Dark Side RPG

Um RPG que se passa em um mundo pós-apocalíptico, com vários reinos se formando sobre as ruínas do mundo antigo.
 
InícioCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Proof of Valor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Proof of Valor   Sab Mar 21, 2015 8:16 pm

Os primeiros raios de Sol surgiam, clareando a pequena cidade de Blueheaven, residência dos resistentes. Mas antes mesmo do grande Astro se firmar aos céus, já haviam aqueles que estavam acordados.
O departamento de inteligência da Resistência nunca dorme. Divididos em muitos turnos pontuais, os agentes vasculham diversas ondas de comunicação incessantemente, em busca de algo, alguma coisa, qualquer tipo de informação que possa ser interceptada do inimigo e traduzida em vantagem estratégica para eles próprios. E foi ali, no meio de todas aquelas ondas de rádio e aparelhagens complicadas, um dos agentes conseguia algo.

- Capitão, consegui.

- Certo. Chame o novato.

Poucos minutos depois, ninguém mais que Ishiyama Takashi era trazido pelo mensageiro enviado, que fora instruído para levar o General Vermelho para a sala de inteligência. La dentro, um homem fardado de pele morena, traços fortes e carrancudos, com um olhar penetrante, encarava-o por alguns segundos, como se estivesse medindo o potencial da pessoa à sua frente. Assim que o mensageiro ia embora e os dois ficavam sozinhos, o Capitão deslizava sobre a mesma, uma pasta com diversos arquivos, na direção de Takashi.

- Não tomarei muito do seu tempo. - Cruzava os braços atrás das costas, e começa a andar pela sala. - Interceptamos a notícia de que Skyhold enviou um grande caminhão de carga para Shadowrealm. Eu queria um General experiente, um time de Elite, mas os superiores dizem que não. - Suspirava, e por fim voltava a andar. - Takashi, se você quer realmente se provar para a Resistência, te encarrego da missão de interceptar essa carga e trazê-la para nós. Faça da forma que desejar, escolha os soldados que desejar. Apenas prove-se para a Resistência, e para mim. Dispensado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Takashi

avatar

Sexo : Masculino
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 28/07/2014
Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Sab Mar 21, 2015 9:18 pm

Uma das vantagens de ser hiperativo e precisar apenas de 4 ou 6 horas de sono diárias, é que mensageiros enviados de súbito jamais o acordariam antes do horário. Sim, Takashi ja estava em pé e no meio de seu treino matinal quando o mensageiro da divisão de inteligência da Resistência o contatava.

- Hai, hai! ^^

O General dos olhos de Raposa então se dirigia aonde era requisitado. Não era uma caminhada longa, portanto se demorava bastante, descolando um bom café da manhã no caminho.

O Capitão não era exatamente o melhor exemplo de gentileza, mas ele tinha uma missão para ele, então o ouvia sem contestar. Interceptação. Essa palavra ecoava na mente do General enquanto ele analisava o documento atentamente, através de seus olhos finos e puxados. Nesse documento haviam fotos das estradas e possíveis rotas à serem tomadas pela comitiva, além é claro de uma descrição sucinta de como a escolta do grande caminhão seguia.

- Deixe comigo, Cap-chan! - Takashi batia continência de forma desajeitada. - Não irei desapontá-lo!

Se virava por fim e ia embora da sala, deixando a pasta de documentos para trás, afinal, ja havia memorizado cada detalhe. Meia hora depois, o General pensava em como contatar todas as pessoas que havia pensado em escolher para a missão. O Sol estava começando a surgir, então eles precisavam agir rápido para o plano dar certo.

- Ah! Já sei! - Takashi se virava e via um posto de comunicação próximo e corria até la. - Anno... com licença! Eu preciso enviar um pedido para algumas pessoas, poss--

Estava vazio. Provavelmente os responsáveis estariam dormindo, então Takashi deveria operar sozinho o aparelho de rádio. Ele era horrível com tecnologia.

- Hmmm... é... hmmm... - Apertava alguns botões até que uma luz vermelha acendia. - Isso é bom? Deve ser...

Takashi pegava o microfone e começava a falar. Sua voz ecoava em todos os cantos de Blueheaven e nos interiores da base da Resistência. A frase enviada era:

- Alô, alô? Isso está funcionando? Aqui diz... 'enviando', deve estar. Pois bem! É... Ren Ishiyama, Lin Ishiyama, Sayuri Ishiyama, Shii-nee e... ah é! Tai-kun! Por favor me encontrem na saída Norte da cidade ok? Aqui é o Takashi! Hahaha, bom, como eu desligo isso mesmo? Ah... sim, deve ser...

Muitos barulhos de botões e interferência estática depois, Takashi por fim desligava o microfone e saía correndo do posto, como uma criança que fez coisa errada, chegando em poucos minutos na saída Norte da cidade, onde aguardaria seus amigos recrutados chegarem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sayuri Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Sab Mar 21, 2015 10:13 pm

Não é novidade para ninguém que assim como Tenkai e Kaiten, Sayuri não precisava dormir todos os dias. Aquele não era diferente. Depois de ter comido tudo o que podia e não podia na noite anterior, conversar bastante com Heikki, Sayuri vagava pelas ruas de Blueheaven pensativa. Tinha uma decisão muito importante para tomar. Como sempre, estava acompanhada de Fofo, o gatinho de pelúcia com voz de pato de desenho animado.

- O que eu faço, fofo?

- O que seu kokoro mandar, Say-sama!

- Hm...

Essa pergunta era repetida várias vezes e a resposta de Fofo era sempre a mesma. A noite terminava, o sol surgia e a garota nem reparava em nada, apenas caminhava pensativa. Bem, não reparava em QUASE nada, afinal, quando amanhecia, um cheiro peculiar aguçava o nariz da Ishiyama.

- COMIDA!

Assim que essa palavra saia da boca da loira, o estômago de Sayuri roncava monstruosamente. Sem perder tempo ela corria para a direção da taberna de onde vinha aquele delicioso cheiro e já devorava tudo como se não houvesse amanhã.

Com a boca lotada de comida, a garota ouvia o anúncio de Takashi, ficando parada por um tempo. Ela nem tinha começado a comer direito. Certo, ela havia comido mais que um humano normal, mas para ela, ainda não era o suficiente. Engolia o que tinha na boca, chegando a quase engasgar e então pegava mais comida e saia correndo, comendo durante todo o percurso para a saída Norte da cidade, sempre seguida pelo bicho de pelúcia.

Pouco antes de chegar, um vaso caia de uma janela bem em cima de Fofo, o esmagando imediatamente.

- Fofo T^T Depois eu te arrumo...

Sayuri pegava os restos de Fofo e chegava no local de encontro, olhando para Takashi e apontando pra ele.

- Espero que seja algo importante! Eu tinha acabado de começar a tomar meu café da manhã! E ainda mataram o Fofo de novo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jun Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 19/01/2012
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 54

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Dom Mar 22, 2015 2:30 am

A morte de Koji havia mexido bastante com Jun, e com toda a Resistência, quer dizer, pelo menos ele pensava assim. O comandante naval parecia tão forte e experiente, o jovem não imaginava que alguém tão experiente partiria tão de repente. Enfim, aquilo o deixou uma lição de que a vida poderia ser curta, e desde então passou a se esforçar ao dobro em seus treinamentos diários.

O filho de Liang tinha uma disciplina impecável, sua dedicação era incrível e um talento nato. Não era a toa que aos seus 17 anos já era comandante, e nas primeiras semanas de seu novo treinamento descobria que lhe faltava bastante experiência, fazia apenas um ano que ele estava lutando junto da Resistência e quando a batalha final chegasse precisariam de toda sua força.

Tendo isso em mente, Jun tinha a ideia de procurar Takashi. O irmão de sua namorada era um grande general e tinha participado de várias guerras pelo o que havia ouvido, e como o general era uma pessoa bem tranquila resolvia passar ao filho de Liang alguns ensinamentos e conceitos, um dos mais importantes o rapaz gravava, julgava aquilo importante e devia passar a exercer desde agora.

"Jun-chan, um grande general deve conhecer bem seus soldados. Enturme, façam deles grandes amigos, seja um bom líder!"

Jun passava o resto do mês treinando seu corpo, sua mente e nos tempos livres passeava pela base da Resistência, conversando o máximo que podia com as pessoas. Eis que chegava o dia em questão. O filho de Liang estava em seu dormitório junto de Shiori que não estava muito bem, com seus braços cruzados ela parecia bem emburrada. Jun tentava conversar com ela.

- Shiori-chan... o Brân não fez por mal. Vamos, fique alegre! O dia está lindo! Hahaha!

Tentava, mas nada acontecia, Jun não presenciou o que tinha acontecido, quando ele havia acordado a pouco tempo ela já estava assim, só conseguia imaginar que daquela vez o corvo tinha passado dos limites. E assim a voz de Takashi ecoava por toda Bluehaven, e ele chamava Shiori.

Jun sabia que se ela fosse daquele jeito não daria muito certo, o temperamento de Shiori era algo bem... delicado. Por isso era ele quem partia, com Brân em seu ombro.

- Mas você hein? Pra que irritar ela assim?

O corvo soltava alguns sons aleatórios, e Jun chegava ao norte da cidade minutos depois, Takashi e Sayuri já se encontravam por lá. Se aproximando, o lanceiro se manifestava.

- Até a filha do grande líder está aqui? O que vamos fazer Takashi-san? ... Ah, e antes que pergunte, a Shiori estava meio indisposta hoje, vim no lugar dela hahaha!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ren Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 09/07/2014
Mensagens : 55

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Dom Mar 22, 2015 10:40 am

Ren não se contentava apenas com Bluehaven, por isso estava sempre vagando na parte da noite pelas regiões próximas e pela costa. Longe dos olhos de qualquer um conhecido ela praticava os ensinamentos de seu pai e aprimorava cada vez mais suas habilidades de luta e controle sobre sua aura, o que Ren não sabia era que ainda não havia se livrado daquela escuridão dentro de si, e quanto mais aprimorava sua força maior tal escuridão se tornava, corrompendo seu coração e destruindo seu corpo.

Por obra do destino ou aquilo que chamam de sorte Ren acabava de retornar de um de seus passeios quando escutava uma voz lhe chamar.

- General Takashi não é?

Sua vontade mesmo era de voltar a seu dormitório e descansar da viagem e do treinamento do dia anterior, mas não custava dar uma olhadinha, por isso Ren caminhava até a entrada da cidade e lá se encontrava com os demais. Seu rosto expressava um total desinteresse naquela situação, e ao mesmo tempo um leve cansaço, portava seu guarda-chuvas aberto e um quimono branco, este não era comum, fora personalizado por ela mesma para que pudesse reunir suas duas paixões em uma só vestimenta, estas eram artes marciais e quimonos.

- E então..quais são os motivos pra eu não estar dormindo nesse exato momento?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Taikun Tsukushi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 04/10/1993
Horóscopo chinês : Galo
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 62

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Dom Mar 22, 2015 5:03 pm

•● Taikun passava o tempo livre daqueles dias passados, fazendo corridas na praia às 4 da manhã (para fortalecimento dos pés e pernas), terminando o mesmo às 5, que já ia adiante para flexões, abdominais e barra até as 6:30, onde finalmente parava, tomando seu banho e em seguida, seu segundo café, terminando por volta das 8:30. Adiante, ele passava o resto da manhã com o começo da tarde fazendo alguns reparos na resistência, que logo a seguir, almoçava, e voltava pra casa, lendo algum mangá no mesmo, quando passava às vezes num café na tarde da noite, onde se encontrava com Otohime até uma média de 9 a 10 da noite, onde acabava capotando de sono ou em casa ou na casa dela. ●•

•● Sua vida estava bem monótona, e aos poucos ele mudava alguns hábitos, um deles seria de tomar café da manhã no mesmo café que encontrava Otohime, e, depois de pelo menos 2 dias, tomando café por lá, uma voz ecoava a todos lugares, e, havia sido tão repentino, que ele acabava engasgando com um pedaço de pão, que descia sobre um gole de café com leite. ●•

Glup-- M.. AS.. O.. Q.. AAAAAAAA EU VO MORREEEEERR!!.

•● Era o que ele tentava dizer, engasgado e desesperado, com as mãos no pescoço, se levantando e derrubando a própria mesa sem querer, até que um dos garçons chegava a ajudar ele. ●•

Ah, arigatou, você.. salvou a minha vida.. obrigado.. muito.. obrigado..

•● E assim ele caia no chão, cansado, vendo estrelinhas, enquanto descansava. Cerca de 5 minutos depois, ele se levantava, tomava o que faltava, pagava pelas despesas, e ia para casa, onde tomava banho e mudava seu percurso do dia até a saída norte da cidade, dando algumas tossidas, mas recomposto. ●•

Foi para cá onde me chamaram por um troço onde quase me fez morrer engasgado?.


•● Dizia com um pouco de nervosismo na voz, coçando o ouvido com o dedo mindinho da mão esquerda enquanto a direita segurava a sua própria capa nas costas, onde Moru estava em seu ombro, coçando o próprio olho. ●•
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Takashi

avatar

Sexo : Masculino
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 28/07/2014
Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Dom Mar 22, 2015 6:46 pm

- Sayu-hime, Ren-chan, Jun-chan e Tai-kun.

Takashi mudava sua expressão para a de alguém mais desanimado. Ele realmente esperava Shiori em seu time por questão de suas habilidades de eletricidade e Lin, é claro, deveria compor a frente de ataque junto com os outros. Em poucos segundos, Takashi revia sua estratégia, descartando tudo que havia pensado e reformulando tudo de um jeito que adaptaria-se com seu time oficial.

- Okey! ^^ Primeiro de tudo, obrigado por virem. - Se virava para Jun - Não se preocupe, tenho certeza que você será tão hábil para esta missão quanto minha irmã querida. - Colocava a mão nos ombros de Ren, não se importando se estava sendo invasivo ou não. - Imagino que sua irmã esteja ocupada? Não se preocupe, tenho certeza que essa missão será um sucesso!

Com poucas palavras, Takashi conseguia quebrar o gelo inicial, mesmo que a maioria daqueles que tivessem aparecido, não aparentavam um humor tão bom assim. Era impressionante a habilidade do General Vermelho de causar um clima ameno com breves palavras, além é claro, de sua habilidade nata de fazer todos prestarem atenção em suas palavras. Assim, Takashi usava o cabo de sua lança para fazer alguns desenhos no chão de terra enquanto falava sua estratégia.

- Bom, meus amigos, me foi dada uma missão de interceptação de carga. - O clima subitamente mudava. Embora Takashi falasse com bom humor, suas palavras claramente carregavam um grande peso. - Enquanto falamos, uma comitiva militar escolta um grande caminhão de carga, partindo de Skyhold e com destino à Shadowrealm. Nossa missão é pegar essa carga para nós. - O desenho que ele traçava era simples de se entender. Uma grande estrada, alguns pontos indicando bons lugares para se emboscar. - Certamente todos os carros de escolta, incluindo o próprio caminhão de carga terá um dispositivo para chamar reforços de Skyhold caso seja atacado, então eles serão nossa prioridade, mas a comitiva se move muito rápido para que possamos fazer um ataque combinado e efetivo. - Uma breve pausa, então Takashi marca um grande 'X' num ponto de seu desenho. - A não ser que o interceptemos aqui, na ponte de aço que liga dois penhascos. Pelo que eu me lembro, em minha jornada, essa ponte é grande o suficiente para que o caminhão passe, mas por motivos de cautela, a comitiva de escola se dividirá em duas. Um grupo de carros militares passará primeiro até o outro lado, então oc aminhão passará e por fim a segunda parte da comitiva. O momento em que o caminhão de carga estiver cruzando a ponte será o momento perfeito, Jun-chan atacará a comitiva da frente, eu atacarei a comitiva de trás e vocês, Ren-chan, Sayu-hime e Tai-Kun, atacarão o caminhão de carga, neutralizando o mais rápido possível os soldados e suas comunicações. Dessa forma a carga estará 100% segura para tomarmos ela. - Takashi erguia o rosto para seus amigos. - Vocês me ajudarão nessa empreitada, meus amigos?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sayuri Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Dom Mar 22, 2015 8:40 pm

Sayuri foi a primeira, logo depois dela veio Jun, no lugar de Shiori. Quando os outros chegavam, Lin também não aparecia. Claramente Takashi ficou desapontado. Provavelmente seu plano tinha sido prejudicado.

- Eu aposto uma caixa de cupcakes da Hime com você que a Lin está na cama dela em estado vegetativo, babando e sonhando com coisas estranhas - Dizia para Takashi, rindo quando terminava de falar. - E não se preocupe, a Shi-sama deve ter um bom motivo pra não vir, acho que o Brân deve ter aprontado de novo hahaha!

Ela dizia isso mais para alegrar Takashi que por achar que era verdade, apesar de ter acertado o motivo de Shiori não ter ido.

A hora de brincar acabava e Takashi começava a falar o objetivo daquela missão. Interceptação de carga...e... Sayuri não olhava mais para o líder. Ela, apesar de ouvir claramente o que ele dizia, estava revivendo seu bicho de pelúcia novamente.

Vale lembrar que, diferente do irmão gêmeo, Sayuri não era burra. Ela apenas era preguiçosa e se distraia com facilidade. Porém um dom a pequena Ishiyama sempre teve. O dom da boa memória. Ela, só de olhar memorizava qualquer desenho ou estilo de luta. De canto de olho, a garota visualizava o mapa do plano de Takashi e o guardava na mente dela.

Quando o General terminava de falar, Sayuri havia acabado de fazer Fofo ganhar vida novamente. Ela ficava séria por alguns segundos, mas quando olhava novamente para Takashi, estava com um discreto sorriso no rosto.




- Bem... Se eu puder chutar alguns traseiros com isso...eu estou dentro!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jun Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 19/01/2012
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 54

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Dom Mar 22, 2015 10:46 pm

- Taikun-san! Tá bem? - Batia várias vezes nas costas dele com a palma da mão, e nem esperando sua resposta já jogava outra pergunta para ele. - Hahaha! Que bom que está! Como passou esse último mês?

Nesse momento Ren chegava, e sempre com um sorriso feliz no rosto, acenava para a garota. Depois de passar o último mês sem vê-los direito, ficava animado com a situação. Jun tinha uma personalidade bem simples de entender.

- Ren-san! Pra que dormir num dia tão belo como esse? Hahaha! Que desperdício!

Não passava muito tempo desde que todos chegavam, e Takashi já o cumprimentava. Dizendo para ele não se preocupar. Jun sabia que ele queria ver a irmã, e que ela era a pessoa que ele queria em sua estratégia, mas o jovem não queria desperdiçar a oportunidade que teve, daria tudo de si no que fosse que o general de Dragonland queria.

- Pode apostar que sim Takashi-san! Tenho a ajuda de um amigo aqui também, não é Brân?

Dizia animado, e o corvo que estava consigo emitia sons bem animados. Nem passava cinco segundos e Brân avistava uma criatura no solo, ele planava até o bicho de pelúcia e ficava encarando Fofo, com curiosidade.

- Heh. Sayuri-san, parece que ele tá interessado no seu pelúcia!

Jun ficaria conversando com todos ali se pudesse, porém Takashi logo chamava a atenção de todos. Explicava seu plano enquanto desenhava o mapa na terra com o cabo de sua lança. As palavras do general eram bem firmes, e além de prestar atenção no plano, o jovem já pensava no que deveria fazer naquele plano. Takashi parecia conhecer bem as pessoas que ali estavam, o que lhe mostrava mais uma vez o quanto ainda tinha que melhorar. Porém ter alguém melhor não o desanimava, era o contrário, o filho de Liang adorava um desafio e ter o general de Dragonland para superar o deixava bastante empolgado.

Ele e o general, que eram os mais táticos, atacariam pelas extremidades, onde haviam menos pessoas, mas ao mesmo tempo, eram locais importantes, e seriam os responsáveis pelo ataque dos outros três darem certo. Ren, Taikun e Sayuri eram bem mais brigões que os dois, e por isso foram designados para o lugar onde havia maior concentração de soldados, assim que ele e Takashi interceptassem pela frente e por trás. Uma tarefa importante, e no fim da explicação, Jun cerrava um dos punhos, o colocando em frente ao seu rosto.

- Pela frente então! Tudo bem, vamos pegar essa carga para a Resistência! - Fazendo uma pausa, colocava as mãos sobre a cintura, queria esclarecer algo antes de partirem. - A propósito Takashi-san, por que convocou todos tão abertamente? Aposto que o Taikun-san engasgou por causa disso! Hahaha!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ren Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 09/07/2014
Mensagens : 55

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Seg Mar 23, 2015 5:09 pm

Ren escutava todos aqueles comentários, até mesmo o de Jun sobre dormir, preferia ignora-lo a contar que passou a noite anterior treinando, ou que não tinha o menor interesse no quão belo estava o dia, por isso voltava toda a sua atenção a Takashi que finalmente lhes contava sobre o que era aquela reunião.

No primeiro momento Ren ficava relutante, não estava nem um pouco disposta aquilo, mas depois de pensar um pouco chegava a conclusão de que apenas treinar não lhe tornaria mais forte, ela precisava de prática, então por que desperdiçar uma oportunidade daquelas?

Ao mesmo tempo que era indiferente, Ren admirava Takashi por sua sabedoria e força, e também por seus feitos os quais ela encontrou maneiras de aprender sobre no passado.

O plano era bom, sua unica reclamação era ter que dividir seu papel com os outros dois, Ren gostava de trabalhar sozinha, estava em sua natureza que herdou de sua mãe Yuan, junto com o temperamento e o talento. Mas ela já estava a muito tempo com aquele grupo, e já os havia observado muito, por isso sabia perfeitamente que nenhum deles seria um fardo, eram tão capazes ou até mesmo mais capazes do que ela mesma.

Ao final da explicação, com tudo guardado perfeitamente em sua mente, a Harzgard falava impaciente, colocando-se a caminhar e parando pouco depois de passar ao lado de Takashi.

- Podemos ir?

Um brilho rubro surgia em seus olhos, a ideia de testar suas habilidades em oponentes reais a excitava, mas não era só isso, havia algo mais crescendo dentro da garota, uma escuridão que até então era apenas uma pequena sombra sem muito significado, quase imperceptível, nascida de sua própria ganancia por poder, de sua inveja e malicia, sentimentos que Ren lutou para reprimir da maneira que conseguiu, mas que nem mesmo com a ajuda de seu pai ShenShi foi capaz de superar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Taikun Tsukushi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 04/10/1993
Horóscopo chinês : Galo
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 62

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Ter Mar 24, 2015 6:51 pm

•● Taikun mal chegava, sem esperar ser abordado de alguma forma, e Jun já chegava perguntando sobre ele, no qual respondia com a mão no próprio pescoço, arrumando-o um pouco. ●•

Ah, estou bem, só engasguei vindo pra cá, e vo--.

•● Ele mal terminava de falar e já o perguntava sobre outra coisa, o que o fazia pensar: "O que diabos ele quer, afinal?"; mas seu temperamento era natural, apesar de tudo, não tinha o que pensar além de ser um companheiro de equipe. Ele o respondia, fechando os olhos e coçando o ouvido. ●•


Yare yare (calma), eu passei bem, estive treinando, fazendo reparos na resistência, e aproveitando o tempo livre pra dormir e descansar.

•● Ele era breve em sua resposta, sem dar muitos detalhes, afinal, jun não parecia querer falar sobre si também. Em pouco tempo, ele ficava observando sobre o que Takashi falava, em detalhes, sobre a missão. Sem entender muito, porém ainda sim o seu papel principal na missão, ele olhava com uma cara de sério (ou tentava ser) o tempo todo, de braços e pernas cruzadas, sentado no chão. ●•

Huummm.. eu....

•● E assim, um silêncio surgia em meio ao que Taikun iria dizer, onde parecia ser algo sério, algo que fosse ser definitivamente sua opinião sobre a missão, ou talvez até algo inteligente que fosse falar. ●•

... Concordo com a Sayuri! Vamos lá!


•● Ele falava, se levantando e estendendo o punho pra o alto. Seria normal se todos capotassem com o que ele falava, mas ele não se importava. Coçando o nariz, ele fechava os olhos, rindo um pouco, até que Jun falava sobre Taikun "talvez" tivesse engasgado enquanto estavam os convocando, o que fazia ele "congelar" por um breve momento de tempo, e responder ele a seguir. ●•


E.. eu.. não sei do que vocês estão falando.

•● Sem perceber, ele tentava disfarçar, mas a sua primeira fala de quando chegou naquela reunião foi sobre ter engasgado sobre alguma coisa, mostrando obviamente sua burrice nata. ●•
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Qua Mar 25, 2015 4:54 pm

Tendo todos concordado em ir, uma motorista, num carro militar off-road,(fornecido pelo capitão da inteligencia) aguardava todos para os levar até o ponto da missão.

A viagem foi rápida, considerando toda a distância cortada pelo pequeno carro que corria fora da estrada principal. Suas rodas eram grandes e o amortecimento em cada eixo, era bastante exagerado. "O veículo favorito do Sanderson", dizia o motorista enquanto passava por lama, buracos, pedras e troncos caídos, como se estivesse em uma pista lisa. Meia hora se passava e os membros do pequeno time de Takashi estavam entregues no ponto da missão. Uma pequena clareira nos limites da floresta. Trezentos metros ao norte, viam a entrada da ponte.

O sol ainda não estava tão forte, provavelmente o relógio não havia batido oito horas. O carro dava meia volta e ia embora, como instruído pelo capitão da inteligencia(O retorno da missão estava por conta de Takashi).

A ponte era massiva, com certeza reconstruída no pós-guerra. Toneladas de concreto e aço compunham a massa do arco que juntava dois penhascos de pelo menos cem metros de distância. Era possível ver sinais de desgaste em alguns pontos, mas nada preocupante. Por alguma razão, estava deserta. Uma queda dessa ponte, faria o infeliz percorrer uma queda livre de pelo menos quinhentos metros, até dar de cara num córrego estreito e rochoso. A escolta passaria pelo trecho em cerca de quinze minutos. Os planejamentos finais deveriam ser feitos nesse momento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Takashi

avatar

Sexo : Masculino
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 28/07/2014
Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Qua Mar 25, 2015 5:44 pm

De todas as reações das pessoas que havia chamado, Takashi ficara surpreso com apenas uma. Diga-se de passagem, Takashi não ficava surpreso com algo, haviam alguns anos, quando KaiTen roubara aquele pergaminho do templo principal. A surpresa que Takashi tinha agora, era com a filha emburrada de ShenShi, mais precisamente, seu olhar. "Eles lembram um pouco do KaiTen." Dizia para si mesmo, que nunca ignorava sua intuição, mas não havia o que ser feito naquele momento, sua missão sempre é uma prioridade.

- Certo! Então estamos todos prontos! Vai ser divertido!

A viagem fora rápida, mesmo que a distância percorrida tivesse sido grande. Foi empolgante também, Takashi nunca havia andado de carro em toda sua vida, ainda mais num veículo off-road todo modificado daquele jeito. Aquilo era evidente, ja que ele riu a viagem toda.

Então o momento chegara. O veículo de transporte rápido os deixava no ponto certo para começar a missão e com um rápido olhar no cenário, Takashi terminava mentalmente os pormenores.

- Ok, eis o nosso plano. Jun-chan, você fica desse lado da ponte, eu irei correr até o outro lado e aguardar. Fique escondido. - Colocando a mão no ombro de seu novo amigo, ele virava o rosto para os outros três. - Tai-Kun, Ren-chan, Sayu-hime. Vocês ficarão escondidos o mais próximos da ponte que puderem arriscar. - Brân, o corvo de sua irmã pousa em seu ombro. - Eu instruí Brân à ficar pousado nas grades da ponte, quando o caminhão chegar exatamente no meio, ele dará o sinal. Sayu-hime, por favor se transforme em Dragão e leve rapidamente Tai-Kun e Ren-chan, surpreendendo o inimigo. Jun-chan e eu atacaremos os times de cada lado da ponte. Lembrem-se, primeiro quebramos suas comunicações, destruam rádios, soldados que tenham comunicadores, qualquer coisa. Depois foquem nos outros.

O plano era sólido. Com certeza daria certo. Takashi falava com confiança e autoridade, mesmo mantendo o bom humor. Conduzia bem suas palavras ao ponto de todos se sentirem importantes(o que de fato eram) e ainda compreenderem totalmente seus papeis na missão. Quem julgasse Takashi apenas um desmiolado preguiçoso, pensaria duas vezes ao vê-lo em ação nesse momento. Mas isso ainda não era tudo. Takashi ainda tinha suas palavras finais, antes de se separarem.

- Agora, antes de seguirmos, eu gostaria de dizer algumas palavras. Palavras que sempre foram ditas pelos generais Ishiyama para seus exércitos, antes de marcharem para a guerra. Formem um círculo, não sejam tímidos agora, haha.

Alguns segundos de silêncio e o clima todo mudava. Takashi não estava mais sorrindo. A única coisa que todos podiam ouvir, era do vento, balançando a copa das árvores. Pela primeira vez, todos ali viam o General abrir seus olhos. Sua postura o fazia parece outra pessoa.


"A alvorada resplandece e as lanças são erguidas.

À frente está nossa missão.
Às nossas costas, protegemos nossos sonhos.
Dos nossos lados, estão nossos irmãos e irmãs em armas, unidos pelo único desejo da vitória.

Avante, e não temam escuridão alguma,
deixem os inimigos tremerem com nossa investida,
que todo o campo de batalha retumbe ao ouvir nosso nome!

Legionários Asas de Fogo! Em frente!
"

E ao encerrar suas palavras, Takashi voltava a abrir seu tradicional sorriso, virando-se de costas e, sem olhar para trás, corria até atravessar a ponte, com sua lança em punho, pronto para a batalha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sayuri Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Qua Mar 25, 2015 10:13 pm

Quando Brân ficava encarando Fofo, o gato de pelúcia, como um verdadeiro covarde que ele era, se escondia atrás das pernas da pequena Ishiyama, berrando com sua voz irritante e estridente.

- ELE VAI ME MATAR!

Sayuri por sua vez ria e olhava para Brân.

- Calma Fofo, ele é muito legal, não vai te machucar.

E assim Fofo ficava encarando Brân por muito tempo. Mesmo durante o trajeto para o local designado, Fofo não desviava os olhos de Brân, desconfiado e Sayuri ria por achar aquilo curioso.

Quando desembarcavam, a garota deixava o bicho de pelúcia no carro para que ele não atrapalhasse ou morresse, e o gatinho não achou ruim, já que ficaria mais tempo longe de Brân.

Takashi começava a falar e dessa vez, a loira prestava atenção. Ela estava diferente dessa vez. Parecia mais séria que antes, já que não queria falhar de maneira alguma. Porém essa seriedade não durou muito. Quando o general falou dela se transformar, Sayuri chegava a rir e olhava para os garotos.

- Certo, mas depois, alguém vai me dar uma camisa hein! E se olharem eu juro que espanco o tarado até que ele chore como uma menininha! - Apesar de falar aquilo, ela estava brincando, afinal, sabia que Taikun só tinha olhos para Otohime, e que Jun também só pensava na Shiori. Também sabia que Takashi não seria nem louco de tentar, já que se o pai dela soubesse, ele estaria em sérios problemas.

Assim que Takashi terminava de falar a primeira parte a garota olhava para ele séria novamente.

- Hey! Queria que meu irmão fosse como você... - Ela estava sendo sincera naquele momento. Na mente de Sayuri, ela realmente acreditava que tudo seria melhor se um dia o irmão fosse pelo menos um pouco parecido com Takashi, apesar de saber que aquilo era quase impossivel.

Era quando o general falava aquelas palavras. Sayuri as ouvia atentamente, memorizando-as com facilidade e então era hora de agir conforme o plano. A loira corria para sua posição, se escondendo o mais próximo possivel da ponte, esperando que Taikun e Ren fossem junto, e aguardava o momento certo para a hora de se transformar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jun Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 19/01/2012
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 54

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Sex Mar 27, 2015 6:17 pm

E sem ter sua pergunta respondida, Jun entrava no transporte, que era bem veloz por sinal, mas o visual do veículo que mais o intrigava, perguntaria a Mark depois sobre. Jun era bem curioso, assim como Brân, que ficava também encarando Fofo durante toda a viagem.

Pouco tempo depois, o veículo parava, e então Takashi tomava sua vez para falar sobre o plano. Jun ficava olhando para os lados e explorando a cena enquanto ouvia. Uma extensa ponte, acompanhada de uma paisagem bem... mortal. O penhasco por baixo da mesma era o responsável pelo ar pesado que o lanceiro respirava ao olhar pra baixo. E assim que o general dava a Jun sua posição, este já tirava a lança de suas costas, a empunhando na mão direita, e acenava positivamente com a cabeça, tendo um olhar sério para a situação.

Quando Sayuri dizia para não a espiarem depois, por motivos de quando um meio-dragão se transforma suas roupas são perdidas no processo e ao destransformar a garota ficaria nua, Jun, por ser certinho demais e ter olhos apenas para Shiori, levantava a mão com um sorriso inocente no rosto.

- Eu... posso te emprestar meu sobretudo.

As vestes de Jun não eram muito comuns. Ele sempre andava com suas roupas antigas chinesas. Cheias de pano e amarras. Mas por
cima de tudo ele usava um tipo de sobretudo, bem fino, branco.

- Mas... eu acho que vou estar um pouco longe... - Pensativo, logo Jun tinha uma ideia. - Ah! Quando você for destransformar, dá algum tipo de sinal que eu jogo o sobretudo pra você! Hahaha!

Ao dar sua ideia, deixava para Sayuri decidir o que faria. Assim Takashi chamava a atenção mais uma vez, os dizendo para fazer um círculo. E Jun fazia questão de ficar entre Ren e Taikun, colocando cada braço seu por cima dos ombros deles. Começando a acompanhar as palavras do general de Dragonland assim que ele terminava uma delas. Palavras sábias, uma espécie de hino de guerra. Sim, eles estavam para entrar em uma batalha, e por Takashi fazer isso, Jun entendia um pouco por trás daquele hino. Motivação. Eram palavras fortes, que o deixava animado. O sangue dos Zhengs em suas veias já começava a ferver, e quando o homem dos olhos de raposa cruzava a ponte, o Zheng se escondia na localização dita. Um pouco distante da ponte, ele atacaria por trás assim que Takashi fizesse sua iniciativa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ren Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 09/07/2014
Mensagens : 55

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Sex Mar 27, 2015 8:03 pm

Durante a viagem Ren preferiu se sentar na parte de trás do transporte, e observar a paisagem sombria daquele lugar, cores sem vida e desolação por onde quer que passassem. Aquilo estranhamente não deixava Ren triste ou preocupada, na verdade ela ficava curiosa. Queria saber o que teria causado tamanha destruição, e por que.

Descia do transporte junto a todos os outros depois de um bom tempo de viagem silenciosa, seu "lider" não demorava para explicar o plano nos mínimos detalhes, deixando fácil o entendimento a respeito do que deveria ser feito dali em diante. Ren achava engraçado, já que havia pensado num plano muito parecido e guardado pra si mesma, a única diferença era que nesse plano ela sozinha cuidaria do caminhão e de qualquer soldado que ali estivesse enquanto eles cercariam os dois lados da ponte. Ela era orgulhosa, e por isso tinha extrema confiança em suas próprias habilidades, mas aprendeu com ShenShi que jamais deveria subestimar seus inimigos, ou seus aliados.

- Simples o suficiente

Ren ficava pensativa por um instante, quando escutava Sayuri falar sobre "espiar", ela se perguntava, "Por que motivos um dragão tentaria esconder seu corpo majestoso? Não são criaturas orgulhosas?", mas depois de pensar um pouco e tentar comparar Sayuri a uma humana, Ren percebia que nem mesmo os dragões escapavam a tais sentimentos como a vergonha, ou o constrangimento, pensava que se fosse ela no lugar de Sayuri, não faria questão de tentar se esconder, independente de estar em forma draconica ou humana, já que, mesmo sendo humana, Ren conseguia ter o orgulho de um dragão, e isso envolvia também seu próprio corpo.

Quando Takashi os chamava para um circulo, ela seguia sem hesitar, as frases começavam e ela logo percebia que se tratava de algum tipo de ritual ou costume, pensava no quão antigo aquilo era e que deveria ser importante para Takashi. Preferia manter silêncio, e apenas encarava a mão de Jun que lhe tocava o ombro naquele mesmo momento. Não lhe agradava nem um pouco quando era tocada sem permissão, mas aquela não era a hora pra discutir, por isso em respeito a Takashi, Ren continuava calada, e quando tudo estivesse pronto ela se manteria perto de Sayuri aonde quer que esta fosse, já que segundo o plano, era ela quem deveria leva-los até a ponte.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Taikun Tsukushi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 04/10/1993
Horóscopo chinês : Galo
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 62

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Sab Mar 28, 2015 10:14 am

Hmm... ta.


•● Isso era a única coisa que Taikun falava, praticamente, em meio a tantas coisas que falava, mas acabava achando desnecessário. No fundo ele não sabia o real motivo de tudo aquilo, até mesmo sobre tarar Sayuri, quando ele já tinha planos mais precisos em mente, onde não fosse pensar nem sequer em trair Otohime com algum tipo de olhar discreto; ou sobre o que Takashi falava ou que usava como algum tipo de ritual. Ele participava de tudo, mas não sabia o porque de tudo aquilo, e acabava ignorando. ●•

Então, tenho que estar com esses dois, certo?.

•● Ele se referia sobre Sayuri e Ren, percebendo que só tinha que "enlouquecer" no meio dos soldados, justamente para fazê-los ficarem confusos e assustados, além de quebrar todo tipo de comunicação entre eles. Um trabalho fácil que ele entendia facilmente, mesmo que parecesse difícil para ele, Taikun sabia muito bem como criar o caos e a desordem quando necessário, até porque, brigas era o que ele mais arranjava sem querer. ●•
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Sab Mar 28, 2015 3:19 pm

Todos assumiam suas posições, e aguardavam. Enquanto isso, o pelotão de escolta avançava em velocidade total. A estrada era larga o suficiente para que os doze carros de armada pudessem correr de forma de circulo em torno do grande caminhão durante toda a viagem. Em poucos minutos, todos os agentes da Resistência poderiam ouvir o tremor da terra e o barulho dos motores cada vez mais altos, até o momento em que no horizonte, eles surgiam. Takashi seria o primeiro a enxergar, pois estava do lado da ponte onde o exército de Skyhold estava vindo.

Assim que chegavam à ponte, quase todos os soldados desembarcavam dos carros militares e seis deles cruzavam a ponte rapidamente, estacionando na base do outro lado da ponte. Todos os soldados remanescentes (cerca de 10) que ainda estavam dentro dos carros, desembarcavam, formando um perímetro de segurança naquela base. Um dos soldados pegava um comunicador e falava qualquer coisa. Nesse momento, o caminhão começava a se mover.

O caminhão de carga andava bem devagar, pois era escoltado por cerca de 50 soldados pesadamente armados, enquanto os outros seis carros ficavam na outra extremidade da ponte. Bran, o corvo, permanecia pousado de forma inofensiva em um dos arcos de ferro da ponte. No momento exato momento em que o grande caminhão de carga alcançava a metade da ponte, o corvo alçava vôo e um grande crocitar podia ser ouvido, ecoando pelo vale.


Aquele era o sinal.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Takashi

avatar

Sexo : Masculino
Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 28/07/2014
Mensagens : 45

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Dom Mar 29, 2015 10:09 pm

Uma vez que ele tenha se escondido, Takashi conseguia ocultar bem sua presença. "O truque é pensar em tudo, menos no inimigo. Doces são uma boa distração, por exemplo." por mais absurda que fosse, aquela tática sempre funcionou. Não demorava e os soldados chegavam e Takashi pensava, aliviado, que a inteligencia da Resistência fizera uma previsão correta sobre a quantidade de tropas, então seu plano ganhava mais chances ainda de dar certo.

"Eu mesmo não escolheria esse padrão de tática para atravessar essa ponte... Isso significa que eles possam ter algo na manga." Sutilmente, Takashi começava a se preparar para a investida, lança em punho e pernas tensionadas. O crocitar da ave ecoava pelo vale e o corpo do General se movia sozinho. Sabendo que os corações e mentes de todos seus amigos estavam em sincronia, ele avançava. Nada mais em sua vida existia. Outras preocupações, outras missões, amigos, família, nada. Sua mente estava limpa e focada apenas em seu próprio corpo e no pequeno pelotão à sua frente.

Após um rápido 'Sprint' de quinze metros, a lança do General ja estava ao alcance do primeiro soldado. Sabia que não poderia se demorar em cada alvo, então, naquele milésimo de segundo, Takashi via a forma como os soldados estavam distribuídos e traçava uma pequena tática para acabar com eles rapidamente, enquanto percorria o menor trajeto possível de um soldado para o outro. "Golpes curtos e compactos, o quarto soldado vai ter uma boa mira de mim, nele irei usar todo o alcance da lança, depois disso terei que usar minhas plataformas de pulo."

Portando-se de um incrível semblante de tranquilidade, Takashi fluía seus movimentos rapidamente, acerta o pescoço do primeiro alvo com o cabo da lança, tendo tempo apenas de ouvir o som de osso quebrando. O segundo também não vira o que o atingira, quando Takashi girava seu corpo por ele e cortava sua jugular com a lâmina da lança. Dessa vez ele fora visto. O terceiro soldado não sabia se pegava seu rádio ou se preparava a arma e essa hesitação fora sua ruína. Ao acabar com ele, o quarto soldado ja o tinha quase em mira perfeita. Mas uma lança é uma arma de haste, o que implica em longo alcance, e Takashi usava esta vantagem para perfurar o peito de sua vítima com uma forte estocada, usando um só braço, segurando a lança bem na ponta.

- Prazer em conhecê-los, sou Ishiyama Takashi. - Recolhendo rapidamente sua lança, ele se lançava ao ar. - Espero ter uma boa luta!

Os soldados o teriam atingido com suas balas, se não fosse por uma das habilidades especiais de Takashi. Uma vez no ar, ele projetava seu corpo na direção de seus alvos e uma pequena plataforma transparente(Como se fosse um pequeno circulo mágico) surgia por meio segundo na sola de seus pés. O General Vermelho usava essa pequena plataforma para se impulsionar para baixo, ao mesmo tempo em que tornava a ponta de sua arma, uma labareda gigantesca.

Tudo acontecia rapidamente. Os soldados (alguns pasmos, outros desesperados) tentavam agir de alguma forma, tentavam se lembrar daquilo que lhes fora instruído em seus treinamentos de campo, protocolos básicos de ação e combate, mas nada do que aprenderam, podia tê-los preparado para um jovem sorridente surgindo de súbito com uma lança e matar quase que um pelotão inteiro em questão de segundos. Novamente, a hesitação foi a derrota dos soldados, que caíam um a um com os ataques impecáveis do General Vermelho.

- Ufa, acho que consegui, haha! - Coça a nuca. - Jun-chan provavelmente também ja tenha conseguido, agora como estará meu trio de investida?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sayuri Ishiyama

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 17/09/2012
Horóscopo chinês : Dragão
Zodíaco : Virgem
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Neutro - Bom
Data de inscrição : 01/07/2014
Mensagens : 71

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Seg Mar 30, 2015 7:48 pm

Sayuri, acompanhada de Taikun e Ren, aguardava o sinal de Brân. A garota fechava seus olhos e ficava extremamente séria. Parecia muito focada, algo realmente novo para quem a conhecesse. Qualquer som poderia ser captado pela Ishiyama, mas será mesmo que ela estava focada?

A transformação de Sayuri era algo que ela aprendeu acidentalmente, quando treinava com seu pai. Naquela época o que a fez se transformar sem querer foi a raiva que sentiu com algumas palavras provocativas de Tenkai. Já no navio de Heikki, a transformação foi pela necessidade de ajudar seus amigos a ficarem vivos. Agora, Sayuri procurava a motivação em sua mente. Palavras surgiam aleatoriamente. Palavras que acendiam a chama dentro da garota.

Aquele momento particular de Sayuri duravam tempo o suficiente. No instante em que Brân deu o sinal para todos, a Ishiyama abria os dourados olhos de dragão e sorria, exibindo seus dentes pontiagudos.

- É hora da diversão, galera...

Quando terminava de falar aquelas palavras, a transformação era realizada. O corpo de Sayuri mudava de uma forma muito rápida, rasgando suas roupas, deixando no chão apenas trapos, tomando a forma de um enorme dragão roxo. Imediatamente, a Ishiyama levantava voo e segurava seus companheiros, os levando rapidamente para a ponte.

O susto daquelas pessoas ao verem a imagem de uma imensa criatura roxa vindo em sua direção era enorme, causando um retardamento na reação dos soldados. Assim que a garota soltava os amigos na ponte, tiros eram disparados na direção da garota Dragão. A maioria dos tiros não davam muito dano, mas chegavam a incomodar bastante a garota.

"distração, Sayuri!"

Um rugido muito alto era dado e mais pânico surgia dos soldados. Esperando que algum dos companheiros tivesse tirado as pessoas que dirigiam aquele caminhão de dentro do veículo, Sayuri havia tomado distância e agora descia com muita velocidade, agarrando o caminhão com suas garras. Logo em seguida voltava a tomar altitude, levando o veículo consigo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jun Zheng

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 19/01/2012
Horóscopo chinês : Gato
Zodíaco : Capricórnio
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Leal - Bom
Data de inscrição : 30/06/2014
Mensagens : 54

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Qua Abr 01, 2015 7:48 am

Jun, enquanto escondido, ficava com os olhos fechados. No tempo que tinha para se preparar ele se concentrava, procurando manter um bom equilíbrio deixando sua mente vazia. Sim, guerreiros tradicionais como ele, sempre lutavam com a mente vazia, sem preocupações e arrependimentos, preservando a importância de focar no que estava a sua frente apenas. Parece ser solitário e egoísta por estarem em grupo, mas como a primeira parte do plano Jun estaria sozinho, fazer seus movimentos dessa forma seria sua maior vantagem, por estar em sintonia total com seu corpo e seus reflexos seriam mais eficientes.

Quando Brân dava o sinal enquanto sobrevoava os veículos de Skyhold, Jun abria os olhos e partia em disparada contra a linha de frente da pequena tropa inimiga. Todos eles estavam armados até os dentes, e ao avistarem o jovem lanceiro miravam contra o mesmo, nesse momento Jun sabia que Sayuri apareceria como um dragão, por isso avançava de uma forma descuidada como aquela. E sua aposta foi correta, quando a imagem do Dragão surgia, os soldados inimigos se assustaram e esse momento de distração foi o suficiente para que o garoto ficasse no alcance correto.

Sua aura elemental era de água, e por essa razão seu fator de cura era bem mais elevado do que os demais que utilizavam outras auras, poderia receber alguns tiros de raspão sem problemas. E por outro lado, Jun era um Zheng, guerreiros talentosos em artes da guerra por um motivo. Sua visão. Assim como seu povo, o garoto consegue memorizar a posição de cada inimigo que ele tenha visto em seu campo de visão e além disso prevê o seu próximo movimento dois segundos antes do mesmo, caso seu adversário seja mais lento que ele. E com essas características, durante a distração Jun conseguia derrubar cinco inimigos e já pensar em seu próximo movimento para que não fosse atingido pelos tiros que viriam a seguir.

Na cintura de um dos soldados ainda de pé, havia uma granada de luz. Jun sabia sobre o tipo pela Resistência já ter roubado bastante delas de Skyhold no ano em que esteve em Shadowrealm, e sabendo da posição de cada um dos restantes (cerca de 10 deles) não hesitava em acertar com a lâmina de sua lança a granada, que explodia com o impacto, cegando todos em volta, inclusive ele próprio.

Cego temporariamente, Jun golpeava onde seus inimigos estavam a um segundo atrás, todos com a parte lateral da lâmina de sua lança, com tanta força, que chegava a fraturar vários ossos deles além de desacordá-los. E mesmo com essa tática, os soldados, que entraram em desespero com tanta coisa acontecendo de repente, conseguiram disparar algumas vezes para lugares aleatórios (onde achavam que Jun estaria), e mesmo se movendo bastante o jovem lanceiro recebia quatro tiros de raspão nas pernas, e um certeiro no braço esquerdo, mas em troca havia conseguido limpar a linha de frente inimiga.

Quando sua visão retornava, seu braço esquerdo ainda se movia devido suas habilidades regenerativas, mas a dor era enorme. Os tiros de raspão se recuperavam quase que imediatamente, e batendo a ponta do cabo da lança no chão, Jun sorria enquanto olhava para seu braço ferido.

- Hahaha! Isso não é nada, os choques da Shiori são bem piores. - Dizia com uma expressão alegre no rosto, mesmo sentindo uma dor irritante. - Bom... consegui, como será que tá o trio de investida?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ren Harzgard

avatar

Sexo : Feminino
Data de nascimento : 12/10/2013
Horóscopo chinês : Cobra
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 09/07/2014
Mensagens : 55

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Qua Abr 01, 2015 7:33 pm

Ren não estava ali pra brincar, queria testar suas habilidades por isso não deveria se distrair ou fazer piadas sem sentido. Sem perder tempo ela saltava sobre as costas de Sayuri quando esta se transformava em dragão, não deixando é claro de se admirar com aquela forma da garota.

Quando Sayuri voava até as proximidades da ponte, Ren percebia que era o momento de descer. Ela pulava na direção do caminhão, caindo em cheio no teto do mesmo. Toda a estrutura do transporte tremia com a queda da garota, não só pela altura da queda, como também pela força monstruosa que Ren possuía em seus músculos. A força de Ren não se deixava transparecer no tamanho de seus músculos, pois utilizara de um treinamento especial desenvolvido no templo Ishiyama, tal treinamento não aumentava muito os músculos de uma pessoa, mas o tornavam cada vez mais potentes. Ela possuía um corpo extremamente definido, mas não era nem de perto proporcional a sua força, essa só era refletida em seu peso. Quando Ren caiu ela amassou completamente o teto do veiculo.

Sem perder tempo Ren enfiava seu punho através do teto, na direção do motorista. Aproveitando o fator da surpresa, Ren segurava aonde quer que conseguisse no corpo daquele soldado e o puxava para cima. Com seu corpo, o soldado destruía o que restara do teto do veículo e agora machucado se encontravam pendurado pelas mão de Ren.

- Some daqui.

Ela o arremessava  com força suficiente para que caísse da beirada. Em seguida percebia algo arranhar seu rosto, olhava na direção do banco do passageiro e lá estava um soldado apontando-lhe uma pistola, aquele tiro doeu, mas por sorte, assim como Lin, sua pele era muito resistente por causa de seus treinamentos em seu próprio elemento, a terra. Enfurecida por ter sido pega de surpresa, Ren chutava com tudo o peito daquele homem, ele arrebentava a porta do caminhão e caía no chão da ponte inconsciente.  Ren saltava do caminhão e caía no chão pouco antes de Sayuri o levar voando. Se voltado para qualquer soldado que estivesse por perto e entrando em posição de batalha. Quando Ren tomava sua postura ela atingia o chão com a sola do pé, com força suficiente para fazer toda a estrutura da ponte tremer. Seu olhar estava extremamente sério e focado, ela continuaria o ataque enquanto ainda existissem inimigos de pé.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Taikun Tsukushi

avatar

Sexo : Masculino
Data de nascimento : 04/10/1993
Horóscopo chinês : Galo
Zodíaco : Libra
Status : Vivo(a)
Terra Natal : Dragonland
Tendência : Caótico - Bom
Data de inscrição : 18/07/2014
Mensagens : 62

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Qui Abr 02, 2015 7:29 am

•● Taikun ficava esperando pelo momento certo de agir. Aquele momento tenso entre todos fazia ele sentir a vários metros, o que o surpreendia até certo ponto. Porém, a quietude do local era tanta, que ele chegava a fechar os olhos algumas vezes, e apenas com algumas batidas no ombro pelo pessoal que fazia com ele, fazia-o acordar, mas sabendo do que se tratava, ele não reclamava, afinal, era momento de silêncio. Por sorte ele não havia entrado em um sono maior, onde começaria a roncar alto. ●•

•● Esperando pelo sinal de Bran, Taikun ficava ainda imóvel, até repentinamente, ele ser pego por Sayuri e levado junto de Ren. ●•

Oeee oe! Chotto matte kudasai! (Ei ei! Espera um pouco!) isso por acaso era o sinal!?!.

•● Taikun não sabia como era o som de um corvo, mesmo tendo visto ele. Desnorteado com o momento, aos poucos ele conseguia ver, do alto, os primeiros instantes da batalha na ponte, e graças a isso, ele finalmente podia acordar para a realidade na qual estava se metendo. Seus olhos ficavam arregalados, e seu cérebro finalmente começava a funcionar. Bem, não tanto, mas começava. ●•

•● No meio do voo, Ren se jogava primeiro, e ele percebia, tanto que se jogava alguns segundos depois, e ele ainda notava facilmente ela caindo em cima do caminhão. Poucos segundos antes de acertar o chão, Taikun ativava naturalmente sua resistência demoníaca, na qual era Ifrit quem normalmente iniciava. Sua pele começava a ficar em um cinza escuro, e uma grossa camada de obsidian era formado em sua cabeça, em conjunto com o braço, e aproveitando para o impacto, seu corpo esquentava rapidamente, entrando em combustão. Para aqueles soldados na ponte, aquilo parecia um meteoro, evidentemente. Em pouco tempo, ele acertava diretamente na ponte, logo atrás do caminhão. O asfalto ficava bem quebradiço, e em outros lugares, um pouco de fumaça preta surgia do mesmo. ●•

It t t t t tai.. (que dor)..

•● Logo em seguida, ele se levantava, tirando a cabeça fincada no asfalto. Ele cambaleava um pouco, e olhava para os lados, todo torto. ●•

Huh?

Guarda 1: -Atirem nele!!.

•● Sem perceber, Taikun desviava de algumas balas sem querer, por estar desnorteado, porém, sua pele não mudava ainda, tanto que uma camada surgia sem ele querer, até então que Ifrit inclusive falava. ●•

Acorde logo de uma vez, Taikun!.

Ah, ta bom ta bom!.

•● E assim, ele mirava a mão para um dos soldados, atirando uma bola de fogo rapidamente, porém, antes de atirar, a ponte estremecia com o pisão de Ren, fazendo com que ele errasse a mira para ser na cara de um guarda, ser na cabeça do outro, mas a bola de fogo era tão forte que acabava retirando o capacete do mesmo, e queimando o cabelo dele também. ●•

.. Ih.. foi mal.. era pra ser no seu amigo.. que pena.. haha.


•● Um pequeno riso surgia, e assim, ele avançava diretamente para aqueles guardas, mirando algumas bolas de fogo em seus aparelhos, mas nenhum deles era efetivo, todos conseguiam se esquivar, de alguma maneira. ●•

D.. droga...

•● Dizia em tom baixo, recebendo agora grande parte dos tiros e ficando cada vez mais lento. Isso, porque uma grossa camada de obsidian ficava cada vez maior no corpo dele, deixando-o mais lento, porém, bloqueando mais os tiros. ●•

Mendokuse.. (que saco).

•● Ele pegava algumas das pedras que começavam a cair de sua pele, incendiando-os e atirando com mais força nos aparelhos deles, e assim começando a acertá-los. Chegando ao lado dos mais próximos à ele, Taikun pegava a cabeça de cada um e chocava um ao outro, e aos poucos, fazia uma pequena aura de fogo crescer e começar a se expandir, a ponto de fazer todos começarem a cair com o impacto. Ele tinha sua forma "explosiva", ao invés de ser quente ou para incendiar, seja lá o que fosse combustível em seus equipamentos. Um dos soldados arriscava atirar uma bomba de fumaça em Taikun, enquanto os outros soldados começava a atirar no local aonde Taikun poderia estar. Seria o plano perfeito, se ele não tivesse feito o gás se expandir para mais ao redor, fazendo os restos daquela aura anterior, se transformar em calor, fazendo o gás reagir e ficar mais intenso. Todos por lá, inclusive ele, ficavam atordoados com aquela fumaça, alguns soldados começavam a correr para longe, para tentar conseguir visibilidade, mas era inafetivo, pois levando-se em conta que haviam vários soldados para uma pessoa, qualquer um poderia ser atingido se não soubessem em quem fosse atirar. Tudo estava dando certo por meio de alguns movimentos errados, mas que aos poucos, ficavam cada vez melhores. ●•

MADA, MADA! (Vamos lá, vamos lá!) Eu só estou começando!!.


Taikun, não se gabe tanto.

Ah, qualé, cara! ლ(ಠ益ಠლ).

•● Levando em conta a mesma conta anterior, Taikun poderia facilmente encontrar qualquer ser em meio à aquela fumaça e acabar facilmente com ele, pois sabia que era um inimigo. Ao som de seus capacetes trincando, ou algum cano de rifle se quebrando, ele conseguia deduzir bem quem era, e assim, ele abatia um por um em seu raio de alcance, com chutes, socos, cabeçadas, e um pouco de sorte. Taikun aproveitava o uso de energia física justamente para recuperar a enorme quantidade de energia que havia usado para se transformar, se defender, e atacar durante aquele começo de intervalo de tempo. Treinar o equilíbrio de energia física com a energia demoníaca (no qual seria a sua mana) era algo difícil, porém, seus treinos matinais, focados em resistência e aumento nas suas capacidades, era seu verdadeiro foco para melhorias, tendo em mente que sua luta com Igros nunca havia sumido de seus pesadelos. ●•

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Yohei

avatar

Status : Vivo(a)
Data de inscrição : 01/02/2015
Mensagens : 12

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Qui Abr 02, 2015 5:52 pm

- Cha ra ra...

Era uma vez um samurai preguiçoso e irresponsável, que amava matar treinamentos e tarefas diárias de seu clã. Esse samurai sem nome, embora muito repreendido pelos líderes de seu clã, jamais sofrera uma punição severa, pois revelou-se um gênio, tanto na arte do assassinato furtivo, quanto no combate, o que explica o enorme tédio deste jovem espadachim. Ao decorrer do tempo, todos seus lugares de descanso foram sendo descobertos e Yohei(como era chamado pelos militares de Skyhold), resolveu esconder-se em caminhões de carga que viajavam para longe de sua cidade natal, dessa forma conseguia dormir o quanto quisesse a viagem inteira, sem ser perturbado por ninguém.

Até agora.

- Cha ra ra... - Um enorme barulho o despertava. - Oro... ? Não me diga que o velho me achou mesmo aqui nesse fim de mundo.


Seu protesto sonolento era rapidamente dissipado quando outro estrondo, seguido de gritos de soldados morrendo, deixavam sua mente e seu corpo em estado de alerta. Imediatamente, Yohei começava a sentir as sombras que estavam fora do caminhão. Dois bons lutadores acabavam rapidamente com a comitiva de escolta enquanto uma enorme forma começava a segurar o caminhão e alçar vôo. Não tinha certeza, mas duas outras figuras poderosas lutavam ao longe, em posições distintas. Além de tudo aquilo, algo em sua cintura estavam inquieto, mais precisamente sua katana, selada por um terço budista.

"Meu amor, eu posso sentir o cheiro, o cheiro do sangue deles... Ishiyamas!"

Uma voz lasciva ecoava na mente do Mercenário. Palavras de ódio, acompanhadas de gemidos eróticos, assim era o tipo de demônio selado em sua espada, apelidado pelo samurai de...

- Quieta, Onna-oni. - Ajeitava seu chapeu de palha, abrindo um sorriso doentio.  - Não vai querer que eles saibam da nossa presença.

Pelo fato de Sayuri ser um imenso Dragão e estar segurando o caminhão, com certeza ela projetava uma sombra em cima do teto do veículo, sombra essa, que Yohei usava para se trespassar para fora do veículo e surgir no teto, ficando logo abaixo da imensa forma dracônica.

Não havia tempo para se impressionar. Inspecionaria o corpo do Dragão quando este estivesse morto. Agora, algo inesperado acontecia. Yohei não sacava sua espada, ele sacava uma... flauta? Sim, uma flauta transversal de bambu, do tamanho exato do cabo de uma katana tradicional. Esta flauta por sua vez era rapidamente envolvida com uma energia negra e projetava uma lâmina igualmente negra em uma das pontas da flauta. Em seguida, Yohei manejava essa arma e aplicava um corte limpo e preciso no meio da barriga do Dragão, começando com a lâmina perto da cauda e terminando o corte no meio da barriga.

Pelo tempo que Yohei desferia seu golpe, o caminhão não estava a mais do que três metros do chão e ele não seria percebido, a não ser que alguém olhasse diretamente para ele, pois, como um grandioso assassino, o Samurai ocultava perfeitamente a dispersão de energia usada e todo e qualquer tipo de intenção maquiavélica.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Narrador-kun

avatar

Sexo : Masculino
Status : ???
Tendência : Neutro - Neutro
Data de inscrição : 01/11/2014
Mensagens : 213

MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   Qui Abr 02, 2015 6:14 pm

A aparição do Samurai misterioso não era a única surpresa que o grupo de investida enfrentaria.

Ao mesmo tempo, nas extremidades da ponte, onde Jun e Takashi se encontravam, havia(de cada lado) um carro um pouco maior que os outros. Dentro desse carro, havia um piloto escondido e assim que os soldados eram mortos, ele ativava o veículo.

Rapidamente, o que antes era um grande carro militar, agora se tornava um batalhoide bípede, com cerca de três metros e meio de altura, com um lança chamas e uma metralhadora giratória em um dos braços, e um disparador de laser e uma lâmina serrilhada no outro. Qualquer esperança de Jun e Takashi de irem de encontro ao grupo na ponte, era impedida pelo momento, pois deveriam enfrentar aqueles batalhoides o quanto antes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Proof of Valor   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Proof of Valor
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Proof of Valor
» [Internacional] Bell apresenta o tiltrotor V-280 Valor para o Exército dos EUA
» VALOR DOS SELOS?
» O valor dos selos
» Selos Hungria MErcado Livre - alto valor ???

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Dark Side RPG :: Histórias do Novo Mundo :: Ato 2 - "Shadowrealm"-
Ir para: