Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Miya Makoto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Miya Makoto

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 16/09/1997
Horóscopo chinês : Búfalo
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 30/10/2014
Mensagens : 5

MensagemAssunto: Miya Makoto   Qui Out 30, 2014 6:56 pm

História:


A guerra destrói tudo, até mesmo a mente das pessoas. Isso é um fato que pode ser observado. Correndo desesperada pelas ruas. Era noite, não havia ninguém nas ruas e mesmo que gritasse por socorro, ninguém ia ajudá-la. Como foi parar ali? Como tudo chegou a esse ponto? Ela conhecia seus perseguidores, mas como eles se tornaram nesse tipo de pessoa?

Anos antes de a guerra começar, nasceu uma linda menina chamada Miya Makoto. Seus pais se orgulhavam muito da garota que sempre foi muito esforçada e aprendia tudo muito rápido. Sua família era rica. Foi rodeada de luxo e professores particulares que Miya cresceu. Porém quando fez 15 anos a garota decidiu viver sozinha em um bairro próximo da escola que iria fazer.

O sonho da garota era ser uma grande cientista após terminar seus estudos. Miya estudava sozinha Química e Física avançada. Essa vida era tão boa quanto a que tinha antes. Estudiosa, dedicada e com muitos amigos da escola. Essas eram as principais características da garota.

Não importa o quão inteligente Miya fosse o que chamava mais atenção era sua beleza. Seus cabelos eram loiros, seus olhos azuis e brilhantes como o céu numa noite repleta de estrelas. Suas feições eram delicadas, sempre gentis, leves. A garota andava sempre sorridente. E seu corpo com curvas perfeitamente distribuídas e delicadas. Não faltavam garotos para correr atrás de Miya, elogiando-a sempre. Aquilo de certa forma era incômodo para a garota, mas como sempre havia sido assim durante toda sua vida, ela já não ligava mais, apenas sorria e tentava ser o mais gentil possível com todos.


Dois anos se passavam até que a guerra começou. Foi quando tudo mudou. Miya tentava ignorar aquilo, acreditando realmente que tudo acabaria logo e que nada de mal aconteceria com ela. Ela foi muito inocente.

A guerra destrói tudo, até mesmo a mente das pessoas. E foi isso mesmo que foi acontecendo. Saques começaram a acontecer constantemente. As ruas já não eram mais seguras. As pessoas que tinham medo. Medo de ajudar alguém em apuros e acabar morrendo. Graças a isso as portas das casas estavam sempre trancadas, as luzes apagadas, o medo crescendo e os vandalismos aumentando dia após dia.

Certa noite, Miya estava na casa de uma amiga terminando um trabalho. Quando terminou sabia que tinha que ir para casa. Sua amiga preocupada tentou impedir, mas a loira apenas sorriu, amenizando o perigo e saindo mesmo assim. O caminho até a casa dela era longo e quando já estava no meio do trajeto encontrou um garoto que estudava com ela. Ele estava acompanhado de dois caras enormes. Eles se aproximaram da garota gargalhando. Estavam bêbados? Estavam sob o efeito de drogas? Miya não sabia dizer. O mais novo chegou a puxar a garota.

- Miya... Miya... Miya... hahaha Não sabe como é perigoso andar por ai?

- Eu...eu sei... eu estava indo pra casa, agora me deixem ir!

A garota tentava se soltar e o rapaz segurava-a ainda mais forte.

- Oh oh oh! Não seja assim tão má! Nós só queremos nos divertir um pouco, não é galera!

- Sim! Hahahahahahaha – respondiam os outros dois entre gargalhadas.

- Ótimo, divirtam-se, mas me soltem! Eu quero ir embora! – Tentava se soltar a qualquer custo, mas seus esforços eram em vão. Aquilo já a estava assustando.

- Mas não vai! Você vai divertir todos nós!

- O que? Vocês estão loucos! Deixem-me ir!

- Calada! Hahahaha Eu conheço o seu tipo! Já já vai parar de lutar hahaha

- Me solta! – Gritava a garota e imediatamente recebia uma bofetada no rosto para que ela se calasse. Por que aquilo estava acontecendo com ela? Por que justo com ela? Sem pensar muito a garota mordia o garoto e assim que ele a soltava, a ofendendo de todos os nomes possíveis, a loira já começava a correr pelas ruas gritando por ajuda.

Cada vez que gritava parecia que os perseguidores se sentiam mais animados com a caçada. Gritos, lágrimas caindo sem parar e nada de ajuda. Miya já acreditava que não iria escapar. Era quando tudo mudava. Uma luz. Uma única casa com a luz acesa. Não pensou duas vezes. Correu para bater naquela porta com desespero.

- Por favor! Abre a porta! Me ajuda por favor... eu imploro! Eles estão chegando! Abre a porta...

Obviamente sua voz saia repleta de desespero e podia-se notar que a garota estava chorando incontrolavelmente. Demorava um pouco e um homem abria a porta finalmente. Miya entrava correndo, se sentando num canto ofegante, ainda chorando. Só então olhava para o homem. Ele parecia surpreso com a forma que ela havia entrado.

- Você está bem?

- Tem uns homens... me perseguindo...

O homem olhava para a porta e os dois homens grandes estavam lá. Eles, diferente do mais novo, pareciam apenas querer roubá-la. O outro havia ficado para trás, esperando que os maiores a levassem para ele. O homem ria.

- Então o mundo vai ficar assim, que maravilha! – Assim que falava aquilo, pegava a mão da garota, a puxando, e provocava os perseguidores de Miya.

Enquanto corriam, algumas armadilhas eram ativadas. Não demorava muito para os homens desistirem, muito machucados e irem embora. Só então o homem parava de andar e soltava a mão da garota.

Miya ficava parada. Ela pensava rapidamente no que havia acontecido, secava o rosto e encarava Hikaru com um olhar surpreso.

- Perdeu alguma coisa?

- Você... me salvou...

- É, te salvei. Mas não pen....

- Miya Makoto é o meu nome. É um prazer! – Dizia interrompendo o homem. – Posso saber o seu?

- Hikaru Yamada meu nome... E eu sou um cientista LOUCO! – Respondia após suspirar e então fazia uma pose engraçada, chegando a rir.

Cientista?  Louco? É... ele parecia louco, mas de alguma forma ele era engraçado. Miya acabava rindo baixinho. Depois disso, a garota se sentava num canto e Hikaru começava a contar um pouco sobre ele. Era uma conversa bem longa, mas cada vez mais Miya parecia um pouco mais curiosa para saber mais sobre o homem que a salvou.

- Você parece gostar da minha loucura. Quer ser minha assistente? Já que minha antiga deve ter desistido de mim.

- A...assistente? – Dizia um pouco surpresa.

- Sim! Eu...Hikaru! E você trabalhando comigo!

Miya ficava um pouco pensativa. Trabalhar com um cientista seria um passo para ser uma cientista também e ele havia salvado a vida dela. Ela devia isso a ele. Fora que a curiosidade para saber mais sobre Hikaru também falava alto.

- Tudo bem, eu topo!

E assim, Miya oferecia um lugar para o homem ficar, já que a casa dele estava vazia, tirando alguns experimentos e as armadilhas. Assim, eles começavam a trabalhar juntos, com ele a ensinando e ela aprendendo muito rápido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Miya Makoto
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Curiosidades :: Personagens-
Ir para: