Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 O Caminho da Espada III

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Ohashi Nana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/03/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 33

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Seg Abr 27, 2015 5:57 pm

Nana sempre buscava se conter quando o assunto era lutar, procurava ao máximo evitar um confronto armado, e sempre tentava resolver as coisas da maneira mais pacifica possível. Mas aquela situação fazia seu sangue ferver, e sua vontade de enfrentar um oponente que obviamente era incontáveis vezes mais poderoso que ela era tamanha que Nana libertou toda a energia de seu corpo de uma só vez. Já estava a 100% de sua capacidade quando Liang também o fazia.

- Incrível..

Ela já sabia que Liang era forte, muito mais forte que ela, mas naquele lugar e naquele momento, Nana se sentiu uma mera formiga prestes a ser esmagada pela pata de um elefante. Sua mente voltava ao momento em que se encontrou com os grandes mestres de DragonLand, inconscientemente ela pensava "A pressão não era tão grande..talvez eles..mesmo com toda aquela força...estivessem se contendo pra não me sufocarem.. Incrível...o mundo possui mesmo pessoas incríveis vovô".

Seus pés e mãos tremiam inicialmente, mas no lugar de medo Nana sentiu satisfação, afinal era uma honra enfrentar um oponente tão forte, mesmo que aquilo fosse só um passatempo. Quando Liang se movia, as mãos e pernas de Nana paravam de tremer imediatamente, ela ficava extremamente séria e focada. Ele era muito rápido sim, mas Nana desde pequena treinou com seu avô, que era um grande mestre samurai, inúmeras vezes mais rápido que ela, por isso mesmo que por instinto Nana conseguia se desviar de ataques que muitas vezes pareciam impossíveis, ela conseguia prever a trajetória de um golpe antes que este acontecesse, e tinha muita experiência contra um oponente mais forte.

O golpe vinha da direita para a esquerda, de baixo para cima. Ela precisava confiar em seus instintos, por isso dava um pequeno salto para a esquerda e abaixava seu corpo. Nana não utilizava sua katana de madeira pra se defender naquele momento, primeiro por que seu estilo era muito mais focado no ataque do que na defesa, e segundo por que ela sentiu que não teria a mínima chance de parar aquele golpe. Sua esquiva funcionava, mas não era suficiente, ela também atacava no instante em que se estabilizava no chão. Um corte no mesmo sentido que o de Liang, de baixo para cima, na diagonal.

- ESTILO JIKIDEN! CORTE ASCENDENTE!


Sua katana só saía da posição por um instante (embainhada) e logo depois do golpe retornava para esta mesma posição. Mesmo que aquela não fosse uma katana real, e não tivesse bainha, Nana a simulava segurando o cabo da katana com a mão direita e sua haste com a esquerda ao lado da cintura
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Liang Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1988
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 07/07/2014
Mensagens : 17

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Seg Abr 27, 2015 7:03 pm

Depois de liberar tamanha quantidade de energia, Liang saberia quão forte era a determinação de Nana. Um primeiro teste para ver se ela era capaz de continuar sua jornada, caso encontre dificuldades no caminho, como alguém mais forte do que ela. Se aquele seu golpe a acertasse, saberia o resultado, e sentindo que sua katana de madeira não encontrava nada no fim de seu golpe, se assustava.

A velocidade de Nana o surpreendia, não sabia que ela já estava naquele nível, mas a surpresa foi repentina. Ela... dizia o nome de seu estilo de luta. Jikiden, era um nome familiar aos ouvidos do samurai, mas ainda não conseguia se lembrar de seu usuário, precisava de mais tempo naquela luta.

Um golpe vindo da garota, numa velocidade absurda também, porém Liang já havia presenciado golpes com uma velocidade maior, quase invisíveis aos seus olhos. Aquele de Nana ele ainda conseguia ver, mesmo que fosse apenas um vulto. Sua defesa? Colocava a katana de pé, com a ponta apontando para o chão no lugar de onde deveria ficar seu braço esquerdo. A sua pequena oponente poderia ficar brava por pensar que Liang a estava subestimando, por ele estar utilizando apenas um dos braços. Não havia sido revelado ainda que o samurai possuía apenas um deles...

O impacto do golpe fazia Liang ranger levemente os dentes, mas conseguia anulá-lo por completo depois de ter seu corpo movido três centímetros para a direita. Agora era a vez de atacar, e mesmo naquele instante onde ainda não havia passado um segundo por completo, o samurai soltava sua katana e virava seu corpo, mostrando as costas para Nana. Aquilo era quase que uma provocação, mas também servia para tirar a visão da garota, uma vez que ao se virar, já pegava sua katana novamente, a deixando a frente de seu corpo, tudo isso para deixá-la "cega" nos primeiros instantes de seu próximo movimento.

O quimono de Liang tinha mangas bem longas, e por isso, o excesso de tecido o ajudava bastante a fazer seu próximo movimento. Na visão de sua oponente, a ponta de sua katana sairia entre o pano da manga direita e a do tórax, e iria em direção ao seu rosto, mas aquilo era apenas uma finta. Seu golpe verdadeira vinha depois desse.

Quando a ponta da katana estivesse próxima ao corpo de Nana, próxima o suficiente para notá-la, Liang giraria mais uma vez seu corpo, e ao mesmo tempo sua katana na mão que a empunhava, pegando impulso para golpear, com força, na horizontal, da sua esquerda para a direita, na altura das costelas de Nana.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ohashi Nana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/03/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 33

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Qui Abr 30, 2015 8:14 am

Seu ataque era bloqueado, mas isso não diminuía sua determinação, Nana percebia que Liang só estava utilizando uma de suas mãos e pensava por uma fração de segundos se aquilo era uma provocação, um teste, ou talvez ele estivesse se gabando. Independente do que poderia pensar ser aquela atitude vinda de Liang, Nana não tinha tempo pra ficar pensando muito nisso, pois não demorava para Liang fazer seu movimento.

*flashback*

Nana treinava com seu avô no jardim de sua casa nas montanhas, eles trocavam golpes rápidos com katanas reais. ( O avô de Nana nunca utilizou armas de treino, pois considerava essencial o aprendizado com o real e o prático) Decepcionado com a velocidade de Nana seu avô lhe virava as costas no meio da luta, e ria de seu desempenho.

- Haha! Criança tola, desista de uma vez, jamais lhe verei como um samurai.

Irritada e com seus sentimentos machucados, Nana partia em fúria pra cima de seu avô tentando ataca-lo enquanto estava de costas, mas era ai que percebia que aquilo não passava de um teste, um teste a sua paciência, no qual Nana fracassara. Pois seu avô se virava com a lâmina já preparada e a parava a milímetros do olho esquerdo de Nana.

- Você morreu.

Nana caía sentada no chão chorando como um bebê (ela tinha 9 anos)

- Buaaa!! Vovô idiota! Velho! Careca!

Uma veia de raiva brotava na testa de seu avô, que apontava pra ela gritando

- Cala boca fedelha! Mortos não choram! E EU NÃO SOU CARECA!

*luta com Liang*

Vendo-o de costas Nana se lembrava imediatamente daquela situação mas ainda assim não recuava, muito pelo contrário, ela corria para cima de Liang.

O estilo Jikiden de Nana tem como principal fundamento o seguinte fato, "A lamina só deve ser desembainhada quando for utilizada e quando for extremamente necessário" Por isso ela só a tirava da bainha no momento em que atacava e para se defender só em casos de extrema urgência, dessa forma, naturalmente, Nana é especialista na arte da esquiva, para assim evitar ao máximo o uso de sua katana para se defender.

Enquanto corria na direção de Liang, já esperando um golpe, Nana saltava e girava no ar, se desvencilhando não só da estocada como também do segundo golpe que Liang encobria, ela caía de pé agora atrás de seu oponente, e depois de um movimento totalmente arriscado como aquele Nana "desembainhava" (era uma katana de madeira, por isso não havia bainha, mas ainda assim Nana a simulava) sua katana aplicando o mesmo golpe que utilizou anteriormente, porém com um maior poder e concentração, utilizando sua aura do vento para ampliar a distancia do golpe para além do alcance da espada.

- Estilo Jikiden Corte do vento!

Corte do vento não passava de um aprimoramento de "Corte Ascendente", o principal e mais básico golpe do estilo Jikiden, este possui inúmeras variações que dependem completamente da habilidade e criatividade de seus usuários.

Nana já esperava que Liang se defendesse daquele ataque, por isso não se segurava nem um pouco e estava lutando com tudo o que tinha desde o começo. Mas naquele momento ela fazia uma pausa e olhava para Liang um pouco decepcionada.

- Senhor Liang! Eu pedi que lutasse comigo com tudo o que tinha! E você concordou... Então poderia me dizer por que está usando apenas uma das mãos? Quer dizer que não sou digna de enfrenta-lo no seu máximo?

Ela estava ofegante, mas ainda tinha muito para mostrar, Nana era sem dúvidas um gênio da arte da espada e da luta, mas não era feita apenas de talento, sua dedicação e esforço são a verdadeira chave de sua força.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Liang Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1988
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 07/07/2014
Mensagens : 17

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Qui Abr 30, 2015 6:02 pm

Com um salto bem arriscado, sua oponente desviava de seu golpe e de sua finta. O impressionava mais uma vez, para saltar daquela forma com tanto pouco tempo para pegar um impulso apropriado, aquela pequena samurai não poderia ser subestimada. E logo ouvia a voz de Nana, pronunciando novamente um golpe. Por sorte, Liang ainda estava girando com seu golpe, e usando esse mesmo impulso conseguia se virar de frente para a garota e golpear a katana de madeira dela no meio de seu Corte do Vento.

O barulho das katanas se chocando era alto, criando um vento forte o suficiente para alguns fios do curto cabelo do samurai balançarem por alguns segundos, enquanto quase perdia o equilíbrio, dando um passo para trás. A força tinha aumentado naquele golpe, mas ela parava, e mostrava a Liang um rosto decepcionado. Quando ouvia a pergunta, o homem não deixava de rir, levando a mão que empunhava a katana a barriga.

- Eu... esqueci de te avisar não é? Hahaha!

Guardando por alguns segundos a katana de madeira por dentro da faixa de cintura do quimono, Liang usava sua mão para abaixar a parte lateral superior de seu quimono, mostrando a Nana que não possuía um outro braço, em seu lugar havia várias faixas que se enrolavam na região de seu peitoral e ombro esquerdo. E ainda com um sorriso, ele voltava falar:

- Me desculpe Nana-chan, mas como pode ver só possuo um braço. O outro eu perdi enquanto defendia Dragonland anos atrás...

Com essas palavras, que iam mudando o seu rosto sorridente para um sério, Liang pegava a katana de madeira novamente. Flexionando brevemente os joelhos. O samurai ainda não estava ofegante, e parecia que ele não havia perdido energia alguma naquele começo intenso de luta.

- Você é mais forte do que eu esperava. Por isso, vou com tudo agora. Se prepare, Ohashi-dono!

Com um arregalar nos olhos e prendendo a respiração, Liang investia fortemente contra sua oponente, a velocidade dessa vez era tanta que de onde o samurai havia partido, uma pequena poeira se levantou, assim como algumas folhas que estavam no chão se levantaram ao ar. Dessa vez o golpe disparado era curto, com quase balanço algum, e rápido. Ele pretendia não dar apenas um golpe, e sim começar uma sequência de golpes curtos, a luta ficaria ainda mais intensa agora caso Nana não quisesse recuar. Se esse golpe ainda mantivesse sua oponente em seu alcance, outro de outra direção viria, e assim seguiria. Os olhos do samurai estavam brilhando no momento e bem sólidos, a seriedade que Liang tinha com lutas era incrível, assim como sua concentração. Com essas duas qualidades, mais seu esforço entre os mestiços dos Zhengs, o samurai foi se fortalecendo, e virando o mestre que era hoje. Alguém que mesmo com apenas um braço daria trabalho para qualquer oponente poderoso com sangue de deuses na veia...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ohashi Nana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/03/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 33

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Sab Maio 02, 2015 10:58 am

Nana não esperava por aquilo, Liang não possuía um dos braços, como ela não percebeu? Agora se sentia envergonhada por suspeitar daquele homem, por pensar que ele não a estivesse levando a sério quando na verdade estava dando tudo de si mesmo que não possuísse um dos braços. Quando ele explicava a causa de sua perda Nana curvava a cabeça.

- Eu não sei o que dizer...Sinto muito por suspeitar de você.. Mesmo que tenha sacrificado algo tão importante para proteger esse lugar..eu fui capaz de...

Mas em meio as suas desculpas Nana ficava paralisada, pois por um breve instante olhou para o rosto de Liang e o viu esboçar um sorriso enorme, um sorriso sem arrependimentos ou amargura. Ela não conseguia continuar pois aquela reação a deixava sem palavras.

Agora Liang se preparava novamente para a batalha, e Nana só via um jeito de se redimir por suas ações impensadas, ela deveria se esforçar ainda mais naquele combate. Por isso Nana entrava em posição de luta junto de Liang, flexionando os joelhos e levando sua mão ao cabo da espada de madeira.

Aquelas palavras a agradavam muito, pois sua força acabara de ser reconhecida por um guerreiro tão poderoso, Nana sentia como se tivesse crescido um pouco desde que deixara seu lar nas montanhas.

- Darei o meu melhor, vamos!

Nana mal conseguia ver Liang se movendo, mas seus instintos a permitiam continuar a luta. Graças a seu treinamento no estilo Jikiden Nana era ótima em se esquivar, e o saque de sua espada era ainda mais rápido que sua esquiva. A garota desviava mais do que se defendia com a espada, alguns golpes lhe acertavam de raspão, outros atingiam sua katana a fazendo perder o equilíbrio por instantes, instantes esses que Nana conseguia converter a seu favor e se esquivar a partir da posição em que estava. Nas poucas chances que tinha Nana atacava, mas aquela luta contínua não lhe era vantajosa já que seu estilo buscava acabar com a luta da maneira mais rápida possível. Sua extrema habilidade, seu talento, a vontade de se redimir e de encontrar seu pai eram as únicas coisas que a mantinham lutando contra Liang, sem nem ter tempo para respirar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Sab Maio 02, 2015 12:25 pm

A luta entre a pequena Ohashi e o veterano Zheng continuava intensamente. Eram golpes atrás de golpes, sem dar tempo nem de respirar direito, e assim eles ficavam por 25 minutos inteiros. Hikari, que estava observando a luta, poderia estar impressionada por Nana estar aguentando tanto tempo, e Liang por sua vez, a cada golpe trocado, mais o nome do estilo dela, Jikiden, ficava claro em sua mente.

O vento, durante a luta, mudava constantemente de direção. Quando Liang atacava, ficava ao seu favor, quando Nana atacava, ficava contra o samurai. E juntos dos golpes, a luta de que aura ficava acesa por mais tempo também continuava, na mesma intensidade da batalha, que já estava para ter um fim nos próximos golpes...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ohashi Nana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/03/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 33

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Seg Maio 04, 2015 10:29 pm

- Ah...Ah...

Nana estava tremula, mal conseguia se manter de pé, seu cabelo já grudava em seu rosto por causa do suor, e sua pequena presilha que segurava um punhado de cabelo na parte da frente da cabeça já havia se soltado em meio a luta. Nana estava coberta de pequenos hematomas e arranhões. Ela sabia que não poderia continuar lutando, e que tudo acabaria no próximo movimento.

- Sinto muito senhor Liang...

De repente, seus olhos brilhavam num olhar de determinação, suas mãos e pernas paravam de tremer e seus joelhos se flexionavam. Ela segurava o cabo da katana presa a cintura com firmeza e encarava Liang que estava poucos metros a sua frente. O ar ao seu redor começava a se agitar, levantando seu cabelo e balançando suas roupas. Mas subitamente esse vento se tornava muito intenso como se uma tempestade estivesse a caminho. Um verdadeiro redemoinho se formava ao redor de Nana enquanto ela parecia se preparar para algum tipo de habilidade.

- Mas isso é o melhor que posso fazer...

Da mesma maneira súbita que a ventania se iniciou, ela agora cessava. E nesse mesmo instante Nana falava, em alto e bom som.

- Estilo Jikiden! Corte final! DANÇA FANTASMA!

E assim ela avançava na direção de Liang, mas não era um avanço comum. Uma, duas, três Nanas agora investiam contra Liang, como se clones subitamente aparecessem. Mas verdade era outra, aqueles não eram clones, era apenas Nana se movendo numa velocidade incrível, que causava a impressão de estar em três lugares ao mesmo tempo. O avanço era um pulo continuo até Liang, e cada uma das imagens atacavam em uma direção, por cima, pela direita e pela esquerda. Muitos poderiam pensar ser uma ilusão, mas aqueles golpes eram sem duvidas reais, e carregados com uma energia e força absurdas capazes de esmagar qualquer rocha que estivesse em seu caminho. A técnica final de Nana, o resultado do treinamento de toda a sua vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Liang Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1988
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 07/07/2014
Mensagens : 17

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Ter Maio 05, 2015 8:49 pm

Liang não lutava daquele jeito a tempos, eram apenas treinamentos com seu filho depois da batalha de Yokaichiba, e por isso, com 25 minutos de luta, o samurai estava demonstrando sinais de estar cansado, sua katana estava começando a pesar e em seu rosto um sorriso de satisfação, aquela garota o impressionava a cada movimento, ele estava dando o seu melhor e ela sempre dava um jeito de continuar a lutar mesmo recebendo um golpe ali ou defendendo um outro, e ainda conseguia contra-atacar algumas vezes, colocando um pouco de pressão sobre ele.

Porém aquela luta estava para acabar, depois de se separarem de uma incrível e sufocante troca de golpes, onde Liang também não saiu ileso, havia recebido alguns golpes, Nana utilizava sua técnica mais forte, anunciando que era tudo o que tinha. A pressão vinda era grande, fazia o samurai abrir um pouco sua boca, impressionado nela ter tanta força ainda jovem, mas lhe faltava velocidade, e mesmo o golpe sendo triplo, Liang conseguia se mover para desviar, sumindo da visão da garota e aparecendo atrás dela, já com a katana de madeira levantada.

- Você tá cansada, Nana-dono.

O samurai possuía uma velocidade absurda, mesmo lutando por bastante tempo parecia que não importava para ele. E assim encostava a katana de madeira na nuca da pequena samurai. Por fim, ainda impressionado com esse último golpe de Nana, Liang tinha que dizer algo a ela...

- Se estivesse inteira, eu teria recebido esse golpe em cheio. Hahaha! Não seria muito agradável...


Última edição por Liang Zheng em Qua Maio 06, 2015 2:09 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ohashi Nana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/03/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 33

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Qua Maio 06, 2015 1:30 pm

Nana sabia, desde o começo da luta ela sabia que não poderia vencer Liang, mesmo que usasse toda a sua força. Mas isso não a impediu de lutar em nenhum momento sequer, e ela fez o seu melhor independente da situação. Seu ultimo golpe fora facilmente evitado, por isso Nana abria um sorriso de satisfação, pouco antes de perceber a katana de seu oponente atrás da cabeça.

A luta havia acabado, e Nana fora derrotada. Mas lutou por muito tempo contra um oponente tão poderoso. As palavras daquele homem eram gentis, e tentavam elogia-la mesmo depois da vitória. Mas seu cansaço era tanto que no meio da frase de Liang sobre como a luta teria se desenvolvido Nana caía pra frente, exausta.

- Obrigada..senhor Liang..

Nana acabava deitada no chão, com as mãos em frente ao rosto enquanto seu corpo repousava de lado, estava dormindo profundamente, como se depois de um longo dia de trabalho finalmente encontrasse sua cama.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hikari Mizuki

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 10/05/1990
Horóscopo chinês : Cavalo
Zodíaco : Touro
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 07/07/2014
Mensagens : 8

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Qua Maio 06, 2015 4:31 pm

Hikari observou toda a luta sem nem piscar direito os olhos, afinal, não queria perder nenhum momento dela. Nana a impressionava, não pensava que uma jovem garota como ela já era tão forte, conseguindo, em alguns momentos da luta, deixar Liang encurralado. Porém, depois da troca violenta e insana de golpes, que durou quase meia hora, a samurai iria desferir seu golpe mais forte, e a mulher que apenas assistia, agora se levantava. A luta havia acabado.

Por causa do cansaço, Nana não conseguia executar seu golpe perfeitamente, e Liang tomava vantagem disso para desviar e dar um fim na luta. A pequena samurai caía com tudo no chão e perdia sua consciência, com toda a pressão daquela luta terminando Hikari agora conseguiria falar e ser ouvida pelos lutadores. Se tivesse dito algo antes, não chegaria ao ouvido de nenhum dos dois.

- Esse sorriso no rosto, pensei que nunca mais o veria. Você gosta mesmo de lutar não é, Liang?

Com uma breve risada, Hikari andava até a samurai desacordada, a pegando no colo com cuidado. No rosto da mulher estava um sereno sorriso.

- Parece que temos aqui uma pedra preciosa bem tímida, mas com um valor imensurável, e se for polida, não sei até onde esse valor vai chegar. Não esperava que ela fosse te dar tanto trabalho, estava mesmo lutando com tudo? - Suspirava. - Então... vou levar ela pra dentro.

Com isso Hikari começava a andar, mas antes de entrar na casa, falava em alto e bom som para Liang, com um leve tom de agressividade na voz.

- É melhor você ir comprar as coisas agora, temos visita e eu odeio não ter nada pra preparar. Entendeu?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Liang Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1988
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 07/07/2014
Mensagens : 17

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Qua Maio 06, 2015 5:26 pm

- Não há de que, Nana-dono.

Com isso, Liang guardava sua katana de madeira como se a estivesse embainhando na cintura. Nem reparando que não tinha uma bainha para guardá-la, ainda estava no clima da luta, e em seu rosto um sorriso de satisfação, além de uma clara exaustão.

Quando ouvia a voz de Hikari era que voltava ao mundo real, e ele acabava rindo um pouco da pergunta de sua esposa.

- Pensei que isso já fosse óbvio... Hahaha!

Por estar cansado, Liang acabava se sentando ali mesmo, no jardim, enquanto observava Hikari pegar Nana no colo e comentar sobre a força da garota. E suas palavras eram verdadeiras, bom, quase todas. Liang havia lutado com tudo o que tinha para um amistoso, se aquilo fosse no meio de uma guerra, talvez a luta tivesse um final um pouco diferente, mas nada daquilo importava, o que importava era que o talento que a Ohashi possuía estava além do que poderia imaginar.

- Heh. Mais ou menos... - Pegando um pouco de ar, continuava sua fala. - Mas a Nana-dono é mesmo impressionante, queria que ela lutasse com o Jun, ia ajudar ele a crescer! Hahaha!

Liang pretendia ficar sentado por mais algum tempo, queria descansar um pouco, mas claro que a vida não era um mar de flores, sua esposa não permitia aquilo, e com medo daquele tom de voz, se levantava de súbito, batendo continência.

- Hai! Vou as compras agora, não se preocupe!

E com isso, saía em disparada para a vila novamente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Qua Maio 06, 2015 6:03 pm

Um bom tempo se passava, Liang conseguia fazer as compras e Hikari estava preparando algo na cozinha para quando Nana acordasse. Foi uma luta feroz, e se a Ohashi tivesse mais força e experiência, talvez tivesse conseguido vencer Liang com seu golpe fantasma.

No momento ela estava em um fúton, em repouso e ainda desacordada devido a exaustão sofrida na luta. Liang estava sentado ao seu lado, observando e esperando a garota despertar para assim falar o que devia a ela, no meio da luta ele tinha conseguido se lembrar por causa do estilo de luta de Nana, o estilo Jikiden, que não era estranho para o Zheng...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ohashi Nana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/03/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 33

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Dom Maio 10, 2015 3:55 pm

Uma sombra acariciava seu rosto, era espera e grande, como as mãos de um homem adulto. A imagem era irreconhecivel, mas a presença acalmava seu coração. Quando Nana esticava seus dedos para alcançar a figura, seus olhos se abriam e a garota se via deitada num futom.

- Ah..é mesmo.. eu fui derrotada e..

Não havia pezar em sua voz, pois Nana nunca fora orgulhosa, assim como um samurai nunca deve ser. Por isso aquela derrota mais lhe agradava do que incomodava, já que servira como experiência para situações futuras. Olhando em sua volta Nana via Liang, por isso não perdia tempo em tentar se levantar e falar.

- Me perdoe pelos problemas que causei.. eu..

Sua cabeça parecia girar de repente, uma forte tontura e cansaço tomavam conta de seus sentidos, por isso ela mesmo sem querer se deitava novamente.

- Eu me sinto honrada por ter sua atenção durante a batalha senhor Liang..E ainda teve que cuidar de mim por causa de minha faquesa... Sinto muito de verdade, como posso retribuir?

Todos os seus musculos doíam muito, a sensação era de ter sido atropelada, mas Nana continuava tentando se levantar para assim não abusar da hospitalidade daquelas pessoas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Liang Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1988
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 07/07/2014
Mensagens : 17

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Dom Maio 10, 2015 4:41 pm

Liang estava meditando enquanto esperava Nana acordar. A batalha também havia lhe deixado bem cansado, mas nada que uma boa meditação poderia curar. Sua respiração era calma, e quando ouvia a voz da pequena samurai, seus olhos se abriam lentamente. Tudo o que ouvia sair da boca de Nana faziam o samurai sorrir, e assim que ela terminava seu discurso e ainda tentando se levantar, levava sua mão até a testa dela, além de colocar um peso para que ela não se levantasse por hora, era um toque bem gentil.

- Nana-dono, apenas descanse, estou honrado de ter enfrentado alguém forte e me lembrar dos velhos tempo. Você me ajudou, então sinta-se a vontade para descansar e comer um pouco da comida que a Hikari tá preparando.

Assim que ela parasse de resistir, Liang retiraria sua mão da testa da garota. E assim soltaria um suspiro, era hora de revelar o que lembrou durante a luta. Algumas pistas sobre o pai de Nana...

- Eu... tenho uma boa e uma má notícia pra você Nana-dono. - Depois de uma pequena pausa, continuava. - A boa é que me lembrei bastante sobre o o seu estilo de luta, o Jikiden. Antes da Grande Guerra eu o vi algumas vezes, mas depois que comecei a morar aqui em Dragonland não vi mais vestígios dele, ou seja, seu pai não está neste reino. E a má é que... eu não faço a mínima ideia em que outro reino ele possa estar. - Coçava a cabeça. - Me desculpe, já faz tanto tempo que são apenas vagas memórias sobre alguém que utilizava esse estilo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ohashi Nana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/03/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 33

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Ter Maio 12, 2015 7:43 am

A garota continuava tentando se levantar até que escutava a palavra comida, era então que ela percebia que estava faminta. Aquela luta esgotou suas reservas de energia e agora apenas comida e descanso poderiam recupera-la. Seu estomago roncava como se um dragão estivesse gritando ali dentro e Nana levava as mãos a barriga.

- Sinto-me forçada a aceitar sua gentileza mais uma vez.. Que vergonha..Meu vovô não gostaria nada disso..

Finalmente Liang lhe contaria o que conseguiu lembrar, e Nana esperava ansiosa por aquelas palavras. Era verdade, Liang parecia se lembrar de seu pai, afinal seu avô não lutava a muitos anos então ele era a unica pessoa capaz de utilizar do estilo de Nana. A noticia na era mais triste do que feliz. A busca de Nana acabou de se estender a todo o globo. Mas Nana não reagia de acordo com a gravidade da situação, ela não ficava triste, mas sorria, como se um novo passo estivesse sendo dado e que finalmente tinha alguma pista sobre seu pai. A alegria de ouvir sobre ele de outra pessoa era indescritível, pois até agora ele não passava de uma memória vaga, como se vinda de um sonho, agora ela tinha certeza de que ele era real, e estava mais determinada do que nunca.

Nana sendo uma pessoa muito sentimental, não conseguia conter sua alegria e acabava chorando litros de lágrimas. Ela tentava levar a mão ao rosto mas já era tarde demais. Naquele momento ela não conseguia se importar com honra, ou com o código samurai, tudo o que ela conseguia pensar era na felicidade daquele acontecimento.

- Obrigada senhor Liang... muito obrigada por tudo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Ter Maio 12, 2015 5:11 pm

Depois da comoção de Nana ao ter, finalmente, uma pista sobre seu pai, aquele dia passava numa velocidade incrível. De fato, já estava anoitecendo, e depois de jantarem a comida de Hikari, a mulher puxou um assunto com Nana, e assim o casal daquela casa soube de algumas aventuras da garota, e depois, ouviu algumas de Liang, como ele já havia viajado pelo mundo... as histórias eram incríveis, e a pequena samurai as ouviu com um largo sorriso no rosto.

Com as histórias contadas, restava apenas descansar para o dia seguinte. Uma noite tranquila em que Nana teve dificuldades em dormir devido a excitação de estar um passo mais próxima de seu pai, mas de alguma forma ela conseguiu descansar bem e na manhã seguinte ela já estava pronta para continuar sua jornada. Estava do lado de fora da casa se despedindo de Liang e Hikari...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hikari Mizuki

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 10/05/1990
Horóscopo chinês : Cavalo
Zodíaco : Touro
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Neutro
Data de inscrição : 07/07/2014
Mensagens : 8

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Ter Maio 12, 2015 5:13 pm

- Tem certeza que já quer partir Nana-chan?...

Dizia Hikari, com um tom triste na voz. No pouco tempo em que conversou com a pequena samurai, depois que o mal-entendido foi esclarecido, se apegou facilmente a ela, talvez a mulher tinha alguma fraqueza com lutadores corajosos, assim como seu marido e filho que estava em uma jornada também.

Depois de ouvir a resposta de Nana, que seria óbvia, ela suspiraria e então entregava a ela o que tinha em sua mão, um bento (similar a uma marmita, porém com elementos tradicionais da culinária japonesa), para que ela comesse mais tarde.

- Leve isso, ok? Não é muito, mas deve ajudar por hoje.

A mulher tentava esbanjar um sorriso, mas o seu olhar de mãe preocupada não deixava de aparecer. Mesmo que não fosse a mãe de Nana, Hikari havia gostado do jeito da pequena samurai, sempre tão cuidadosa e educada, mas ao mesmo tempo infantil. E seria com esse olhar que ela acenaria quando a visse partir, falando que poderia visitá-la a hora que quisesse.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Liang Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1988
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 07/07/2014
Mensagens : 17

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Ter Maio 12, 2015 5:16 pm

O que Liang poderia dizer? Depois de lutar com samurai sabia que ela estaria preparada para qualquer problema que ficasse em seu caminho e ainda sim tinha a preocupação dela não ter experiência alguma, mas o samurai sabia melhor que ninguém, em jornadas você acaba conhecendo várias pessoas, e no fim, você nunca está sozinho, e eles te ajudam a crescer, ampliam sua visão, compartilham sonhos, viram companheiros, e não tem nada mais maravilhoso do que isso.

Os olhos do homem brilhavam levemente enquanto se lembrava de algumas imagens, dos tempos antigos, mas agora deveria se despedir daquela pequena garota que iria começar sua própria jornada, em busca de seu pai.

- Nana-dono, vou te dar uma dica. - Tocava no ombro dela, com um sorriso no rosto. - Sempre seja você mesma, não importa o que aconteça! Isso vai te ajudar bastante, hahaha!

E vendo que Hikari estava novamente com aquele olhar preocupado, Liang colocava seu braço por cima dos ombros dela e a fazia chegar mais perto, como se a estivesse confortando.

- Hikari, vai ficar assim de novo. Todos eles são jovens, mas são excelentes lutadores, não vão perder tão fácil assim!

E tentando animá-la Liang ficava, até que Nana começasse a se distanciar. O samurai acenaria pra ela, com um sorriso no rosto, e assim gritaria:

- Nana-dono! Boa sorte, encontre o seu pai!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ohashi Nana

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/03/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 17/01/2015
Mensagens : 33

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Qui Maio 14, 2015 7:52 am

Nana conhecia mais duas grandes personalidades de DragonLand,  Liang Zhend e Hikari Mizuki. Ambos já haviam experimentado de aventuras emocionantes e presenciado eventos inesquecíveis. Destas personalidades ainda haviam muitas para Nana conhecer, mas seu destino agora tomava outro caminho, as aventuras da Samurai por DragonLand chegavam ao fim, e um outro lugar lhe aguardava, a outra face da moeda, as terríveis terras do oeste, onde o fantasma da guerra ainda assombrava.

- Muito obrigada senhorita Hikari e senhor Liang, por tudo que fizeram por mim! Eu preciso ir agora, meu pai pode estar em qualquer lugar desse mundo, mas não se preocupem porque eu tenho certeza que vou encontra-lo. É o que meu coração de samurai diz.

Nana agradecia sinceramente, aceitando o presente de Hikari e o guardando com carinho, finalmente era hora de partir, por isso ela se distanciava, cada vez mais, até escutar a voz de Liang ao longe. A garota se virava por um segundo e acenava sorrindo.

- Obrigada! Quando eu voltar venho fazer uma visita!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   Qui Maio 14, 2015 6:42 pm

Mais uma jornada tinha início, e quantas jornadas não é? E todas com um objetivo diferente. Esses heróis que estão em direção do novo mundo certamente farão algum impacto com o seu poder. Seria esse impacto bom ou ruim? Vai saber... e isso é o legal das histórias. Você não sabe como vai terminar!

Nana queria reencontrar seu pai, e isso a motivava para dar seus passos, e o que ela encontraria daqui pra frente era incerto, será que esse desejo não sucumbirá a outra coisa? O que se colocará em seu caminho? Muitas perguntas, poucas respostas. Essa era a vida da garota samurai, que agora saía de Dragonland, e iria encarar o terrível mundo exterior, onde pessoas de todos os tipos ficariam em seu caminho e ela procuraria lidar bem com cada um, com o espírito dos ensinamentos samurais de seu avô...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Caminho da Espada III   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Caminho da Espada III
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Caminho a seguir para ser Piloto de Linha aérea
» [AH, BUCETA!] Novo jogo da VANILLAWARE (de DRAGON'S CROWN) a caminho?
» Kokotto e espada na mina
» A espada Lendaria
» como eu faço para fazer a espada da rathian

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Histórias do Novo Mundo :: Ato 2 - Histórias Secundárias-
Ir para: