Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Uma Surpresa no Oceano

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Uma Surpresa no Oceano   Sab Nov 01, 2014 10:55 pm

Dois dias se passavam desde o começo da viagem. Era noite, e desde que haviam saído sempre haviam algumas festas durante a noite, mas a daquele dia estava maior, porque desta vez todos decidiram participar, até mesmo os mais introvertidos.

As festas eram sempre feitas pela tripulação de Heikki, e o Dragão Bonzinho participar era opcional. Eles tinham bastante liberdade naquele navio, e todos os piratas da tripulação eram bem diferentes daquelas histórias onde os piratas sempre são ruins, os de Heikki eram bem gentis, e a causa certamente era seu líder.

Aquela festa já havia começado a um tempo, e agora estava por volta das 21 horas. O navio estava com os motores desligados, e as velas estendidas para continuar a seguir seu curso com o vento. Todos os piratas cantavam canções bem antigas e tradicionais de viagens em navios, barris de vinho, rum e água estavam espalhados pelo convés, além de bastante comida(pão, carne e frutas em geral) por algumas mesas que estavam montadas próximas aos barris.


Última edição por Narrador-kun em Dom Nov 02, 2014 8:18 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Sab Nov 01, 2014 11:24 pm

Dante naqueles dois primeiros dias estava sempre procurando o jeito de se afastar de Kohaku, uma vez que como não havia nada para fazer no navio, ela estava mais grudenta do que nunca. Por isso passava o dia fugindo dela.

Nas noites, ele geralmente ficava trancado em seu quarto para que não fosse abusado durante a noite. Tinha medo disso desde quando Kohaku passou a morar na casa de Shen Shi. Mas aquele dia, ele decidiu arriscar, por ouvir de outros piratas que as festas eram ótimas e que ele deveria experimentar...

E lá estava ele, se servindo de tudo, menos do vinho e do rum. Dante não queria beber, ficaria bem só com a água. O rapaz era bem certinho, talvez até no mesmo nível de sua amiga Otohime. Ele era o único do Dragão Bonzinho por ali ainda, e por isso procurava aproveitar o máximo conversando com os tripulantes antes que Kohaku chegasse e então ter que tentar fugir dela por toda a festa.

Podia não parecer por sua expressão facial ser séria a maioria do tempo, mas Dante estava gostando da festa. A música cantada o agradava e a comida era gostosa. Sua voz ao conversar com outros piratas não era monótona, tinha uma certa felicidade sobre ela, chegando a sorrir bastante enquanto conversava e conhecia um pouco sobre a história de cada um. O rapaz gostava de ouvi-las, o ajudava a analisar a situação em que as pessoas se encontravam no mundo a fora e consequentemente ajudaria em seu sonho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kohaku Akihito

avatar

Sexo : Feminino
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 11/08/2014
Mensagens : 46

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Dom Nov 02, 2014 7:53 pm

Ninguém ali sabia , mas Kohaku estava acostumada a viagens marítimas. E também a festas, vez ou outra ela servia nesse tipo de lugar, por isso já não tinha mais enjoos , e sabia se portar numa festa daquele tipo. Apesar disso nenhuma de suas experiências anteriores foi tão agradável quanto aquela. Muito pelo contrário , foram terríveis , assim como a maioria de suas experiencias passadas.

Dante estava melhorando , nos dois dias de viagem Kohaku ainda não conseguiu dormir com ele. Mas isso precisava ser resolvido , de um jeito ou de outro. Ela já sabia que o garoto se trancava em seu quarto a noite , por isso era hora de quebrar as regras e entrar lá.

No meio da noite, imaginado que poderia chamar seu amor para festejar com ela e os outros , Kohaku vestiu suas melhores roupas e saiu correndo do seu quarto. Com o ombro ela transformou a porta do quarto de Dante em pedacinhos de madeira ao tentar derruba-la, um barulho parecido com o som de uma explosão.

- Amoooooooor! Are? Dante?

Nesse momento a ficha caía, será que ele realmente estava na festa, e nem mesmo a chamou pra ir com ele? Claro que não , ele apenas não queria acorda-la , o gentil , lindo , perfeito , forte e inteligente amor de sua vida jamais faria algo que não visasse o bem das outras pessoas.

- Darling...você...por mim...

Sem conseguir mais se segurar ela corria la pra cima , pegava duas canecas enormes e as enchia com a bebida mais forte que existia ali. Ela gritava o nome de Dante enquanto sorria com aquelas canecas na mão , se sentava ao lado dele e lhe entregava uma , dava dois goles na sua e voltava a falar com Dante.

- Vamos amor, noites como estas devem ser aproveitadas...

Ela beijava o pescoço de Dante e terminava sua frase.

- Ao máximo...

Não era a primeira vez que Kohaku bebia, na verdade desde muito nova ela já era forçada a se embriagar para o divertimento de terceiros, mas pelo menos ela sabia que a bebida aumentava a diversão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ryouji Kawano

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 30/11/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Sagitário
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 75

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Dom Nov 02, 2014 8:02 pm

Ryouji sempre estava nas festas. Ele era animado para essas coisas, uma vez que sempre quis saber como era a vida de um pirata. Eles eram livres para fazer o que bem entender, e o rapaz estava agora experimentando dessa liberdade.

Quase sempre estava encima do mastro junto de Tatsuo, e no restante do tempo tentava conversar com Ren sempre. Estava começando uma grande jornada e sua namorada estava junto com ele, não tinha como estar mais perfeito, mesmo que em 80% que tentava se aproximar dela, era atacado pela mesma.

Naquela noite não era diferente, Ryouji estava com uma caneca de rum nas mãos e cantando junto com os outros piratas, sempre com seu sorriso besta no rosto. O rapaz era ótimo em se enturmar por ser extrovertido, diferente de Ren que não havia visto nas festas desde que começaram a viagem. E ao ver Dante com Kohaku, inevitavelmente se lembrava dela e ao ir pegar mais uma caneca de bebida, falava para si mesmo.

- Será que ela vai vir hoje...?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ren Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 09/07/2014
Mensagens : 55

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Dom Nov 02, 2014 9:53 pm

A cabeça de Ren doía muito naquele terceiro dia de viagem, sua situação não parecia nada melhor do que quando estava em DragonLand,  a não ser quando estava próxima a Ryouji. A escuridão estava crescendo dentro da garota, mesmo que ela não percebesse. Claro que desde que começou a "namorar" Ryouji esse problema diminuiu muito. Mas não significa que desapareceu.

Alguma coisa fazia Ren sentir vontade de se socializar aquele dia, sua situação parecia piorar quando estava sozinha, por isso ela se colocava de pé , e saía de seu quarto, caminhava devagar enquanto prendia seu cabelo a maneira que gostava. Não sabia o que faria lá fora , comer talvez , observar os amigos de Lin se divertindo, falar com Ryouji , coisas assim esfriavam sua cabeça, por isso ela não as odiava.

Mas quando subia ao convés , a primeira pessoa que encontrava era Ryouji, se servindo com uma bebida que cheirava a álcool.

- Eu não sei o que é isso , mas anda logo e enche um copo pra mim.

Depois que o garoto enchesse o copo , ela o arrastaria para a mesa mais próxima para se sentarem e o ficaria encarando , esperando que falasse algo para lhe entreter.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Heikki Niemi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 05/08/2007
Horóscopo chinês : Porco
Zodíaco : Leão
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 51

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Dom Nov 02, 2014 10:34 pm

Como capitão do navio, Heikki sempre participava das festas. Procurava conversar com todos seus companheiros e bebia bastante. Mas ao contrário de muita gente, não ficava bêbado tão fácil e algumas vezes terminava as festas ainda sóbrio.

E naquele dia não era nenhum pouco diferente. Bebendo, comendo e se divertindo. Kin estava se embebedando como sempre, e Tatsuo sempre ficava próxima dela para contê-la quando necessário. Yasuhiko ficava bem na dele, se divertindo do próprio jeito e Takafumi estava prestes a colocar seu grande plano em ação.

Geralmente Heikki levava Sayuri com ele para as festas, mas naquela noite ele decidia ir primeiro para ajudar na organização. E quando ela aparecesse, iria até ela como sempre quando via a garota no navio.

Agora, o plano de Takafumi era paquerar todas as garotas que considerava não ter um namorado. No caso, as únicas que ele não daria encima eram Otohime, Sayuri, Kohaku e Ren. Agora, quando Lin ou Airi aparecessem, ele com certeza atiraria suas cantadas, para tentar ganhar a noite.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Airi Nikolaievich

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/12/2014
Horóscopo chinês : Cavalo
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 49

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Seg Nov 03, 2014 8:23 pm

Airi passou as noites mais tranquilas dos últimos anos ali naquele navio. A razão? Não se sabia ao certo , talvez falta da participação de Lin por ali , ou quem sabe o fato de que não tinha muita gente pra querer mata-la logo após um dialogo, e as pessoas que ali habitavam não pareciam tão agressivas.

Sim , apesar de passar a maior parte do tempo no quarto mexendo em seus aparelhos, Airi participou de todas as festas , e em todas conseguia arruinar o clima com seus comentários depressivos e acusadores, mesmo estes sendo cem por cento sinceros. Naquela noite não era diferente , quando percebia que todos se juntavam no convés ela logo seguia caminho até lá , e se juntava ao grupo.
Um dos piratas tentava lhe dar uma cantada, mas incomodava Airi antes mesmo de terminar sua fala.

- Seu hálito fede assim desde que nasceu , ou tá fazendo isso só pra me deixar com nojo? Se for a segunda opção , tenha a certeza de que está funcionando.

E como se não tivesse dito nada demais ela se juntava a uma das mesas e começava a comer e conversar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lin Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 02/08/2014
Mensagens : 63

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Seg Nov 03, 2014 8:34 pm

Dor , sofrimento , morte , eram as pequenas letras que sobrevoavam o "cadáver" de Lin deitada em seu quarto. Já a dois dias vomitando e vendo o mundo dar voltas e mais voltas. Uma cena deprimente de fato, mas tais problemas não afetavam a fome da garota , quando o enjoo melhorava , ela tratava logo de encher a barriga de comida, mas não demorava para voltar , e acabar vomitando tudo de novo.

Naquela noite , ela escutou os barulhos da festa do lado de fora, e o enjoo parecia ter passado , por isso não havia tempo a perder, ela pulava da cama e se atirava na direção da festa , mas era interrompida pela cantada do pirata que procurava uma parceira. Perdendo o equilíbrio por ficar tonta de novo , Lin caía nos braços do rapaz , e por um instante parecia uma donzela nos braços de seu cavalheiro.

- Eu...Eu.....

Mas o sonho não durava muito , seu estomago fazia um barulho estranho e a garota começava a ficar amarela, ela olhava no fundo dos olhos do pirata galanteador e terminava sua frase.

- Eu vou vomitar.....

E assim , estrelinhas , confete , purpurina e várias outras lindas coisas saíam da boca de Lin  direto em cima do pobre garoto que a segurava.
Sem perder mais tempo ela corria até a beirada do barco , e voltava a ficar como uma roupa estendida no varal , desejando nunca ter subido naquele navio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sayuri Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Seg Nov 03, 2014 9:12 pm

Aqueles dois dias pareciam os melhores que Sayuri poderia ter tido. Ela passava quase que o dia todo tagarelando alguma coisa com Heikki, participava das festas, sendo levada pelo pirata em todas elas e para a felicidade da garota, Lin estava tão mal que não enchia o saco de ninguém. Aquele ultimo pensamento era um pouco sádico, algo que parecia ter ganhado da mãe.

Mesmo naquela viagem a garota não havia esquecido da missão que Afrodite havia lhe dado e sempre antes das festas tentava fazer o bicho de pelúcia. Ela nunca teve sucesso até aquele dia. Como Heikki não iria buscá-la, a garota acabou ficando mais tempo ali, tentando e um simples piscar de olhos do bicho de pelúcia já a deixava super animada. Assim que ele piscava, a garota já sentia vontade de festejar e era o que fazia. Se levantava e saia correndo, colocando o tênis enquanto corria.

Assim que chegava à festa, a pequena Ishiyama ia até Heikki, como sempre e chegava a rir um pouco da cena de Lin passando mal em cima de Takafume.

- Isso fez meu dia ficar ainda melhor hahaha - dizia enquanto gargalhava da cena.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otohime Katashi

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 20/04/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Seg Nov 03, 2014 9:23 pm

Quando havia contado sobre a viagem para Amaya, esta a havia dado algumas ervas, para que o balanço do navio não a afetasse. A garota passou dois dias tentando fazer Lin beber um chá feito daquelas ervas, mas ela nunca conseguia por acabar tropeçando em algum degrau que não havia visto e que julgava ter surgido do nada.

A garota sempre foi gentil e também nesses dois dias ela acabava indo às festas, não para beber, até porque Otohime não bebia, era contra os princípios dela beber. Ela ia às festas para não fazer desfeita com seus anfitriões. Sempre que ia, acabava levando Taikun com ela, mas naquela noite, a garota acabava indo antes, para ver se alguém precisava de alguma ajuda. Também tentava levar o chá, para caso Lin estivesse lá.

Assim que chegava pegava água e se sentava em uma das mesas, mas quando via Lin passando mal, a garota ia correndo até a amiga, só que dessa vez tomava mais cuidado.

- Lin... toma isso, vai aliviar seu enjoo - dizia assim que Lin voltava a parecer uma roupa pendurada no varal. - É meio amargo e um pouco ruim, mas vai ver que vai aliviar e muito esse seu enjoo. - concluia o que dizia, sempre de forma gentil e calma.

Assim que Lin bebesse o chá, Otohime iria atrás de Takafume, entregando um lenço para ele se limpar.

- Sinto muito, ela não quis ser rude, apenas a maresia não faz muito bem para ela. - Após dizer aquilo, iria voltar para sua mesa, ficando sempre de olho em Lin para ter certeza que ela estaria melhor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Taikun Tsukushi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 04/10/1993
Horóscopo chinês : Galo
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 62

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Ter Nov 04, 2014 12:47 am

•● Naqueles dois primeiros dias, Taikun era bem pontual. De acordo com os treinamentos e costumes que tinha quando treinava com sua irmã Lucy, ele acordava em média 05:30 da manhã, preparava e tomava seu próprio café reforçado, depois subia para o convés do navio, e fazia uma série de abdominais, flexões, entre outros exercícios, inclusive meditação [ᕙ(⇀‸↼‶)ᕗ]. Isso durava por pelo menos 4 horas, ou seja: às 09:30 ele terminava tudo isso, e passava o resto do dia em uma rede, que montava entre dois pilares do navio. À noite, ele acompanhava Otohime nas festas, obviamente com outra roupa, mais elegante, e justamente para estar "impecável" com ela. ●•


•● De treinamento, às vezes ele também tentava utilizar um pouco do seu poder, de criar e controlar o fogo, para estar sempre à ativa, assim como também dedicava alguns minutos para tentar fazer alguma coisa com a água do mar, igual seu pai fazia, assim como contava suas histórias, mas infelizmente nada acontecia, mas ele não se desanimava. ●•

•● Naquele terceiro dia, Taikun havia cochilado um pouco em seu quarto, e acordava facilmente com alguns barulhos vindo de lá de cima. Ele estranhava, e começava a se levantar. ●•



Poxa.. que sono... (@﹏@)

•● Ele coçava a cabeça, e nesse exato momento, ele sentia alguma coisa descer pelo seu cabelo. ●•

Are.. ? ( ͡- ͜ʖ ͡-).

•● Era uma calcinha, que, apesar de tudo, ele acabava idolatrando-a como se fosse alguma coisa muito importante em sua vida. ●•

My precious!! ( ͡O ͜ʖ ͡O).



•● E em um certo momento, Ifrit falava com ele. ●•

Já parou pra pensar que você poderia estar bêbado e você acabou usando isso noite passada? (눈‸눈‶).

•● Taikun congelava na hora. ●•

Er... eu!??! nem pensar!! De onde você tirou isso!? Sai pra lá! Você não sabe o que é o doce e suave cheiro feminino (๑✧◡✧๑).

Sei muito bem, pois sou os seus olhos enquanto está dormindo ou alterado ╭∩╮(︶︿︶)╭∩╮.

Er.. ei! Se você contar isso pra alguém, eu vou te mandar pro inferno!! (ಥ﹏ಥ).

Hahahaha! Você caiu mesmo, era só uma brincadeira, seu paspalho, agora guarde isso antes que estranhem essa sua atitude idiota (ᐛ).

Daijoubu (¬_¬").

•● Em pouco tempo, ele se arrumava, subindo ao convés, dando uma espécie de rasteira à frente, e gritando. ●•

LET'S ROCK, BABY!! \m/(✧◡✧)\m/.



•● Isso, era o planejado. Taikun chegava dando uma rasteira, mas um pedaço da madeira se quebrava, e uma farpa entrava no dedo dele. ●•

AAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHH!!! (╥﹏╥).

•● Um grito emergia, enquanto ele pulava com um pé só, enquanto o outro ficava com as mãos sobre o dedinho com a farpa. Seus olhos ficavam grandes, e lacrimejando, enquanto ficava com a língua pra fora em desespero. Não durava alguns segundos, já que Ifrit queimava a farpa e o pé dele junto só pra ele aprender. ●•

Podia ser mais gentil.. ლ(ಠ益ಠლ) .

E você podia ser menos idiota.. (ノಠ益ಠ)ノ彡┻━┻ .

•● Em pouco tempo, ele se retomava, e começava a ver, uma festa de bebida. Chegava a ser tão emocionante que ele acabava lacrimejando de novo, mas dessa vez, de alegria. ●•

Cara.. isso.. é.. tão lindo... (╥﹏╥)



•● E assim, ele já ia se servindo, com a primeira caneca de rum, e sem querer pagar de machão, mas por gostar "mesmo" de competições, ele acabava propondo um para todos por lá. ●•



MINNA-SAN!!! Eu proponho à todos uma competição de braço de ferro, e a cada derrota, terá que tomar uma caneca inteira de rum!! ᕦ(ò_óˇ)ᕤ.

•● Ele gritava, com a esperança de ser ouvido, enquanto tomava pelo menos 2 goles de rum para poder se animar. ●•

Não exagere, energúmeno.

Ow ow ow, xiu ae, me deixe em paz, falou?.

•● Dizia em tom baixo, para Ifrit. ●•
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saito Takeshi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1991
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 68

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Ter Nov 04, 2014 1:06 am

Os dias se passavam, e Saito ainda procurava se aproveitar bem dele, apesar de não se comunicar tanto com as pessoas. Por costume de dormir pouco, e não ter muita necessidade, ele ficava acordado até mais tarde, aonde a lua fazia a maré ficar mais alta, apesar do mar permanecer calmo. Ele aproveitava bem as noites para beber vinho e água apenas, e quando a maioria já havia ido dormir, ele treinava um pouco do que havia aprendido, para controlar a água. Não era preciso, e nem perfeito, mas ele se dedicava. Depois de dormir, ele acordava 7 horas da manhã, e, mesmo vendo Taikun estar disposto, ele ficava sentado na beirada do barco, observando o horizonte, enquanto pensava um pouco. Algumas vezes ele ainda passava sobre o motor do navio para observar a movimentação, parecia ter gostado daquele lugar e de como era tratado por Kin, apesar de estar disposto a aprender o quanto podia.

Assim como Taikun, Saito também meditava bastante, muito mais que Taikun, porque era necessário, usava tanto para a calma, para seu estado, e para treinamento que fazia com a água, antes disso.

No terceiro dia, Saito estava do lado de fora enquanto começava a escurecer. Ele chegava a ajudar tanto a desligar o motor, abrir as velas, como também a preparar a festa, com pequenas coisas, como a iluminação. Ao final daquilo, ele pegava uma taça de vinho, agradecendo a eles, e se afastando um pouco, bebendo em um cantinho enquanto observava o mar. De alguma maneira, aquilo havia virado um costume que gostava, e estava se re-habituando a levar adiante, enquanto ouvia várias histórias pelos dias passados, sobre marés furiosas, monstros e até guerras entre outros navios. Aquilo o fascinava, de alguma maneira, e Taikun até ouvia também, mas infelizmente não prestava tanta atenção em algumas histórias. Isso era o que se passava em sua mente enquanto tomava alguns goles do vinho, até ouvir o que Taikun falava, mas não dando tanta atenção, sendo que na verdade, já estava achando que estava muito barulhento para ele, só o fato de ter muita paciência, fazia com que ele aceitasse tudo aquilo de forma natural.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dante Campanaro

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 16/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 77

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Ter Nov 04, 2014 1:46 pm

Dante estava conversando com os piratas, tranquilamente, mas quando ouvia o barulho da porta de seu quarto se destruindo, sentia um calafrio. Algo estava para acontecer. Seu comportamento durante as conversas já ficava mais nervoso, estando preocupado com uma coisa além da conversa, e lá estava sua preocupação. Kohaku.

O rapaz de fato pensava em fugir, mas aquilo poderia prejudicar a festa e a diversão de todos, então naquela noite ele era preso novamente por Kohaku sem ter escolha alguma. Uma caneca de rum lhe era dada, e como ele não bebia ficava apenas a segurando, enquanto tentava sorrir para que tudo aquilo parecesse o mais normal possível. A garota estava ao seu lado, bebendo, e quando voltava a falar com ele, um ataque, um beijo em seu pescoço, o fazia sentir um arrepio e tanto, o deixando de olhos fechados.

- E-Eu não acho que deveríamos beber... haha! Por que não fazemos outra coisa? Como ficar assim e observar toda a festa, quietos?

Dante só queria uma desculpa para que eles não atrapalhassem, e também para não beber. Assim como Otohime, aquilo ia contra seus princípios, ele era certinho demais. E para impedir Kohaku de ficar bêbada, pelos seus pensamento aquilo não daria muito certo, julgando o modo como a garota agia, mas como não tinha força para isso tentava o caminho das palavras, a tentando conversar racionalmente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kohaku Akihito

avatar

Sexo : Feminino
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 11/08/2014
Mensagens : 46

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Qua Nov 05, 2014 9:26 pm

Depois de já alguns goles Kohaku começava a ficar animada. Sua tolerância a álcool não era das melhores , por isso não precisava de muito para ficar bêbada. Mas sua personalidade não mudava muito , afinal ela parecia bêbada 24h por dia.

- Observar é chato amor! Vamos fazer a nossa festa!

Ela se atirava em cima de Dante enquanto esvaziava mais uma caneca de rum, e logo em seguida bebia também a de Dante, e ficava constantemente tentando beija-lo. Seu olhar estava mais pervertido do que nunca , e bastaria uma brecha para que ela abusasse de Dante ali no meio da festa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ryouji Kawano

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 30/11/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Sagitário
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 75

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Qua Nov 05, 2014 10:46 pm

Ren pedia bebida, e pensando não ser nada demais, Ryouji enchia uma caneca para ela. Estava realmente feliz por ela estar na festa naquela noite, gostava de estar com sua namorada. Porém, assim que enchia a caneca, ela o puxava para uma mesa e ficava o encarando.

Ryouji olhava para ela também, e depois de um tempo a observando, finalmente entendia que ela queria que ele a entretesse de alguma forma. O garoto ficava com um sorriso meio sem graça na frente dela, uma vez que ele não tinha nada em mente, ela estava o encarando de uma forma que ele não conseguia pensar direito no que falar, não dava para ser ele mesmo diante tanta pressão.

- A noite... está linda não é?

Ele ria nervosamente... e depois já falava outra coisa direcionada a ela.

- Seu cabelo. Esse penteado. Ficou muito bom em você!

E novamente, caso aquilo não adiantasse, ele falaria uma outra coisa, um outro assunto bem normal.

- O que está achando da viagem?

Eram perguntas e elogios muito clichés para uma conversa entre amantes. Mas Ryouji diante daquele olhar dela só conseguia pensar nisso, sempre sorrindo de uma forma nervosa. Ren encarando era quase o mesmo que ameaçando, e mesmo a amando, ele tinha um pouco de medo dela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ren Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 09/07/2014
Mensagens : 55

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Qui Nov 06, 2014 10:54 pm

Era a primeira vez que Ren bebia alcool em sua vida, e apesar de todo o conceito de moral ser contra aquilo , pouco lhe importava. Dizem que beber te ajuda esquecer seus problemas. Não era exatamente o que ela procurava , mas se algo conseguisse fazer com que parasse de pensar nas consequências de suas ações passadas era muito bem vindo.

Ryouji , leal como sempre, trazia sim os copos de rum , e tentava entretê-la. Ren se perguntava "por que esse garoto é tão leal a mim? Não tem orgulho próprio?" Ren era orgulhosa , e por isso não conseguia entender como Ryouji conseguia ser tratado daquela forma. Mas em algum lugar ela gostava daquilo , não de trata-lo mal , mas de ver sua dedicação para com ela. Ver aquele brilho intenso e alegre em seus olhos acalmava a cabeça perturbada de Ren.

Para cada pergunta , uma resposta simples e direta era dada.

"A noite está linda não é?"

- Sim.

"Seu cabelo. Esse penteado. Ficou muito bom em você"

- Obrigada.

"O que está achando da viagem?"

- Entediante.

Ela começava a beber daquele liquido que nunca vira antes , sentia sua garganta arder e um gosto terrivelmente forte. Era horrível , mas ao mesmo tempo era bom, por isso ela continuava. E pouco a pouco começava a se sentir estranha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Heikki Niemi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 05/08/2007
Horóscopo chinês : Porco
Zodíaco : Leão
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Qantuum
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 51

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Sex Nov 07, 2014 9:55 pm

Takafumi tentava uma vez, com Airi. Uma cantada e um fora bastante direto e doloroso. E quando Lin chegava, parecia dar certo, mas de repente ela começava a mudar de cor sem parar, e assustado, perguntava:

- Tudo b...

Mas antes de terminar, o vômito dela ia direto em seu rosto, o sujando bastante. Takafumi ficava parado exatamente na mesma posição em que estava, olhando para o nada por um tempo. Aquilo foi demais para ele, e ele estava perdido, tentando entender o que tinha acontecido e até mesmo, se segurando para não se deprimir. O que se tornava inútil quando Otohime chegava e lhe entregava o lenço.

Ele se limpava, em silêncio, e quando terminava, já desabafa em toda sua depressão e infelicidade. Ficando agachado enquanto lágrimas solitárias saiam de seu rosto, e com o dedo indicador, ficava riscando o chão.

- Pior festa...

Era tudo o que dizia, e passava o resto da festa daquele jeito, chateado e sem vontade alguma de se divertir. Por outro lado, quando Heikki avistava Sayuri e a garota chegava bem perto dele, o pirata sorria para a mesma.

- Então Sayuri-chan! Aceita passa a noite ao meu lado em meio a toda essa bebida e comida?

Heikki era sempre assim com Sayuri, a tratando como uma princesa, e sendo seu cavalheiro. Como sempre, estava se divertindo bastante na festa, ainda mais com a garota a bordo agora, os tripulantes nunca viram seu capitão tão cheio de vida assim desde quando a crise aconteceu. E esses tripulante por sua vez, ao ouvirem a proposta de Taikun, ficaram animados e foram desafiá-lo.

Todos perderam para ele na queda de braço, ele era muito forte. Uma força desumana. Alguns até tentaram mais de uma vez, inutilmente, ele parecia invencível. Então aos poucos, os tripulantes desistiam de enfrentá-lo, apenas os mais orgulhosos permaneciam.

Kin, que estava bêbada, ao ver Saito longe de toda a festa, apenas a observando, resolvia ir até ele, enganando seu marido e escapando de seu alcance por um tempo, uma vez que Tatsuo estava sempre de olho nela para que a mulher não fizesse besteira. Ao chegar próxima do garoto, Kin o abraçava pelo pescoço e olhava para festa junto com ele, começando a conversar em um tom bem bêbado com ele:

- Saito-kun! -hic- Por que não se junta a festa? Tá todo mundo se divertindo! -hic- Desse jeito nunca vai arrumar ninguém!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Airi Nikolaievich

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 25/12/2014
Horóscopo chinês : Cavalo
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 49

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Sex Nov 07, 2014 10:54 pm

Corpo humano, ligações ósseas e nervosas, cartilagem , músculos, é conhecimento necessário para trabalhar com máquinas e criar membros artificiais ou mesmo pequenos acessórios embutidos ao corpo, e era nessas teorias que Airi estava dedicando os últimos meses 2 meses de sua vida.

Ela aprendeu que a movimentação do corpo depende de pequenas cargas elétricas. Contração e descontração de músculos e tendões. Mas também aprendeu por curiosidade que existem lugares especiais no corpo de todo ser vivo , lugares que se pressionados , perfurados , ou cortados, podem levar a morte, ou causar todo tipo de reação estranha. Tentava replicar isso artificialmente quando trabalhava com exoesqueleto mecânico , mas nunca teve a chance de testar a própria teoria em seres humanos. Pelo menos não até agora. Uma chance perfeita aparecia , Taikun estava desafiando todos naquela festa para uma "queda-de-braço", Airi viu nisso uma ótima oportunidade de testar.

Tendo decorado a maioria desses pontos , Airi se entregava ao desafio , sentando logo de frente a Taikun, que parecia tão confiante.

- Serei sua adversária, isso é se não estiver com medo.

Julgando que ele aceitaria o desafio , e até mesmo pegaria leve com Airi sabendo que suas capacidades físicas eram muito limitadas, Airi começaria o teste. Quando segurava a mão de Taikun para o inicio da disputa Airi esboçava um pequeno sorriso e falava.

- Andei lendo muitos livros ultimamente. Não é engraçado?  Você aprende todo tipo de coisa estranha quando tenta passar o tempo. Por exemplo...

A partida estava prestes a começar mas pouco antes Airi ainda falava.

- Já viu o que acontece quando se pressiona esse ponto na mão de uma pessoa?

O round começava no exato momento que Airi colocava seu dedo pouco acima do dedão de Taikun e pressionava com sua unha para acertar exatamente o pequeno lugar do qual estava falando. Naquele momento , Taikun sentiria seu braço se mover sozinho, sendo arremessado pro lado oposto da mesa , como um espasmo nervoso, ou contração muscular involuntária, nem mesmo perceberia o que estava acontecendo. Julgando que funcionasse Airi apenas acompanharia o movimento do braço dele , vencendo a disputa. E a ciência mais uma vez triunfaria sofre a força bruta.

- Como esperado.. livros não mentem.

Airi se levantaria e voltaria até onde estava anteriormente , mas antes faria um pequeno comentário bem ao seu estilo.

- Não vou perder meu tempo tentando explicar isso pra um bando de macacos..

Não deveria chamar assim tanta atenção , já que seus amigos já estavam acostumados ao seu jeito de ser , mas era diferente com as pessoas da tripulação , que provavelmente já queriam jogar ela pra fora daquele navio aquela altura da viagem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lin Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 02/08/2014
Mensagens : 63

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Sex Nov 07, 2014 11:08 pm

Desolada em sua tristeza , e na tristeza de seu pobre estomago , Lin continuava esticada como uma roupa no varal , até que Hime , sua salvadora , sua heroína se aproximava.

- Hime-chan eu... BHLEEEE *arcoirisestrelinhascoração*

Lin mal conseguia terminar a frase , mas conseguia entender o que Hime tinha a dizer , era remédio para sua angustia. A garota se levantava tremendo, magra como uma múmia , estava vomitando todos os nutrientes de seu pobre corpo.

- Obriga...obrigada...

Ela bebia , era horrível mas isso já não importava mais, aquele enjoo só precisava ir embora, e talvez aquele remédio fosse sua salvação, a pobre garota saía se rastejando até seu quarto la embaixo , esperando que por algum milagre aquele remédio salvasse sua vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sayuri Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Sex Nov 07, 2014 11:21 pm

- como se eu fosse recusar comida né?

Sayuri ria um pouco. Somente a palavra comida já fazia seu estômago reclamar de fome. Segurava o braço de Heikki e o puxava para perto das comidas, começando a devorar tudo o que via na frente. Como sempre, a garota parecia nunca ter visto comida na frente do jeito que comia.

A felicidade parecia completa até que via Otohime ajudar Lin. Sayuri não gostava nem um pouco, desviando o olhar.

- Ela não muda mesmo...

Resmungava, voltando a comer sem parar. Em alguns momentos ela parava de comer e oferecia comida para Heikki, a única pessoa do universo que já conseguiu dividir alguma comida com ela. Quando não estava tentando fazer Heikki também comer, Sayuri tagarelava alguma bobagem sem sentido algum ou perguntava das comidas dos lugares que o pirata já havia visitado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Otohime Katashi

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 20/04/2011
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Áries
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Sex Nov 07, 2014 11:33 pm

Lin, após beber o chá, ia para o quarto. O rapaz que estava tentando se aproximar da amiga, havia ficado deprimido. Otohime suspirava pensativa. Era quando Taikun aparecia e fazia um desafio para todos.

- Ai ai... isso não vai prestar haha

Se levantava de onde estava, passando por Dante e Kohaku.

- Dante, vá para um quarto com ela... pelo amor dos Deuses né! Hahaha

A garota sabia a verdade sobre o que Dante sentia e principalmente, sabia que era Kohaku quem se aproveitava de Dante a esse ponto, mas ela não cansava de brincar com o rapaz, dando algumas advertências em tom de brincadeira sempre que Kohaku estava em cima dele. Por fim chegava até ao local do desafio de braço de ferro. A determinação da tripulação do navio era impressionante, mas assim que Airi surgia, aceitando o desafio, Otohime chegava a rir.

- Vamos lá Airi! Eu estou torcendo por ti.

E assim que falava aquilo, Airi já ganhava de Taikun, usando uma tática totalmente contra as regras de braço de ferro. Obviamente Otohime não iria dizer nada sobre aquilo e entendia perfeitamente o que acontecia, começando a rir um pouco alto.

- Como assim Taikun? hahahahaha... Achei que você era o fortão do navio, mas perder um braço de ferro assim?! hahahaha

Apesar de zombar um pouco do rapaz, a garota não demorava muito para deixar pra lá. Pouco antes de Taikun beber, a garota acabava roubando um selinho dele.

- Tudo bem... Nada que um treinamento não resolva né?

Sorria agora gentilmente, porém não gostava muito do fato do namorado chegar a beber já que era contra seus princípios. Apesar disso, acabava se sentando no colo de Taikun como fazia na maioria das festas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Taikun Tsukushi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 04/10/1993
Horóscopo chinês : Galo
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 62

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Dom Nov 09, 2014 9:25 am

•● Da noite para o dia, Taikun acabava virando praticamente o "centro das atenções" por lá, apesar de ter sido algo estúpido que havia combinado, ele acabava gostando, e nem reparando que havia recebido tanta atenção. Aqueles olhares contentes de desafio, o animavam cada vez mais. ●•

É ISSO AI!!.

•● Ele dizia confiante, enquanto arrumava duas cadeiras, uma mesa, uma luz ao alto, e canecas de rum para os perdedores. Um, dois, três, por diante, os tripulantes perdiam, mas ele ainda reconhecia a força deles, e às vezes até dava dicas, parecendo algo como um "good guy", apesar de que acabavam chamando-o de Senpai ou de Aniki. ●•

Não é nada gente, que isso, hahahaha...

•● Ele acabava rindo sem saber o que fazer, com uma das mãos por trás da cabeça, até que um oponente aparecia, e ele estranhava: Aquela garota que parecia ser a mais séria do grupo, com um olhar que parecia reprovar até mesmo o mais gênio a até o mais forte do mundo, aquela onde agradar, podia ser uma opção, mas nunca seria reconhecido, aquela pessoa no qual você teria medo de apenas perguntar que horas eram, ela: Airi-chan, ou deveria chamá-la de Airi-sama? Nem mesmo Taikun sabia. ●•

Aaa... Airi.. ? Bem.. tudo bem...

•● E assim, eles começavam. Taikun mantinha uma força aonde acreditava não surtir tanto efeito como fosse parecer com ela, mas por incrível que pareça, o braço dele travava. Em desespero, ele começava a tentar mexer, mas não conseguia, e ainda à tempo, ele quase se levantava da cadeira, fazendo seu braço começar a entrar no estado demoníaco, mas era tarde demais: Seu braço encostava na mesa, e todo aquele orgulho e felicidade, se transformava em um momento dramático, triste e rancoroso na sua vida. ●•

Por que... por.. quê!??!?! aaaaaaaaaaaaaa (╥﹏╥).

•● Taikun caía em prantos. Ele encostava o rosto sobre a mesa, enquanto parecia querer formar um lago dentro do barco, de tantas lágrimas, enquanto todos ficavam rindo da cara dele, e alguns ainda tentavam o consolar, mas um deles ainda dizia. ●•

-Tai-san, o rum, falta tomá-lo.

Ah... é mesmo...

•● Seu rosto estava pálido, a boca seca, e os olhos esbranquiçados, como um morto vivo. Aquela derrota o havia feito sentir como se uma lança de um gigante tivesse o empalado e colocado para virar atração em uma cidade grande. ●•



Onde foi.. que eu errei.. ლ(ಥ﹏ಥლ) .

Alguma técnica de paralisia...

O que?.

•● Dizia em tom baixo, saindo em passos molengas, já que tinha que dar lugar à novos competidores, e já não tinha mais como ligar pra aqueles deboches, ele teria que aceitar aquilo pelo resto da vida, assim como a tortada na cara, entre muitos outros. ●•

Não foi força, foi técnica, ela imobilizou seu braço, em algum músculo, e assim ela venceu, foi o que eu consegui perceber.

•● Ifrit não mentia, o máximo que ele fazia era zuar da cara de Taikun, nada além disso, mas como não possuía muitos detalhes, ele falava apenas o que notava. ●•

Então os boatos não mentem...

•● Ele se referenciava sobre Airi saber de muita coisa, o que virava uma decepção à ele. Ele ia tomar alguns goles, ainda de pé, mas primeiramente ele ia preferindo se sentar em outro lugar para ficar mais à vontade de poder tomar tudo aquilo sem se sentir bêbado ou alterado com tanta facilidade, ou demonstrar estar ficando, aquela humilhação seria pior se ele ainda quisesse revanche, muito mais bêbado. ●•

Então... é isso...

•● Indo até um lugar onde encontrava, surgia nada mais nada menos que Otohime, dando-lhe um selinho e o guiando para um lugar melhor. ●•

Ei.. espera.. você.. não viu aquilo, viu?.

•● Suspirava, dizendo em tom baixo, já que estava desanimado com aquilo, e só com aquele momento íntimo com ela, o desânimo pelo menos passava. Taikun não percebia "quem" acabava rindo da cara dele, eram tantos que ele não fazia questão de contar, justamente por preguiça. ●•

Eu.. não deveria ter feito esse desafio.. eu estraguei tudo.. (ಥ﹏ಥ).

•● E assim, o drama continuava. Ele ia se sentando em um lugar mais tranquilo, abraçava-a com um braço, enquanto ao outro, segurava a caneca de rum, que acabava tomando alguns goles. Taikun até que era resistente ao álcool, mas pelo fato de estar mal com a sua derrota e estar com ela por perto, ele tomava um pouco menos, ainda ficando sóbrio, tranquilamente. ●•
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Saito Takeshi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 25/12/1991
Horóscopo chinês : Cabra
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Desconhecido
Tendência : Leal - Neutro
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 68

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Dom Nov 09, 2014 9:34 am

Saito ficava observando tudo, de longe, pra algumas coisas, onde todos chegavam a rir, ele chegava a abrir um pequeno sorriso, como um riso, mas para ele, aquilo era mais natural, nem forçado era, o que fazia o se sentir mais confortável e sincero, até o momento em que Kin surgia, indo falar com ele.

- Saito-kun! -hic- Por que não se junta a festa? Tá todo mundo se divertindo! -hic- Desse jeito nunca vai arrumar ninguém!

Antes de responder, ele pensava: "Por acaso, eu realmente preciso de alguém 'mesmo'? isso não faz muito sentido... mas parece estranho.. será que eu sinto alguma atração, sexual ou não?"; Aquilo acabava parecendo estranho, até mesmo pra ele

Ah, er.. eu.. estou acostumado, assim, sabe.. ? eu me divirto, ouvindo e vendo o mar.. haha.

Saito não podia negar, que ele acabava sendo o "hipster chato sem graça de toda festa, que geralmente tem que ter". Ele não deixava de notar mas também não retirava o braço dela do pescoço, apenas ficava sem jeito, olhando pra a própria caneca, e tomando cada vez mais. Seu metabolismo era muito grande à bebida, mesmo que ele não gostasse das mais fortes, vinho para ele, era o que mais ficava à gosto, quase que um suco de uva.

Você.. está bem mesmo.. Kin-sama?.

Acabava chamando-a assim, justamente por ela ter ensinado algumas coisas para ele.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ren Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 09/07/2014
Mensagens : 55

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Dom Nov 09, 2014 12:12 pm

Um, dois, três copos , eram o suficiente , Ren não era mais ela mesma , a bebida causou o efeito contrário, tentando esquecer suas emoções e pensamentos ruins , Ren acabava se tornando extremamente emocional , e tudo o que sentia estava agora indo pra fora.
Sentada e batendo o copo contra a mesa , ela reclamava com Ryouji berrava e gritava , e chorava como um bebê.

- NINGUÉM LIGA PRA MIM....TODO MUNDO AMA MAIS A LIN  DO QUE EU!!!! VOCÊ TAMBÉM RYOUJI SEU TRAIDOR! BUAAAAH

Abafando o choro em seus braços debruçados sobre a mesa por um tempo , até que retomava  o folego e voltava a berrar.

- VOCÊ SÓ QUER FICAR COMIGO POR QUE EU SOU PARECIDA COM AQUELA IDIOTA DA MINHA IRMÃ!! E ME DA AQUI ESSA GARRAFA!

Ela bebia direto do bico da garrafa, depois de uns três goles , ela limpava a boca e continuava.

- SAI DE PERTO DE MIM! EU SEI QUE VOCÊ TEM MEDO DE MIM POR QUE EU SOU VIOLENTA! MAS EU SOU UMA GAROTA TAMBÉM SABIA?! MESMO QUE TODO MUNDO ME VEJA COMO UMA DELINQUENTE MALUCA!

E os berros não acabavam mais , coisas que nunca sentiu antes e reações que normalmente nunca teria, aquela visão poderia ser até mesmo bizarra pra muita gente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ryouji Kawano

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 30/11/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Sagitário
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 75

MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   Dom Nov 09, 2014 12:38 pm

Ryouji estava bebendo também, mas de uma forma bem mais moderada que Ren. Que estava se acabando na bebida entediada. O rapaz não havia conseguido entretê-la e ainda estava nervoso com aquele olhar sufocante que ela usava para encará-lo. O silêncio reinava na mesa até que sua namorada ficava alterada com a bebida.

Ao ouvir o choro de Ren, Ryouji se assustava muito, quase deixando sua caneca cair de sua mão trêmula dada a pressão anterior, e dali em diante ficava a escutar tudo o que a garota dizia, entregando a garrafa quando ela pedia, e estando surpreso ao ver aquele lado dela.

- R-Ren...?

Até então, Ryouji pensava ser o único lado que amava na relação, uma vez que Ren era sempre tão misteriosa, e por ela ser assustadora, o rapaz nunca teve coragem de perguntar. Agora, dada a situação atual dela, ele ficava bem feliz, sabendo que Ren tinha aquele lado e provavelmente ela o escondia de todos por algum motivo.

No fim das falas de Ren, Ryouji deixava a caneca sobre a mesa, e começava a sorrir, levando suas mãos até as dela, as deixando por cima e olhando bem nos olhos dela. Devia responder àquelas dúvidas da garota:

- Ren... foi exatamente por você ser violenta que me apaixonei por você. Delinquentes são as melhores! E você é única pra mim. Você é a minha delinquente maluca.


Última edição por Ryouji em Dom Nov 09, 2014 1:39 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Uma Surpresa no Oceano   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Uma Surpresa no Oceano
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Uma Surpresa no Oceano
» Mistério do 707 sumido no Oceano Pacífico
» [FSX] Uma surpresa em Geneve - MyTraffic 5.2ainda
» Evolve é a capa surpresa da Game Informer
» FS2004 Voo surpresa

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Histórias do Novo Mundo :: Ato 2 - "Shadowrealm"-
Ir para: