Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Seg Out 13, 2014 9:11 pm

Depois daquele festival, dois anos inteiros se passavam. Todos já haviam se graduado no colégio, e finalmente era o dia. O começo da jornada, a viagem de navio para outro continente.

Todos haviam combinado de se encontrarem no navio, na hora de partida que era ao meio-dia. Ainda era de manhã e cada um dos membros do Dragão Bonzinho estavam vivendo seus últimos momentos em Dragonland, uma vez que não voltariam tão cedo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Ryouji Kawano

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 30/11/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Sagitário
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 75

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Seg Out 13, 2014 9:51 pm

Dois anos haviam se passado tão rápido para o feliz Ryouji. Tudo estava dando certo, havia se graduado no colégio esse ano, se considerava namorado de Ren mesmo que a garota não admitisse, pensava dessa forma pelo jeito que ela o tratava, e seu treinamento estava indo muito bem, ele podia sentir que estava ficando forte, porém três coisas o incomodavam...

A primeira era sua irmã, desde que Iori havia ido embora ela havia mudado bastante, a segunda era o próprio Iori. Ryouji não conseguia entender porque ele tinha deixado sua irmã sozinha, mesmo que fosse por causa dos pais dele ele poderia ter tentado conversar caso ele quisesse ficar, ainda queria tirar isso a limpo quando o visse novamente. E a terceira era...

- EU AINDA NÃO ACERTEI MINHA MÃE!

Falava Ryouji, indignado enquanto corria para algum lugar e longe da cidade, o local escolhido da vez era uma clareira em meio a floresta próxima de Kyoto, ainda tinha que acertar sua mãe no treino antes de partir. Enfiando vários pães goela abaixo enquanto corria para o lugar, ainda era bem cedo. O rapaz também estava levando uma mochila nas costas, com várias roupas e dinheiro dentro, e presa à mochila sua foice. Era tudo o que precisava para a jornada.

Não demorava nem quinze minutos para que ele chegasse e já se sentasse em posição de meditação, deixando sua mochila ao seu lado. Recuperava seu fôlego, e inalava o máximo de ar que conseguia, para assim entrar no mundo onde sua mãe estaria esperando. E sabendo que ela estaria por lá, já apontaria a foice para Kyuubei, com uma grande empolgação no rosto, que vinha juntamente com um grande sorriso.

- Hoje você não me escapa mãe! Vou te acertar pelo menos uma vez!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kyu

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 19/08/2019
Horóscopo chinês : Porco
Zodíaco : Leão
Status : ???
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 21/07/2014
Mensagens : 13

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Seg Out 13, 2014 10:27 pm

O prazo final , aquele era o ultimo teste de Ryouji, se não superasse aquele corpo de sua mãe que possuía apenas 8% da força original de Kyuubei então o garoto não estava pronto, Kyuubei teria falhado e tudo teria sido em vão, mas ela conseguia sentir o desenvolvimento de seu filho , o quanto ele cresceu nos últimos dois anos. Por isso Kyuubei iria com tudo dessa vez , sem piedade , sem misericórdia   e sem o minimo de compaixão.



Tudo o que aquele corpo possuía estava agora liberado, os 8% em sua força total , Ryouji perceberia a diferença, Kyuubei tinha suas duas espadas em mãos , e suas roupas e cabelos se mexiam , devido a intensa liberação de aura escura, os olhos da mulher eram os olhos de um assassino, pronto para eliminar sua vitima. Dessa vez ela não falava , nem sequer uma palavra. Não queria que seu filho sentisse que lutava contra sua mãe , mas sim contra um inimigo poderoso.

Não esperava nem dois segundos, numa velocidade estupidamente alta Kyuubei avançava para as costas do garoto e golpeava com a katana mais curta na horizontal, mas a medida que o golpe se desenvolvia , um outro o completava, com a katana maior ela fazia o mesmo , seu corpo girava numa velocidade incrível , com uma katana em cada mão , formava o que poderia ser chamado de moedor de carne, uma incrível quantidade de golpes era distribuída ali. Mas Kyuubei não parava por ai , quando seu corpo terminava o giro ela continuava o ataque , atacando com ambas as katanas simultaneamente , e também alternadamente , não economizava chutes e cabeçadas com uma força assustadora.

Ryouji já deveria estar se acostumando a lutar contra ela  , mas essa era a primeira vez que ela lutava com tudo o que tinha , como se sua vida dependesse daquilo, por isso a dificuldade seria muito maior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ryouji Kawano

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 30/11/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Sagitário
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 75

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Seg Out 13, 2014 11:06 pm

No começo, Ryouji estava com um sorriso no rosto, mas assim que Kyuubei ia liberando sua aura, o rapaz sabia que não seria fácil. Uma investida, dois golpes. Para a surpresa dele o primeiro golpe veio com tanta força que sua foice quase saiu de sua mão, sua guarda estava totalmente aberta e seus olhos se espantavam com tamanha força.

"Então... esses são os 8%..."

Outro golpe já vinha, em uma força monstruosa e ele não poderia se permitir de receber aquele, se isso acontecesse o treinamento acabaria ali e ele fracassaria. Usando a força que Kyuubei o havia golpeado, deixava seu corpo girar com aquele impulso, segurando com ambas as mãos a foice durante o movimento, a colocando em frente ao corpo e defendendo do segundo ataque de sua mãe. No final daquele golpe o sorriso voltava para o rosto de Ryouji, havia conseguido defender aquilo muito bem e agora começava a refletir todos os golpes de sua mãe usando a foice e a força dela ao seu favor.

No começo ficava bem na defensiva, ainda estava se acostumando com aquele novo jeito dela lutar e procurando alguma abertura para começar um contra-ataque. Aquilo era muito cansativo, a energia de Ryouji estava se esgotando mais rápido que o normal, por isso não podia esperar e ser encurralado, deveria lutar de volta!

Ele começava a girar sua foice com uma velocidade absurda, liberando bastante sua aura, depois de quarenta minutos trocando golpes com sua mãe e o rapaz sempre se dando mal, sua inexperiência o fazia receber golpes complexos de Kyuubei, seu corpo estava bem cortado, mas eram cortes leves daria para continuar lutando por mais um tempo mas não podia se arriscar a demorar mais por ali, deveria tentar acabar nos próximos minutos senão ele acabaria perdendo novamente por cansaço e falta de resposta do corpo.

Não tinha o controle dela completamente, mas se liberasse menos do que conseguia controlar não teria problema. E a cada vez que girava sua foice e se esquivando como podia dos ataques de Kyuubei, Ryouji atacava aleatoriamente, não havia um padrão para seus ataques. Usar uma foice lhe dava essa vantagem, por ser uma arma bem comprida e parecida com um bastão, tirando o fato de conter uma lâmina sem curva no final do cabo e na outra ponta uma lâmina que criava quase um ângulo reto com seu cabo.

Usava a lâmina sem curva, procurando cortes laterais para fazê-la abrir espaço para que entrassem mais ataques e agora que conseguia ver um caminho, colocava a lâmina curva para cima e em um movimento veloz e bem forte, aplicava um golpe vindo de cima para baixo, na vertical, tendo a primeira boa chance para acertá-la pela primeira vez nesses dois anos, finalmente havia encontrado um espaço e só enquanto dava esse golpe que o garoto percebia o quanto ele estava forte. Seus reflexos, sua força, sua velocidade, seus pensamentos, tudo estava bem mais rápido e eficiente, e aquilo o deixava ainda mais empolgado, queria saber até onde poderia ir, mesmo que não conseguisse acertar sua mãe ainda!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kyu

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 19/08/2019
Horóscopo chinês : Porco
Zodíaco : Leão
Status : ???
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 21/07/2014
Mensagens : 13

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Ter Out 14, 2014 7:32 pm

Enquanto trocava golpes com seu filho , Kyuubei conseguia perceber o resultado daquele intenso treinamento, o garoto não era dos mais talentosos mas com esforço e dedicação era capaz de qualquer coisa, ele já conseguia lutar de igual pra igual com aquele corpo, e se enfrentasse batalhas reais , se desenvolveria ainda mais rápido , podendo superar a força real de Kyuubei em pouco tempo. Mas ao mesmo tempo não conseguia deixar se sentir mal, afinal seu filho adquiriu aquela força em troca de uma vida curta.

Ele se defendia bem , atacava bem , e em pouco tempo conseguia acompanhar todos os movimentos de sua mãe, e não demorava muito para encontrar uma abertura em seus ataques e acerta-la com o cabo de sua arma. O golpe acertava-a em cheio , cortando profundamente seu corpo. Se aquele corpo fosse algo vivo com certeza estaria morto naquele momento, mas não era sangue que saída daquele corte, era um tipo de fumaça negra.

Quando era atingida , Kyuubei largava suas espadas e caía de costas no chão, a impressão era que caía por causa do golpe , mas a verdade era que o tempo estava acabando , ela não poderia continuar se materializando naquele corpo por muito mais. Ela caía com um sorriso no rosto , seu filho conseguia passar no teste bem na hora certa, sem duvidas estava pronto para começar sua aventura.

O corpo de Kyuubei não conseguia mais se mover, ela tinha menos de 3 minutos para permanecer ali, depois disso desapareceria , e aquela seria a ultima vez que Ryouji veria sua mãe , com sua aparência original.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ryouji Kawano

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 30/11/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Sagitário
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 75

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Ter Out 14, 2014 7:46 pm

Ryouji havia golpeado com toda sua força, afinal seria um ataque tudo ou nada, e por incrível que pareça havia acertado, em cheio, Kyuubei. Quando a mulher caia no chão, com uma fumaça preta saindo de seu corpo, o garoto se desesperava, soltando sua foice e se ajoelhando imediatamente de seu lado.

- MÃE! ME DESCULPA! EU NÃO QUERIA COLOCAR TANTA FORÇA ASSIM!

Ele ficava imaginando que havia matado ela, mesmo que ela já estivesse. Mas havia passado tanto tempo com Kyuubei, dois anos, que ele nem pensava nela mais como alguém morto. Lágrimas saiam dos olhos de Ryouji aos montes, seu nariz ficava escorrendo também, e ele estava se lamentando.

- O QUE FOI QUE EU FIZ!?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kyu

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 19/08/2019
Horóscopo chinês : Porco
Zodíaco : Leão
Status : ???
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 21/07/2014
Mensagens : 13

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Ter Out 14, 2014 8:00 pm

Quando escutava a gritaria de Ryouji a imagem de Touya vinha logo a sua cabeça , e também a sua idiotice , uma gota de suor brotava em sua nuca e sem escutar mais uma palavra ela socava o nariz de Ryouji com força enquanto gritava.

- IDIOTA PARA DE CHORAR FEITO MULHERZINHA EU JÁ TO MORTA! SE ACHA MESMO QUE VO MORRER DE NOVO?!

Depois disso ela voltava a se deitar, e sua expressão voltava a ficar calma e tranquila. Ela fechava os olhos e falava.

- Vejo que puxou a estupidez do seu pai, pelo jeito não consegui te dar nada de bom.

Quando terminava Kyuubei começava a rir sozinha, com uma das mãos no rosto.

- Hahahahah, fala sério eu acho que não sirvo pra ser mãe, depois de tanto tempo sem te ver a primeira coisa que faço é quase te matar.

Colocava a mesma mão que estava em seu rosto , no rosto de seu filho. Seu corpo já começava a desaparecer aos poucos.

- Meu tempo acabou. Você me deixou orgulhosa , não existem duvidas que é meu filho. Agora vá viver sua própria aventura, e se for morrer, morra com suas armas em mãos.

Kyuubei era rígida , e tinha um pensamento um tanto espartano, agora que via seu filho preparado , podia desaparecer em paz. É claro que ainda estaria com ele na forma da pequena Kyu, mas não era a mesma coisa.

O corpo de Kyuubei desaparecia aos poucos, mas pouco antes de sumir completamente ela falava.


- É hora de acordar.

Do lado de fora , a pequena Kyu estapeava violentamente a cara de Ryouj sentada sobre elei já a algum tempo gritando.

- É HORA DE ACORDAR!! RYOUJIII!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ryouji Kawano

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 30/11/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Sagitário
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 75

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Ter Out 14, 2014 8:13 pm

Estava tão desesperado que nem percebia aquele soco vindo. Acertava seu nariz em cheio, o rapaz ficava com as mãos sobre ele, começando a gritar de dor.

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHH!!!

Era quando escutava as palavras de sua mãe, que gritava com ele. Fazia mesmo sentido, ela já estava morta. E como um filho obediente, ficava sentado de forma correta novamente enquanto ela falava.

- FOI MAL! ME DESCULPE POR SER UM IDIOTA!

Mas então, ela começava a rir, assim que falava de Touya e falando que não era uma boa mãe. Aquilo deixava Ryouji sério novamente, o corpo dela já estava sumindo. Estava paralisado, estar vendo sua mãe desaparecer e não poder fazer nada o deixava triste, mas não havia nada que pudesse fazer... e quando iria dizer as últimas palavras para sua mãe, ele era forçado a retornar para o mundo real, por que a pequena Kyu o estapeava muito.

Seu rosto ardia, e quando terminava tudo aquilo, o garoto abraçava forte a pequena garota.

- É MENTIRA! VOCÊ É A MELHOR MÃE DO MUNDO!

Tentava permanecer seu rosto bem sério, em respeito a sua mãe, mas aquele olho não deixava, era forte demais para segurar. Por isso algumas lágrimas ainda saiam de seu rosto, e quando ele soltava Kyu, colocava a mão no peito em silêncio.

"Droga... porque dói tanto assim? Não havia escolha não é?"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kyu

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 19/08/2019
Horóscopo chinês : Porco
Zodíaco : Leão
Status : ???
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 21/07/2014
Mensagens : 13

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Ter Out 14, 2014 8:26 pm

Kyu era espremida de repente , não fazia ideia do que estava acontecendo, uma vez que não tinha contato com o que acontecia durante os treinamentos de Ryouji, por isso ela gritava desesperada, mas sua voz praticamente não saía

- RYOUJI EU VOU MORRER! RYOUJI EU VOU MORRER DE VERDADE!

Quando ele a soltava , a garotinha colocava as mãos no chão enquanto recuperava o folego, ela percebia que não poderia mais mandar Ryouji aquele mundo , aquele poder já não existia mais , porém também percebia que Ryouji havia crescido naqueles dois anos. Ela se levantava e pulava nas costas do garoto como sempre.

- VAMOS! Ou você vai ser deixado pra trás!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ryouji Kawano

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 30/11/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Sagitário
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 75

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Ter Out 14, 2014 8:41 pm

Ryouji sentia que Kyu subia em suas costas, e quando ela comentava sobre a viagem, arregalava os olhos, assustado. Se levantando subitamente e colocando as mãos na cabeça.

- A VIAGEM! DROGA KYU-CHAN, POR QUE NÃO AVISOU ANTES!?

Ele pegava rapidamente a mochila que estava no chão, junto com sua foice e saia correndo, em direção do local combinado. Enquanto olhava para trás, com um olhar triste nos primeiros instantes, mas logo olhava para frente novamente, ficando com um olhar determinado no rosto. Sua aventura começaria, e não podia estar mais empolgado, uma vez que sua mãe disse a ele que estava pronto para tal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Ter Out 14, 2014 9:15 pm

Enquanto Ryouji corria para o navio, pensando que estaria atrasado, um outro membro do Dragão Bonzinho estava não muito longe dali, Otohime também estava na floresta mas em uma região diferente de onde o garoto estava, por isso não se encontraria com Ryouji.

Mas ela já havia chegado a muito tempo, quando Ryouji tinha acabado de emergir no outro mundo para treinar com sua mãe...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Otohime Katashi

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 20/04/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Ter Out 14, 2014 9:37 pm

Dois anos haviam se passado. Otohime foi a primeira a se formar e graças a isso pode ter um tempo maior para treinar com sua mestre Amaya a magia, com Shen Shi a luta com katana, ajudar Shen Shi a ensinar a magia para seus amigos e solucionar os problemas que Taikun criava por ai. Era cansativo, muito cansativo, mas a garota gostava do que fazia.

Otohime também teve tempo de melhorar o seu relacionamento com Taikun e explicar para ele que como seu pai havia cuidado de Saito, ela havia decidido tratar Saito como um irmão. Isso aconteceu após o festival, quando Taikun apanhou da garota.

Em algumas datas a garota sumia simplesmente. Ninguém a encontrava. Era quando tinha que realizar suas cerimônias para a Deusa Nyx, a Deusa a qual Otohime havia se tornado anos atrás a sacerdotisa. Naquele dia de partida não era diferente. Ela havia entrado nas profundezas da floresta para pedir proteção na viagem que iria realizar.

Dentro de uma grande caverna, iluminada por tochas, a garota desenhava no chão um grande circulo mágico.


Começava, invocando cada elemento da natureza que a regia até que invocava o ultimo elemento o espirito e todos os elementos dançavam num tornado, rodeando a garota.

- Deusa, agradeço por essa afinidade que me deu com os elementos e peço que me dê força e proteção para essa viagem. Nos guie para que possamos escolher o melhor caminho para nosso fortalecimento.

Assim que terminava, agradecia aos elementos, um a um, por terem aparecido naquele circulo e finalmente terminava o ritual. O circulo sumia imediatamente.

- Melhor correr, vou me atrasar!

Saia correndo daquela caverna, indo para o lugar de encontro, tropeçando em uma raiz de uma árvore da floresta.

- Droga, de onde isso veio?!

A cena se repetia diversas vezes até que ela finalmente saia da floresta.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Ter Out 14, 2014 10:06 pm

Otohime e Ryouji já se dirigiam para o navio. Agora, Taikun estava ainda em sua casa, com sua irmã Lucy antes de ir para a viagem.

Os dois estavam no jardim da casa, e ainda era cedo em questão, um pouco antes das cenas na floresta acontecerem com Otohime e Ryouji.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Taikun Tsukushi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 04/10/1993
Horóscopo chinês : Galo
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 62

MensagemAssunto: Mais um dia estúpido de um estúpido   Ter Out 14, 2014 11:34 pm

•● Aquele era o último dia de treinamento com Lucy, apesar deles já terem treinado bastante e ela ainda dizer há 1 semana atrás que ele não precisava mais treinar, ele ainda insistia, pois sentiria que ficaria muito mal acostumado se parasse um dia. Era estranho admitir, principalmente vindo de alguém tão idiota, guloso, preguiçoso e encrenqueiro, mas talvez ele estava fazendo aquilo pra conseguir um pouco mais de respeito, atitude, honra e orgulho da irmã, que fez tudo aquilo para ele, sem cobrar nada. ●•

•● Essa, seria uma história perfeita, e infelizmente não era isso o que acontecia. Taikun passava o resto do dia comendo ou dormindo, o treino era só algo que fazia parte do cotidiano, mas pelo menos havia se endireitado um pouco depois de tudo aquilo. Taikun explicava depois daquele dia de treinamento, que seus amigos estavam se preparando para viajar, e mesmo falando de um modo que achava que Lucy não sabia, ela já sabia até antes dele, e falava para ele se cuidar. Sendo um idiota, porém competente, ele se despedia dela com um abraço apertado, apesar dela passar a mão na cabeça dele mais uma vez, e ele ficar com cara de "não precisa fazer isso", mas acabava rindo, e ao final, ele colocava o óculos que havia recebido de hime, estendendo a mão para trás, e falando a última coisa que faltava. ●•

Ja na!.

•● E assim, ele expressava um sorriso contente de agradecimento, indo embora. ●•



•● Saindo de lá, ele se controlava todo, e finalmente, ele desencolhia um pouco a barriga, que já surgia direto com um enorme ronco de fome. ●•

Oi oi, estamos quase chegando em algum lugar para comer, calma.

•● Dizia baixo, para si mesmo, indo para um café que tinha por lá. ●•

Perfeito!.

•● Chegando por lá, ele já se sentava em uma cadeira, e assim uma garçonete surgia. ●•

Garçonete: -Em que posso ajudá-lo?.

O que vocês tem de café?.

Garçonete: -Bem, temos o capuccino, o frapuccino, temos chocolate, americano...

Humm.. eu pediria um americano, mas hoje eu irei optar por chá mesmo...

•● Ela não entendia nada, achava que ele pediria um café mas optou por chá. Apesar de tudo, ela saia, anotando o pedido e indo embora. Naquele mesmo local, ele notava 3 garotos olhando ela de longe, rindo e falando entre si. Taikun apenas observava. A garota surgia, entregando os pedidos aos garotos, até um deles passar a mão na bunda dela, ela se irritar e sair de lá. Taikun se irritava um pouco, enquanto eles ficavam rindo. ●•

•● A garota surgia, indo entregar o pedido para Taikun, e, quando ele ia pegar, aquela "aparição dele" sumia. ●•

Oi gente...

•● Taikun surpreendia o mesmo garoto que tinha feito aquilo com a garçonete, e, por incrível que pareça, ele fazia "a mesma coisa" com ele, ou seja, ele passava a mão na bunda dele. ●•

Garoto 2: -Ei, o que você está faz--.

Shh... esse segredo ficará apenas entre a gente...


•● Dizia em tom baixo. ●•

Garoto 1: -Por acaso você é otário? Se manda daqui seu viado!.

•● No exato momento, aquele garoto (1), estendia seu braço, indo socá-lo diretamente. Taikun se esquivava com facilidade, pegando a cabeça dele e fazendo ele dar de cara na mesa, quebrando-a. O café que o garoto (2) pedia, estava quente, e com a mesa quebrando, ele caia sobre a calça dele. ●•

Garoto 2: -WAAAAAAAAAAAAA QUENTE QUENTE!!.

•● O garoto (3) se levantava, retirando uma faca do bolso. Taikun apenas olhava para a mão dele, assoprando a faca, e a lâmina dela, começava a derreter, de uma maneira muito estranha. No exato momento, ele pegava a faca direto pela lâmina, que cortava um pouco a mão dele, mas ele ignorava, apertando-o ainda mais e fazendo ela virar apenas um pedaço de ferro. Aquele garoto (3) ficava extremamente assustado e saia correndo. ●•

Ótimo! Agora você...

•● Ele levantava aquele garoto pelo colarinho, e olhava no fundo dos olhos dele. ●•

Se eu encontrar um de vocês por aqui novamente, eu juro que esse café será a última coisa que você espere que te queime, ouviu bem?.

Garoto 2: -T.. tudo bem.. eu entendi, eu entendi, p.. por favor, não me mate!.

•● Naquele exato momento, a garçonete percebia o que acontecia por aquela mesa dos garotos. Ela estava com nojo de olhar para eles, mas só olhava naquele momento por causa do barulho da mesa que havia ouvido, e notando o que acontecia. Devagar, e com medo, ela ia se aproximando de Taikun, mas mantendo distância, observando tudo, apenas. ●•

Vamos fazer o seguinte, deixe 8000 ienes na mesa, que eu irei garantir que nada aconteceu, e irei embora, tudo bem? .

Garoto 2: -OITO MIL!?!!??! Mas..  es.. espera.. .. q.. que mesa.. ?.

•● Só naquele momento, Taikun percebia que ele havia "quebrado a mesa". ●•

Are... ?.



•● Apenas naquele momento, Taikun percebia a sua burrice. ●•

Er.. deixa na cadeira então.

Garoto 2: -H.. hai...

•● Ele deixava lá e saia correndo. ●•

Ótimo.

Garçonete: -Senhor.. o seu pedido...

•● Ela se aproximava, um pouco confusa pelo que aconteceu, e entregava o chá para ele. ●•

Arigatou.. haha.

•● E no primeiro gole, ele acabava se sentindo como se fosse o melhor chá do mundo. ●•

THIS TASTES SO GREAT! HMMM!!.


•● Dizia de um jeito engraçado e em um sotaque muito ruim e com o R de "great" puxado, pois ele não sabia muito bem pronunciar inglês [Seria como Joel Santana falando, ou algo do tipo]. ●•

Bem, eu preciso sair mais cedo, então o dinheiro está em cima da cadeira, tudo bem?.

Garçonete: -H.. hai, mas, aqui tem muito dinheiro...

Hum... vejamos.. meu chá, café deles, mesa quebrada, conveniência na sua loja, gorjeta, taxa, juros...

•● Ele mal começava a falar isso e já começava a ficar confuso e com dor de cabeça. ●•

Er.. ah, sei lá, acho que está certo isso.

Garçonete: -T.. tudo bem..

•● Ele ia saindo de lá, sem falar mais nada. ●•

Garçonete: -Espere.. eu.. poderia saber o seu nome?.

Claro.

•● E assim, ele tomava mais um gole do chá. ●•

Tsukushi.. Taikun Tsukushi.. .


•● Ele ia caminhando finalmente, para fora de lá, mas em poucos segundos, ele finalmente falava a última coisa que tinha esquecido. ●•

E ah, desculpa, antes que eu me esqueça, eu tenho namorada.

•● E assim, ele suspirava, indo embora com uma cara de vitorioso no momento, como se tivesse feito a coisa mais legal do mundo naquele dia, e, por incrível que pareça, a garçonete ouvia aquilo, e ficava sem entender exatamente nada, com uma cara de retardada. ●•

•● Taikun ajeitava o seu óculos, indo se encontrar com todos os seus amigos no porto, enquanto a luz batia em seu óculos, e um pôr-do-sol bem gay surgia no horizonte (apesar de estar de manhã). Além disso, o estômago dele roncava novamente. ●•

SHIMATTA!.

•● Por burrice, ele se lembrava que havia tomado apenas chá, e assim como no começo do post, ele havia esquecido que estava com fome. ●•
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Ter Out 14, 2014 11:54 pm

Taikun, depois de mais uma confusão, conseguia seu caminho até o porto, mesmo que ainda estivesse com fome. Ainda estava de manhã e eram três que já estavam indo para o local.

Airi ainda estava em casa, quando o relógio tocava 8:00 da manhã...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Airi Nikolaievich

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/12/2014
Horóscopo chinês : Cavalo
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 49

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Qua Out 15, 2014 7:22 pm



O cheiro de óleo e ferro soldado impregnava todo o ar, um ambiente abafado e aparentemente sujo, Airi estava no porão de sua casa , num tipo de oficina improvisada, vários de seus projetos jogados pelo chão, pendurados na parede e desmontados por ai. Coisas cujas utilidades nunca foram realmente descobertas, nem sequer por ela mesma. Abanadores , coçadores de costas automáticos , pequenos carrinhos a motor, mini maquinas de batalha, e outras  utilidades inúteis, dentre as coisas importantes estavam , localizadores via radar, bombas de pulso eletromagnético pequenas, mini drones voadores via remoto, e mais alguns que não valem a pena comentar.

Airi estava dormindo sobre sua mesa de trabalho, seu rosto  e roupas sujas de graxa, seu cabelo bagunçado também muito sujo, no seu braço esquerdo estava seu ultimo e mais trabalhoso projeto, o qual ela ainda não havia pensado num nome. Se tratava de uma luva, cujo objetivo era canalizar sua aura e transforma-la em uma poderosa arma de eletricidade. ( A aura de Airi era fogo , e sem muito esforço Airi conseguiu utiliza-la na forma de eletricidade , porém era em pouca quantidade , e não lhe serviria em nada numa batalha , mas ainda era útil em seus projetos).

- O que...o que aconteceu?

Ela falava ao se levantar perdida e desorientada, não se lembrava de ter ido dormir , por isso nada parecia fazer sentido. A garota balançava a cabeça e se concentrava , então finalmente lembrava do acontecido.

*FLASHBACK*

Com uma pequena maquina de solda, Airi dava os retoques finais na luva, ela usava um óculos escuro para proteger seu olho da luz de solda , e parecia muito animada com a situação.

- Só mais um pouco , só mais um pouco.... TERMINEI!

Ela jogava a maquina de solda pro lado e retirava os óculos fazendo o mesmo com eles. Finalmente seu trabalho estava pronto, e só precisava ser testado. Ainda sentada na cadeira ela colocava a luva, mas o que não via , era uma pequena peça cair no chão no momento em que colocou o equipamento.
O teste estava para começar , tudo que ela precisava fazer era apertar o botão pra ligar.

- Finalmente... vamos lá, três , dois , um e  ligado! AAaa....

Dai em diante ela não via mais nada , seu corpo ficava paralisado com a descarga elétrica que recebia , a luva se desligava automaticamente por causa do defeito , e Airi caía de cara na mesa e passava a noite toda desacordada.

*FIM DO FLASHBACK*

Airi levava a mão no rosto , não conseguindo acreditar na sua própria burrice, ela olhava a luva em sua mão , e percebia a falta da pequena peça que isolava a energia de seu corpo, deixando-a numa voltagem que Airi pudesse aguentar. Airi se levantava e procurava a peça , a encaixando novamente na luva. Era hora de um novo teste , dessa vez precisava dar certo.

- Ah.. vamos lá , três , dois , um e ligado!

Um sucesso , a ponta dos dedos da luva brilhavam em azul, Airi configurava a luva em determinada voltagem , e segurava num pedaço de fio logo ao lado da mesa, a energia aparecia em seu computador, numa voltagem suficiente para desacordar uma pessoa, e se quisesse poderia coloca-la numa voltagem suficiente para matar, ou até mesmo para disparar pequenas descargas elétricas. E era o que ela fazia , apontava sua mão para uma de suas invenções mais velhas e disparava, o objeto era arremessado , e pedaços dele ricocheteavam por toda a sala, Airi precisava desviar para não receber um no meio da testa.

- Consegui! Como era de se esperar.

Orgulhosa de si mesma , e no sucesso de seu trabalho Airi finalmente olhava pro relógio, e se lembrava que dia era aquele.

- O navio!

Ela tirava a luva rapidamente colocando de volta na mesa , subia as escadas desesperada , praticamente arrombava a porta de seu quarto , pegando uma mala grande, voltava na mesma velocidade até o porão , e enchia a mala com tudo o que julgava útil , inclusive a luva que acabara de fazer, subia novamente as escadas , arrastando aquilo.
Como força física não era sua melhor característica , ela levava cerca de 20 minutos pra conseguir subir com a mala. Tomava um banho e se arrumava , fazia sua mala com roupas , e gritava seu pai Touya, já que afinal alguém precisaria levar aquilo tudo até o porto.

- Pai!!! Cadê você? Tente ser útil pelo menos uma vez na sua vida e carrega essas coisas!

Nos últimos dois anos , sem Iori , Airi se dedicou quase que completamente aos estudos e a seus projetos , assim como as missões do dragão bonzinho , aumentou sua afinidade e amizade com cada um dos membros, mas ainda continuava com a mesma língua afiada de sempre.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Qua Out 15, 2014 7:57 pm

Airi se dirigia para o ponto de encontro do Dragão Bonzinho, com a ajuda de seu pai nas malas. Agora faltavam seis membros para irem até o porto.

O "castelo" do Templo Ishiyama, a moradia do grande líder de Dragonland. Sayuri estava lá, e logo de manhã já na cozinha da grande casa...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Sayuri Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Qua Out 15, 2014 10:14 pm

Dois anos se passavam e Sayuri ficava cada vez mais focada no seu objetivo. Queria com toda a sua alma superar o irmão e por isso havia se tornado uma aluna muito dedicada quando se tratava de treinamento. Por essa razão, a garota esquecia de cortar o cabelo constantemente como sempre fizera e agora seu cabelo estava bastante comprido.




A garota também saia muitas vezes com o Pirata Heikki. Desde que ela o perdoou, havia sido um habito constante ir andar por ai em Dragonland e encontrá-lo, falando de coisas aleatórias do seu dia a dia.

No dia anterior àquele, Sayuri havia dito ao pai que iria viajar com os amigos. Um drama começou, mas nada muito sério, já que a força de vontade de Sayuri sempre foi mais forte que tudo. O líder de Dragonland, então, tentou presentear sua filha com uma armadura completa. Apesar de gostar muito daquela armadura, a garota recusava, aceitando somente o arco que fazia parte daquele presente.  Afrodite por sua vez, presenteou a filha com um urso de pelúcia, dizendo que ela deveria treinar algo novo. Seu objetivo era fazer aquele bicho andar e falar sozinho. Obviamente o desafio foi aceito pela loira.

Na manhã do dia da viagem, um banquete era servido para a garota que devorava tudo o mais rápido possível. Não queria se atrasar. Realmente, não demorava muito e a garota se levantava, pegando seu arco, sua mochila, prendia o urso na mochila e ia até Tenkai, o abraçando forte e se despedindo. Após isso, se despedia da mãe rapidamente e saia correndo de casa, para que não houvesse nenhum problema que a pudesse atrasar, indo imediatamente para o porto.

- Está na hora! Me aguarde, nii-chan. Eu estou chegando pra socar sua cara arrogante!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Qui Out 16, 2014 7:14 pm

Sayuri deixava sua casa bem determinada, indo até o porto onde já estavam indo outros quatro membros do D.B..

Na cidade de Kyoto, uma jovem ruiva estava patrulhando antes que a hora da viagem chegasse...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Ren Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 09/07/2014
Mensagens : 55

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Qui Out 16, 2014 7:27 pm

Dois anos se passaram , e por dois longos anos Ren treinou e se aperfeiçoou sozinha , vez ou outra seu pai ShenShi lhe ajudava no ensino de técnicas e manipulação de aura. Mas Ren não se importava com aura, sabia que deveria utiliza-la , mas nunca dependeu de tal para ser forte. Mesmo sem utilizar sua aura , Ren ainda era muito habilidosa e poderosa. Mas nesses dois anos que se passaram , ela percebeu que deveria utilizar daquele poder se quisesse seguir em frente.
Tinha sonhos perturbadores desde o dia em que matou Eikichi , mas estes sonhos não se relacionavam com a morte do homem, Ren se via em meio a um grande mar vermelho , repleto de corpos mortos, cadáveres humanos mutilados, e seu corpo estava banhado naquele mesmo sangue que cobria o chão. Era como se pudesse ver a sí mesma, seus olhos estavam calmos como os de alguém que passeia no parque numa manhã de domingo.

Quando tinha esse sonho ela passava o dia todo confusa e perdida. Patrulhava as ruas como sempre em busca de algum bandido ou mafioso, existiam poucos naqueles dias pacíficos, mas eram suficientes para Ren amenizar seus problemas. Quando bater nessas pessoas não era suficiente , Ren procurava por Ryouji. O garoto era uma especie de pseudo namorado , Ren se encontrava com ele, conversavam , se beijavam , e quando nada disso era suficiente , Ren ia mais além. Ela não se importava com o que tinha que fazer para parar de pensar sobre aquele assunto que tanto lhe incomodava. Era como uma droga, que quanto mais tentava se livrar , mais era assombrada por ela.

Naquele dia diferente da grande maioria dos outros , Ren passou a noite em casa , mas  de madrugada já havia desaparecido, por volta das 4:30 da manhã, ela acordou , arrumou suas coisas e desapareceu. Também pretendia seguir Lin em sua viagem, o primeiro motivo era que se preocupava demais com sua irmã para deixa-la cometer suicídio sozinha, o segundo era que Ryouji pretendia ir , e o terceiro era que Ren percebera que a unica forma de ficar mais forte era deixando o conforto de Dragonland , e encarando o mundo sujo do lado de fora.

Durante toda a madrugada Ren caminhava pela cidade, perdida em seus pensamentos. Pensava sobre Lin , e sobre aquela ideia maluca , pensava até mesmo em faze-la desistir , mas conhecia muito bem sua irmã , e sabia que mesmo se arrancasse suas pernas e braços ela se arrastaria feito uma minhoca pra dentro daquele barco.

- Garota estúpida... Lá fora não é lugar pra alguém como você..

Seu guarda-chuvas estava aberto sobre sua cabeça, e ela arrastava uma mala com suas coisas , que não eram muitas. Quando a hora chegava Ren caminhava até o porto. Já haviam algumas pessoas lá , mas não se dava o trabalho de falar com ninguém. Ela caminhava até a beirada da plataforma de madeira e encarava o mar como se olhasse pra outro mundo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Qui Out 16, 2014 7:35 pm

Com Ren, faltavam quatro membros para chegar antes da viagem começar. E esses quatro estavam bem próximos um do outro.

Começando na casa de Shen Shi, o café-da-manhã estava sobre a mesa... e já estava até mexido, com quatro pratos já usados, apenas um havia restado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Saito Takeshi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1991
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 68

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Qui Out 16, 2014 11:16 pm

Saito não tinha mania de dormir muito, tanto que, naquele dia, ele dormia tarde e acordava cedo. Ainda com aparência de sonolento, aquilo era normal pra ele. Ele se mantinha em frente a um pequeno altar que tinha em seu quarto, com o intuito de desejar paz, harmonia, e o melhor, em relação a ele, a natureza, e ao universo. Era algo bem simples, e que ele não fazia ideia de como e nem por que fazia aquilo, mas se sentia bem. Ele tomava um banho rápido, e depois se deitava em uma rede, esperando os primeiros da casa acordarem, enquanto se lembrava da noite anterior, onde conversava com Shen enquanto fumava um pouco.


Os assuntos variavam muito, desde sobre o antigo trio Shen, Jin e Tenkai, assim como suas histórias, seus feitos, como aprenderam tais habilidades, o que passaram entre si, etc. Ele acabava cochilando por lá, até que o acordavam pra tomar café da manhã.

H.. hai...

Dizia em tom baixo, coçando o olho, enquanto se sentava na mesa. Ele sabia que seria um dos últimos café da manhã que teria por lá de um bom tempo que ficaria sem.

...

Ele olhava pra o prato, enquanto comia. Assim como o sono, ele não possuía muita fome, ainda estava se acostumando com aquilo, e ficava pensando um pouco, enquanto ficava distraído, desde se ele iria descobrir alguma coisa por lá, até se iria impactar tanto assim nas mudanças do mundo, mesmo que, as maiores partes das mudanças, seria o grupo que iria fazer. Ele tomava o café rapidamente, e em seguia, saia de lá, indo para o local de encontro, o barco em que todo mundo combinava, levando apenas algumas coisas como a própria roupa, o pergaminho que tinha por perto (dentro de uma bolsa), com uma caixa de primeiros socorros, e o bastão de ouro que estava desmaterializado no momento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shen Shi Harzgard
Admin
avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 17/03/1987
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Peixes
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 192

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Qui Out 16, 2014 11:58 pm

Saito agora estava indo em direção de onde estariam os outros membros do Dragão Bonzinho, se preparando para a viagem.

Mas onde estavam afinal as outras pessoas que moravam na casa de Shen Shi? Dois deles estavam afastados da cidade de Kyoto, aos pés de uma grande montanha, um encarando o outro, era um embate antes de irem mesmo para a viagem...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dscrpg.com
Kohaku Akihito

avatar

Sexo : Feminino
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 11/08/2014
Mensagens : 46

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Sex Out 17, 2014 10:11 pm

Existe muito a ser explicado, tanta coisa que ficaria cansativo e complicado para colocar tudo num só post , por isso os acontecimentos vivenciados por Kohaku durante os passados dois anos serão melhor trabalhados ao longo da história, por agora , apenas um pequeno resumo para explicar suas mudanças.

Kohaku aprendeu muito rápido o que ShenShi tinha para lhe ensinar , mas o homem percebeu que ela era diferente dos outros ali, aquela pequena garota tinha saído de um inferno , mas seu coração ainda estava preso lá, e não havia nada que ele pudesse fazer para remediar. Mas ShenShi conhecia uma pessoa, um velho amigo chamado Daisuke Ishiyama , um grande mestre das armas e um homem muito sábio. ShenShi lhe pediu para treinar Kohaku por ele, pois sabia que aquele homem tinha o potencial necessário para curar , ou pelo menos amenizar o terrível problema daquela garota. Ele aceitou , mas quando a viu pessoalmente , ele deixou uma condição, o treinamento seria realizado fora de DragonLand, numa das ilhas a muito esquecidas a Sul do país. ShenShi aceitou , e Kohaku que a principio odiou a ideia de se separar de Dante , acabou sendo convencida por ele a ir , com a promessa de ama-la ainda mais quando voltasse.

Nesta ilha , Kohaku foi submetida não só a treinamentos físicos , como também psicológicos, Daisuke a fazia se lembrar de sua vida , antes mesmo de se tornar uma escrava , ele conseguia recuperar memórias que já estavam seladas dentro da escura e sombria mente da garota, a habilidade daquele homem era algo a se admirar. Mas os primeiros resultados não eram nada agradáveis. Quando se lembrava de seus traumas enquanto escrava , Kohaku ficava agressiva , colocando a vida do próprio Daisuke em perigo, por isso era necessário conte-la sempre que isso acontecia.

A ilha para qual viajaram para treinar, era um lugar muito quente, possuía um vulcão ativo a noroeste , e era na larga beirada desse vulcão que o novo mestre de Kohaku lhe treinava, na maioria das vezes durante as horas em que o Sol mais agredia a pele da garota. Ele a ensinou a se proteger dos raios solares utilizando sua aura do fogo , e também lhe explicou que aquela ilha, aquele vulcão , e a luz do sol , eram todos fatores que aprimoravam e muito seu treinamento com a  aura do fogo.

Daisuke mostrava novos caminhos para Kohaku , percebia a afinidade da garota com espadas longas, por isso se concentrava nesse tipo de armamento. Depois de meses de treinamento Kohaku percebia seus primeiros resultados, ela descobria a habilidade de moldar o metal utilizando sua aura de fogo. Daisuke percebia o potencial daquela técnica e ajudava Kohaku a desenvolve-la. A garota era talentosa , e em pouco tempo já conseguia modificar armas com facilidade. O mestre forjava uma grande espada feita do metal criado a partir da fundição da rocha daquele vulcão, uma arma gigantesca e poderosa, que pesava uma média de 150kg. A principio aquela arma seria usada apenas para treinamento de força e habilidade de forja, já que esta possuía metal em abundancia para ser modificado pela habilidade da garota, mas ela acabou desenvolvendo uma afinidade tão grande com aquela arma , que decidiu utiliza-la sempre.

Ao final dos dois anos  de treinamento físico , mental  e psicológico , Kohaku estava muito diferente. Sua pele estava morena por causa do tempo sobre o sol , seu cabelo estava curto , pois atrapalhava o manuseio de sua arma, seu corpo estava maior e mais forte , agora que se alimentava devidamente e treinava diariamente. A cor de seu cabelo ficou mais clara , o calor e o sol desgastante desbotavam o cabelo da garota. Seus pensamentos estavam mais claros , e as crises já aconteciam com pouca frequência.

Kohaku também descobriu coisas interessantes sobre seu passado , como por exemplo , de onde ela viera. Antes da guerra a família da garota pertencia a uma tribo nômade que habitava os desertos do Sul do novo-mundo , mas durante a guerra foram forçados a migrar para o norte , e então atacados e escravizados por bandidos, que eram comuns naquele tempo, e até então. Toda essa história era parte da teoria criada por Daisuke depois de escutar os relatos das memórias de Kohaku durante as sessões psicológicas.

Ela conseguiu aumentar sua força e sanidade mental de maneiras inimagináveis , assim como criar uma grande afinidade com seu mestre , mas ainda não perdera suas velhas manias , como chamar a si mesma na 3º pessoa
e falar sobre Dante o tempo todo.

Agora voltando ao presente, já haviam dois dias que Kohaku havia voltado para Dragonland , surpreendendo a todos que a viram , poucos conseguiam acreditar que aquela era Kohaku, e durante os últimos dois dias ela não desgrudou de Dante por nada.

E agora não era diferente, Kohaku estava com Dante , mas dessa vez treinava com ele. Estava empolgada ao extremo , e não queria perder uma oportunidade de agarra-lo na primeira chance que tivesse. Isso ainda não havia mudado. As roupas de Kohaku agora eram as mesmas que utilizava em seus treinamentos sobre o Sol , e seu corpo estava coberto de tatuagens para cobrir suas antigas cicatrizes , cicatrizes que queria esquecer.

Em meio a floresta  Kohaku girava sua gigantesca arma sobre a própria cabeça , era impressionante a facilidade com que manuseava algo tão pesado , os giros daquela arma formavam um pequeno redemoinho que balançava as folhas das arvores e a grama ao seu redor. Quando estava pronta para lutar , Kohaku deixava a espada cair bater sua ponta no chão , o peso fazia um buraco pequeno buraco na terra. Ela olhava para Dante , e sorria,  mas seus sorriso estava muito diferente daquele pervertido do passado , estava bonito e , apesar das intenções pervertidas continuarem , talvez não assustasse tanto o garoto.

- Amor! A Kohaku vai te mostrar o quanto ela cresceu!

Aquele comentário poderia ter inúmeros sentidos , um deles era que Kohaku queria mostrar a Dante que havia ficado mais forte , tanto físico quanto mentalmente, o outro , bom o outro eu deixo por conta de vocês.

Sem perder mais tempo Kohaku se lançava ao ataque , ela sabia que não deveria pegar leve com Dante , e queria ver também o quanto ele havia crescido naquele tempo , por isso lutaria usando sua melhor habilidade.
Antes mesmo de chegar muito perto ela girava a espada na horizontal , aparentemente o alcance não seria suficiente , mas a espada tomava a cor de ferro em brasa , e esta aumentava de tamanho, o que antes possuía 1,60m de comprimento e 50cm de largura , e 7cm de espessura , passava a ter 2m de comprimento , 30cm de largura e 5 cm de espessura.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   Sex Out 17, 2014 11:22 pm

Dois anos certamente era bastante tempo, mas foi o tempo em que Dante mais ficou livre, e a causa daquilo era Kohaku ter se afastado para ir treinar com Daisuke. E foi nesse tempo em que ele mais se desenvolveu. Seu primeiro treinamento era focado em sentir o ar em sua volta, e ganhando afinidade com seu elemento ele poderia ampliar e muito o seu sensor de auras.

No tempo vago, o rapaz ficava sempre pesquisando em bibliotecas do Templo Ishiyama, o conhecimento que lá continha era na maioria antigos, de como o mundo era antes, histórias, contos, vegetação, e a localização de vários pontos de referência. Na mente de Dante, fazer isso ajudaria e muito na jornada em que iria com seus amigos, e se um membro tivesse esse conhecimento, os ajudariam bastante em momentos difíceis.

E por último, o outro treinamento dele era realizado com Shen Shi. Um em que suas mãos eram atadas e ele deveria apenas desviar dos golpes, não poderia tentar contra-atacar ou se defender, apenas esquivar. No começo o rapaz apanhava bastante, os golpes de Shen Shi eram tão rápidos que ele não os conseguia acompanhar e para piorar, os reflexos dele não ajudavam muito.

Meses se passavam, e Dante não fazia ideia de como desviar dos golpes de seu mestre, as vezes conseguia na sorte, mas nunca durava por muito tempo. E sempre depois de terminar, o garoto começava uma sessão de meditação intensa, para pensar e pensar no que poderia fazer para desviar dos golpes de seu mestre. Ele era esforçado, queria ficar mais forte para completar seu nobre sonho. Um sonho que dividia com Lei Fong, ajudar a todos os necessitados por mundo a fora, consertar tudo.

Depois de inúmeras sessões de meditação, Dante finalmente chegava a um atalho. Para desviar de Shen Shi deveria prever os movimentos dele, observar tudo, o giro de seus ossos, a direção do golpe, força aplicada. E por ele ser bem sistemático conseguia facilmente tudo isso, e descobria que sua mente para batalhas era ótima, seu mestre já havia percebido isso e era o motivo daquele treinamento, aquela era a resposta e o rapaz finalmente havia descoberto.

Porém, mesmo conseguindo enxergar os golpes de Shen Shi agora, ainda recebia alguns nos quais era impossível de escapar, deveria treinar mais sua velocidade para isso, e seu mestre logo percebeu sobre isso, passando a treinar o reflexo e velocidade de reação de seu discípulo. O atacando por vários momentos durante o dia, a tarde e até mesmo a noite. Ele deveria perceber e se esquivar do ataque que viria, depois de apanhar bastante nos primeiros meses, ele acabou se acostumando, ainda mais depois de um dos ataques que foi bastante... humilhante.

Era o meio de uma noite, Dante dormia por baixo de suas cobertas com calor, e por isso estava somente com a roupa de baixo vestida, mas quando um barulho intenso surgia, se via em meio a vários arbustos e totalmente amarrado, a sua frente, estava seu mestre Shen Shi, só de cueca também, com uma espada de madeira em mãos.

- Pera aí! O QUE TÁ ACONTECENDO AQUI!?

- Seu treinamento não pode parar Dante! DESVIA!!!

- AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHH!!!

Os gritos de Dante poderiam ser ouvidos por metros em sua volta, a cada espadada de madeira que recebia de Shen Shi naquela situação que era hiper-constrangedora. Desde então, o garoto nunca mais dormiu tranquilamente, estava sempre atento a sua volta pelo trauma mesmo enquanto dormia.

Com os conhecimentos que já tinha sobre os pontos vitais, ele agora usava uma arma, uma katana assim como seu mestre usava, e lhe foi ensinado bastante sobre como manuseá-la. Movimentos certos, como se defender, os melhores atalhos sobre várias situações e entre outras coisas. Como Dante era bom para aprender não demorava muito...

Sua evolução era imensa, talvez sua aparência não tenha mudado tanto nesses dois anos, além de ter ficado mais alto e seu corpo bem mais preparado para as situações devidos aos treinamentos constantes. Mas o que mais havia mudado nele era sua mente, sua maneira de pensar. Sempre procurava estar "dois passos" a frente de seu oponente, usando lógicas e mais lógicas para tentar prever o que seu inimigo faria, e várias coisas que o ser humano demonstra inconscientemente durante suas ações o ajudavam bastante nisso. Movimentos dos olhos, feições da boca, números de piscadas e entre vários outros.

E agora, no dia da viagem, estava de frente para a tão mudada Kohaku. Na primeira vez que a havia visto novamente, percebeu que era ela por causa de sua obsessão pelo garoto, fora isso nunca iria descobrir que era aquela garota que fora treinar com Daisuke. E nesses poucos dias que ela havia voltado, uma estranha curiosidade crescia em Dante, será que ela estava mais forte? Será que ele conseguiria derrotá-la?

Esses pensamentos os levavam até ali, no pé de uma montanha, dentro de uma floresta afastada de Kyoto. Os dois estavam frente a frente e era quando Kohaku girava várias vezes sua longa espada, a deixando finalmente cair sobre o chão, assumindo uma posição mais ofensiva. Sua fala atormentava levemente Dante, que decidia retrucar ao ver o lindo sorriso não pervertido que ela esboçava.

- Espero que me surpreenda, eu também cresci bastante!

O primeiro golpe vinha, Dante sabia sua direção, sua força e o alcance, mas um pouco antes de dar um salto para trás, percebia o aumento na lâmina de Kohaku, aquilo o assustava, que habilidade era aquela? Ela não sabia fazer aquilo e então percebia que ela agora tinha cartas na manga, não lutava como a antiga garota aleatória e pervertida que era.

Ao sentir o vento de pressão daquele golpe da garota, o rapaz se impressionava no primeiro instante e em seguida sorria. A pressão foi tão forte que alguns fios de cabelo de Dante caiam enquanto ele agora começava a mostrar o que havia aprendido.

Usando seu novo reflexo, para perceber a mudança de alcance, conseguia se esquivar por pouco daquele golpe, e ao colocar os pés no chão novamente investia contra a garota, de uma maneira tão rápida que seria difícil vê-lo. Dante usava o ar ao seu favor e avançava sem sofrer resistência alguma do mesmo, sua katana estava em suas mãos, e em um tempo de 0,5 segundo depois de colocar seus pés no chão, o golpe do rapaz já estava bem próximo da cintura de Kohaku, ele usava a parte lateral da lâmina, onde não havia corte, para tentar acertá-la, só queria causar uma forte pancada no local.

A força de Dante não era nada comparada a de Kohaku, mas sua precisão em golpes nas partes frágeis de seus oponentes faziam seus golpes doerem bastante, como se sua força fosse imensa quando na verdade não era...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» O Dragão Sonhador (Dorima Ryu)
» Seja um sonhador
» Sangue de Dragão
» Elemento dragão
» Devolução de Moedas Dragão

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Histórias do Novo Mundo :: Ato 1 - "O Dragão Bonzinho"-
Ir para: