Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Infiltração em alto mar.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5
AutorMensagem
Chiyoko Musashi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 03/07/1674
Zodíaco : Câncer
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 24/01/2015
Mensagens : 9

MensagemAssunto: Re: Infiltração em alto mar.   Sex Jul 10, 2015 10:40 pm

Era inevitável. O rapaz sabia que seria ignorado de qualquer maneira por eles, então ele apenas suspirava.

Não tem jeito..

O lado bom disso é que Lin, naturalmente, não se afastava facilmente dele pelo fato de ainda sentir aquela dor de osso quebrado, por isso ele apenas observava a situação e a reação de todos. Aproveitando pelo menos que estava tranquilo para poder beber com a outra mão, ele não hesitava: tirava a garrafa de seu bolso, e abrindo-o com a boca, bebendo logo em seguida.

Mendokuse *glup* ahhh...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mark Sanderson

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 09/04/1990
Horóscopo chinês : Cavalo
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Skyhold
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 11/01/2015
Mensagens : 25

MensagemAssunto: Re: Infiltração em alto mar.   Dom Jul 12, 2015 1:46 pm

Mark sabia que a morte estava próxima, é claro. Kiska não fez um grande nome em Skyhold apenas para apanhar de duas crianças vindas de Dragonland. Não que Mark os julgasse fracos, mas naquele estado, nada do que fizessem ultrapassaria a perícia, experiência e técnica da General Demoníaca, droga nem mesmo a inércia de um gindaste de centenas de quilos foi capaz de fazê-la sequer suar, é claro que estava tudo acabado. Pelo menos ele tinha visto sua filha novamente uma última vez...


"Até a próxima, pai..."

Mark estava debruçado no painel da cabine, o rosto baixo e desesperançoso, até a frase de sua filha foi difícil de compreender totalmente, então se dava conta do barulho de um maldito helicóptero no convés.

- Wait...

Serah ja estava descendo as escadas e correndo para Kiska, sua... mentora. Sem pensar duas vezes, ou tentar entender o que estava acontecendo, ele corria com tudo para descer as escadas até onde as tropas de Skyhold preparavam-se para evacuar. A única coisa que ele pensava era que tinha de alcançar sua filha, segurá-la, puxá-la de volta para ele, quem sabe Kiska a abandonasse. Mark tropeçava no último degrau, caindo de cara no chão e levantando logo em seguida com o rosto levemente ralado e o ombro dolorido, continuava correndo mas quando se aproximava do helicóptero, congelava. Novamente aquele olhar de Kiska... como se fosse um predador esperando por sua vítima dar mais um passo para a morte, não havia nada que ele pudesse fazer.

- Damnit... SERAH! COME BACK SERAH!!!! COME BACK!

Não, por incrível que pareça, a frase não era para ela sair do helicóptero e voltar aos seus braços, mas sim para que ela voltasse a si, para que ela voltasse a ser sua doce filha que sempre conseguia ter aquele sorriso que acalmava seu coração e lhe trazia luz, mesmo na pior escuridão. Com a partida do helicóptero, Mark apenas observava, fraco e impotente... Mesmo tendo a segurado nos braços, a verdadeira Serah continuava presa em Skyhold.

- Well, it's over, right? - Ele se ajoelhava na frente de Lin e oferecia para levantá-la no colo. - Foi mal... não consegui ser de muito uso pra vocês.... enfrentar aquela mulher é o pior dos castigos... - Indiferente se Lin aceitasse ou não a ajuda de Mark, ele se levantava. - Esse samurai é amigo de vocês? Ryo... droga você ta horrível cara, vamos voltar para a cabine, deve ter algo pra ajudar vocês por lá...

Durante todo o tempo, sua voz era fraca e seus olhos úmidos. É claro que estava em muita dor, mas naquele momento não havia nada que pudesse fazer senão se forçar para ocupar sua mente ajudando seus amigos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kiska Morozov

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 16/01/2002
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Skyhold
Tendência : Caótico - Mau
Data de inscrição : 30/08/2014
Mensagens : 21

MensagemAssunto: Re: Infiltração em alto mar.   Ter Jul 14, 2015 4:03 pm

A bordo do helicóptero Kiska recolocava seus equipamentos enquanto aguardava pela entrada de Serah na aeronave. Seu objetivo, como na maioria das vezes, havia sido concluído, mas ela já tinha outros planos em mente. Com a existência de uma Resistência confirmada e a certeza de que tal informação não chegaria aos ouvidos dos comandantes de Skyhold (Exceto aos dela mesma) Kiska deveria aguardar, preparar o terreno e esperar pacientemente pela grande tempestade que estava por vir. Poder, soberania, ordem, nada disso lhe interessava, matar seus inimigos, ver o sofrimento alheio, envergonhar seus adversários, não havia sentido nisso, não aos olhos de Kiska. A guerra e o caos, e poder observar no que isso pode transformar as pessoas, essas eram suas únicas paixões, sempre foram e sempre seriam, a general se encaixava perfeitamente na sentença: "Algumas pessoas querem apenas ver o mundo queimar", e por essa causa ela tem vivido todos esses anos, por isso a existência de uma "Resistência" era tão importante pra ela.

Serah entrava no helicóptero com algo novo em seus olhos, e a general sabia exatamente o motivo. Mark Sanderson, seu pai, e as palavras que disse a garota, Kiska foi capaz de escutar mesmo que isso não lhe interessasse nem um pouco. A general nada dizia até Serah se acomodar na aeronave, mas ela podia perceber que a pequena tinha algo em suas mãos, pois estas tremiam incessávelmente. Sem falar até então Kiska segurava o pulso de Serah devagar com uma das mãos, e com a outra pegava o objeto que ela carregava. Um belo colar se revelava, e ao abri-lo uma foto. Olhando nos olhos de Serah a general percebia que aquele era o presente que a garota recebera de seu pai. Ela poderia tê-lo destruído ali mesmo, jogado-o no mar e feito Serah se esquecer de qualquer ligação com seu passado. Mas não era o que acontecia.

- Por que está tão abalada?

Segurando no cordão do colar, Kiska o abria e caminhava até as costas de Serah colocando devagar o colar no pescoço da garota.

- Recebeu um belo presente de seu pai, deveria usa-lo a partir de agora.

Ambas as suas mãos repousavam sobre os ombros da pequena Sanderson e Kiska encarava o navio e aqueles que ficaram sobre ele, neste momento ela dava ordem.

- Nos tire daqui.

E assim o helicóptero ganhava altitude e se virava partindo noutra direção, e Kiska observava as figuras das duas crianças com as quais lutou e seus amigos, com a certeza de que todos ali ainda teriam parte no grande jogo que estava por vir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: Infiltração em alto mar.   Qua Jul 15, 2015 1:20 am

[Navio]

Com a saída de Kiska, todos os outros soldados a seguiam, e os que não haviam nada a fazer, recuavam, pegando botes salva vidas e se organizando para deixar de vez o lugar. Finalmente, o navio estava livre a eles para concluir a missão

[Porto]

Após o restante do tempo em que faltava, o local acabava explodindo com as C4's colocadas. Os tetos caiam, em seguida as vigas de sustentação, e aos poucos tudo se tornava escombros, cheios de fumaça ainda. Nada se sabia sobre o corpo de Richard, se havia ficado ali mesmo ou levado, só sabiam que tudo havia acabado por ali, e nada a mais poderia ser feito.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ryouji Kawano

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 30/11/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Sagitário
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 75

MensagemAssunto: Re: Infiltração em alto mar.   Qua Jul 15, 2015 4:46 pm

Com a partida do helicóptero, Ryouji suspirava e prestava atenção em seus companheiros agora. Pela primeira vez via aquele cara parecido como um samurai, mas o vendo ajudar Lin o levava a pensar ser uma boa pessoa e não um inimigo, porém, Mark estava falando agora e o Kawano o ouvia. Quando era perguntado sobre o samurai, ele se levantava lentamente, mantendo seu braço quebrado imobilizado usando sua mão sem ferimentos.

- Não... tenho ideia de quem é ele, acabei de perceber que ele tava aqui... quem é você cara? - Sentia umas pontadas de dor por estar se forçando a ficar de pé agora. - Saco, não me sinto todo dolorido assim a um tempo... hahaha!

Independente da resposta de Chiyoko, Ryouji colocaria a mão boa por trás da cabeça enquanto o agradecia.

- Heh. Pelo menos, obrigado, ajudou um pouco a Lin enquanto eu tava lutando. Meu nome é Ryouji Kaw... - Ele havia se esquecido que soltou o braço quebrado pra colocar a mão por trás da cabeça, e o movimento de balanço do braço quebrado dava um ponta aguda de dor. - AAAAAHHHH!!! Que droga! Isso dói demais!!!!

Com os olhos fechados, e rangendo os dentes ele voltava a segurar seu braço fraturado. Depois de "se apresentar" para Chiyoko, abria os olhos e olhava para Lin e Mark.

- Aquela mulher era forte demais, consegui acertar uns socos, mas ela nem sentiu... da próxima vez ela vai ver só...

Seus olhos estavam determinados, e assim que uma coisa entrava na cabeça do rapaz, era difícil ou quase impossível de sair. Havia se tornado um objetivo pessoal, dar uma surra naquela general até arrancar alguma expressão dela. Porém, com a dor que sentia, seu olhar determinado não durava muito, e como Mark havia dito, Ryouji começava a caminhar até a cabine a passos lentos.

- Hey Lin! Eu aguentei mais tempo contra ela! Posso dizer que ganhei de você aqui? Hahah... ugh... "fica difícil até rir, que merda..."

Provavelmente sua amiga ficaria com raiva, mas essa era intenção, em ele continuar andando enquanto ela reclamava. Ao chegar na cabine, olhava em volta e via um pequeno banco. Se sentando nele, suspirava mais uma vez, Mark logo chegaria junto com os outros e era ali que ele dizia ao engenheiro.

- Mark-san... foi mal, se eu não tivesse tomado uma surra e conseguisse me mexer, eu tentaria segurar ela pra você...

Ryouji se referia a Serah, mas foi apenas um comentário, não deveria dizer mais nada, sabia que seria inconveniente, o olhar de Mark estava abalado por ver que sua filha ainda estava presa em Skyhold, mas não por correntes, e sim por "memórias falsas". Porém, uma outra coisa na cabine lhe chamava atenção. Um painel com vários botões, despertando a curiosidade do Kawano.

- Navios tem botões? O do Heikki-san não tinha nenhum, só um "volante"! Hahah... ugh... QUE SACO! Me deixa ri... ahhh!

Desistindo, Ryouji ficava com uma cara fechada, ficando revoltado com o próprio corpo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lin Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 02/08/2014
Mensagens : 63

MensagemAssunto: Re: Infiltração em alto mar.   Sex Jul 17, 2015 11:03 am

O helicóptero ia embora, e a jovem Harzgard não conseguia fazer nada para impedir. A filha de Mark esteve a seu alcance mas ainda assim foi inútil. Traze-la de volta se tornava um de seus objetivos, e quando a garota colocava algo em sua cabeça, nada nem ninguém seria capaz de faze-la mudar de ideia.

Pouco antes de Mark chegar, Lin estava gritando frustada consigo mesma.

- AAAAAAAAAAAAAAAAAH!! EU ODEIO LEVAR UMA SURRA!

Só então Lin se lembrou do que estava indo fazer pouco antes de toda aquela missão começar.

- Treinar! Eu preciso treinar! Vocês vão ver só!

Em sua empolgação ela tentava dar um passo pra frente, mas sua perna doía tanto que ela não conseguia se sustentar e caía de cara no chão.

- Waaa!

Quando voltava seus olhos para cima, via o rosto de Mark. Seu coração pesava muito, mas acabava ficando ainda mais determinado a ajuda-lo. Ele lhe oferecia ajuda mesmo estando naquele estado, e Lin, completamente sem noção não demorava nem um segundo pra aceitar a "carona" e grudar no pescoço de Mark.

- Hahaha! Não se preocupa com isso, eu e o Ryouji demos conta do recáaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!

Sua perna doía terrivelmente, fazendo toda a sua frase valer por nada, já que na verdade eles não chegaram nem perto de dar conta do recado. Mas agora grudada no pescoço de Mark, Lin escutava as provocações de Ryouji, e se sentia desafiada.

- Não ganhou! Não valeu! Ela pegou mais pesado comigo!

E vendo seu amigo fracassando ao tentar rir ela ria ainda mais alto.

- Hahahahahaha!

Ao entrar no navio, Mark provavelmente a colocaria no chão ou em algum outro lugar. E Lin passaria o resto da viagem fazendo comentários inúteis e sem sentido, e perguntando coisas sobre navio para Mark. Quanto a Chiyoko, Lin esqueceu completamente que não conhecia o garoto, e acabava o tratando como um amigo muito próximo, deixando até mesmo de perguntar seu nome.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chiyoko Musashi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 03/07/1674
Zodíaco : Câncer
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 24/01/2015
Mensagens : 9

MensagemAssunto: Re: Infiltração em alto mar.   Sex Jul 17, 2015 9:04 pm

Chiyoko acabava ignorando totalmente Lin da mesma forma que ela havia o ignorado, ficando agora focado no que Ryouji acabava falando com ele.

Sou Chiyoko, um homem de... passagem.

Ele suspirava ao final da frase, se sentando em um dos assentos por lá, retirando sua garrafa de sakê do bolso, e dando mais alguns goles. No momento em que Ryouji colocava o próprio braço por trás da cabeça, ele ainda olhava aquilo com a testa franzida, já esperando muito bem que aquilo fosse acontecer, até que ouvia o grito dele.

Em pouco tempo, ele acabava se esticando nos outros assentos, olhando para o chão enquanto ouvia aquela conversa dele, se lembrando de quando ele falava ainda com alguns amigos possíveis dele enquanto o observavam.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: Infiltração em alto mar.   Dom Jul 19, 2015 2:34 pm

[Navio]

Em horas de viagem, o navio finalmente chegava ao local, com grande parte dos suprimentos intactos. Nenhum soldado era avistado no navio, apesar de ter um comunicador que tinha registrado uma rádio frequência deles, mas que era trocado de canal logo depois da reportagem da missão "deles". No local aguardado, haviam para-médicos da resistência que socorriam Lin e Ryouji assim que possível, e por fim, um novo integrante "indeciso" se unia ao grupo, atualmente do dragão bonzinho na resistência.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Infiltração em alto mar.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Infiltração em alto mar.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 5 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5
 Tópicos similares
-
» Selos Hungria MErcado Livre - alto valor ???
» [RESOLVIDO]Ping muito muito Alto
» Voo de F/A-18 em alto mar
» [Internacional] Indústria de defesa da África do Sul apresenta a AHRLAC
» Altitude Helicoptero

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Histórias do Novo Mundo :: Ato 2 - "Shadowrealm"-
Ir para: