Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ishiyama no KaiTen

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
KaiTen

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Mau
Data de inscrição : 16/07/2014
Mensagens : 38

MensagemAssunto: Ishiyama no KaiTen   Qua Jul 16, 2014 9:31 pm

"-Precisamos de um nome forte. Que faça o chão tremer quando é pronunciado ! - Dizia TenKai, iluminado pela luz das velas do quarto.
- E o que você tem em mente? - DIzia Afrodite, segurando duas crianças no colo, repousando na cama, com tranquilidade.
- Um nome que seja uma forte rajada de vento para derrubar a moral daqueles que se opuserem à ele. KaiTen !
- .... Ai ai. Ta bom, mas nesse caso, eu que escolho o nome da nossa filha.
"

_ TenKai, ao escolher o nome para seu primeiro filho.

Na verdade, TenKai não foi totalmente egocêntrico ao escolher o nome de seu procedente. Além de ser um anagrama de "TenKai", KaiTen também significa "uma forte ventania", ou "Um estrondoso tufão".

    Como TenKai se tornara o novo líder dos Ishiyama, KaiTen teve todo seu crescimento treinando com o Pai, mas principalmente, sozinho. Sendo um meio-Dragão, seu orgulho e egocentrismo era muito maior do que o do pai, que tinha a alma humana para balancear. Muitas vezes, KaiTen bateu de frente com TenKai, desejando derrotá-lo e tomar posse dos Ishiyama ele mesmo. Obviamente, KaiTen nunca sucedeu em suas tentativas, e isso o fez crescer com seu orgulho ferido. Sendo um Dragão, não se conformava viver em paz, de igual para igual com pessoas comuns e não admitia que seu pai fizesse o mesmo. Como poderia um líder não comandar, mas apenas guiar seu povo? Transformando suas dúvidas, frustrações e ódio em frutos de treinamento, KaiTen passou anos e anos aprimorando seu corpo e mente.

    Jamais focara seu treino em um único ponto. KaiTen desejava superar todos em todos os quesitos, por isso, treinara sua força, sua velocidade, sua agilidade, seus chutes, seus socos, seu trabalho de Ki, sua estamina, enfim, tudo. Tudo foi treinado em conjunto para ficar em um nível balanceado e ainda assim, alto. Em pouco tempo, KaiTen havia superado a maioria dos monges veteranos e continuara a progredir, visando sempre vencer seu próprio pai, e mostrá-lo o que um Dragão deveria fazer de verdade.

    Mas a vida de KaiTen também nem sempre foi o treinamento. Obviamente, ele gostava sim, de sua família, e passava momentos muito bons com sua irmã, mãe e até mesmo seu pai, afinal, aquela era sua família, e ele tinha orgulho de ser um Ishiyama. Durante esse tempo, aprendera sobre o passado de seus pais, seus parentes, pensava no como o mundo era vasto e desejava explorá-lo, para um dia, conquistá-lo para sí. Sendo criado pela filosofia Ishiyama, KaiTen jamais seria um ditador, mas seu sonho de ser o soberano entre os outros que julgava ser apenas meros mortais, imperava em seu coração. O que causava cada vez mais frustração, quando descobria mais do passado de TenKai.

    Seu coração ja estava ferido pelo modo que TenKai liderava os Ishiyama. Nunca regendo, nunca ordenando, nunca comandando. Um líder deveria nunca ser um igual de seu povo, mas sim, se colocar num patamar acima, para todos lembrarem sempre quem é que eles deveriam servir. Mais uma frustração era recebida quando KaiTen descobrira que seu pai fora subordinado de ShenShi, líder da ja extinta Dark Side Corp. Alguém como seu pai poderia facilmente dominar a corporação, já que ele próprio havia desenvolvido o computador central que controlava e monitorava tudo, fora que, ao olhar de KaiTen, TenKai poderia facilmente ganhar de todo mundo num piscar de olhos. Mas a gota d'agua, fora descobrir sobre o passado de seu pai e seu irmão. Lazariel havia oferecido tamanho poder para TenKai, que, ao se utilizar dele, dominaria todo o mundo com facilidade. Mas ao invés disso, ele recusou toda aquela fonte de poder, pois não queria dominar nada, afinal, seu sonho sempre fora viver tranquilamente. KaiTen não podia resistir àquilo. Seus olhos queimavam de fúria e o treinamento já não satisfazia seus punhos. Confrontaria TenKai.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
KaiTen

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Mau
Data de inscrição : 16/07/2014
Mensagens : 38

MensagemAssunto: Re: Ishiyama no KaiTen   Qui Jul 17, 2014 9:24 pm

História - Parte 1: The Dragon's Den

O som da porta sendo arrebentada pelo chute do lutador só não era maior do que do trovão ecoando pela noite de tempestade. O grande salão de madeira encontrava-se quente, seco e bem iluminado por inúmeras velas, que começavam a tremeluzir com o forte vento que entrava com a porta aberta.

- KaiTen.

Uma voz solene ecoava pelo salão, vinda do mestre do templo, TenKai, que se encontrava na parede oposta da porta, sentado de costas para seu filho.

- Chega. - De tudo que passava por sua cabeça, era o que o jovem dragão conseguia dizer. - Levante-se, eu vou te derrotar.

- De novo? - Aquilo parecia divertir TenKai, ao modo que ele se levantava, ajeitando as vestes. - Você tem certeza de que vai conseguir desta vez? Sabe, eu estive revisando seu plano de ação... essa é o que? SUa trigésima tentativa esse ano? Ou será que aquela vez que você me atacou, achando que eu estava bolando alguma armadilha pra você, enquanto na realidade eu estava apenas no banh--

- CALA A BOCA ! É isso que me irrita em você, tudo é uma piada, você não leva nada a sério ! Você é um Dragão, pai ! Você foi feito para governar, não para ficar o dia inteiro treinando um bando de monges e guiá-los a uma vida tranquila !

- Hum ! Você pensou em argumentos dessa vez, então vamos conversar antes de eu te dar um cacete. - O sorriso de TenKai fazia Kaiten querer vomitar. - Qual é exatamente seu plano de ação?

- Eu vou te derrotar em combate singular, e todos vão reconhecer que sou superior à você, assim conquistaria a confiança de todos, então marcharia para a guerra com o povo dos outros continentes.

- Mas acontece que nosso povo não veria ecessidade de guerra. Tudo que precisamos para viver está ao nosso alcance, e nem todos os guerreiros deste clã optariam por te seguir. O que causaria primeiro um conflito interno, no qual você teria de exterminar pelo menos metade da nossa ja pequena população, o que significa que você não teria exército suficiente para tomar continente algum, e ainda arriscaria perder o nosso próprio, ja que você não deixaria ninguem guardando nossa ilha.

- .... - KaiTen estava rangendo os dentes. A raiva quase tomava conta de seus atos. - V.. você distorce os fatos pra me fazer de idiota, é claro que eu sei disso, mas do mesmo jeito que vocÊ moldou seu povo, eu posso moldar o meu, ao decorrer do tempo. Em poucos anos eu teria o exército mais numeroso e mais sanguinario do planeta !

- Isso me cansa. Você realmente não gostaria nem um pouco de viver uma vida tranquila? Eu digo, você quer apenas lutas de guerras?

- O que eu quero é poder. QUero dominar todo o planeta e mostrar o quão forte sou.

- E depois?

- Eu esmagaria todos que tentassem se opor à mim.

- E depois?

- Eu continuaria a fortalecer todos os povos do meu mundo !

- E depois?

- .... EU NÃO VOU DIZER QUE VIVERIA UMA VIDA TRANQUILA !

- Hahahahahahahaha ! KaiTen, KaiTen.... quando é que você vai perceber... que depois que você cumprir todos os seus objetivos, nada mais vai restar além de relaxar?

No instante seguinte, era o punho de KaiTen encontrando-se com o rosto de TenKai e todo o chão do grande salão tremendo com o impacto, mas TenKai nem ao menos se mexia. Este apenas segurava seu filho pelo pulso do braço que havia acertado o soco e então dava uma joelhada com tudo em seu estômago, fazendo seu filho cair de joelhos no chão.

- Não. Não lutarei com você novamente, vou te ensinar uma lição da melhor maneira. - Se virava de costas e se sentava aonde estava inicialmente, antes de KaiTen entrar quebrando tudo. - Takashi.

Um garoto sorridente e desencanado entrava na sala, como se ja estivesse esperando para ser chamado. Sua armadura vermelha tão viva quanto fogo e suas duas lanças presas às costas, como de costume. KaiTen parecia ainda mais insultado do que de costume.

- Takashi? Pff, alguem como ele deveria estar por aí limpando o templo. Você quer que eu lute contra um mero humano?

- Takashi é um general que tem anos de experiência comandando tropas, lutando guerras, pequenos confrontos e combate singular. Ele tem muito do que você não tem, jovem Dragão. - Ao ver a expressão de fúria no rosto de seu filho, TenKai ja sabia que tinha pego em seu ponto fraco. - Derrote-o, KaiTen. E lhe darei o domínio do templo e de todas as nossas terras.

- Fácil demais! - Punho batia contra punho, KaiTen tinha os olhos brilhando de animação. - Prepare-se, Takashi você seria um bom general sob meu comando, mas vou ter que te matar. - E após dizer isso, avançava com fúria, contra o Samurai sorridente.

- Ter de me matar. - Como uma criança, Takashi ria de seu oponente como se fosse uma piada contada entre amigos, mas não havia arrogancia em seus atos. Na realidade, parecia muito mais inocencia, vinda daqueles olhos fechados, como os de uma raposa. - Receio que isso não acontecerá hoje, Kai-kun. - Ligeiro como uma raposa, Takashi desviava o corpo para o lado e então usava a inércia do golpe do próprio KaiTen para socá-lo na cara e o derrubar no chão.

- Tch, mas que mer-!! - O jovem dragão não entendia direito como havia sido derrubado, mas sabia que tinha tomado um soco no processo. O impacto era o de menos, ja que não tinha sentido muita força, talvez pelo fato de sua alta resistencia física, mas a humilhação corria selvagem em suas veias. - É isso ! Você cai agora !

O combate se seguia com alguns minutos. A torrente de golpes que KaiTen aplicava eram precisos e letais, mas ainda assim, Takashi conseguia desviar de todos eles, mas como? Ele mal estava olhando para seu adversário e seus movimentos pareciam longos demais para surtirem efeito na batalha. Decidia então acelerar os golpes, tentando acertar todos os pontos cegos que encontrava, até o momento que Takashi não conseguia continuar o corpo-a-corpo e sacava suas lanças. Nesse momento, seus sentidos lhe alertavam de um bater de asas nas proximidades.
"É claro!" Pensava KaiTen. "Takashi partilha a visão com aquele maldito falcão. Ele deve ter uma visão de camarote de todos os meus golpes." KaiTen achava aquilo extremamente covarde, depender de outros seres vivos ou até mesmo armas brancas para lutar contra um único adversário desarmado, mas aquilo apenas o incentivava a lutar com mais vigor, por que afinal, KaiTen é um exímio lutador e em termos de combate sabe muito bem o que fazer e quando fazer.
Foi durante uma das estocadas, que KaiTen observou sua deixa. Quando a ponta afiada da lança penetrava em suas defesas, o jovem Dragão subia sua mão na altura do rosto e segura a lâmina com facilidade, acabando com todo o impacto do golpe de Takashi, sem ferir sua mão no processo.

- Sua lâmina. - O olhar de KaiTen era pura arrogancia. Seu domínio dos Ishiyama estava à milímetros de seu alcance. - Não pode me cortar. - Mas quando ia fazer seu movimento, TaKashi manejava antecipar seus movimentos, livrando a lança da mão do rapaz e com um rápido floreio das lanças, elas se incendiavam, cortando um "X" no peito de KaiTen, que recuava, estupefato, sentindo o sangue quente escorrendo por seu peito. - Tch...

- Ah? Você dizia?

- D..DESGRAÇADOOOOO!!!!

KaiTen avançava, cego pela fúria. Takashi continuava a cortá-lo e queimar sua pele durante a troca de golpes e, mesmo recebendo golpes pesados, o Samurai de duas lanças parecia sair sempre na vantagem dos acertos mútuos. "Esse filho da puta.... por que, aquele maldito sorriso... olho de raposa, desgraçado ! Por que? Eu sou claramente mais forte que ele, mas por que não consigo, por que?" KaiTen era lançado longe, rolando pelo chão e tentando se reeguer. Ficava de joelhos. TaKashi parecia estar se divertindo com tudo isso, mas um rápido sinal com a cabeça vindo de Tenkai, era a ordem para acabar com aquilo tudo de uma vez.

- Me diga, Kai-kun. Um general que comanda um exército esta sozinho ou sempre em companhia?

- Tch... que coisa idiota. - Dizia KaiTen retirando sangue da boca. - É claro que esta sempre sozinho.

- Errado. - Takashi puxava seu colar, arrebentando-o. As seis moedas que eram presas pelo cordão do colar caiam e rolavam pelo chão, mudando totalmente o local no qual eles estavam. - Um exército é a extensão do corpo do general. Um líder conhece cada membro de seu grupo como se fosse um irmão. Um líder que não olha para baixo apenas irá pisar em um buraco no primeiro passo que der.

- Mas... como... você consegue criar uma realidade? - KaiTen estava impressionado. De fato, ja ouvira histórias, mas era a primeira vez que via o acontecimento, sendo que ele não tinha nem ideia de que Takashi conseguia praticar aquilo. E de repente, KaiTen estava cercado por um enorme exército de incontáveis soldados armados com lanças, espadas, escudos, maças, arcos, bestas e tridentes. Todos usando a insígnia Ishiyama. -

- Um general nunca esquece dos homens que perde em combate. Seus espíritos moram em mim e continuam a me servir com leadade mesmo após suas vidas terem se extinguido. - A realidade que Takashi havia criado, parece ser um infinito deserto. Takashi se posicionava em meio aos seus soldados, dando o sinal para o ataque. - ASAS DE FOOOOOOGOOOO ! ATACAR !

Em uníssono, todos os soldados, chamados de "Asas de Fogo" corriam na direção de KaiTen, praticamente soterrando-o. Mas Kaiten não cairia sem batalha, e lutou bravamente contra os legionários, mas o número superou habilidade e KaiTen logo foi deixado no chão, o corpo cheio de cicatrizes e orgulho ferido pela humilhação da derrota.
A realidade se esvai, todos estão novamente ao salão Ishiyama, com Takashi ajoelhado em respeito e Tenkai erguido, batendo palmas lentamente.

- Parabéns, filho. Você acaba de ganhar suas primeiras "Feridas de Orgulho". - Tenkai batia palmas, com um olhar de quem ja esperava por aquilo. - Você é bom, não tenha dúvidas, mas Takashi superou sua força com experiência, o que claramente falta em você.

- O que é isso, você esta me treinando agora? - KaiTen lutava para se erguer, em sua poça de sangue. - Depois de todos esses anos?

- Eu sempre estive te treinando, filho. Mas obviamente, eu fui cego em muitos aspectos. Até mesmo eu, na realidade, tive que sair do templo durante minha juventude para entender de fato tudo ao meu redor. Você não conseguirá mais nada aqui. Vá, KaiTen, torne-se forte, mas nunca esqueça de buscar sabedoria. E quando estiver forte o suficiente, volte e eu serei seu oponente. - TenKai estende a mão para ajudar seu filho a levantar e este aceita o gesto, erguendo-se novamente de cabeça erguida. - Ah, e mais uma coisa. Pare de tingir esse cabelo de preto. Por que você tem vergonha de ser ruivo?

- Silêncio. - Com um rápido movimento KaiTen dava uma cabeçada com toda a fúria em seu pai. - Eu não quero que todo mundo fique dizendo que somos parecidos. Eu sou KaiTen, e trilharei meu próprio caminho ! E eu ja tenho um plano em mente.

- Waaaah ! Meus olhos ! - Ironia. TenKai se jogava ao chão com redemoinhos nos olhos, um pequeno galo em sua testa. Enquanto KaiTen corria, Takashi ia socorrer seu suserano. - Hahaha, perdoe meu filho cabeça-dura, Takashi. Ele ainda é jovem.

- E muito forte, também. Ele não percebeu mas quebrou pelo menos quatro ossos e trincou meus braços. - Takashi parecia sucumbir à dor, mas logo voltava ao seu humor normal. - Você acha prudente deixá-lo ir dessa forma? O mundo ja não é como antes.

- Eu sei, mas não é questão de deixá-lo ou não. É algo que ele deve fazer em prol de crescer... como um pai, posso guiar meus filhos, mas não posso forçá-los a ser algo que não querem. - TenKai, agora sério, suspirava ja imaginando que teria de dizer isso para Afrodite e Sayuri. As duas com certeza estariam bem abatidas com a noticia. Afrodite se forçaria à entender a situação, mas Sayuri com certeza é muito apegada ao irmão. "Não vai ser fácil", pensava. - Ah, Takashi, outra coisa.

- Diga, chefe.

- Eu gostaria que você seguisse KaiTen e o impedisse de fazer qualquer coisa estúpida. Ele com certeza tem algum plano na manga e tenho medo de que meu filho burro tenha alguma ideia inteligente. Cuide de seus ferimentos e parta assim que achar prudente.

- Deixe comigo, chefe. Pode confiar em mim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
KaiTen

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Mau
Data de inscrição : 16/07/2014
Mensagens : 38

MensagemAssunto: Re: Ishiyama no KaiTen   Qui Jul 17, 2014 9:26 pm

História - Parte 2: The Dragon's Blood

Alguns minutos mais tarde, KaiTen ja tinha sua mochila de alça única preparada para sua jornada pelo mundo. Pronto. Conseguira sua liberdade, finalmente. Ela estava em suas mãos, só precisava aceitá-la e seguir para sua peregrinação. Era tudo o que KaiTen queria, sim, mas então, por que tanta hesitação? Mas é claro, KaiTen não poderia ir embora como um foragido. Deveria partir de cabeça erguida e mostrar à todos que fora por vontade própria que resolvera viajar. Além do mais, precisava se despedir do resto de sua família. Corria então para as câmaras de repouso do templo, mas não precisava nem ao menos entrar. Sua mãe ja estava na porta, esperando-o, sentada nos degraus de madeira da construção, banhada pelo luar. Era aí que KaiTen notava o qual limpa a noite estava. Apenas estrelas e a Lua no céu.

- O inverno está quase aqui, esta levando uma blusa? - Afrodite virava o rosto para seu filho, perguntando de forma indiferente.

- Eu não tenho muito problema com o frio... - Sem saber muito o que dizer, KaiTen apenas coçava a nuca, prosseguindo a conversa.

- Então você é igual seu pai... hihi - De propósito. Ela fez aquilo de propósito. seu filho não gostou nem um pouco do comentário, mas o engoliu mesmo assim. - Não fique assim querido, estou brincando. Ja tomou sua decisão?

- Já. Eu vou partir. - E quando dizia isso, abaixava a cabeça, com medo de estar dizendo algo que não devia, receando que sua mãe ficaria triste ou discutiria com ele, mas em seguida, erguia a cabeça novamente. - Mas eu vou voltar, eu...

- Não é pra mim que você deveria estar dizendo isso, você sabe. - Afrodite se levanta, caminha até o filho e passa a mão em seu rosto. Podia ver claramente que seu corpo tinha muitas cicatrizes, mas não falava nada à respeito. Apenas conversaria com TenKai novamente. - Sayuri ainda não conseguiu dormir, và falar com ela.

Com um aceno de cabeça, o jovem dragão corria até o interior da câmara dos dormitórios, indo até o ultimo andar e deslizando para o lado a porta de madeira, adentrando no quarto de sua irmã gêmea.

- Sayuri !

- Nii-san ! - A garota pulava nele, derrubando-o no chão. Enquanto lhe dava um abraço forte, desandava à falar. - Eu tive um sonho horrível sabia? Odeio quando essas coisas acontecem, geralmente nunca deixo a mãe dormir, mas quase sempre é o papai que paga o preço, ele quase nunca dorme mesmo, então fico o tempo todo com ele. Isso quando eu não fico com fome, daí tenho que assaltar as cozinhas de noite e comer alguma coisa ! Ei, que cheiro é esse? Parece sangue seco. - Sayuri abre a parte de cima do Kimono de seu irmão para ver um peitoral cheiro de cicatrizes recém formadas. Lágrimas inundam os olhos da garota, que recebe conforto de um suave abraço do irmão.

- Parece mais feio do que realmente é. Nem doeu tanto assim. - Na verdade tinha doído muito. Aquele ferimento jamais cicatrizaria e para sempre o lembrará de seu orgulho ferido. - Parece que dois Dragões no mesmo teto não dão muito certo...

- KaiTen idiota ! - Dentes femininos se cravam no ombro de KaiTen que da um ligeiro pulo. - O papai criou esse reino pra gente e pra todo mundo viver em paz ! Por que você não deixa de ser besta?

- Sayuri. Nós somos dragões. Não somo humanos. Não me agrada nem um pouco viver igualmente com meros humanos. Droga, nee-chan. Temos até mesmo sangue de deuses em nosso corpo ! - KaiTen estava sério. Seu desejo estava cravado em seu sangue. - Eu quero dominar todo o mundo, liderar a todos ! Saboerar a soberania viver como um Dragão, como um Deus deve viver ! Acima das nuvens. Você não entende isso, por que é uma garota. Apenas um homem tem esse desejo, um verdadeiro líder.

O silêncio se seguia por alguns segundos, até que Sayuri começava a chorar que nem uma criancinha, alto e agudo. KaiTen ficava totalmente sem chão, se levantava e procurava alguma coisa para ela se acalmar, então trazia um chocolate pra ela.

- Aqui, irmãzinha, coma iss--

Sayuri dava um tapa na cara de KaiTen e o chocolate sai voando pelo quarto.

- SEU INSENSÍVEL ! - dizia entre os soluços. - VOCÊ É UM INSENSÍVEL ! E MACHISTA ! NÃO ACREDITO QUE SEJA MEU IRMÃO !

- Mas eu sou ! - KaiTen se ajoelha de frente para sua irmã e coloca as mãos nos ombros dela, olhando diretamente em seus olhos. - Me perdoe Sayuri, mas essa é a minha escolha.

Sem mais nada à dizer, a garota enterrava o rosto no peito do irmão e ficava chorando até adormecer. No momento em que KaiTen a deixava deitada em seu fuuton, ele sabia que era a hora de sair. As despedidas não eram exatamente aquilo que imaginava, mas teria de bastar, o Sol iria nascer em algumas horas, por isso ia embora sem encontrar mais ninguem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
KaiTen

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Mau
Data de inscrição : 16/07/2014
Mensagens : 38

MensagemAssunto: Re: Ishiyama no KaiTen   Qui Jul 17, 2014 9:29 pm

História - Parte 3: The Rising Dragon

A Lua imperava nos céus, imponente como uma Deusa. KaiTen olhava inspirado para ela assim que chegava ao porto principal da ilha, pronto para ir ao continente principal. Agora precisava de um barco e mesmo antes de começar a procurar, ouvia alguem se aproximando.

- Lei. - KaiTen dizia sem olhar para trás. -

- KaiTen. - O garoto respondia. -

Alguns segundos de silêncio eram o suficiente para os dois entenderem o que estava acontecendo.

- Seu pai? - Pergunta o garoto de nome Lei. -

- Seu mestre? - Perguntava em resposta o jovem Dragão. -

- É... - Os dois diziam em uníssono e em seguida riam juntos. No instante seguinte, os dois estavam sentados à beira da água, recostados cada um em uma arvore até que novamente, os dois diziam em uníssono. - Vou embora daqui.

Para ficar claro, KaiTen não despreza a humanidade. A humanidade esta para um Dragão do mesmo jeito que um cachorro esta para um ser humano. Você pode ter sua amizade e tratá-los com respeito, mas ele jamais será seu igual ou superior. No caso, o único ser humano até então que KaiTen fizera amizade foi Lei Fong, o prodígio aluno de Shen Shi, um dos mestres do templo principal. Como os dois garotos tem quase a mesma idade e ambos tem um poder muito acima do comum, tiveram a maior parte de seus treinos coletivos, juntos. É claro que além da amizade, nasceu também uma rivalidade talvez até maior.

- E por que você quer ir embora? - Lei Fong se adiantava. -

- Vou ficar muito mais forte do que ja sou se seguir meu próprio caminho, e assim. Conseguirei dominar este planeta. - A arrogância de KaiTen chegava a ser algo natural. -

- Haha, e eu estou incluso nessa dominação também?

- Só se você ficar em meu caminho. - Os dois se encaravam um tempo, até o silêncio ser quebrado por Lei. -

- Façamos assim. Vamos partir juntos, sempre tivemos uma boa comunicação. Nossas chances de sucesso são melhores juntos. - O jovem guerreiro ia até o jovem Dragão e estendia a mão para ele. - Uma aliança.

- Humpf. - Era mais do que Obvio que KaiTen se levantaria sozinho. - Uma aliança temporária, mas aceito sua proposta. Agora vamos, quero velejar antes do nascer do Sol.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
KaiTen

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Mau
Data de inscrição : 16/07/2014
Mensagens : 38

MensagemAssunto: Re: Ishiyama no KaiTen   Qui Jul 17, 2014 9:43 pm

---------------------- Base de combate ----------------------

    Corpo.

Alteração de forma física - Originalmente, KaiTen não conseguiria alterar sua forma da mesma maneira que seu pai, pois não possui um corpo 100% humano, entretanto, graças à sua mãe, KaiTen tem descendencia divina, o que o torna capaz de "quebrar regras". Além da tradicional alternancia entre seu corpo humano e a de um Dragão prateado, KaiTen pode também assumir uma forma híbrida onde suas capacidades físicas e de trabalho de Ki são aumentadas significativamente, além do mais quando esta transformado, o guerreiro recebe uma arma que simplesmente se materializa em sua mãos para cada instância de combate que ele assume. O uso de energia empreendido nesta transformação é extremo, por isso não é algo que possa ser usado à esmo.

Passo Etéreo - Um movimento simples. KaiTen concentra uma pequena quantidade de Ki e mana nas pernas, podendo se mover de um ponto ao outro num piscar de olhos, à curtas distâncias. Esta habilidade não o faz alcançar locais altos, tampouco trespassar obstáculos.

    Mente.

Meta-magia - Graças ao dom divino, proveniente de sua mãe, KaiTen tem facilidade com as forças mágicas do universo, entretanto, seu estilo de combate sempre foi corpo-a-corpo, tornando o uso de magia inútil, à princípio. Com o tempo, KaiTen aprendeu a reverter esse dom para canalizar sua energia mágica em nulificação de forças externas. Quando alguem lhe direciona qualquer força mágica, KaiTen pode dissipá-la com um simples estalar de dedos. Quando esta em sua forma híbrida, a Meta-Magia absorve o feitiço em questão para transformá-lo em Ki ou aumentar sua regeneração física.

Mente escorregadia - O treinamento, todos sabem, nunca é 100% físico. Fortalecer a mente é, em muitos casos, um trabalho ainda mais difícil do que fortalecer os músculos, mas KaiTen não vacila em termos de treino. Anos e anos de prática deram-lhe o talento de fechar sua mente para qualquer influencia externa que queira afetá-la magicamente, como por exemplo, controle mental.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
KaiTen

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Mau
Data de inscrição : 16/07/2014
Mensagens : 38

MensagemAssunto: Re: Ishiyama no KaiTen   Qui Jul 17, 2014 9:50 pm

Fighting Style.

Ele tem um estilo de luta para cada um dos cinco elementos que controla, os quais são relacionados à um animal diferente do zodíaco chinês.
Cada posição lhe trás vantagens diferentes, e a alternância de cada um durante seus combates é o que lhe consagra a vitória.

Dragão de Metal -
Estilo padrão de KaiTen. A pele de seu corpo é consagrada não apenas com resistência de escamas de Dragão, mas também com a resistência do elemento metal. Esse padrão de combate, se mantém ativo o tempo todo, mesmo quando KaiTen acionar outros estilos de luta.
Durante a forma híbrida, KaiTen ganha uma katana tão resistente e afiada como apenas um usuário do elemento Metal poderia ter.
Ressonância – Ao contrário dos golpes com Ki, que projetam um ponto específico onde o impacto do golpe terá efeito, a ressonância tem um efeito mais brutal. O golpe aplicado terá seu impacto espalhado por todo o corpo do oponente de uma forma igual, em uma área muito maior do que onde o golpe originalmente acertou. Isso só é possível pelo domínio completo do elemento metal, o qual KaiTen conseguiu pelo fato de ter nascido sobre este elemento e de ter dedicado quase todo seu treinamento ao seu domínio. A ressonância só pode ser usada quando todos os outros estilos de KaiTen não estiverem ativados.

Tigre de Fogo -  
KaiTen troca sua pose de combate, mudando interiormente, a composição de seu Ki, ganhando velocidade e poder de destruição. Seu corpo é tomado pelo elemento fogo e o espírito do Tigre, dando à KaiTen uma velocidade significavamente maior do que de qualquer outro estilo. KaiTen pode utilizar o Ki nessa forma, para usar um "pulo duplo", criando uma plataforma de tamanho mínimo debaixo de seus pés, apenas uma vez, sempre que estiver no ar. Nesse estilo, os golpes de KaiTen são encantados com grandes quantidades de Ki, fazendo com que o lutador tenha total controle de onde ele quer que o golpe tenha impacto, ou seja, esse é um golpe que utiliza Ki e energia mágica em conjunto para transpor barreiras sólidas e destruir alvos protegidos por armaduras ou paredes.
Durante a forma híbrida, KaiTen ganha proteções de combate para os braços, mãos, canelas e pés, além de rígidos como osso de Dragão, também são quentes como lava vulcânica.

Macaco de Madeira -
Trocando sua pose de combate, a composição de seu Ki muda para se moldar à natureza, e ganhar uma extrema percepção de tudo ao seu redor. Nesta posição, KaiTen abre mão de sua visão para sentir a energia vital de tudo ao seu redor, podendo descobrir inimigos ocultos e/ou forças invisíveis próximas. Esse elemento, é extremamente ligado às forças mágicas, por isso, utilizando-se da energia da natureza, KaiTen ganha resistência mágica e consegue, melhorar em muitas vezes, suas habilidades de meta-magia.
Durante sua forma híbrida, KaiTen recebe um bastão para entrar em sinergia com seu estilo de luta do macaco, dando-lhe tanto potência de ataque, quanto de defesa.

Serpente de Água -
Ao mudar sua postura, o fluxo de Ki torna-se maleável e imponente, como a água. A sutileza da serpente, concede agilidade e perspicácia, à KaiTen. Nesse padrão, o lutador pode tanto deslizar-se por superfícies de água, como respirar debaixo de agua doce, apenas. Além disso, nesse padrão, KaiTen consegue implantar seu Ki na água, criando pequena gotas sólidas que podem ser lançadas com a velocidade, precisão e impacto de uma arma de alto calibre.
Durante sua forma híbrida, KaiTen recebe um arco. As flechas são criadas do mesmo jeito que suas gotas d'agua são feitas, e consegue atirá-las com muito mais força e precisão.

Cavalo de Terra -
Este padrão de luta, foca a composição de Ki em durabilidade e vitalidade. Assimilando a dureza da Terra e a força de vontade do Cavalo, KaiTen consegue centrar todo seu poder em defesa e força, sacrificando velocidade. Nesse posição, enquanto estiver com os pés em terra firme, KaiTen pode fazer surgir pilastras de rocha, tanto para se defender, quanto para acertar o inimigo, além do mais, KaiTen pode mudar a composição de sua massa corpórea, endurecendo seu corpo de tal maneira que seu peso aumente ao ponto de toneladas.
Durante sua forma híbrida, KaiTen recebe um escudo de corpo, potencializando em muitas vezes sua especialidade de defesa, o escudo consegue até mesmo entrar em sincronia com sua meta-magia automaticamente, absorvendo toda e qualquer forma de ataque mágico.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ishiyama no KaiTen   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ishiyama no KaiTen
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Ishiyama no KaiTen
» Shiori Ishiyama
» Ishiyama no TenKai

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Curiosidades :: Personagens-
Ir para: