Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Dante Campanaro del Frari

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Dante Campanaro del Frari   Sab Jul 12, 2014 11:00 pm

Biografia


Em setembro de 2012, na antiga mansão dos Campanaros nascia o filho de Steve, o causador da terceira guerra mundial. Seu nome era Dante. Nascia no mesmo ano da morte de seu pai, do ventre de Sakuya, a guarda-costas de Steve. Depois da morte de Steve, o feitiço que ele havia lançado sobre quase todos os habitantes da Europa sumia, os que estavam sobre influência do olho não se lembravam de praticamente nada do tempo durante hipnotizados, mas se lembravam do rosto de Steve uma vez que precisavam olhar em seus olhos para o feitiço ser lançado, e agora era como se acordassem de um sonho ruim, para uma realidade pior ainda, o mundo foi praticamente devastado em resultado da terceira guerra mundial.

As pessoas que estavam sobre controle de Steve, ao conversarem e sempre terem a mesma memória do mesmo homem um pouco antes do sonho horrível começar chegavam a conclusão de que aquele homem, Steve, era a causa de toda aquela destruição. E depois de tanta comoção por causa disso e acúmulo de informações de mafiosos ainda vivos, chegaram à identidade do destruidor. E desde então a família Campanaro, mesmo com um bebê e uma criança para criar, nunca foi deixada de ser perseguida. Dante, com meses de idade, e sua tia, Katherine, com 12 anos de idade, eram protegidos pela habilidosa Sakuya. Apesar de parecer sempre fria, cuidava bem de seu filho, dando todo ps ensinamentos e conselhos que ele precisasse, e para proteger seu filho daquele mundo agora caótico, decidia desaparecer do mapa com ele e Katherine.

Vivendo as escondidas, Sakuya sempre conseguia de alguma forma arranjar comida para os dois e os criava, contando diversas histórias antigas para ambos. Cerca de cinco anos depois de começarem a viver daquele modo, Dante procurava bem cedo saber sobre seu pai, e perguntar porque sua mãe tinha que sofrer tanto por ele. Sakuya sempre respondia com a mesma expressão enquanto o fazia um bom cafuné, dizendo que não se importava e sempre contava a Dante sobre seu pai. Que ele podia ter causado destruição ao mundo, mas sua intenção era a de um herói. O pequeno Campanaro nunca conseguiu entender isso, por que seu pai que destruiu o mundo e fez sua mãe sofrer tanto era um herói ao ver dela? Dante não aceitava, e não queria a destruição de nada, ele desde cedo tinha ódio por seu pai e queria ser exatamente o oposto dele, um herói que protege, e não um herói que destrói.

Sua tia, Katherine, era diferente de Sakuya, sempre animada, por mais que a situação estivesse ruim, e como havia visto Dante crescer, sempre teve muito carinho por ele, e muitas vezes aquele carinho era como uma obsessão, era como se Dante fosse só da titia, dizia ela. Mesmo crescendo as escondidas do mundo inteiro, Katherine tinha uma fome por conhecimento enorme, e sempre pedia para que Sakuya trouxesse um livro durante suas viagens até alguma cidade para trazer suprimentos. E sempre lia esses livros, com Dante em seu colo lendo junto dela. Por ser mais velha, Katherine entendia bem mais dos livros do que Dante, mas isso não impedia o garoto de ficar curioso sobre algumas palavras e perguntar seu significado para sua tia. Katherine era inteligente e um dia Dante queria ser tão inteligente quanto ela. Até que em um certo dia do ano que Dante completava sete anos de idade, sua mãe sumia sem deixar rastros e sua tia, no momento com 19 anos, começava a cuidar dele.

Depois da partida de Sakuya, Katherine passou a viajar pelo mundo com Dante ao seu lado, sempre escondendo suas identidades reais, usando capuz, e outros disfarces. Não podiam deixar eles perceberem que ambos eram descendentes de Steve. Eles ainda tinham algum dinheiro, por isso se alimentavam razoavelmente e passavam noites em pequenas pousadas de pequenas vilas. Apesar de não ter conseguido fazer amigo nenhum, e nem ter oportunidade de entrar na escola, Dante era grato por ter sua tia ao seu lado, e gostava bastante dela.

O dinheiro não era infinito, e um dia ele acabava. Passavam a dormir na rua, e os alimentos não vinham facilmente. E Katherine começava a fazer alguns "bicos", pequenos trabalhos, em vilas que visitavam para que não precisassem roubar, e Dante ficava com raiva ao ouvir alguns camponeses falarem mal de sua tia durante um de seus trabalhos, perguntando um para o outro: "Se ela faz isso tudo, planta, colhe e limpa, por tão pouco dinheiro, será que ela toparia de fazer alguns serviçinhos pra gente?", arrumava confusão com eles, gritando para que retirassem o que haviam dito e dando alguns chutes nos mesmos. Os camponeses se irritavam e passavam a correr atrás do garoto, e quando o pegavam, Katherine aparecia, assumindo a culpa pelo incidente e se desculpando, mas ela acabava apanhando no lugar do garoto, e muito. Quando os camponeses iam embora, deixavam a mulher ali jogada com a criança ao seu lado, Dante começava a chorar e perguntava porque ela havia feito aquilo, Katherine mesmo bem machucada, olhava para Dante rindo, dizendo que tudo ia ficar bem, o humor da mulher não abaixava por nada, sempre de bom humor e aquilo fazia Dante se sentir culpado pelo o que aconteceu. A partir de então Dante parava de arrumar confusão e passava a ajudar sua tia durante os bicos dela, e os dois sempre se protegiam ou ignoravam quando alguém vinha caçoar deles.

Dois anos se passavam, e Katherine finalmente descobriu um lugar onde eles não seriam julgados, um lugar em que a guerra passada quase não causou destruição, e também um lugar perfeito para que começassem novamente suas vidas. Dragonland. Dante, agora com 9 anos, ficava feliz e celebrava com ela. Após a felicidade momentânea, os dois chegavam ao litoral e pegavam um navio para a "terra dos Dragões".

Depois de alguns dias de viagem, tia e sobrinho se aproximavam de Dragonland e viam aqueles dois grandes Dragões fazendo uma ronda pelo reino, um vermelho e um branco. Dante ficava impressionado, e perguntava a sua tia o que era aquilo. Katherine explicava que eram eles quem mantinham a segurança do reino, se alguém estiver mal intencionado ao tentar entrar no reino, os dragões atacariam. Foi o que o líder do reino, TenKai, fez para que a guerra que o pai de Dante causou não chegasse em sua terra natal. O garoto, que gostava das explicações da tia, continuou a observar os dragões até que chegassem de vez no porto.

Ao pisarem em Dragonland, vários funcionários os recebiam bem e recomendavam a eles visitar o líder do reino, Tenkai, dizendo que ele explicaria sobre tudo o que tinha em Dragonland. Katherine então levava Dante até o centro do templo Ishiyama, onde o líder residia. Ao chegar de frente para TenKai, que estava conversando com um amigo, se ajoelhava e pedia para que os deixassem ficar. Pedia perdão por tudo o que a família dela causou, revelando ser a irmã de Steve, e o garoto, filho.

Dante se assustava ao ver sua tia se ajoelhando e revelando tudo aquilo, o que aconteceria se eles ficassem nervosos por isso? No entanto, quando iria se manifestar, Tenkai olhava para o seu amigo, e aceitava o perdão da garota sem pensar duas vezes, eles não pareciam mal intencionados e ele sabia disso. O amigo era Shen Shi, aquele quem derrotou Steve no passado, Dante sabia da existência dele mas só foi cair a ficha quando o mesmo se apresentou. Quando ouvia isso até ele se desculpava pelos atos de seu pai, mas Shen apenas ria e dizia que aquilo era passado, e acabava insistindo nos dois ficarem em sua casa até arrumarem um lugar para ficar.

Katherine e Dante aceitaram a oferta de Shen Shi, e a mulher trabalhava para ele como empregada. Era então que se revelava a verdade por trás da boa ação de Shen Shi, ele queria alguém para limpar sua casa. Mesmo assim pagava Katherine, e dava um teto para eles, por isso os dois nem reclamavam.

Mas não havia apenas ele na casa, antes de Dante e Katherine chegarem, havia três crianças. Duas eram filhas gêmeas de Shen Shi e um ano mais novas que Dante. Lin e Ren. E o outro era dois anos mais velho que Dante, e praticamente um filho adotado do samurai. Lei Fong.

Lei Fong era como um líder para eles, sempre mantendo sua pose e ajudando a todos. Era como um herói, e ele treinava bastante artes marciais com Shen Shi. E mesmo enquanto seu mestre dormia, o que era comum, Lei continuava a treinar incansavelmente. Com 11 anos de idade ele já era bem esforçado em suas tarefas. Isso fazia o recém-chegado Dante admirá-lo, Lei era o tipo de pessoa em quem todos poderiam contar, exatamente como ele queria ser. Uma pessoa que inspira confiança e protege qualquer um com a própria vida por motivo nenhum, um verdadeiro aliado da justiça.

Dante e Lei conversavam bastante enquanto cresciam juntos na casa de Shen Shi, compartilhando seus sonhos, e sempre dizendo que seriam os maiores heróis da Terra. Os dois eram como irmãos de batalha, mas ao mesmo tempo rivais. Dante sempre falava que iria ficar bem mais forte do que ele e Lei respondia que esperaria para ver esse dia, mas não deixaria ser vencido tão fácil. Uma promessa entre irmãos e rivais.

Ren era um incógnita para Dante, ela simplesmente começou a odiá-lo depois de alguns meses desde sua chegava e o garoto nem sabia o motivo disso. E mesmo ela tendo a mesma idade de Lin e ser mais nova do que Dante, Shen Shi começou a treina-la antes de Lin, e a colocou como parceira de Lei Fong durante os treinos. Ren era madura para sua idade, e mais preparada do que Lin, e foi baseado nisso a decisão de Shen Shi. Dante ainda tentava criar alguma amizade com ela, mas era odiado, e ao perguntar o porquê ela não respondia, o ignorava. Com o tempo, o garoto desistiu de qualquer coisa sobre ela, apenas aceitava o fato de ser odiado e procurava fazer mais nada para que a distância entre eles não aumentasse.

Lin por sua vez era a mais sonsa de todos ali, e isso era o que deixava Dante mais irritado e ao mesmo tempo preocupado. Ela sempre fazia coisas perigosas sem perceber que eram, como subir em um lugar alto. Dante com seu espírito protetor e sempre procurando fazer tudo com perfeição vivia correndo atrás da garota, a alertando dos perigos e os evitando assim que possível. Aquilo o trazia um cansaço enorme, mas ao mesmo tempo eles se davam muito bem por justamente serem opostos. Ter alguém para se preocupar e alguém para confiar, enquanto cresciam essa era a relação entre os dois.

Dois anos depois de sua chegada, Shen Shi começava a treinar Dante e sua parceira de treino era Lin, por pedido de ambos. Ela podia ser sonsa, mas a força física dela era descomunal, e os dois depois de um tempo provavam ser uma boa combinação por também serem opostos em seus estilos de luta. Dante lutava como sua mãe Sakuya, ou seja, com sua velocidade, e Lin usava pura força bruta. Um aprenderia bastante com o outro, encontrando suas próprias fraquezas e as superando.

Os anos de treino lado a lado fortalecia os laços que Dante tinha com Lin e com tempo o levando a se apaixonar por ela. Mesmo a garota sendo tonta, era divertida, confiável e sincera. Características que Dante admirava bastante nela.

Quando tinha 13 anos testemunhou a presença de uma estranha na casa, nunca a tinha visto ali, mas não conseguia ver seu rosto por estar no meio do treinamento. Então apenas ignorava, não julgando ser tão importante assim. Dias depois Katherine, se preparava para viajar e o garoto acabava lembrando da mulher de cabelos brancos do outro dia. Dante perguntava se sua tia havia encontrado um emprego, e ela respondia positivamente. Quando o garoto perguntava onde, Katherine ficava próxima a Dante e colocava o dedo indicador sobre seus lábios, falando com uma voz doce e enfatizando cada sílaba: "Se-gre-do".

Sim, Katherine não havia mudado, ainda continuava sendo a titia querida de Dante, e como o garoto havia crescido, achava aquilo bem constrangedor agora, chegando a ficar irritado com a mulher. Irritação que durava apenas alguns segundos por não conseguir ficar muito tempo nervoso com sua querida tia.

No mesmo ano, Ren começava a se manter afastada não apenas dele, e sim de sua irmã e de Lei Fong. Ela passava muito tempo fora de casa, só voltando para comer e dormir. E Lei Fong entrava em um treino mais avançado, e simplesmente não tinha mais tanto tempo para conversar com eles.

Dois anos mais tarde, Lei Fong decidia sair em uma jornada, naquele ano ele tinha começado a agir estranho com todos, tiveram até histórias de que ele quase matou um dos discípulos do templo, mas Dante nunca pensou que isso poderia ser verdade, que seu amigo nunca faria uma coisa dessas, portanto ignorava essas histórias.

E depois da partida de Lei, Dante e Lin eram os únicos naquela casa junto de Shen Shi. Em um certo momento ele revelava a ela que era filho de Steve, algo que estava preso por muito tempo em sua garganta, mas Lin não se importava, dizia que o garoto não era Steve então não tinha problema algum, o que deixou Dante feliz por ela não se importar com seu sobrenome. Até que em um dia do ano de 2027 (ou ano 14 do Novo Mundo), a garota chegava em Dante com uma ideia maluca deles construírem um lugar para ajudar as pessoas da cidade de Kyoto em qualquer coisa e juntar dinheiro para que viajassem depois para fora de Dragonland como um objetivo secundário, o primário era ajudar as pessoas. Depois de uma leve resistência perante o nome idiota de Dragão Bonzinho, Dante acabou por ajudá-la.

Ajudar a garota de quem gostava e seguir seus objetivos que eram quase iguais ao dela era o que Dante começava a fazer ao inaugurar o Dragão Bonzinho com Lin, um lugar onde se resolve tudo pelo menor preço possível.


Última edição por Dante Campanaro em Dom Jan 04, 2015 3:41 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Re: Dante Campanaro del Frari   Sab Jul 12, 2014 11:25 pm

Perfil


Nome: Dante Campanaro del Frari

Sexo: Masculino

Data de Nascimento: 16 de Setembro de 2012

Idade: 17 anos

Altura: 1, 75 m

Cor do Cabelo: Preto

Cor dos Olhos: Azuis Claros

Tendência: Leal - Bom


Última edição por Dante Campanaro em Sab Jun 13, 2015 2:54 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Re: Dante Campanaro del Frari   Ter Jan 06, 2015 11:52 pm

Música Tema


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Dante Campanaro del Frari   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Dante Campanaro del Frari
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Oficial] DmC: Devil May Cry [+ Atualizado]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Curiosidades :: Personagens-
Ir para: