmo sendo acertado em cheio pela van e sendo arremessado metros para trás com o impacto da batida, ele conseguia se manter consciente.

Na mente de Ethan, haviam pessoas dentro daquela van, e se tinham pessoas, teria dinheiro. Por isso, fingia ter perdido a consciência, ficando caído e imóvel na estrada de terra. O cowboy amava dinheiro, e fazia qualquer coisa para colocar a mão em mais, até mesmo enganar viajantes que dirigiam desgovernadamente uma van colorida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Katherine Campanaro

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/09/2000
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 20

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Seg Fev 23, 2015 11:18 pm

Apesar daquele ter sido seu plano, Katherine não parecia estar dando a minima para o rádio, ela ficava cantarolando a apontando para tudo e todos os pontos que conhecia.

- Olha olha! Foi ali que eu tive que correr pra não ser morta pelos soldados de Skyhold Hahahaha! Ahhh e ali naquela arvore eu achei esse ursinho!

Katherine se abaixava completamente ignorando o fato de que estava dirigindo para pegar um ursinho que ficava num compartimento próximo ao acelerador e o freio. A Van começava a virar de um lado pro outro enquanto ela procurava.

- Sei que tá aqui em algum lugar... não... não...

Várias geringonças eram arremessadas pra trás, até que finalmente ela se levantava orgulhosa mostrando o ursinho pra todo mundo.

- Tcharan! Aqui ele! Tá meio estragado mas é um dos meus favoritos!

O ursinho estava todo rasgado e sujo, exatamente como quando Kate o encontrou. Quando ela finalmente se virava para frente já era tarde demais.

- Também tem vários lugare.... aaaaaaaaaaaaaaaah!

Quando ele percebia a figura logo na frente da van ela tentava frear, mas o espaço era muito pequeno e a van batia com tudo no garoto, fazendo um barulho horrível.


- Ah...Ah...eu.... O que era? Não era uma pessoa né? Não era uma pessoa né?!

Sem dar ouvidos a ninguém ela descia da Van correndo e se deparava com a terrível cena. Katherine congelava, parecia uma estátua suando litros por causa do desespero.

- Dante..ele tá bem não tá? Hime-chan? Saito-chan? Rok-chan? Não foi culpa minha não é? Ele apareceu de repente não foi?

Ela tremia numa intensidade absurda e seus olhos se enchiam de lagrimas enquanto tentava convencer a si mesma de que não havia matado uma pessoa atropelada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otohime Katashi

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 20/04/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Ter Fev 24, 2015 12:21 pm

Otohime havia entrado por ultimo na van, o motivo? Ela ficou pra trás para se vingar daqueles caras que tentaram estuprá-la. Chutou, socou, bateu neles com a pá e os deixou somente de cuecas e os pendurou nas paredes da caverna com cortes no peito que formavam palavras ofensivas. Quando entrava na van, ela já estava normal novamente, gentil e empolgada com aquela van, sim, ela realmente gostou da van de Kate.

Quando Kate mostrava o ursinho, Otohime sorria.

- Se quiser, posso arrumar ele pra você Kate, assim ele vai durar mais!

Como sempre gentil com Katherine. Era quando repentinamente um cara surgia na frente da van.

- KATE CUIDADO! - gritava a Katashi, mas era tarde demais, eles atropelavam um homem e Kate entrava em pânico. A garota entendia muito bem a tia de Dante, afinal, também nunca via as coisas surgindo a sua frente.

Ela abria a van e corria para ver como estava aquele homem de forma imprudente, é claro. Porém ao invés de olhar para ele como faria com qualquer amigo dela, Otohime pegava um graveto no chão e começava a cutucar o corpo daquele cara.

- Hey! Você está bem?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Ter Fev 24, 2015 7:15 pm

Dante era um dos primeiros a entrar no veículo novamente. Não queria nem pensar no que Otohime havia feito para ter chegado depois, ele apenas ignorava o fato ficando em silêncio, e prestando atenção no rádio que transmitia a comunicação de soldados de Skyhold. Não sabia como sua tia havia feito isso, mas ficava impressionado. O problema era que durante o caminho Katherine não calava a boca, cantarolando e falando sobre coisas aleatórias, o que fazia o rapaz ficar com raiva por não estar conseguindo escutar direito o rádio.

- AAAHHHH! EU NÃO TÔ CONSEGUINDO ESCUTAR! Tia, por favor, preste atenção! Eles podem tá falando alg...

Porém ele nunca completaria sua frase. O grito de Otohime alertava sua tia, e quando Dante olhava ao mesmo tempo para frente via a figura de um homem e em seguida o impacto. Eles atropelavam aquela pessoa, o que levava as mãos de Dante ao seu rosto assim que se realizava do que haviam feito. Sua expressão, horrorizante, ainda mais porque ele teve um pequeno papel na distração de sua tia dessa vez. Quando Katherine levantava a pergunta, o rapaz colocava as mãos sobre os ombros dela, e ainda com o olhar horrorizado, dizia:

- T-T-T-Tia! A-A-A-Atropelamos alguém! ATROPELAMOS ALGUÉM!

Todo aquele horror se transformava em um desespero. Dante colocava as mãos sobre a cabeça e seguia sua tia, quando se deparava com a cena, ele congelava exatamente como Katherine e todos seus movimentos a partir de então seriam bem travados, como os de um robô.

- E-Ele... não parece bem... - Olhava para Otohime cutucando a vítima e ela nem sequer reagia, fazendo Dante ficar ainda mais desesperado. - A GENTE MATOU ELE! - Gritando, ele abraçava sua tia. - O QUE A GENTE FAZ AGORA!?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saito Takeshi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1991
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 68

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Ter Fev 24, 2015 7:59 pm

Saito estava vendo como as garotas estavam os dominando naquela situação, e apenas as observava. Um pouco de medo até surgia, mas nem era tão aparente assim, até porque, ele ainda observava o que Otohime fazia com eles, inclusive para garantir que estaria tudo bem ali. Ao final, ele voltava pra a van, e decidia tomar outro copo de água, mas já era difícil porque a van se mexia muito, então ele decidia tomar em um canudo dentro de uma garrafa pela metade, enquanto se segurava em algum lugar, até o momento em que ela acertava alguém em cheio, no meio do caminho.

Opa...

Por pouco, sua garrafinha não voava longe, segurando-a firme. Ele ouvia e notava o desespero de todos, mas ele ainda estava aparentemente calmo, e do lado de fora, enquanto falavam sobre aquela pessoa ter morrido, ele não notava nem sequer um sinal de Claire, logo nenhuma reação era esboçada. Ele via a Otohime cutucando o corpo, e apenas se abaixava do lado dela, olhando para o mesmo.

Eu posso confirmar que ele não está morto.


Dizia ele, olhando para os outros.


Só não posso confirmar se ele está bem.

E assim, ele tentava ouvir a respiração ou algum batimento cardíaco dele, apenas colocando a mão em sua orelha e virando a cabeça para o ouvido ficar na direção dele. Como não sabia o que eram ou como se tratava, ele tentava apenas manter distância ao rapaz, diferente de Jin que provavelmente iria socorrê-lo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Roksana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 14/03/2004
Horóscopo chinês : Macaco
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Skyhold
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 20

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Ter Fev 24, 2015 11:48 pm

Rok então deixava o que restou daquele pobre soldado para Otohime cuidar, ela reconheceria aquelas intenções em qualquer lugar. E então voltava para a Van, lá dentro Rok conseguia tagarelar ao mesmo tempo que Katerine e ainda prestar atenção no rádio. Afinal era ela quem dava as direções e informações recebidas para Kate, com a ajuda de Dante é claro.
Ela estava se apoiando no banco do motorista pouco antes da colisão com o infeliz.

- Esse urso... não é o daquela vez que você saiu do carro no meio de um tiroteio e a gente quase morreu pra te trazer de volva viva? Só de pensar que foi tudo pra buscar essa coisa me da vontade de.. OLHA PRA FRENTE !

Era tarde, o crime já estava feito, agora só lhes restava remover o corpo da rua e lhe dar um enterro digno. Ou pelo menos era o que Rok pretendia fazer até escutar o que Saito dizia.

- Então ele tá vivo?

Rok caminhava até o corpo e o cutucava com o pé.

- Ei mané!

Sem paciência ela usava o pé para vira-lo de barriga pra cima.

- Se você tá vivo tira logo essa bunda da estrada, tá no nosso cami... Ei... eu não conheço você?

Não havia duvidas, ela o conhecia, de muito tempo atrás, o cowboy que passou a perna em Rok e todo o seu esquadrão enquanto essa ainda servia Skyhold. Estranhamente o fato de compartilharem do mesmo gosto musical acabou criando uma forte afinidade entre os dois, mas nada amoroso, apenas uma amizade bem estranha, como se ambos fossem homens.

- Ethan? É CLARO QUE É! SEU MALDITO NÃO TE VEJO DESDE AQUELA VEZ! HAHAHA!

Rok não esperava ele se levantar, ela mesma o colocava de pé levantando-o pela camisa e depois lhe dando um abraço de urso que tirava o rapaz do chão.

- A Misa podia ter vindo, você já estaria cheio de buracos de bala numa hora dessas hahahaha!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ethan Stamford

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 14/08/2003
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Leão
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 08/12/2014
Mensagens : 19

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Qua Fev 25, 2015 7:39 am

O plano de Ethan estava indo bem. Todos estavam caindo perfeitamente, sabiam que estava vivo, mas não sabiam se estava bem, era isso que o cowboy queria. O que ele não esperava era que ouvisse uma voz tão familiar. Quando a loira o fazia ficar de barriga para cima, Ethan tinha a curiosidade de saber de quem era aquela voz e por isso ele abria um pouco um dos olhos. Ao ver que era Roksana, uma garota que havia conhecido tempos atrás e que compartinhava o mesmo gosto musical dele, o cowboy se levantava subitamente, estava completamente bem ao contrário de alguns momentos atrás.

- ROK! ORDINÁRIA! VOCÊ POR AQUI!?

Ethan gritava animado, e ao receber aquele abraço de urso de sua amiga, também a abraçava da mesma maneira. Com um sorriso largo no rosto enquanto tentava voltar para o chão por ter sido erguido durante o abraço.

- A Misa-chan tá bem!? HAHAHA! Vejo que ela ainda tá magoada desde aquela vez!

Depois de um tempo, ele acabariam se soltando do abraço e quando isso acontecesse Ethan olharia para as outras pessoas a sua volta, ainda com aquele sorriso no rosto e os fones de ouvido em volta do pescoço.

- Ei ei Rok! São todos seus amigos? - Enquanto olhava para cada um, seus olhos encontravam a garota de cabelos roxos. Katherine, e a aparência dela o agradava. Ethan era um tanto mulherengo. - Hum... você! - Se aproximava dela. - É bem bonita, qual o seu nome? Ah, o meu é Ethan Stamford e sou apenas um cowboy na estrada!

Com uma risada, Ethan se virava para Roksana mais uma vez e dizia:

- Amigos interessantes! Hahaha! O que tem feito Rok? Faz tanto tempo...

E enquanto conversava com Roksana, Ethan se dirigia para o interior da van, quando entrava no veículo e assumindo que todos entrariam, ele perguntava animado.

- E então, pra onde estamos indo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Katherine Campanaro

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/09/2000
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 20

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Qua Fev 25, 2015 9:53 am

- Ele não tá morto? Tem certeza Saito-chan? Ele parece tão morto...

Kate continuava em pânico abraçada com Dante até o momento em que aquele homem no chão se levantava de repende.

- Eeeh?! Ma..Ma...Mas eu pensei que...

Como se levantar não fosse o suficiente ele ainda lhe elogiava e partia pra dentro da Van.

- Eeeh?! Espera...quem... você é amigo da Rok-chan? E você tá bem? Ele tá bem... ELE TÁ BEM!

Katherine pulava nas costas de Otohime e logo em seguida conseguia juntar Também Saito e Dante num abraço a quatro pessoas surpresa, ela dava pulinhos de alegria enquanto pensava que não havia assassinado aquele homem.

- Hahaha Não é incrível!? Eu sabia que era impossível eu fazer algo assim! Vamos ! Vamos!

Sua animação era tão grande que ela ignorava completamente o fato de que Ethan agora se forçava para Dentro da Van e esperava viajar com eles. Katherine era avoada o suficiente pra deixar isso passar despercebido. Ela corria pra dentro da van de novo e começava a buzinar enquanto chamava todo mundo animada.

- Vamos! Temos um ladrão pra encontrar não é?

Um problema dos grandes, Katherine não fazia ideia de que o ladrão estava sentado bem ali na sua van , afinal as informações que encontrou não incluiam seu verdadeiro nome e nem mesmo sua aparência.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otohime Katashi

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 20/04/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Qui Fev 26, 2015 6:44 pm

Não surpreendia muito Otohime o fato daquele homem estar vivo. Assim que ele era levantado, a Katashi se levantava e ficava apenas vendo a cena dele com Rok e também do homem dando em cima de Kate na maior cara de pau.

- Pera... se ele está perfeitamente bem...

Não terminava de falar, pois o homem já entrava na van de Kate e ela também entrava. Otohime suspirava e entrava também, analisando aquela figura que estava na frente dela.

- O senhor nos assustou. Será que da próxima vez tente não fazer isso? Ou vamos passar por cima sem nem pensar.

Claro que ela falava brincando aquilo e sempre em seu tom gentil de sempre. Aquilo só poderia ser entendido como brincadeira, pelo fato da garota nem ao menos se prender naquilo por muito tempo. Segundos depois ela já estava olhando pra frente e falando com Kate novamente.

- Como eu dizia Kate, depois, se você quiser, eu arrumo seu ursinho, assim ele vai durar muito mais! Hahaha e depois você me ensina a dirigir *^*

A Katashi nem ligava pro jeito imprudente de Katherine, ela provavelmente seria igual, então era algo que nem a assustava.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Qui Fev 26, 2015 7:26 pm

Abraçado a Katherine, Dante estava desesperado, até que Saito afirmava que o cowboy estava vivo. O rapaz suspirava, e se soltava de sua tia.

- O que vamos fazer? Cuidar de--...

Era interrompido pelo grito de Roksana. Ela falava um nome. Ethan. Esse era o nome dele? Provavelmente era, porque o cowboy ao ouvir a voz da mulher se levantava instantaneamente, a cumprimentando alegremente com um vocabulário vulgar assim como a loira. Dante ficava surpreso, os dois eram bem amigos e ainda por cima Ethan cantava sua tia que estava bem ao seu lado, o garoto ficava levemente com ciúmes, já que nunca teve que vivenciar aquela cena.

Porém antes que pudesse se pronunciar ao ocorrido, sua tia o surpreendia, o levando para um abraço grupal com Otohime e Saito. No meio dos gritos de sua tia, Dante protestava.

- SIM SIM! ELE TÁ BEM! ... Aaahhh! Por que você é sempre tão impulsiva assim tia Kate?

Mesmo protestando por ter se assustado levemente com o abraço surpresa, no fim de seu protesto, ele soltava um breve riso. Estava aliviado pelo cowboy atropelado estar bem. E assim que o abraço terminava, Dante entrava na van junto de sua tia enquanto escutava a conversa entre Roksana e Ethan.

Ao entrar, já ouvia Otohime falando aquilo sobre ensiná-la a dirigir e ele rapidamente se colocava entre as duas. Colocando as mãos por cima dos ombros de Otohime. Com seu olhar arregalado a dava um conselho.

- Ei. Por favor, não peça isso pra ela! Você vai estar cometendo um erro terrível...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saito Takeshi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1991
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 68

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Qui Fev 26, 2015 8:15 pm

Em pouco tempo, Roksana surgia fazendo o que achava ser o certo com aquele rapaz, e ainda sim ele não esbanjava medo nem nada, apenas observava, e quando ela o reconhecia, e ele também, ele se levantava, e assim, Saito confirmava o que dizia, respondendo Katherine.

Foi o que eu disse, heh--.

Um pequeno sorriso surgia, mas logo depois ele era prensado por Katherine e aos outros. Pouco tempo depois, ele ficava apenas o observando, e aquele jeito incomum dele, o lembrava bastante o Roque, o que lhe deixava com uma cara de desprezo ao ver que era do mesmo tipo, mas sem falar nada, apenas dizia seu próprio nome.

Saito Takeshi.

Sua apresentação era breve e rápida, apenas olhava para ele por alguns instantes, e depois começava a observar bem a situação, o modo com que agiam com aquele rapaz, enquanto o ouvia. Alguma coisa lhe dizia que aquele rapaz era bem estranho, surgindo entre o grupo, tentando dar calote antes neles, e sendo mulherengo, mas tudo ainda ficava bem misterioso ao fundo, mas nenhuma expressão era esboçada, apenas curiosidade, igual a de um macaco, mas diferente disso, ele sabia esconder bem. O fato das pessoas ainda estarem agindo tranquilamente, amenizava inclusive o que o garoto pensava, fazendo-o ficar o mais calmo possível na situação. Ele até pensava sobre a pergunta dele de "onde estamos indo?" mas aquilo era evidente e estranho demais para responder.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Roksana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 14/03/2004
Horóscopo chinês : Macaco
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Skyhold
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 20

MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   Qui Fev 26, 2015 11:07 pm

- Claro que são! Hahaha!

Na verdade ela mal os conhecia, mas Rok tinha o dom de se aproximar de todo mundo sem pedir permissão.

- É como eu disse! Você tem sorte por não te-la visto, não tem um dia que ela não pense em te matar

Rok não se importava com a atitude de Ethan, até por que a personalidade dele era muito semelhante a sua própria. Estava feliz por rever aquele cara que a muitos anos havia desaparecido. Aquelas musicas deixavam saudades, por isso logo depois de entrar na van a primeira coisa que Rok fazia era "furtar" os fone de Ethan e colocar em seus próprios ouvidos. Aquelas musicas a animavam muito, pois em algum tempo de sua vida Rok tinha a certeza de te-las escutado, só não se lembrava quando.

Apesar da musica, ela ainda continuava a conversa, respondendo a pergunta de Ethan enquanto a van voltava a andar e todos já estavam acomodados.

- Ah o de sempre, dormindo, dando uns tiros, essas coisas.. E você?

Ela sabia muito bem que no passado aquele homem havia enganado não só Misa como ela mesma e o resto de seu esquadrão, mas ela não dava a minima para isso, pois de certa forma aquilo não atingia seu orgulho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Vaga-lume   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Vaga-lume
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Central] Torneio de Equipes
» Vaga-lume
» Comandante Azul Linhas Aéreas
» Vagas Co-Piloto Airbus Tam
» [Brasil] Inframerica assume administração do Aeroporto Internacional de Brasília (DF)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Histórias do Novo Mundo :: Ato 2 - "Shadowrealm"-
Ir para: