Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 The Bridge of the Frostwatch

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ygros Frostwatch

avatar

Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 14/12/2014
Mensagens : 19

MensagemAssunto: The Bridge of the Frostwatch   Sex Jan 02, 2015 1:39 pm

- Pai ! Pai ! Nos conte uma história !

- Sim ! Como aquelas que o Tio contava quando estava no exército do Rei !

Os irmãos, um de sete e outro de cinco anos, com dentes tortos e cabelos louros e bagunçados, pulavam em suas camas de tronco talhado com colchao de palha, pedindo ao pai, um lenhador experiente de muitos invernos, para lhes contar uma história para que pudessem dormir.

- Bom... vocês se comportaram bem hoje nos campos, então ei de contar-lhes algum conto. - Puxava um pequeno banco rústico e se sentava. Olhava para a janela a por algum tempo, admirando a neve. Por fim, se virava. - Já contei-lhes sobre a lenda de Ygros Frostwatch?

- Frostwatch? Como... a ponte que passamos para ir para a capital? - Indagava o filho mais velho.

- Hahaha, sim meu menino. Mas aquela ponte antes tinha outro nome, ja esquecido com certeza. Mas agora, silêncio, contarei o conto do maior Herói de Bezicktas.

Há muitos e muitos anos, quando o bisavô de nosso Rei ainda governava, havia muito mais guerras com as quais se preocupar. Por isso fazia-se necessário guerreiros mais fortes que os que temos hoje, mas um deles, destacava-se entre todos os soldados do Rei. Ygros Frostwatch era não apenas forte, como grande também. Diziam que sua altura era equiparável às estátuas esculpidas no grande salão do Trono e era tão forte, que uma vez foi emboscado por três ursos brancos famintos e usara um tronco de árvore para lutar com os três, ao fim da luta, ele fez um grande manto branco que conseguia cobrir seu corpo todo !

- Ohhhhh ! Isso tudo é verdade, Pai?

- Bah, não tem como ser verdade, Ícaro, afinal de contas não existem Ursos brancos por essas bandas !

- Bom, a história foi numa época onde o frio era muito mais rigoroso do que o de agora. Um frio tão horrorífico, que até mesmo durante o verão, a neve persistia em arruinar as plantações. O que importa aqui, meus meninos, foi um raro caso de um ser humano que nascera abençoado com a força de Thor e a resistência de Heimdall. Além de que ele conseguia beber mais barris de Hidromel que qualquer homem e ainda ficar sóbrio o suficiente para lutar duas guerras inteiras! HAHAHA !

Antes dele ter seu manto de pele de Urso branco, diziam que Ygros Frostwatch banhava-se todas as manhãs em um lago congelado, para aumentar sua resistência a baixas temperaturas e aumentar sua vitalidade. Ah, se houve um único homem em todo esse mundo que teve a certeza da benção divina, foi Ygros Frostwatch.

O Rei na época, em busca de fortes soldados, não hesitou em chamar Ygros como seu mais forte e principal guerreiro de campo para acompanhar-lhe em suas campanhas de conquistas. Por anos e anos tudo fora muito bem para o Rei. Com Ygros em seu exército, os soldados tinham sua moral elevadíssima. Incansável como sempre fora, ele trajava uma armadura branca esmaltada que reluzia no campo de batalha, desafiando o exército inimigo a engajá-lo. Sua claymória, uma espada de lâmina larga feita para ser empunhada com duas mãos, conseguia ser empunhada com apenas uma pelo cavaleiro. Quando o exército acampava, ele fazia a maior parte dos turnos de vigília, especialmente quando as tempestades de neve eram rigorosas e imperdoáveis. Por isso os homens do Rei passaram a chamá-lo de Frostwatch, a vigília congelada.

- Ele realmente era tão forte assim, Pai? Isso é incrível ! Quando crescer quero ser como Ygros ! - O menino mais novo encontrava-se completamente maravilhado com o conto.

- Mas você disse que ele era um cavaleiro, mas e quanto ao cavalo dele? Ele não podia ser um cavaleiro sem um cavalo ! Conte mais feitos que ele fez na guerra ! Por favor, Pai !

- Acalmem-se. Essa é uma história para vocês prestarem atenção e se aquietarem.

Ygros não costumava usar cavalos pois nenhum conseguia suportar seu peso por muito tempo. Nem mesmo se estivesse usando armaduras leves, porém, houve uma batalha em que o exército do Rei engajou o exército do senhor dos cavalos. Soldados relatam que os inimigos se renderam quando, em sua frenesi de batalha, Ygros decepara um cavalo e seu cavaleiro com apenas um único golpe ! O Senhor dos Cavalo na época prometera serventia ao Rei e presenteara Ygros com Abastor, seu maior e mais forte cavalo.

Ah sim, meus meninos. Ygros e Abastor causaram um grande buraco em inúmeras linhas inimigas. Rumores relatam que nenhuma barreira de lanças conseguia perfurá-los e nenhuma vanguarda tinha a coragem necessária para manter sua formação ao ver Ygros e Abastor correndo na frente do exército vindouro !

Entretanto, como vocês sabem, nosso Reino hoje em dia é pequeno. O Rei, iludido pela extrema confiança em seu guerreiro imbatível, deu a ordem que o condenou à ruína. Todo seu exército foi obrigado a marchar por um mês inteiro apenas para serem emboscados por uma aliança surpresa de três exércitos inimigos. Ygros lutou incansavelmente e seus esforços garantiram um recuo seguro para o Rei. Essa batalha foi conhecida como a Redenção da Ganância, e Ygros matou mais de mil soldados naquele dia e após notar que tudo estava perdido, recuou de encontro à comitiva do Rei.

Mesmo conseguindo fugir, os reinos inimigos não queriam dar a chance do Rei se recuperar, tampouco desejavam que Ygros permanecesse vivo, então enviaram batalhões e mais batalhões atrás deles. A comitiva do Rei, sendo liderada por Frostwatch, conseguiu acabar com muitos dos perseguidores, até que o Rei começou a pensar no que poderia fazer seus perseguidores saciarem sua sede de sangue, e a resposta era clara. Ygros deveria morrer.

- Não ! Mas Pai ! Ygros o serviu tão bem ! Ele até mesmo salvou a vida dele !

- Isso realmente não me parece justo... Mas é claro que Ygros não morreria tão fácil assim, não é?

- Por mais duro que seja, o Rei naquela época vira toda sua campanha de conquistas ruir perante seus olhos. Foi uma decisão que é criticada até hoje, mas foi necessario para nossas terras permanecerem o que são, caso contrário, poderíamos ter um Rei tirano no comando, hoje.

Tudo foi decidido quando a comitiva em fuga chegou à ponte Frostwatch, que na época tinha outro nome. "Ygros, meu mais valente cavaleiro. Esta ponte é abençoada com um favorecimento estratégico singular. Deves manter sua posição aqui, sozinho, até que eu chegue na capital e reúna soldados para retaliarmos com fulgor !" Ygros, valente como sempre fora, virou seu cavalo na direção oposta e sacou sua espada. "Te preocupas não, meu Rei. Leve teus soldados pois talvez sejas emboscado ainda dentro das estradas de tuas terras. Segurarei esta posição como ordenado e tens a minha palavra. Nenhum vilão hà de escapar da vigília congelada."

E por muito tempo, ele lutou. As forças vinham e sua espada retaliava. O inverno chegara, mas Ygros resistiu. Naquela época, os invernos duravam muito mais tempo do que hoje, mas mesmo assim, Ygros suportou. Nem lanças, nem espadas e nem flechas penetravam sua armadura, mas meses após sua resistência, Abastor, seu fiel corsel, foi o primeiro a tombar.

Sem tempo para sofrer pela perda, Ygros continuou sua estadia. Meses haviam se passado, as tropas inimigas não cessavam de vir e nem sinal de reforços aliados. "Teria sido o Rei assassinado? Pelo tempo passado, reforços ja deveriam ter chego." Mas sem desistir, Ygros resistiu. "Certamente as tropas foram atrasadas pela nevasca impiedosa. Deuses, guiem seus cavalos e façam-lhes se apressar." Logo, a fome e a sede começaram a ser fatores que não podiam ser mais ignorados. Os movimentos de Ygros perdiam energia e foco. As tropas começavam a diminuir de intensidade, mas o mesmo fazia o cavaleiro. Por fim, ao atravessar sua espada no estômago de seu último inimigo e ver que não haviam mais inimigos, Ygros percebeu o que o Rei quis fazer e isso o fez cair de joelhos. "Meu Rei... por qual motivo trairdes-me? Deuses, por que abandonastes-me? Não fui valoroso o bastante? Não fui eu, o grande Ygros Frostwatch, o maior guerreiro que essa era de homens ja viu?" A única resposta para suas lamúrias, foi uma ventania gelada que, mesmo sem aplicar muita força, derrubara o cavaleiro ao chão e assim, ele foi, ao lado de seu cavalo, soterrado por toda a neve de inverno.

- Pai... - O mais novo tinha os olhos úmidos. - Nos diga ao menos que ele teve um funeral digno de um guerreiro.

- E é aí que a história tem seu final, meu garoto. Dói em meu coração lhe dizer isso, mas não houve tal funeral para este guerreiro.

Quando a primavera por fim chegou e o primeiro Sol derreteu a neve da ponte, nem o corpo do Cavaleiro, nem de seu cavalo estavam ali. Dizem que ele foi saqueado por bandidos, mas isso é bobagem. Ninguem teria coragem de saquear o corpo de tal guerreiro, com medo da Ira e maldição eterna dos Deuses. O Rei, em profundo arrependimento por seus atos, terminou seus dias em penitência divina e antes de sua morte, nomeou a ponte como "The Bridge of the Frostwatch" uma plaqueta de prata foi grudada à primeira coluna da ponte, com as últimas palavras do honrado cavaleiro. "Nada escapa à vigília congelada."

- Pai ! Pai ! Essa foi a melhor história de todas !!

- Sim, sim, sim ! Ygros FrostWatch tem mais feitos heroicos quando era vivo? Ele fez mais coisas na guerra que o senhor saiba?

- Sim, meus meninos, existem muito mais histórias de Ygros FrostWatch, mas estas ficarão para outros tempos, pois agora devem dormir. Amanhã iremos à capital e quero levantar à primeira luz da Alvorada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
The Bridge of the Frostwatch
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» The Bridge of the Frostwatch
» Air Bridge Cargo 744F -> USSS - OMDB

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Curiosidades :: Personagens-
Ir para: