Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Shen Shi Harzgard

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Shen Shi Harzgard   Qui Jul 10, 2014 3:53 am

Biografia


Shen Shi Harzgard, nascido em Munique, Alemanha. Tendo como pais Joe Harzgard, um grande ferreiro da região que costumava fazer suas armas, uma mais perfeita que a outra, por passatempo, e não por dinheiro, mesmo assim, ele vendia algumas dessas para colecionadores. E Xue Hua Harzgard, uma mulher de negócios depois de casada, que procurou crescer mais e mais na maior empresa petrolífera da Alemanha, chegando a ser vice-presidente se tornando uma das mulheres mais importantes do país e do mundo no ramo de negócios já que o dono da empresa sempre mencionava o nome dela como o centro das idéias.

Joe e Xue Hua se conheceram ainda jovens. Em um torneio chamado "Mestre das Armas", no qual os dois foram finalistas e travaram uma intensa e equilibrada luta. Joe saiu vitorioso durante um pequeno erro da jovem, e depois da luta os dois se conheceram. Um admirando o outro até que se apaixonaram, foram para a Alemanha onde se casaram e tiveram dois filhos. O primeiro foi Shen Shi, e dois anos mas tarde, tiveram uma menina, chamada Li zhi Harzgard. Shen Shi se apegou à irma desde o primeiro instante, dando toda a atenção do mundo para ela. Para ele, Li zhi é um precioso tesouro delicado, que precisa ser protegido à todo o custo.

Desde criança, Shen Shi sempre se empolgava com as histórias mitológicas que seu pai contava, o que ele mais gostava era da mitologia nórdica, principalmente do Fenrisulfr, já que ele adorava lobos. Então Joe como sabia que seu filho gostava bastante do monstruoso lobo nórdico e se não fosse um mito, teria um amuleto com seu espírito aprisionado em alguma das ilhas que são próximas da Alemanha decide fazer uma jornada com Shen Shi na Ilha de Usedom (situada na fronteira entre Polônia e Alemanha), uma ilha que tinha vários habitantes, mas ainda sim havia uma parte isolada, onde existia um vulcão e uma grande montanha. E era para essa tal montanha que Joe e Shen Shi partiam em busca do amuleto de Fenrisulfr. Para Joe seriam boas férias com seu filho, mas para Shen Shi seria uma das maiores aventuras do mundo, e até que ele não estava tão errado assim...

Ao chegar na ilha, passaram semanas investigando a montanha onde estaria o amuleto, sem nenhum sucesso. Até que um dia, no acampamento à noite durante uma forte chuva, os dois estavam dormindo, e Shen Shi começava a ter pesadelos onde o gigantesco lobo nórdico matava vários deuses em um campo de batalhas sem fim. Com esses intensos pesadelos ele acordava assustado e transpirando, com a respiração bem acelerada. Quando o susto passou ele já ia se deitando de novo mas uma voz começava à chamá-lo vinda de fora da barraca. Ele curioso se levantava da cama e saia da barraca, começando a seguir a voz que estava em sua cabeça cegamente até que tropeça em uma pedra e caia rolando numa ribanceira, quebrando o braço esquerdo durante a queda e começando a perder a consciência quando chegava ao fundo.

Enquanto o garoto estava quase desmaiando, um homem de cabelo comprido e barbudo, ambos brancos, com um manto e um chapéu ia até ele, olhando para o garoto. Ele carregava uma enorme lança amarrada nas costas, em sua mão direita um amuleto e na mão esquerda um tipo de bengala de madeira, dizendo alguma coisa para o garoto que estava no chão, mas Shen Shi não ouvia o que aquele estranho havia falado, já que desmaiava quando o via se aproximando. O sujeito abaixava e colocava o amuleto de Fenrisulfr sobre o peito do garoto, e como se fosse mágica, o amuleto entrava em Shen Shi sem deixar vestígio algum, e depois o velho ia embora, sumindo nas sombras daquele desfiladeiro.

O mesmo pesadelo vinha na cabeça de Shen Shi novamente, mas agora o fim era um pouco diferente, a visão era na casa dele, seus pais sendo mortos e quando a visão avançava em Li zhi, ele acordava assustado novamente, tinha ficado cinco dias desacordado e estava com o braço engessado. Li zhi que estava sentada do lado dele perguntava num tom assustado se ele estava bem. Shen Shi a via ali sã e salva, dando um forte abraço nela, se acalmando aos poucos. Estava com medo de perdê-la.

Depois de um tempo ele a soltava com a mãe a chamando para ir até a escola, e fala para Shen Shi ficar em repouso na cama. O garoto se deitava novamente na cama, e recebia um carinhoso beijo na testa de sua irmã que ia para a escola. Shen Shi ficava então tentando se lembrar de como teria voltado para casa... o braço quebrado era evidência de que ele viu aquele homem de cabelos e barba brancos. Passava horas tentando se lembrar e quanto mais pensava, mais calor ele sentia, era estranho já que estava nevando naquele dia. Shen Shi, então, por instinto tirava o cobertor e ao se levantar uma voz começava a ecoar em sua mente, e era uma voz totalmente desconhecida...

Shen Shi começava a perder o controle sobre si mesmo para algo que parecia habitar seu corpo. O garoto via em sua mente, sangue... muito sangue. Seus dentes começavam a ficar afiados e garras surgiam nas mãos dele. Ficando cinco dias dentro de seu corpo, o amuleto teve tempo mais que suficiente para fazer com que o espírito do lobo se colidisse com o de Shen Shi. E esse era o dia do lobo obter o controle de seu usuário, como um parasita manipulador. O lobo só pensava em uma coisa agora que estava livre. Carnificina.

O garoto, possuído pelo animal, começava a caminhar lentamente pelos corredores da casa e ao chegar na sala, via sua mãe conversando com Joe, ambos estavam em pé. Atingindo uma velocidade impressionante, ele parava atrás da mulher e atravessava o peito dela com suas garras a matando na hora. Joe não sabia o que fazer, não esperava ter a esposa assassinada tão subitamente, e em um ataque de fúria tentava atacar o culpado, porém percebia que se tratava de seu filho. Assustado e exitando o seu ataque. "Não posso matar meu próprio filho...", pensava o homem. Vendo isso como uma abertura, Shen Shi passava suas garras no pescoço de Joe e o homem caia no chão, morrendo em alguns instantes com o sangramento. Virando-se para a porta, ele via Li zhi com um olhar assustado e com lágrimas nos olhos.

O espírito do lobo estava mandando o corpo de Shen Shi atacar, então numa grande velocidade ele partia em direção à Li Zhi, porém quando suas garras estavam para acertar o rosto da garota, Shen Shi parava subitamente. Que levava as mãos até o próprio rosto, gritando. O verdadeiro Shen Shi estava tentando tomar o controle do seu corpo de volta, com pensamentos fortes e força bruta. "Não a minha irmã... jamais!". O garoto assumia novamente o controle, ainda com as mesmas capacidades que aquela forma o havia concedido. Sendo o culpado de tudo aquilo, e com medo de sua irmã nunca mais olhar para ele, ele corria, atravessando a parede com violência. Fugindo de sua vida com medo de nunca mais ser perdoado.

Corria e corria durante horas, até que perdia todas as forças na beira de uma ponte, e acabava caindo da mesma. Por sorte havia um navio passando por baixo no momento da queda e por mais sorte ainda, caia dentro do alçapão do navio, em meio ao feno que lá estava presente. Ficando desacordado durante toda a viagem do navio, sem ninguém suspeitar que havia um tripulante extra à bordo. Shen Shi havia entrado em coma por causa da força que fez para conseguir o controle novamente, fugir e por não ter um corpo preparado para a situação. Durante meses, sobrevivendo graças ao espírito de Fenrirsulfr, o garoto despertava logo após o navio chegar a um de seus destinos (Kyoto). Mesmo cansado, desidratado, e com o corpo muito fraco, Shen Shi se levantava cambaleando e começava a andar sem um destino específico. As pessoas do navio estavam almoçando em terra firme por isso não perceberam ele saindo do barco. O garoto andava sem rumo, depois dos vários meses desacordado, ele procurava alguma razão para viver, já estava quase sem esperança, mas ao adentrar numa floresta de Kyoto sua vida teria um sentido... um sentido que faria ele ter a chama da vida nos olhos novamente.

Ao entrar na floresta, rapidamente era cercado por vários homens usando lança, todas apontadas para ele. Shen Shi ficava imóvel, olhando para cada um dos guardas. E sem que ele percebesse era acertado por um golpe na nuca, que o fazia desmaiar, sendo levado para o Templo Ishiyama pelos guardas em seguida. Ele acordava no meio do caminho, mas era inútil tentar escapar. Não tinha recuperado suas forças ainda. Mas o Fenrir tinha um poder regenerativo absurdamente alto, que ia aos poucos dando força para Shen Shi se curar das dores que estava sentindo. Durante o caminho ele tirava o gesso que estava em seu braço esquerdo, pelo mesmo já estar curado. E ao chegar no templo, ele era apresentado à um homem, chamado Huang Zhi, que ao ver Shen Shi já notara que ele não era normal e se interessando nele o velho perguntava o que o trazia até Kyoto.

Vendo o interesse de Huang Zhi, Shen Shi voltava a ter esperança, mesmo que pouca, então contava tudo o que havia acontecido desde a viagem com seu pai até sua chegada no templo. O velho se impressionava com a historia, ele não esperava que Shen Shi tivesse sofrido tanto, mesmo sendo tão jovem. Zhi sentiu que devia ajudar aquele menino a controlar o incontrolável poder dentro dele. Shen Shi se enchia de esperança novamente, não tinha pensado em controlar aquilo ainda, e com a ajuda de Huang Zhi talvez ele conseguiria, o velho parecia saber do que estava falando e parecia ser forte.

Logo após da conversa que tivera com seus dois mestres, Huang Zhi o levava para conhecer o templo. Shen Shi estava impressionado com o tamanho daquilo, e o ar natural de lá era incrível. Em algumas horas o garoto já havia visto todo o templo com Huang, porém algo ainda o incomodava e o deixava ansioso. Ele treinaria sozinho, ou teria um parceiro? E seu mestre Huang Zhi dizia que ele tinha uma parceira, uma aluna que ele começaria a treinar naquele exato dia, seu nome, Xue Yuan Ishiyama. Quando chegavam no local do treinamento, a garota ruiva estava se preparando, aplicando chutes ao vento com os olhos fechados. Um treinamento básico no Kung Fu, até que Huang Zhi a chamava. A mesma parava de treinar e ia até ele.

Huang Zhi logo apresentava Xue Yuan para Shen Shi, dizendo que os dois treinariam juntos. A garota, que era mais alta que o garoto, já começava o chamando de baixinho. Isso deixava Shen Shi nervoso, e ela ria da reação dele. Apesar de todas as provocações, os dois se davam bem juntos, e o treinamento rendia bem mais do que treinar sozinho. Yuan, assim como Shen, tinha um objetivo para treinar, queria deixar seu pai orgulhoso e se tornar uma das guerreiras mais poderosas do templo. E o garoto conseguia forças para continuar sempre ao ver sua parceira se esforçando para tal sonho, e isso o fazia admirá-la bastante.

O tempo passava, anos voavam, e os dois ficavam cada vez mais fortes, juntos. Durante várias noites, Shen Shi ainda sofria com os pesadelos de perder o controle novamente, mas depois de todos esses anos, tinha esse pesadelo cada vez menos. Seus treinos diários com Huang Zhi e Yuan estavam o ajudando bastante. E por ter ficado tanto tempo sendo caçoado pela sua parceira, aprendia a retrucar tudo, agora que estava começando a ficar mais alto do que ela, o que deixava a ruiva bem nervosa também, mas os dois pareciam congelados no tempo, sempre se divertindo e treinando juntos. E sem perceber, o garoto se apaixonava por ela, mas por estar focado no treinamento agora, decidia deixar isso escondido por enquanto.

Enquanto seu treinamento prosseguia, Shen Shi teve a oportunidade de conhecer duas pessoas, com quem rapidamente fez amizade, o garoto era bom em fazer laços, era sincero até demais e também sempre animado. Mesmo tendo tantas preocupações para resolver. E a primeira pessoa foi TenKai Ishiyama, um guerreiro nato do templo Ishiyama que desde criança treinava com o líder do templo, Bai Long. Era um dia ensolarado, Shen Shi andava pelo templo, morrendo de calor, e Tenkai fazia o mesmo, até que os dois se esbarravam. Quando os olhos dos dois se encontravam, Tenkai era o primeiro a se manifestar. Começava a rir e caçoava do cabelo de Shen Shi, dizendo que ele era um velho no corpo de uma criança por ter cabelo branco, e sendo "alfinetado", Shen Shi retrucava, dizendo que TenKai era uma mulher por usar xuxinha pra prender o cabelo. E com isso os dois começaram a discutir com as testas se chocando e fazendo caretas durante suas falas até que do nada uma luta começava. E trocando socos por horas eles ficavam, quando o final da tarde chegava, os dois deitavam, olhando para o céu e começavam a rir que nem retardados, e aquela amizade surgia assim, por um saber que o outro era forte e divertido.

A segunda pessoa ele conhecia pouco tempo depois de conhecer Tenkai, Huang Zhi chegava até Shen Shi e dizia a ele que estava treinando um garoto já fazia um tempo, e que queria a ajuda dele para o próximo treinamento, e assim quando Shen Shi chegava no lugar, via Tenkai por lá também. Minutos depois o garoto que Huang Zhi havia dito chegava, seu nome era Jin Katashi, um monge que sofrera com a perda do irmão, se importava bastante com as pessoas e um grande manipulador de terra. O plano de Huang Zhi era que fizessem seu discípulo, que era tão conservado, a se soltar mais. Por isso, quando ele entrava no lugar, animado Shen Shi cumprimentava Jin, dizendo seu nome logo de cara e pedindo para ser amigo dele, bem direto. E quando Jin, desconfiado com o pedido repentino se distraia um pouco, Shen se abaixava e Tenkai atrás dele jogava uma torta em Jin, que o acertava em cheio no rosto. Logo o guerreiro ruivo começava a rir, e Shen também. Aquilo tirava Jin do sério, mas não paravam os dois, que continuava a jogar torta atrás de torta em Jin, que não tinha escolha a não ser começar a se desviar. Parecia ser besta, mas teve um momento em que Jin conseguiu pegar algumas tortas também, e começar a jogar neles também, e tudo virou uma grande confusão, sujando uma parte enorme do templo. Mais tarde os três foram reprimidos e passaram a noite limpando tudo, mas com essa lembrança compartilhada criaram uma amizade. E tempos depois convivendo juntos, era como se os três tivessem se tornado irmãos separados na maternidade.

Shen Shi já estava no templo durante cinco anos. Estava com seus 18 anos de idade. E tudo parecia indo bem, estava parando de ter os pesadelos de sempre, e suas noites estavam tranquilas, mas uma notícia ruim chegava ao seu ouvido. O pai de Yuan havia falecido. Shen ficava triste e por isso corria para onde aconteceria o treinamento daquele dia, e a garota já estava pronta, com uma expressão séria. O rapaz estranhava o comportamento dela, e mesmo assim Huang Zhi dizia para os dois treinarem. Ele tentava conversar com ela como sempre durante a troca de golpes, mas dessa vez Yuan não respondia, estava totalmente focada no treinamento, e então durante um erro dela, o garoto conseguia derrubá-la no chão. O mestre dava um fim na luta, e Shen respirava aliviado, a pressão que estava sentindo era enorme com tanta seriedade em torno da garota, mas Yuan não aceitou o resultado, se levantou e voltou a atacar, com tudo, seu parceiro. Depois de receber o primeiro golpe, Shen já ficava desnorteado, mas não resistia de forma alguma, não tinha coragem alguma para bater na mulher que amava, mesmo se ele resolvesse atacar agora que havia recebido o primeiro golpe seria difícil voltar ao controle uma vez que os punhos de Yuan eram pesados como os de um dragão, ele era apenas um ágil leopardo, agora nas garras de um dragão. Quando Huang Zhi decidia intervir, Shen Shi já estava a beira da morte, e sua consciência se apagava como uma vela. Se não fosse por Fenrir, certamente morreria devido aqueles golpes mortais de sua parceira.

Quando acordava, dias depois, Shen Shi estava coberto por bandagens, e a primeira coisa que fazia era tentar procurar por Yuan, ver como ela estava, já que ela parecia sofrer enquanto o socava, sua expressão séria na hora não podiam enganar alguém que passou tanto tempo do lado dela, ela estava triste e perdida. Mas por fim descobriu que ela foi banida do templo, naquele estado, deixando Shen Shi furioso e isso fazia o cadeado que havia criado por tanto tempo para segurar o Fenrir dentro de seu corpo se quebrava, era tudo o que a besta precisava, deixar ele fora de controle, e o espírito do Fenrir tomava completamente seu corpo, começando a atacar tudo o que estava a sua frente. Todos os mestres eram alertados sobre o incidente, mas Bai Long parava toda a comoção, dizendo que apenas uma pessoa iria atrás da besta, e ele mandava seu discípulo Tenkai para caçar a fera.

Tenkai, chegando ao lugar, reconhecia Shen Shi no corpo daquela fera, porém não estava com remorso algum, ele simplesmente não podia deixar o templo ser destruído, mesmo que matasse um amigo no processo. E começava a lutar ferozmente com seu amigo possuído pela besta nórdica. A luta se estendia por mais de 20 minutos sem parar, com trocas de golpes violentíssimos dos dois lados, mas o poder regenerativo de Shen Shi era grande demais, o que Tenkai não possuia, começando a perder a luta feio. Até que uma outra pessoa do templo intervia, Jin. Os três estavam juntos novamente, mas a situação era diferente agora. Jin e Tenkai deviam derrotar Shen Shi para que ninguém mais perdesse a vida.

Com a ajuda de Jin, Tenkai tinha um plano, para parar seu amigo de causar tanta destruição. Jin começava a lutar com Shen enquanto Tenkai canalizava alguma coisa, o espírito do Tigre que carregava consigo era materializado e com isso o plano do orgulhoso guerreiro se dava início, mas nem tudo era como parecia, um pouco antes de tudo estar completo, Jin era jogado longe por Shen e este avançava com tudo contra Tenkai, perfurando o coração do mesmo com suas garras em um golpe direto.

Nem isso parava Tenkai, mesmo já morrendo, usava tudo para acabar a canalização do espírito do tigre e o mandava direto para Shen Shi, entrando no corpo da fera, se sacrificando e expandindo toda a energia boa que possuía, ajudando Shen Shi a recobrar sua consciência e selando Fenrir novamente. Quando percebia seu braço perfurando seu amigo, o rapaz se espantava e desesperado gritava por Tenkai, tirando o braço e se ajoelhando, o segurando nos braços, aos poucos lágrimas saiam de seus olhos e os olhos do orgulhoso guerreiro perdiam o brilho, mas com um sorriso de missão cumprida no rosto. A vida dele se esvaia e ao mesmo tempo uma chuva começava do desfecho daquele triste e cruel luta.

A morte de Tenkai abalava todo o templo, mas Bai Long tinha algo em mente, por isso falava para todos se acalmarem que tudo seria resolvido. A atenção era voltada toda para Shen Shi agora, odiado pelo templo, enfrentaria o julgamento. O rapaz se mantinha em silêncio o tempo inteiro, estava aceitando tudo aquilo afinal era culpado por não ter se controlado, e suas mãos haviam matado um amigo, não era digno de receber mais ensinamentos do templo que quase destruiu, e seria isso mesmo. Seria banido assim como sua parceira, se não fosse a intervenção de um homem. Seu nome, Daisuke, e vendo o fracasso a sua frente só conseguia sorrir para ele. A criança problema interessava aquele homem que dizia diretamente para Bai Long que anularia qualquer perigo que ele causasse, ele seria responsabilidade dele a partir de agora. Shen Shi se surpreendia, um homem que nunca havia visto o estava acolhendo, mesmo depois de tanto mal, e aquela espada que o mesmo carregava, por que parecia tão pesada?

Daisuke era um mestre bem especial do templo, era o único mestre que nunca teve um discípulo e agora Shen Shi seria o primeiro. O que o homem havia visto nele? Shen ficava se perguntando, mas aceitava ir com Daisuke, e Bai Long permitia. Mesmo que muitos desaprovassem, o líder não voltou atrás, confiava nas palavras do samurai, que agora levava o garoto de cabelo branco para treinar.

Logo de cara, Shen Shi percebia o quão ranzinza Daisuke era, muito mais rígido que Huang Zhi. Mas também percebia que a força dele nem poderia se comparar com a dele no momento, e também estava curioso no que iria aprender. De uma forma o de outra, aquele samurai era seu salvador, e mesmo quando ele seria excluído pelo mundo ele o acolheu. Aquele mestre morava um pouco afastado do templo, e praticamente era do tipo solitário. E com isso seus ensinamentos começavam, e Shen Shi com o tempo percebia que o peso de uma katana não era simples, samurais carregavam sua alma nas espadas e quanto mais forte fosse essa alma, mais fortes seriam seus golpes. Era um ensinamento simples, mas na prática era quase que impossível masterizar tudo.

Por dois longos anos, Shen Shi treinou com Daisuke, entendendo de pouco a pouco como manusear uma katana e ao mesmo tempo estava aprendendo muito sobre seu corpo, coisa que nunca tentou fazer, olhar para si mesmo. Também recebia visitas de três pessoas, seu antigo mestre Huang Zhi, que continuou o apoiando mesmo depois do acontecimento, Jin e por Tenkai, sim, ele havia voltado a vida após um ritual feito por Bai Long, usando o grimório de Bahamut, que Tenkai deveria proteger com sua vida, era sua principal missão o tempo todo no templo. Bahamut e Tenkai eram um agora, um espírito humano dentro de um dragão. E o ruivo havia perdoado seu amigo pelos acontecimentos, e ainda conversavam como sempre, se divertindo sempre que possível. O apoio deles ajudava Shen Shi a entender mais sobre a fera dentro de si, e em consequencia a isso, o controle sobre a mesma.

E tudo aquilo era graças a Daisuke, que deu a mão a ele quando ninguém mais daria. Mesmo sendo ranzinza, foi o melhor mestre que pôde encontrar no templo, e entender o peso que carregava consigo fortalecia sua alma. Era o guardião de Fenrir, e viveria com isso até o fim. Tudo isso em dois anos. Agora, como um novo samurai, devia partir em uma jornada, tinha coisas a resolver. Reencontrar sua irmã e encontrar novamente Yuan, na mente dele elas estavam precisando de ajuda. Ele estava agora a caminho das pessoas mais importantes de sua vida.

O templo já havia tolerado as ações de Shen Shi ao saber da história toda vinda de seus amigos e de Huang Zhi, a situação entre eles se tornava neutra, mas pelo menos o ódio havia sumido. E sabendo da jornada de seu amigo, Tenkai e Jin se juntavam a Shen Shi, cada um com seus próprios objetivos, e surpreso com a companhia que teria, o samurai sorria e saia do templo, começando então a procura pela sua irmã, Li zhi junto de seus amigos.


Última edição por Shen Shi Harzgard em Seg Maio 04, 2015 7:58 am, editado 5 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Re: Shen Shi Harzgard   Qui Jul 10, 2014 1:16 pm

Sobre o Fenrir



É um lobo monstruoso da mitologia nórdica. Filho de Loki (filho de criação de Odin) com a giganta Angrboda, tem como irmãos Jormungand (a serpente de Midgard) e Hel (a Morte).

Acorrentado pelos deuses até o advento do Ragnarok (O Destino Final dos Deuses), Fenrir se solta e causa grande devastação, antes de devorar o próprio Odin (O Supremo deus Guerreiro), sendo morto, pelo filho do grande deus, Vidar, que enfiara uma faca em seu coração.

Ao matar Fenrir, o espírito dele fora aprisionado em um amuleto que ficaria em mão de Odin, que no dia certo entregaria ao escolhido. E o escolhido foi Shen Shi Harzgard.

Fenrir era conhecido pela sua grande força física, porque de todos os intrumentos feitos para a prisão do mesmo, somente um resistiu, que foram as correntes feitas por anões, Gleipnir.


Última edição por Shen Shi em Qui Jan 01, 2015 7:10 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Re: Shen Shi Harzgard   Sex Jul 11, 2014 1:04 am

Perfil



Nome: Shen Shi Harzgard

Sexo: Masculino

Data de Nascimento: 17 de Março de 1987

Idade: 42 anos

Altura: 1, 77 m

Cor do Cabelo: Branco

Cor dos Olhos: Vermelhos

Tendência: Neutro - Bom


Última edição por Shen Shi Harzgard em Sab Jun 13, 2015 2:50 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Re: Shen Shi Harzgard   Sex Jan 02, 2015 12:55 am

Música Tema


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Shen Shi Harzgard   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Shen Shi Harzgard
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Shen Shi Harzgard
» como derrotar o Shen-Gaoren
» SHEN GAOREN
» dicas contra o shen gaoren
» Estratégias para matar um monstro

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Curiosidades :: Personagens-
Ir para: